quinta-feira, 30 de junho de 2016

Mensagem do Dia

Jornal francês volta a receber ameaças


O jornal francês Charlie Hebdo volta a receber ameaças de terroristas. Segundo o diário Le Parisien, a direção do jornal humorístico, que vive sob proteção permanente da polícia, apresentou uma denúncia às autoridades após ter recebido mensagens que "deixam entender" a possibilidade de novas ações contra membros da redação.

Em 2015, a sede do jornal em Paris foi alvo de um ataque terrorista. No dia 7 de janeiro, dois homens armados invadiram a sede do Charlie Hebdo e atiraram contra a redação em plena reunião de pauta, aos gritos de "Allah akbar" (Alá é grande). Ao todo, 12 pessoas morreram, entre estas cinco cartunistas. Outras 11 pessoas ficaram feridas.

De acordo com fontes próximas às investigações, citadas pelo Le Parisien, as ameaças foram enviadas tanto pelo Facebook como diretamente à sede do jornal.

O atentado de 2015 foi executado pelos Said e Chérif Kouachi.Ao deixar o prédio, os terroristas ainda mataram um policial muçulmano, Ahmed Merabet, que estava deitado, ferido na calçada.

O Charlie Hebdo é conhecido no mundo inteiro por conta de suas recorrentes charges do profeta Maomé, que já motivaram diversas ameaças aos seus jornalistas.Ansa

Chefão da máfia é preso por causa do calor


Procurado havia quatro anos pela polícia, o boss Vincenzo Femia, um dos líderes da 'ndrangheta, a máfia da região italiana da Calábria, foi traído pelo calor.

Por conta das altas temperaturas registradas nos últimos dias em Turim, Femia, de 42 anos, resolveu sair na sacada do apartamento onde se escondia para se refrescar. Com isso, agentes das forças de segurança conseguiram fotografa-lo e posteriormente prendê-lo.

Femia era o último chefe da 'ndrangheta foragido no âmbito da operação "Minotauro", que investigava a infiltração da máfia calabresa em Turim e já colocou 150 pessoas atrás das grades.

O chefão cumprirá agora uma pena de sete anos, quatro meses e 21 dias de cadeia por roubo, posse ilegal de armas e tráfico de drogas.

A prisão ocorreu enquanto ele assistia à partida entre Portugal e Croácia pela Eurocopa 2016, realizada no último sábado, mas foi divulgada apenas nesta quarta-feira. O boss estava sem camisa e com fones de ouvido. Ele vivia em um apartamento no quarto e último andar de um prédio situado na periferia da capital do Piemonte.Ansa

Itália vai discutir legalização da maconha


A Câmara dos Deputados da Itália começará a discutir no mês que vem um projeto de lei que legaliza o cultivo da maconha no país.

Após uma reunião nesta quarta-feira entre os líderes de todos os partidos representados no Parlamento, ficou decidido que o texto será debatido em plenário em 25 de julho, e a votação está prevista para começar no dia seguinte.

Atualmente, o cultivo da cannabis é proibido na Itália até mesmo para fins terapêuticos. Apenas o Instituto Químico, Farmacêutico e Militar de Florença, ligado ao Exército, e fabricantes de medicamentos autorizados pelo governo têm permissão para plantar a erva.

No entanto, o projeto de lei que será debatido na Câmara pode legalizar o cultivo inclusive para consumo próprio, desde que limitado a cinco plantas por residência e que o usuário comunique as autoridades locais. Além disso, o produto não poderá ser vendido.

Estima-se que 220 deputados, de um total de 630, já apoiem a iniciativa. No entanto, o projeto deve enfrentar forte resistência em um Parlamento conservador e sob a influência permanente da Igreja Católica.Ansa

O bicho que parece uma folha, mora no mar e vive da luz do sol


A lesma-do-mar Elysia chlorotica tem muito mais em comum com as plantas do que o formato de folha e a cor verde.
Um estudo norte-americano revelou que este molusco incorporou genes do DNA da alga Vaucheria litorea em seu código genético e se tornou o primeiro animal a produzir clorofila e a fazer fotossíntese, dependendo apenas da luz do sol para se alimentar.

A capacidade da lesma-do-mar de fazer fotossíntese a partir de organelas adquiridas de algas, durante sua alimentação, já era conhecida pelos cientistas desde a década de 70. Mas os pesquisadores não conseguiam entender como o molusco tinha a capacidade de sobreviver somente de energia solar.

Este novo estudo revelou que os cromossomos da lesma-do-mar, na verdade, já possuem os genes que codificam proteínas dos cloroplastos, organelas responsáveis pela fotossíntese.

Assim, enquanto cada geração adquire novos exemplares da organela, por meio da alimentação das algas, os genes necessários para reparar os cloroplastos e mantê-los em execução, fazendo a fotossíntese, já estão presentes no genoma do molusco.My Modern Met , BioBull.org
Imagem: Karen N. Pelletreau et al. [CC BY 4.0], via Wikimedia Commons

Pesquisador desvenda a origem do "beijo da morte"


O que é realmente o beijo da morte? Uma imagem poética ou uma lenda de veracidade duvidosa?

Nada disso: essa figura, que inspirou histórias, letras de música e títulos de filmes dos mais variados tipos, é uma antiga tradição mística, conforme explica Raimon Arola, especialista em simbolismo da Universidade de Barcelona.
Arola analisou a estátua do cemitério de Poblenou, onde um esqueleto que representa a morte carrega uma jovem ao seu reino com um beijo, e comparou diversas fontes que falam do “beijo da morte”, entre elas o Gênesis da Bíblia.

“Ao morrer pelo beijo de Deus, o espírito do homem sai pela boca e se une a Ele, que, por uns instantes, disfarçou-se de morte. No Talmude está escrito assim: ‘a mais dolorosa das mortes é a do garrote; a mais doce é a do beijo divino’”, explica Arola.

O Zohar, um dos livros de comentários da Torah mais importantes da Cabala, escrito pelo rabino Simon bar Yochai no século II, diz que o beijo na boca significa a união de um espírito com outro, já que o espírito tem na boca sua origem e fonte.Pijama Surf

Imagem: Fotokon/Shutterstock.com

Descoberto túnel cavado com colheres por judeus na Segunda Guerra


Um túnel de 35 metros cavado com colheres e com as próprias mãos por prisioneiros judeus que escapavam dos nazistas na Segunda Guerra Mundial foi descoberto na floresta Ponar na Lituânia.
A Floresta Ponar foi palco de um massacre ao longo de três anos, entre 1941 e 1944, em uma região perto da estação Ponary, que hoje é conhecida como Paneriai. A área, atualmente, faz parte do subúrbio da capital da Lituânia, Vilnius, um centro judaico antes da eclosão da Segunda Guerra Mundial. Sob a ocupação nazista, a floresta foi usada para enterrar os corpos de até 100 mil pessoas, incluindo 70 mil judeus, além de poloneses, soviéticos, pessoas consideradas comunistas e romenos.

Quando o rumo da Segunda Guerra virou contra a Alemanha com a aproximação do Exército Vermelho, os nazistas tentaram encobrir suas atrocidades. Eles forçaram cerca de 80 prisioneiros do campo de concentração de Stutthof, na Polônia, que eram acorrentados pelas pernas, a desenterrar os corpos da floresta e queimá-los.

Esse trabalho infernal era realizado durante o dia - os prisioneiros abriam as covas e empilhavam corpos para a incineração. O grupo temia que depois que o trabalho fosse concluído, eles seriam os próximos na linha de execução. Para fugir desse pesadelo, eles planejaram uma fuga: começaram a cavar durante as noites um túnel, usando colheres e as próprias mãos. Foram três meses de trabalho para cavar um buraco subterrâneo de 35 metros de comprimento.

A fuga ocorreu quando todos dormiam, em 15 de abril de 1944. De acordo com a Autoridade Israelense de Antiguidades, 40 passaram pelo túnel, mas foram descobertos pelos guardas e muitos acabaram baleados. Apenas 15 conseguiram cruzar as cercas do campo e fugir para a floresta. Onze alcançaram as forças russas e sobreviveram à guerra.

