sexta-feira, 5 de maio de 2017

MINISTÉRIO DA SAÚDE - Mortes confirmadas por febre amarela chegam a 240

Vacina tem sido distribuída principalmente para regiões consideradas de risco (Fonte: Reprodução/EPTV)

O Brasil registrou um total de 392 mortes suspeitas por febre amarela entre dezembro do ano passado e a última quinta-feira, 27. Deste total, 240 foram confirmadas pelo Ministério da Saúde na terça-feira, 2.O 38º boletim divulgado pela pasta revelou ainda que o número de infecções com resultado laboratorial positivo para o vírus chegou a 715 no período. Os órgãos de saúde receberam mais de 3 mil notificações e 1,5 mil casos foram descartados.

O governo brasileiro classifica o atual surto de febre amarela no país como silvestre. Isto significa que o mosquito Aedes Aegypti ainda não é transmissor do vírus. As infecções têm ocorrido em áreas de mata e rurais e são transmitidas pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes.

O Ministério da Saúde também revelou que já foram distribuídas, desde o início do surto, 23,6 milhões de doses da vacina contra a febre amarela em regiões consideradas de risco para a propagação da doença.

O estado de Minas Gerais é o mais afetado, com 165 mortes das 240 confirmadas pelo governo. Em seguida aparece o Espírito Santo, com 61 mortes. Houve também mortes confirmadas em São Paulo, Rio de Janeiro e Pará.G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário