terça-feira, 2 de maio de 2017

MERCADO IMOBILIÁRIO - Londres vai subsidiar apartamentos ultra básicos

Exemplo de como serão os apartamentos (Foto: OMMX architects)

Em uma tentativa de solucionar a crise imobiliária de Londres, o prefeito Sadiq Khan decidiu subsidiar uma nova geração de residências ultra básicas, que custarão até 40% menos do que uma moradia padrão.

Os apartamentos não terão paredes divisórias e nem acabamentos nas paredes e nos pisos. O encanamento será básico e o apartamento não terá nenhum tipo de apetrechos. A única parte que permitirá identificar a cozinha será uma pia. Apesar de a cozinha parecer com o padrão brasileiro, a abordagem é bem diferente da inglesa, que normalmente vem com este ambiente já equipado.

Os apartamentos subsidiados, classificados como “sem frescura”, devem custar entre 150 mil e 340 mil libras — a média atual é de 580 mil libras. O conceito será testado em 22 apartamentos em três lugares no bairro de Enfield. Se der certo, mais sete conjuntos serão construídos.The Guardian

Nenhum comentário:

Postar um comentário