O achado foi feito por uma equipe internacional de pesquisadores de Israel, Estados Unidos, Canadá e Lituânia. Desde a Segunda Guerra Mundial eram feitas buscas para localizar este túnel subterrâneo. A descoberta só foi possível agora por conta do uso de uma técnica de tomografia por resistência elétrica, usada para a exploração de petróleo e para a mineração. O Globo, BBC, Antiquities
Imagem: EZRA WOLFINGER/NOVA

Gregos do mundo antigo teriam medo dos mortos-vivos?


No seu auge, a influência cultural da Grécia Antiga se estendeu por grande parte do Mediterrâneo, por isso não é surpreendente encontrar túmulos da época por essa região.
Todavia, há um caso que deixou a comunidade científica intrigada.

Em junho do ano passado, a revista Popular Archaeology revelou a descoberta curiosa da arqueóloga Carrie L. Sulosky Weaver. Segundo o artigo, em uma necrópole da Sicília, que no passado pertenceu à Grécia, foram encontrados dois túmulos com um esqueleto em cada um, localizados de uma forma muito diferente da habitual.

Eles estavam sepultados debaixo de grandes pedras e com vasilhas sobre os pés e a cabeça, como se fosse para evitar uma fuga. Segundo a arqueóloga, na Grécia Antiga, acreditava-se que, quando a morte havia sido muito traumática, os mortos poderiam se levantar e andar pelos vivos para lhes fazer mal.Popular Archaeology

Imagem: Carrie L. Sulosky Weaver/Museu Regional de Kamarina

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Nova fraude na Petrobras envolve remédios


O Tribunal de Contas da União (TCU) investiga a compra irregular de medicamentos por funcionários da Petrobras que lesou a empresa em R$ 6 milhões por mês.

A denúncia foi divulgada neste domingo (26) pela Globo. O programa de compra de remédios, benefício concedido a 300 mil pessoas, representava um gasto de R$ 20 milhões (30% deles sob suspeita de fraude).

A compra só podia ser feita pelo beneficiário, em farmácias credenciadas, com receita em seu nome e cartão do plano de saúde da empresa. Foram identificadas mais de 13 mil receitas irregulares em seis meses. Em razão dos desvios, o programa foi suspenso em setembro.

Ao Fantástico, a estatal petrolífera informou que os funcionários que cometeram irregularidades podem perder seus cargos e ter de ressarcir a empresa dos valores gastos indevidamente.

Segundo nota à imprensa distribuída pela estatal na madrugada desta segunda-feira (27), pelo menos seis responsáveis pela fraude já foram identificados na apuração interna, incluindo empregados da Petrobras.Estadão Conteúdo

Juiz mantém prisão do ex-ministro Paulo Bernardo


Terminou por volta das 15h30 desta segunda-feira (27) a audiência de custódia do advogado Guilherme de Salles Gonçalves, que foi preso na Operação Custo Brasil. Gonçalves, que estava em Portugal e chegou ontem ao Brasil, foi ouvido nesta tarde pelo juiz federal Paulo Bueno de Azevedo, da 6ª Vara Federal Criminal, em São Paulo. A audiência teve início por volta das 14h30.

Gonçalves e o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, que se entregou na última sexta-feira (24), eram os únicos que não tinham sido presos durante a Operação Custo Brasil na quinta-feira (23), quando foi deflagrada a ação, que apura um esquema de desvio de verbas no sistema de gestão do crédito consignado no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Nove presos na operação já tinham sido ouvidos pelo juiz na sexta-feira (24), também em audiências de custódia: o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, Joaquim José Maranhão da Câmara, Daisson Silva Portanova, Dércio Guedes de Souza, Emanuel Dantas do Nascimento, Nelson Luiz Oliveira Freitas, Washington Luis Viana e Valter Correia da Costa, ex-secretário de municipal de Gestão de São Paulo. Já o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que também teve mandado de prisão expedido na operação, já estava sob custódia em Curitiba.

Após a audiência de custódia de Gonçalves, o último a ser ouvido nesta segunda-feira, o juiz decidiu manter presos todas as pessoas que foram detidas na operação.

“A decisão do juiz da 6ª Vara Criminal foi de que os motivos da prisão preventiva permanecem." Isso significa que todos os investigados que foram presos no âmbito da Operação Custo Brasil continuarão na prisão, disse o procurador da República Rodrigo de Grandis.

Segundo o procurador, os dez presos que estão em São Paulo continuarão detidos na sede da Superintendência da Polícia Federal na Lapa, zona oeste da capital, onde deverão ser ouvidos até o fim desta semana.

De Grandis acrescentou que o Ministério Público tem “vários elementos” para acusar os investigados. “Não só colaborações premiadas, mas elementos documentais, provas técnicas e e-mails”, afirmou.

Outro lado

Na saída, o advogado de Gonçalves, Rodrigo Sánchez Rios, disse que seu cliente sempre agiu de forma transparente e que hoje ele falou ao juiz “sobre a origem dos contrato e os trabalhos que ele prestou para a Consist durante cinco anos”. A Consist é a empresa apontada como responsável pela gestão do esquema de crédito consignado montado no Ministério do Planejamento

“Em nenhum momento, pela perícia que apresentamos, há uma retirada de dinheiro vultoso do escritório destinado a algum servidor público”, disse o advogado a jornalistas.

Segundo o advogado, Gonçalves está sendo acusado de ser lobista ou instrumento do ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo. “Isso é denegrir a imagem de um profissional que tem anos de experiência na área de direito eleitoral e administrativo, um advogado reconhecido em Curitiba e no Brasil inteiro”, afirmou Sánchez Rios.

O advogado admitiu que seu cliente prestou serviços para a Consist. Sánchez Rios informou que amanhã (28) deverá apresentar ao juiz um pedido de soltura de Gonçalves, entregando ao magistrado os contratos feitos entre o escritório de advocacia e a Consist. “A defesa insiste que isso [a prisão] é desproporcional e desnecessário. Não há nenhum dado que prove que, eventualmente, esse valor recebido por um advogado tenha sido repassado para um servidor público”.

Bumlai

Para ser ouvido em outro processo, o pecuarista José Carlos Bumlai também esteve na tarde de hoje na sede da Justiça Federal em São Paulo. Bumlai participou de uma acareação com o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares no processo da Operação Lava Jato. Bumlai participou da acareação por videoconferência de São Paulo e Delúbio, em Curitiba, na Justiça Federal.

O pecuarista deixou a sede da Justiça Federal por volta das 15h30, acompanhado de advogados, sem falar com a imprensa.Os advogados disseram aos jornalistas que estão impedidos, por ordem de judicial, de falar sobre o processo.Agência Brasil

Custo Brasil: alvo teria bancado loft para Gleisi


A Operação Custo Brasil indica que o advogado Guilherme de Salles Gonçalves, suposto repassador de propinas para o ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento/Governo Lula e Comunicações/Governo Dilma), bancou R$ 32 mil referentes a custos de um loft alugado em Brasília para uso da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) durante a campanha de 2010.

Gonçalves, preso pela Polícia Federal no domingo (26), no Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos, quando chegou de uma viagem a Portugal, teria usado seu escritório em Curitiba para bancar despesas de caráter eleitoral da petista. Gleisi é alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal. Ela detém foro privilegiado perante a Corte.

Nesta segunda-feira (27), Gonçalves foi ouvido em audiência de custódia pelo juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6.ª Vara Federal Criminal, que deflagrou a Custo Brasil.

Além do advogado, tiveram a prisão decretada outros dez alvos da operação, que investiga o esquema Consist, entre eles Paulo Bernardo. O esquema Consist é um suposto desvio de R$ 100 milhões a partir de empréstimos consignados no âmbito do Ministério do Planejamento, na gestão do marido de Gleisi.

Parte daquele montante, em torno de R$ 7 milhões, teria sido repassada para o escritório de Gonçalves, ligado ao PT - do escritório teria saído a propina para Paulo Bernardo, no mesmo valor.

