terça-feira, 2 de maio de 2017

REINO UNIDO - A visão de Theresa May para o Reino Unido

A primeira-ministra demonstrou ter um estilo político ambicioso e ousado (Foto: Flickr)

Antes do anúncio inesperado da convocação antecipada de eleições gerais, na opinião da maioria dos ingleses Theresa May era uma pessoa cautelosa, que cumpria suas promessas e obrigações. Ela exerceu o cargo de ministra do Interior durante seis anos, enquanto o círculo íntimo do ex-primeiro-ministro David Cameron fazia projetos de reformar o país. Theresa May foi eleita primeira-ministra após a renúncia de Cameron, porque o Partido Conservador queria alguém que pudesse unir os grupos que apoiam o Brexit e os que se opõem.

No entanto, a primeira-ministra demonstrou ter um estilo político ambicioso e ousado. Ela ganhou a disputa pela liderança de seu partido e é a segunda mulher a exercer o cargo de primeira-ministra do Reino Unido. Além disso, conquistou a reputação de uma administradora competente no Ministério do Interior.

A Sra. May sabe o quer para o futuro do Reino Unido. Um país com valores sólidos e certezas enraizadas, muito trabalho e mobilidade social. Uma nação onde as pessoas têm ambições de prosperar, mas também têm tempo para cuidar dos menos afortunados.

Os ventos estão soprando a seu favor. No Partido Trabalhista a situação é caótica. Os democratas liberais não têm uma liderança forte. O Partido Nacional Escocês (SNP) é favorável à independência da Escócia, mas precisa da aprovação do Parlamento britânico, onde os membros do Partido Conservador de May são maioria. Mas o mundo da política é incerto e volátil. É provável que os conservadores conquistem uma maioria significativa nas eleições para o Parlamento em junho, mas assim mesmo a primeira-ministra May irá governar um país profundamente dividido. The Economist

Nenhum comentário:

Postar um comentário