segunda-feira, 1 de maio de 2017

PESO NA CONSCIÊNCIA - O preço dos segredos

Em alguns casos a guarda do segredo tem um peso psicológico negativo (Foto: Flickr)

É muito difícil guardar um segredo, como muitos estudos confirmaram. É preciso ter um raciocínio rápido para omitir informações importantes em uma conversa, ou para enganar propositalmente um interlocutor. Mas, até agora, ninguém examinou o efeito psicológico da guarda de um segredo do ponto de vista estatístico.

Em um artigo recém-publicado no periódico científico Journal of Personality and Social Psychology, Michael Slepian e seus colegas da Universidade de Columbia, em Nova York, descreveram a pesquisa realizada com um grupo de voluntários anônimos recrutados pela equipe na internet e no Central Park. A equipe de pesquisadores apresentou uma lista de 38 tipos de erros ou desobediência a normas que as pessoas costumam manter em segredo, entre os quais infidelidade, roubo, mau desempenho no trabalho, orientação sexual não aceita pela sociedade, prática de abortos e vício de drogas.

Os participantes da pesquisa indicaram entre os 38 atos fora dos padrões normais de comportamento relacionados na lista os que haviam cometido, mas que não guardaram segredo; ou se tinham mantido em segredo só por algum tempo e para algumas pessoas; e, por fim, se nunca haviam revelado o segredo. Os voluntários também mostraram em uma escala de 13 pontos se a guarda de um determinado segredo havia tido um efeito positivo, negativo ou nulo em seu emocional. Ao final do estudo, os pesquisadores descobriram que 97% dos entrevistados tinham cometido pelo menos um dos 38 tipos de “pecados” relacionados na lista e que mantinham, em média, cinco em segredo.

Em alguns casos a guarda do segredo tem um peso psicológico negativo. Ao longo do tempo, o sacramento da Igreja Católica que consiste no ato de o penitente revelar ao confessor seus pecados, visando à absolvição, ofereceu consolo aos que se sentiam culpados por guardarem um segredo.The Economist

Nenhum comentário:

Postar um comentário