Em agosto de 2015, a Operação Pixuleco II, desdobramento da Lava Jato, fez buscas no escritório e apreendeu documentos que indicam o elo de Gonçalves e campanhas eleitorais do partido e de Gleisi em 2010.

Na segunda-feira, após o depoimento de Gonçalves, a defesa do ex-ministro pediu reconsideração da ordem de prisão preventiva. O juiz federal assinalou que a audiência "não tem por objetivo produção de prova, conforme esclarecido a todos os investigados".

Mesmo assim, o próprio Guilherme Gonçalves "decidiu falar sobre uma série de questões referentes ao caso concreto, negando basicamente as suspeitas e indícios que recaem sobre ele".

O juiz anotou que ainda não foram apresentadas provas documentais, como, por exemplo, uma perícia que demonstraria que os valores da Consist ficaram com o advogado.Estadão Conteúdo

Mais um ‘fast-food’ americano chega ao Brasil em julho

Cadeia americana Wendy's abrirá dois restaurantes em São Paulo no mês que vem (Foto: Divulgação)

A partir de julho, os brasileiros terão mais um motivo para comer hambúrguer e batata frita. A cadeia americana especializada em fast-food Wendy’s anunciou sua entrada no país. A princípio serão dois restaurantes inaugurados em São Paulo no mês que vem.

Não é à toa que a marca está de olho neste mercado. De acordo com um estudo da EAE Business School, na América Latina, ninguém gasta mais em fast-food do que os brasileiros. Em 2014, apenas Estados Unidos, Japão e China estavam à frente do Brasil em gastos neste setor.

O mercado de fast-food do país arrecadou cerca de US$ 25 bilhões em 2015, segundo a empresa de pesquisa Euromonitor. O grupo McDonald é o líder de mercado, com uma quota de 8,7%.

“O Brasil é um dos principais mercados globais, onde vemos um potencial considerável, e onde estamos investindo energia e recursos adicionais”, disse o chefe de operações da Wendy’s, Bob Wright, em um comunicado divulgado na segunda-feira, 27.

Em maio, a empresa comunicou que está passando por uma desaceleração nas vendas, principalmente devido a uma queda na demanda nos Estados Unidos, seu maior mercado.

A chegada da Wendy’s no Brasil, país que enfrenta sua mais profunda recessão em mais de um século, ocorre, estrategicamente, às vésperas da abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, em agosto.The New York Times

A freira de 18 anos "casada com o diabo" que pegou prisão perpétua


A bibliografia medieval reúne algumas das histórias mais bizarras em torno da religião, da superstição e do diabólico.

O caso da jovem freira Madelaine Bavent é um dos mais simbólicos e assustadores. Ele ocorreu no convento de Louviers, na Normandia, em 1625, quando a freira tinha apenas 18 anos.
Madelaine se apresentou às autoridades locais para declarar que havia sido enfeitiçada durante um sabá (dia de descanso), ao qual foi levada pelo diretor espiritual do lugar, o padre Mathurin Picard, e seu vigário, o padre Thomas Boulle. Segundo a freira alegou, ela teria sido casada com um diabo chamado Dragon e obrigada a ter relações sexuais com ele em um altar. Enquanto isso, dois homens teriam sido crucificados e estripados.

Após a abertura de uma investigação detalhada, outras duas freiras também acusaram os sacerdotes e disseram que foram obrigadas a ter relações sexuais com vários demônios. Enquanto as investigações avançavam, o padre Mathurin Picard morreu e as freiras foram acusadas de estarem possuídas, o que era muito comum em casos desse tipo, por isso tinham que ser exorcizadas.

A igreja onde ocorreu o ritual reuniu muitas pessoas. As freiras causaram um verdadeiro espetáculo, que incluiu insultos e obscenidades de todo tipo. Elas chegaram até a convulsionar enquanto o padre Thomas Boulle gritava ao ser torturado. Finalmente, Madelaine foi condenada a cumprir penitência por toda a vida na prisão episcopal. Além disso, o padre Boulle foi condenado à morte na fogueira e foi ordenada a exumação do corpo do padre Picard, que também foi desenterrado e queimado.

Após esse acontecimento, a igreja determinou, pela primeira vez, as regras para saber se alguém está possuído ou não, por meio de 15 tópicos que se resumem em: acreditar que está possuído e ter uma vida ruim; ser mau e vomitar coisas estranhas, como serpentes ou sapos; blasfemar e gritar coisas obscenas; comportar-se de forma violenta e fazer sons e movimentos característicos dos animais; ter condutas lascivas e uma força muscular incomum; demonstrar medo diante de relíquias e objetos sagrados; e não se lembrar de nada após o momento do transe diabólico. supercurioso.com

Imagem: Kiselev Andrey Valerevich/Shutterstock.com

Para que era usado o computador mais antigo do mundo?


Até então não se sabia qual teria sido a função da Máquina de Anticítera, ou “o primeiro computador da humanidade”, que tem 2 mil anos e foi descoberto em 1901, na Grécia.
Agora, um grupo internacional de cientistas anunciou, depois de 10 anos de estudo com tecnologia de vanguarda, a solução do mistério. O artigo, publicado pelo portal PhysOrg, explica que essa relíquia tecnológica foi desenvolvida como um calendário-relógio: mostrava as fases da lua, a posição do sol e dos planetas, e os eclipses previstos.
Para confirmar, os pesquisadores tiveram que decodificar, com aparelhos de raio-x, um texto de 3.500 caracteres espalhado pelas 82 partes encontradas da máquina, escrito com letras de pouco mais de 1mm, gravadas dentro e fora do artefato.

Segundo Alexander Jones, um dos diretores de pesquisa, o mecanismo era utilizado para a adivinhação e o conhecimento derivado da relação entre os movimentos cósmicos e do dia a dia. “Não foi uma ferramenta de pesquisa, algo que um astrônomo usaria para realizar cálculos, ou um astrólogo para fazer prognósticos, mas uma coisa utilizada para ensinar sobre o cosmos e o nosso lugar nele (...). Trata-se de um livro da astronomia como se entendia na época, conectando os movimentos do céu e dos planetas com a vida dos antigos gregos e o seu entorno”, explica Jones.RT
Imagem: Wikimedia Commons

terça-feira, 28 de junho de 2016

Mensagem do Dia

NA CIDADE UNIVERSITÁRIA- JUN 9-EBSERH -


CONCURSO PÚBLICO NA UFPA.

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares -EBSERH anunciou a abertura de Concurso Público para o preenchimento de 815 vagas de níveis médio, técnico e superior, no Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará.

Os profissionais atuarão no Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBF) e no Hospital Universitário João Barros Barreto (HUJBB), com remunerações variáveis entre R$ 1.863,48 e R$ 12.375,53, considerando as jornadas de 24h, 25h, 30h, 36h ou 40 horas semanais.

As oportunidades estão distribuídas entre três editais, da seguinte forma:

Edital 02/2016: Médicos nas especialidades de Anestesiologia (16), Cancerologia Cirúrgica (2), Cancerologia Clínica (6), Cardiologia (7), Cardiologia - Eletrofisiologia Clínica Invasiva (1), Cardiologia - Ergometria (2), Cardiologia Pediátrica (1), Cirurgia Cardiovascular (2), Cirurgia de Cabeça e Pescoço (4), Cirurgia do Aparelho Digestivo (7), Cirurgia Geral (12), Cirurgia Pediátrica (2), Cirurgia Plástica (2), Cirurgia Torácica (3), Cirurgia Vascular (3), Clínica Médica (20), Coloproctologia (2), Dermatologia (1), Diagnóstico por Imagem - Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia (1), Diagnóstico por Imagem - Ultrassonografia Geral (3), Ecocardiografia (2), Ecografia Vascular com Doppler (1), Endocrinologia e Metabologia (8), Endocrinologia Pediátrica (1), Endoscopia (3), Endoscopia Respiratória (1), Gastroenterologia (1), Gastroenterologia Pediátrica (1), Geriatria (3), Ginecologia e Obstetrícia (1), Hematologia e Hemoterapia (2), Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (3), Infectologia (15), Infectologia Hospitalar (1), Mastologia (2), Medicina do Trabalho (2), Medicina Intensiva (12), Medicina Intensiva Pediátrica (8), Medicina Paliativa (2), Nefrologia (5), Neurocirurgia (2), Neurofisiologia Clínica (1), Neurologia (2), Neurologia Pediátrica (1), Neurorradiologia (1), Nutrologia (2), Oftalmologia (10), Otorrinolaringologia (16), Patologia (6), Pediatria (2), Pneumologia (4), Psiquiatria (1), Radiologia e Diagnóstico por Imagem (5), Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia (1), Radioterapia (4), Reumatologia (2) e Urologia (3);Edital 03/2016 - Área Assistencial - Assistente Social (4), Biólogo (1), Biomédico (4), Cirurgião Dentista - Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais (2), Cirurgião Dentista - Patologia Bucal (2), Enfermeiro (60), e Enfermeiro das especialidades de Cardiologia (1), Cardiologia - Hemodinâmica (1), Oncologia (4), Saúde do Trabalhador (1), Terapia Intensiva (4), e Terapia Intensiva Pediátrica (2), Farmacêutico (5), Físico - Física Médica - Radiodiagnóstico (1) e Radioterapia (1), Fisioterapeuta (1), e Fisioterapeuta - Respiratória (1) e de Terapia Intensiva (3), Fonoaudiólogo (10), Nutricionista (2), Pedagogo (1), Psicólogo - Área Hospitalar (4), Tecnólogo em Radiologia - Radioterapia (1), Terapeuta Ocupacional (2), Técnico em Análises Clínicas (1), Citopatologia (6), Enfermagem (300), Enfermagem - Saúde do Trabalhador (2), Farmácia (20), Necropsia (2), Óptica (1), Radiologia (14), Radiologia - Radioterapia (5), e em Saúde Bucal (15);Edital 04/2016 - Área Administrativa - Advogado (3), Analista Administrativo em Administração (1), Administração Hospitalar (4), Biblioteconomia (1), Contabilidade (2), Economia (1), Estatística (1), e Relações Públicas (1), Arquiteto (1), Analista de Tecnologia da Informação - Processos (1), Sistemas Operacionais (1), Suporte de Redes (2), e Telecomunicações (1), Engenheiro Civil (1), Engenheiro Clínico (1), Engenheiro de Segurança do Trabalho (1), Engenheiro Eletricista (1), Engenheiro Mecânico (1), Jornalista (1), Assistente Administrativo (50), Técnico em Contabilidade (6), Técnico em Informática (10), e Técnico em Segurança do Trabalho (5).
O prazo de inscrição segue de 27 de junho de 2016 a 1º de agosto de 2016, pelo site da organizadora,www.institutoaocp.org.br, mediante o preenchimento do formulário e pagamento das taxas de R$ 60,00; R$ 80,00 ou R$ 120,00, em forma de GRU na unidade bancária definida no edital.
Aqueles que não tiverem acesso à internet, podem solicitar a participação de forma presencial, na Travessa do Chaco, nº 1.957 B, bairro Marco, Belém - PA.

Os inscritos serão submetidos à Prova Objetiva e Avaliação Curricular e de Títulos, sendo que a classificação final será válida por um ano, podendo ser prorrogada por igual período.

ProUni: MEC divulga lista da segunda chamada


O MEC (Ministério da Educação) divulga nesta segunda-feira (27) o resultado da segunda chamada do ProUni (Programa Universidade para Todos). Os estudantes pré-selecionados têm até o dia 1º de julho para apresentar nas instituições de ensino os documentos que comprovem as informações prestadas na hora da inscrição.

O ProUni seleciona estudantes para receber bolsas de estudo em instituições particulades de ensino superior com base na nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Serão ofertadas, no segundo semestre deste ano, 125.442 bolsas - 57.092 integrais e 68.350 parciais, de 50% - em 22.967 cursos de 901 instituições de ensino superior.

O resultado será divulgado na página do ProUni. Cabe ao candidato verificar, na instituição, os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação. Aqueles que não forem selecionados podem ainda participar da lista de espera, de 8 a 11 de julho.

A lista dos documentos necessários está disponível na internet. O estudante é selecionado quando a documentação é aprovada.

O programa é dirigido tanto aos estudantes egressos do ensino médio na rede pública, quanto àqueles que tenham vindo da rede particular na condição de bolsistas integrais. Podem concorrer a bolsas integrais os estudantes que comprovem renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Às bolsas parciais, podem concorrer aqueles com renda familiar per capita máxima de três salários mínimos.Agência Brasil

JANOT - Pede virada histórica e nova representação política


No mais político discurso de sua carreira, o procurador-geral Rodrigo Janot bradou contra praticamente toda a elite política brasileira, nesta segunda-feira (27), durante a abertura de um seminário que vai discutir os grandes casos criminais do Brasil e da Itália; ele disse que movimentações de políticos tentam frear as investigações da Lava Jato e afirmou que o Ministério Público "não se sujeitará à condescendência criminosa" em favor de uma" pseudo estabilidade destinada a poucos"; para Janot, a operação revelou que políticos e empresários transformaram "o Estado em um clube para desfrute de poucos"; "Chegou a hora de quebrarmos também os grilhões do patrimonialismo, de nos libertarmos de um modo de ser que não nos pertence, daquele malfadado jeitinho associado à corrupção da lei que não traduz nossa verdadeira natureza. É hora de nos desvencilharmos da cultura de espoliação e do egoísmo. O país fartou-se desse modelo político", disse.132

Brasil pode ter onda de pedidos de recuperação judicial

Entre os casos mais críticos estão a Gol, a Usiminas e a CSN (Foto: EBC)

Na semana passada, a Oi protocolou o maior pedido de recuperação judicial já visto no Brasil. A empresa tomou a decisão após não conseguir renegociar sua dívida junto a credores, atualmente em R$ 65 bilhões.

Segundo economistas ouvidos pelo jornal El País, a situação da Oi não é um caso isolado. De acordo com dados da Serasa Experian, somente nos primeiros cinco meses deste ano, os pedidos de recuperação judicial foram 95,1% a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado. Ou seja, quase o dobro. Entre os casos mais críticos estão a Gol, a Usiminas e a CSN.

A recessão na economia e a alta do dólar afetou a demanda de passageiros da Gol e fez a empresa ter um prejuízo de R$ 3,5 bilhões no ano passado. A empresa já acumula R$ 14,5 bilhões em dívida líquida ajustada, que representa o total dos empréstimos, financiamentos, obrigações com aquisição e antecipações de valores descontados do saldo de caixa. Diante da crise, a Gol contratou duas consultoras para analisar a situação financeira, cortou destinos e vai retirar 20 aviões de sua frota este ano.

Já a CSN e a Usiminas estão sendo afetadas pela redução da demanda interna, a desaceleração da China (que é o maior mercado do aço brasileiro) e o excesso da oferta global de aço, que fez despencar o preço do metal. No caso da Usiminas, a desvalorização do real também tem parte na crise. Isso porque quase metade da dívida da empresa é em moeda estrangeira. A dívida líquida da Usiminas chegou a R$ 5,5 bilhões em março deste ano.

Economistas alertam para o risco de “efeito Oi”, ou seja, um aumento generalizado nos pedidos de recuperação judicial. Segundo Ricardo Carvalho, diretor sênior da Fitch, o atual número de empresas sob o risco de não honrar suas dívidas é o maior já observado na última década.

“Há uma perda de fuga de caixa forte. As razões são simples: há uma forte piora do ambiente de negócios, uma demanda retraída, queda de renda, preço baixo das commodities, alta taxa de juros, sem perspectiva de investimentos”, disse Carvalho, em entrevista ao El País.


Temer quer aumentar para 70 anos a idade mínima para aposentar

O governo deverá criar uma regra de transição para aqueles que já estão no mercado de trabalho (Foto: Beto Barata/PR)

O governo do presidente interino Michel Temer quer aumentar a idade mínima de aposentadoria da próxima geração para 70 anos. De acordo com o jornal O Globo, uma fonte ligada ao governo afirmou que a ideia que será apresentada ao Congresso é de estabelecer duas faixas para aposentadoria: uma a curto prazo, a de 65 anos, e outra a longo prazo, a de 70 anos, que será aplicada somente daqui a 20 anos.

Segundo o jornal, há praticamente consenso que a reforma da Previdência em estudo deve estipular a idade mínima de 65 anos para aposentadoria. No entanto, o governo deverá criar uma regra de transição para aqueles que já estão no mercado de trabalho, principalmente os que estão mais próximos de se aposentar.

Atualmente, a lei determina uma contribuição de pelo menos 35 anos de trabalho. Desse modo, caso um homem tenha 50 anos e já contribuiu com 30 dos 35 anos, ele não precisará trabalhar mais 15 anos e será incluído na regra de transição, que ainda será analisada pelo governo.

A equipe econômica da presidência planeja elevar a idade média das pessoas para se aposentar, que atualmente é de 54 anos. Apesar de Temer ter se posicionado recentemente a favor de que as mulheres se aposentem levemente mais cedo, a ideia da equipe econômica é que, a longo prazo, a idade para ambos os sexos coincida.

Nesta terça-feira, 28, o governo se reunirá com as centrais sindicais para discutir a proposta de reforma da Previdência. A expectativa é que a primeira versão dela saia nessa reunião. No entanto, as centrais sindicais têm se mostrado inflexíveis principalmente em relação à regra que afeta quem está no mercado de trabalho ou próximo à aposentadoria.O Globo

Encontrada base naval do mundo antigo submersa no mar grego


Um complexo de construções do mundo antigo - mais exatamente uma base naval ateniense de 2.500 anos - foi descoberta por arqueólogos dinamarqueses e gregos.
O achado apresenta fortificações portuárias e galpões para o armazenamento de centenas de navios de guerra chamados trirremes. Os restos foram encontrados submersos, no porto de Mounichia, em Pireu, uma cidade vizinha a Atenas.

O arqueólogo Bjorn loven, da Universidade de Copenhague, liderou a expedição como parte do Projeto Porto Zea. Sua equipe identificou e escavou seis navios-abrigos, que foram usados para proteger os navios gregos de moluscos que perfuram a madeira (bromas) e da secagem quando as embarcações não eram mais necessárias no mar.

De acordo o arqueólogo, as bases sob as colunas tinham de 1,8 m por 15,2 cm e os galpões mediam pouco mais de 5,7 m de largura, até 8 m de altura e 50 m de comprimento.

Com base na cerâmica e na datação por carbono 14 a partir de uma peça de madeira encontrada em um dos navios-abrigos, loven e seus colegas puderam identificar que a estrutura foi construída em torno de 520 a.C. a 480 a.C., ou pouco tempo depois.

Batalha de Salamina
Os pesquisadores acreditam que a base teve um papel fundamental na batalha de Salamina, entre gregos e persas, em 480 a.C., considerado o duelo naval mais decisivo da Antiguidade.

Esse confronto ocorreu nos estreitos que separam o continente grego da ilha de Salamina. De um lado estava o rei persa Xerxes I e, do outro, o político ateniense Temístocles, que saiu vitorioso. A batalha garantiu a independência das cidades-estados gregas e, consequentemente, o desenvolvimento da civilização ocidental.

De acordo com os pesquisadores, novas escavações estão previstas para o futuro para revelar ainda mais sobre esse inestimável achado do mundo antigo.Seeker , Universidade de Copenhague
Imagem: Vassilis Tsiairis

segunda-feira, 27 de junho de 2016

‘Financial Times’ critica a cultura da ajuda doméstica no Brasil

Artigo cita caso de casal que levou babá a protesto (Foto: Facebook)

Nesta quinta-feira, 23, o Financial Times publicou um artigo em que aponta as contradições entre o costume dos brasileiros de contratar ajuda doméstica e a luta pela igualdade entre classes no país.

Na matéria intitulada “Brasil faz excesso parecer brincadeira de criança” (em tradução livre), a colunista Samantha Pearson faz uma análise dos hábitos culturais do país, usando como exemplo a insistência de sua sogra brasileira de que ela contratasse garçons para a festa de um ano de seu filho, o que Samantha julga uma extravagância desnecessária.

O artigo levanta a ideia de que tais costumes devem estar à beira da extinção, considerando-se o fato de que o país passa pela sua pior recessão. Para Pearson, os exércitos de funcionários domésticos são incompatíveis com a cobiçada igualdade social.

Atentando para o debate que a nomeação de um gabinete exclusivamente masculino e branco pelo presidente interino Michel Temer iniciou, a correspondente do FT no Brasil lembrou o caso da revolta que a foto de um casal, a caminho de uma manifestação pelo impeachment de Dilma Rousseff, acompanhado pela babá negra e uniformizada empurrando os carrinhos dos filhos provocou. Além disso, ela cita, ainda, o caso da babá que não pôde usar o banheiro do Country Club em Ipanema, no Rio de Janeiro.

“O país”, diz o artigo, “tem cerca de sete milhões de trabalhadores domésticos, de acordo com um estudo de 2013 pelo International Labour Office”. Segundo o estudo, uma em cada seis trabalhadoras está atualmente empregada como funcionária doméstica no Brasil. O número é ainda mais alto entre as mulheres negras.

“Para ser justa, os patrões – especialmente aqueles que constantemente viajam para fora do país – ficam pelo menos um pouco tímidos sobre seus estilos de vida aristocráticos quando perguntados. No entanto, não está claro o quão dispostos eles estão a abrir mão disso. O mesmo pode ser dito da corrupção: enquanto os brasileiros reclamam sobre os políticos ladrões, a quantidade de quebra de regras que acontece no dia a dia em todos os níveis sociais é impressionante.”

Brasil renova acordo automotivo com Argentina


Brasil e Argentina renovaram até 2020 o acordo automotivo entre os países e que venceria em 30 de junho. Em nota, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços informou neste sábado (25) que foi mantido o sistema flex, que prevê que o Brasil poderá vender, com isenção de impostos, no máximo, US$ 1,5 para cada US$ 1 importado do país vizinho.

A renovação do acordo foi assinada pelo Comitê Automotivo Brasil/Argentina após dois dias de reuniões, realizadas na última quarta-feira (23) e quinta-feira (24). O novo acordo prevê que a partir de 1 de julho de 2019, se alcançadas as condições para o aprofundamento da integração produtiva e o desenvolvimento equilibrado de estruturas produtivas e de comércio, o flex do comércio bilateral do setor automotivo será de US$ 1,7 para cada US$ 1, após prévio acordo entre as partes.

De acordo com o ministério, a renovação do acordo bilateral trará benefícios mútuos, ao conferir maior previsibilidade ao setor. “Depois de muita negociação, chegamos a um acordo por mais quatro anos, que traz muita previsibilidade para o setor e que estabelece bases para o livre comércio automotivo a partir de 2020, uma grande vitória para a indústria nacional", disse o ministro Marcos Pereira, em comunicado enviado à imprensa.

Em junho de 2014, os dois países assinaram um acordo automotivo, válido até junho de 2015. No final do ano passado, o acordo foi prorrogado e os dois países continuaram negociando as cláusulas para a renovação do acerto. O Brasil tentava ampliar a margem do chamado sistema flex. Já a Argentina queria estender às autopeças do país o regime Inovar Auto, que prevê isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de fabricantes brasileiros que cumprem metas de investimento em pesquisa e de desenvolvimento de novas tecnologias.

Sistema Flex

O mecanismo conhecido como flex prevê que cada US$ 1 que a Argentina vende ao Brasil em autopeças e veículos, as montadoras brasileiras poderão exportar ao país vizinho US$ 1,5 com isenção do imposto de importação. Acima disso, os veículos brasileiros pagam tarifas de 35% para entrar no mercado argentino. Os veículos precisarão ter pelo menos 60% das peças e dos componentes fabricados no Mercosul.Agência Brasil

TECNOLOGIA Cofundador da Microsoft quer criar o maior avião do mundo

Trem de pouso do Stratolaunch terá um total de 28 rodas (Foto:Youtube)

O cofundador da Microsoft, Paul Allen, quer construir o maior avião da história. Batizado de Stratolaunch, o avião terá fuselagem dupla e a envergadura total das asas da largura de um campo de futebol. O trem de pouso terá um total de 28 rodas.

O Stratolaunch tem fins que vão além da Terra. A ideia é que ele possa carregar foguetes para serem lançados em órbita a 35 mil pés (cerca de 11 mil metros de altura). Ele também tem como objetivo abrir o acesso à órbita baixa da Terra, onde ficam os satélites, acelerando as viagens de avião.

A empreitada chega num momento em que o setor de viagens espaciais está sendo chacoalhado por projetos de ícones do empreendedorismo como Jeff Beezos, Elon Musk e Richard Branson. Embora pareça algo extraordinário, Allen diz que os novos conceitos são inevitáveis. Ele cita com o exemplo a revolução gerada pelos computadores e pela internet.

“Há 30 anos, o computador pessoal levou o oder da computação às mãos de milhões de pessoas e liberou um incalculável potencial humanos. Há 20 anos, a chegada da internet, combinada à consequente proliferação dos smarphones, permitiram a bilhões de pessoas superar os limites geográficos e comerciais. Hoje, a expansão do acesso à órbita baixa da Terra tem um potencial revolucionário similar” disse Allen, em entrevista ao Washington Post.


Bancos começam a usar inteligência artificial


Decorar senhas e códigos de acesso está prestes a virar coisa do passado para os clientes de banco do país. Em breve, basta conversar com o celular ou com o computador para ver o saldo da conta, pedir um empréstimo ou negociar uma dívida, com garantia de que nenhum intruso se passe pelo correntista. A inteligência artificial está começando a ser usada no relacionamento com os clientes pelas instituições financeiras no Brasil.

Em 60 dias, o Banco do Brasil oferecerá a novidade para clientes dos segmentos Private e Estilo Digital – de maior poder aquisitivo. Por meio do aplicativo da instituição financeira no smartphone, os correntistas terão acesso a um assistente que permite a realização de transações por meio do celular sem risco de fraude porque a biometria da voz do cliente estará gravada. O Bradesco testa tecnologia semelhante para que os clientes possam conversar com os computadores, ainda sem previsão de lançamento.

Chamada de computação cognitiva, a tecnologia se baseia na capacidade de computadores cruzarem grandes volumes de dados e gerarem análises e respostas por conta própria. No caso de reconhecimento de voz, os computadores memorizam a voz do usuário para decodificarem padrões, descobrirem hábitos e interpretarem comandos. No Brasil, a novidade está sendo desenvolvida com base na ferramenta Watson, importada dos Estados Unidos.

“A computação cognitiva é revolucionária. O computador tem a capacidade de ler, interpretar e entender o que está pesquisando para dar a resposta. Estamos desenvolvendo uma linguagem natural para o homem conversar com a máquina”, diz o vice-presidente de Tecnologia do Banco do Brasil, Geraldo Dezena.

Além do assistente de voz no smartphone, o Banco do Brasil pretende, nos próximos 90 dias, estender a computação cognitiva aos computadores. Um assistente virtual avisará se a máquina do cliente está desatualizada ou sem o módulo de segurança para acessar a página do banco na internet e orientará a configuração do computador por meio de auxílio remoto.

Segundo Dezena, o uso da inteligência artificial no mercado financeiro traz vantagens, não apenas agiliza o atendimento, como melhora significativamente a relação dos bancos com os clientes, que poderão fazer transações e consultas apenas por meio da voz. “Os funcionários não precisarão mais ensinar clientes a usar terminais de autoatendimento, aplicativos ou computadores. Mesmo a pessoa mais simples vai poder conversar com a máquina. A computação cognitiva valoriza o tempo do cliente e traz ganho de eficiência operacional para o banco”, explica.

O banco também pretende usar a inteligência artificial para auxiliar clientes que querem renegociar dívidas. Internamente, a computação cognitiva também será usada por funcionários, que poderão conversar com o computador para tirar dúvidas, em vez de consultarem manuais. As duas novidades ainda estão em fase de testes.

Para o vice-presidente do Banco do Brasil, a computação cognitiva tem potencial para revolucionar não apenas o mercado financeiro, mas todas as áreas que trabalham com grandes volumes de dados. “Nos Estados Unidos, médicos estão usando essa tecnologia para descobrirem doenças. Em vez de procurarem nos livros, falam os sintomas para a máquina, e o diagnóstico sai na hora”, ressalta. Agência Brasil

China tem nova conquista em programa espacial


Neste domingo (26), a China anunciou a recuperação de uma sonda experimental lançada a bordo de um foguete de nova geração, marcando mais um marco no seu programa espacial cada vez mais ambicioso, que prevê uma missão a Marte até o final da década.

Autoridades do programa espacial chinês disseram que o pouso da nave espacial, no interior da Mongólia, mantém a China dentro do cronograma para colocar sua segunda estação espacial em órbita até o final deste ano. O lançamento da nave a bordo do foguete Long March 7, no sábado (25), foi saudado como um avanço no uso de combustíveis mais seguros e mais amigáveis ao meio ambiente. O lançamento também marcou o primeiro uso da nova plataforma Wenchang Satellite Launch Center, na província de Hainan, uma ilha ao sul da China.

Desde o lançamento de sua primeira missão tripulada em 2003, a China enviou uma estação espacial experimental, o Tiangong 1, promoveu uma caminhada espacial e pousou seu veículo Yutu na lua. Sua segunda estação espacial, o Tiangong 2, deverá chegar ao espaço em setembro.

Depois disso, está programado o lançamento da nave espacial Shenzhou 11, com dois astronautas a bordo, para atracar com a estação e permanecerem por vários dias no local. Administradores sugerem ainda que um pouso tripulado na Lua também pode acontecer no futuro.

Fonte de enorme orgulho nacional, o programa espacial apoiado pelas forças armadas da China planeja um total de 20 missões espaciais este ano, em um momento quando os programas dos Estados Unidos e de outros países estão buscando novos papéis.

A China também está desenvolvendo o foguete Long March 5, mais pesado, que terá a função de lançar o Tiangong 2 e outras cargas de maior volume. O país planeja lançar uma missão para pousar um robô em Marte em 2020, na tentativa de recriar o sucesso da missão norte-americana Viking 1, que conseguiu pousar um veículo no planeta há quatro décadas.Estadão Conteúdo

domingo, 26 de junho de 2016

Mensagem do Dia

MEC libera R$ 1 bilhão e acalma reitores

Mendonça Filho, ministro da Educação (Foto: Agência Brasil)

Tem caído a resistência contra o ministro da Educação. Mendonça Filho acaba de liberar R$ 1 bilhão para as instituições federais – obras e compras de materiais para universidades, hospitais universitários e institutos de ensino. “Havia R$ 700 milhões bloqueados quando cheguei”, diz o ministro. A relação com a Andifes, a associação nacional dos reitores, melhorou muito após a visita do grupo a Mendonça.CE

Delação da Odebrecht atinge todos os poderes


Delação premiada que o empresário Marcelo Odebrecht negocia com o Ministério Público Federal em Curitiba está causando receio não apenas nos delatados, mas dentro do próprio MPF; há dúvida entre os procuradores se as instituições brasileiras serão capazes de absorver o "gigantesco impacto" que causará o que já foi entregue pela empreiteira e o que ainda está sendo negociado; revelações do dirigente da Construtora Odebrecht não poupam nenhum Poder da República ou partido político; este seria o motivo que pode tornar inviável sua homologação no Supremo Tribunal Federal; nesta semana, o procurador da força-tarefa da Lava Jato Carlos Fernando dos Santos Lima se apressou ao negar delação premiada envolvendo Marcelo Odebrecht; "Marcelo Odebrecht nunca disse uma palavra a nós"

Veja algumas das bolsas de estudo mais estranhas


Ter um sobrenome tão incomum quanto Zolp nunca valeu tanto a pena. Quem tiver esse nome na sua certidão de nascimento pode conseguir uma bolsa de estudos na Loyola University Chicago. Outro requisito fundamental para o aluno que quiser a bolsa é ser católico. A ajuda financeira muda de valor a cada ano dependendo do número de "Zolps" que se candidatarem.

Quem é ou gostaria de ser um caddie - jovem que segura os tacos de golfe de um jogador durante um treino ou partida - pode ter uma chance de conseguir uma bolsa de estudos. Com um bom currículo, acadêmico e nos campos de golfe, qualquer pessoa pode se increver para a Evans Scholars Foundation Scholarship, bolsa de estudos da Western Golf Association. Para conseguir a ajuda também é necessário ter bom carisma e demonstrar ser finaceiramente menos favorecido.

Agora, se você é um estudante que acabou de sair do ensino médio, procura uma faculdade de agronomia e ama porcos e suínos em geral, a International Boar Semen Scholarship Program, da companhia norte-americana Universal Pig Genes Inc. é a melhor opção de bolsa de estudo. A ajuda é de US$ 500.Ansa

Dengue: Instituto Butantã começa a testar vacina


Os testes da terceira e última etapa da vacina contra a dengue, que já vinham sendo feitos desde fevereiro com 1,2 mil voluntários recrutados pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), começaram a ser realizados também, nessa quinta-feira (23), com 1,2 mil voluntários na Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto), no interior paulista.

O Hospital das Clínicas e a Famerp são dois dos 14 centros de estudo credenciados pelo Instituto Butantã - que desenvolve a vacina -, onde serão feitos os testes da terceira etapa do projeto. Esta fase envolverá 17 mil pessoas em 13 cidades, nas cinco regiões do país. Na próxima semana, segundo o instituto, um centro em Manaus (AM) e outro em Boa Vista (RO) também darão início aos trabalhos.

A última etapa da pesquisa servirá para comprovar a eficácia da vacina. Do total de voluntários, dois terços receberão a vacina e um terço receberá placebo, que é uma substância com as mesmas características da vacina, mas sem os vírus, ou seja, sem efeito. Ninguém - nem a equipe médica e nem o voluntário - saberá quem vai receber a vacina e quem receberá o placebo. O objetivo é descobrir, a partir dos exames do material coletado desses voluntários, se quem tomou a vacina ficou protegido e se quem tomou o placebo contraiu a doença.

Segundo Jorge Kalil, diretor do Instituto Butantã, São José do Rio Preto é a única cidade sem ser uma capital que participará desta etapa. “É o único centro que não está em uma capital. [São José do] Rio Preto tem uma medicina de muito boa qualidade e está em uma região onde é muito forte a dengue. Então, é lugar bom para a gente testar [a vacina]”, disse Kalil, em entrevista à Agência Brasil.

Em São José do Rio Preto, a vacinação e o acompanhamento dos voluntários pela Famerp são feitos em uma Unidade Básica de Saúde. As pessoas que participarão do teste são voluntárias, saudáveis, que já tiveram ou não dengue em algum momento da vida e que se enquadrem em três faixas etárias: 2 a 6 anos, 7 a 17 e 18 a 59. Eles são acompanhados pela equipe médica por um período de cinco anos para verificar quanto tempo dura a proteção oferecida pela vacina.

“Essa última etapa significa que, nos 14 centros, vamos vacinar 17 mil pessoas em três faixas etárias. Vamos começar pelos adultos, depois os adolescentes e, em seguida, as crianças. Vamos dar a vacina em um estudo chamado de duplo cego aleatório, ou seja, nem a pessoa que administra nem a que recebe sabe se está tomando a vacina ou o placebo. Vamos ver os casos que vão ocorrer naturalmente de dengue. Há um comitê de observação que sabe quem recebeu uma coisa ou outra [placebo ou vacina], e que vai observar, por cálculos estatísticos, para mostrar se a vacina protege e em que percentual. Esperamos que proteja entre 80% e 90%”, acrescentou Kalil.

Segundo ele, a última etapa de testes pode durar em torno de um ano. "Podemos ter a resposta daqui a um ano, mas vamos acompanhar esses indivíduos por cinco anos porque queremos saber como eles vão se comportando nesse período: se ainda estarão protegidos contra a dengue e se haverá necessidade de uma dose de reforço no futuro”, disse.

O instituto estima que a vacina esteja disponível para registro até 2018. “Essa vacina é importante para o mundo todo. Há 3 bilhões de pessoas no mundo que têm risco de contrair a dengue e existem no Brasil, por ano, mais de 3 milhões de casos da doença, com mortalidade relativamente elevada”, acrescentou o diretor do instituto.

A vacina

A vacina contra a dengue tem potencial para proteger contra quatro vírus da doença com uma única dose. Ela é produzida com vírus vivos, mas geneticamente enfraquecidos. Com os vírus vivos, a resposta imunológica é maior, mas como eles estão atenuados, não há potencial para provocar a doença.

Nas etapas anteriores, a vacina foi testada em 900 pessoas: 600 na primeira fase de testes clínicos, feita nos Estados Unidos, e 300 na segunda etapa, realizada na cidade de São Paulo em parceria com a Faculdade de Medicina da USP (por meio do Hospital das Clínicas e do Instituto da Criança) e com o Instituto Adolfo Lutz.

Segundo Kalil, as demais fases de testes demonstraram que a vacina tem se comportado bem. “Se pegarmos todos os casos das outras fases, quando olhamos o nível de anticorpos neutralizantes produzidos, ou seja, o número de anticorpos que não deixam o vírus proliferar, vemos que ela induziu uma resposta muito forte contra os quatro sorotipos. Além de anticorpos, a vacina induz uma resposta celular, ou seja, a vacina ensina linfócitos chamados T a se defenderem do vírus e isso é um coadjuvante muito importante da resposta antiviral”, comentou.Agência Brasil

Preço de smartphone e notebook recua


Quase dois meses após a volta do Lei do Bem, os preços de eletrônicos começam finalmente a cair. Segundo levantamento feito pelo comparador de produtos e preços Zoom, no período de 29 de abril a 07 de junho, os smartphones foram os que apresentaram a maior baixa: 8%. Já os PCs e os notebooks tiveram queda de 7%, enquanto o preço dos tablets já recuou 6%.

No ano passado, o governo federal, por meio da Medida Provisória 690, resolveu extinguir o benefício, que prevê a isenção de impostos PIS/Pasep e Cofins para eletrônicos como smartphones, notebooks, PCs e tablets. No entanto, uma liminar obtida na Justiça pela Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) reestabeleceu, no final de abril, a isenção até a data original que tem duração, em dezembro de 2018.

Entre os destaques de queda de preços, o Zoom cita o smartphone Galaxy On 7, da Samsung, e o Zenfone 2 Laser, da Asus, que chegaram a apresentar queda de 20% em seus preços no período em que foram monitorados. Já o notebook HP 11-n226br ficou 37% mais barato. O preço do All in One LG caiu 18%. Para o estudo, o site monitorou os preços dos dez produtos mais buscados das categorias: smartphones, tablets, notebooks e desktops.

Thiago Flores, diretor executivo do Zoom, afirma que embora outros fatores também impactem no preço dos eletrônicos, como alta do dólar, aumento dos juros e inflação, a volta da isenção fiscal já dá mais fôlego para o varejo trabalhar com valores mais competitivos.

“Assim, quem deseja investir em um novo smartphone, notebook, PC ou tablet precisa pesquisar bastante para encontrar preços menores do que os praticados no início do primeiro trimestre desse ano. A tendência é que os valores caiam ainda mais ao longo do mês”, prevê o executivo.

Pelos cálculos do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), 39,12% do valor dos smartphones são convertidos em impostos. Sem a lei de incentivo, a fatia aumenta para 47,59%. Computadores com custo de até R$ 2 mil têm 24,30% de impostos com a lei. Sem o benefício, o percentual sobe para 33,62%. Metro

Especialista: Brexit é retrocesso para humanidade


A decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia gera um clima de incerteza, porque pode provocar um impacto profundo na economia do país e da União Europeia (EU), com reflexos no restante do mundo. Além disso, do ponto de vista ideológico, o referendo que determinou a saída do país do bloco é um retrocesso para a “evolução da humanidade”, porque vem de uma nação liberal, com tendência à pluralidade, afirma o professor Christian Lohbauer, cientista político do Instituto de Relações internacionais da USP.

“É um país liberal, que tomou uma decisão não liberal. Tomou uma decisão de proteger seu espaço, de fechar fronteiras e impedir o tráfego de pessoas, que vai ter um efeito sobre o tráfego de capitais, sobre o comércio, sobre a manutenção da unidade do próprio Reino Unido. É tudo muito complicado e realmente há perguntas que ainda estão no ar”, disse o especialista sobre a Brexit – contração de “Britain exit”, literalmente “saída da Grã-Bretanha”.

Segundo Lohbauer, a participação do país na interação europeia foi “contaminado” pela demagogia política. “É evidente que é melhor para o Reino Unido permanecer na UE, por todas as razões: comércio, mundo financeiro, integração regional, tolerância”, enumera.

O resultado do referendo foi imediato no mercado financeiro: após a divulgação de que a Brexit havia vencido, a libra caiu para o nível mais baixo em relação ao dólar desde 1985. Mark Carney, o governador do Banco da Inglaterra, prometeu a liquidez necessária às instituições para que a crise política que começa agora, com a saída do primeiro-ministro David Cameron, não se torne uma crise financeira - Carney garante que há 250 bilhões de libras em fundos para assegurar o funcionamento dos mercados.

Jovens contra a Brexit, mais velhos a favor

A votação do referendo foi apertada: a Brexit recebeu 51,9% dos votos, enquanto 48,1% votaram pela permanência. Os mais jovens

Dos quatro países que compões o Reino Unido, a Inglaterra e País de Gales votaram fortemente a favor da saída, enquanto cidadãos da Escócia e da Irlanda do Norte optaram pela permanência no bloco. Em Londres, 60% dos votos foram pela permanência na UE. No entanto, em todas as outras regiões inglesas, principalmente no interior, a maioria votou pela saída.

Segundo Lohbauer, o interior do país foi muito influenciado pela imigração, não da Síria e do Iraque, mas do Leste Europeu, com pessoas que realmente passaram a ocupar espaço no mercado de trabalho, tanto em níveis mais básicos quanto naqueles mais sofisticados.

Entre os jovens de 18 e os 24 anos, 73% votaram pela permanência do Reino Unido no bloco, enquanto continuar no bloco era a opção para 62% daqueles entre 25 aos 34. Nas outras faixas etárias, porém, o Brexit era a maioria – para os britânicos com mais de 65 anos, sair era a vontade de 60%.

“Essas regiões foram muito afetadas por um discurso de xenofobia, nacionalista, de soberania, que pegou todas as pessoas acima de 35 anos, que têm uma visão mais antiga da importância da autonomia britânica e que deu esse resultado muito preocupante, porque é uma regressão no avanço da evolução da humanidade, da sociedade ocidental, que é o fechamento de um país que tem uma tendência de abertura, de liberalismo”, critica.

Razões históricas

Segundo o professor Christian Lohbauer, desde que se uniram ao bloco, em 1972, os britânicos sempre apoiaram a iniciativa de União Europeia de uma perspectiva de confederação, que daria mais independência para cada país fazer as suas regras, ao contrário do ambiente federativo, mais controlado, que Bruxelas - capital da Bélgica e da UE - e a aliança franco-alemã sempre promoveram.

“A Inglaterra se recente disso, mais do que os outros países, porque Bruxelas tem um política intervencionista e os ingleses resistem a essa construção de políticas comuns”, explica.

Ele também destaca que a campanha nacionalista do Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), liderado por Nigel Farage, resgatou sentimentos nacionalistas históricos do país, como o fato da Inglaterra sempre ter sido “o bastião da resistência democrática e do mundo livre”, seja na época em que Napoleão Bonaparte (1769-1821) dominou a Europa ou no ambiente da Segunda Guerra Mundial (1939-45), no combate ao nazismo e ao fascismo.

“Isso criou nos britânicos uma espécie de diferencial, além do [fato de] que eles são uma ilha, que nunca se submeteu a nenhuma potência europeia. É o único espaço da região com essa característica", ressalta. Isso tudo, aliado ao discurso xenofóbico, ao fortalecimento do grupo de independentes do UKIP, contribui para entender como o cidadão comum interpretou essa decisão e decidiu sair.”BandNews

Plâncton pode colocar teoria da superioridade humana em xeque


Dois pesquisadores da Universidade de Barcelona publicaram um estudo sobre a perda de genes na evolução, que coloca em xeque a noção da superioridade humana.
A pesquisa foi conduzida pelos professores Ricard Albalat e Cristian Cañestro, do Departamento de Genética, Microbiologia e Estatística e do Instituto de Pesquisa da Biodiversidade da universidade. Os biólogos estudaram o organismo planctônico Oikopleura dioica, um animal marinho minúsculo bastante propenso a perder genes.

Cristian Cañestro explicou, em entrevista ao jornal espanhol El País, que “a maioria dos nossos genes está também nas medusas. Nosso ancestral comum os tinha. Não é que nós tenhamos ganhado genes; eles é que os perderam. A complexidade genética é ancestral”. E Albalat acrescenta: “Não existem animais superiores nem inferiores. Nossas ‘peças de Lego’ são basicamente as mesmas, apesar de construirmos coisas diferentes com elas”.

Dadas as semelhanças entre o genoma humano e o do Oikopleura dioica, esse plâncton é ideal para entender quais são os genes essenciais. Ele mede três milímetros, tem boca, ânus, coração e cérebro, perdeu 30% dos nossos genes comuns, mas não apenas conseguiu sobreviver como sua espécie está em crescimento.RT
Imagem: Lightspring/Shutterstock.com

Nasa inicia criação de rede de internet espacial


Foi dado o passo inicial para se criar a primeira conexão de internet no espaço, um sistema inovador que poderá colocar em comunicação satélites, estações espaciais e, quem sabe um dia, humanos habitando outros planetas, por todo o Sistema Solar.

A Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) acaba de instalar na Estação Espacial Internacional (ISS) uma tecnologia que é a base para uma conexão de internet, a DTN (Delay/Disruption Tolerant Networking).

A tecnologia consta em um sistema que envia uma informação em determinados "pacotes" independentes de dados que se unem na sua destinação final, conseguindo assim transmitir uma mensagem.

O DTN é bem útil para o espaço já que ele consegue lidar bem com períodos duradouros de interrupções de conectividade, o que se torna ideal para, por exemplo, receber informações de uma sonda na órbita de Plutão ou de um rover em uma das luas de Saturno sem se preocupar com possíveis interrupções de sinal e bloqueios de comunicação devido ao trânsito de outros planetas e corpos celestes.

A ação da Nasa é apenas um começo para a criação de uma rede de internet. Para que o espaço fique conectado, é necessário que a tecnologia seja instalada em outros lugares além da ISS. Quanto maior o número de nichos onde o DTN estiver funcionando, maior será a rede e melhor será a conexão.Ansa

Encontradas as primeiras pegadas do Homo erectus


Escavações na Eritreia, na África, podem ter revelado as primeiras pegadas do Homo erectus, uma espécie de hominídeo considerado o ancestral direto dos humanos modernos.
Pesquisadores estimam que as pegadas fossilizadas tenham em torno de 3,6 metros e, por conta do seu tamanho, foram deixadas por indivíduos altos há, aproximadamente, 800 mil anos. As marcas foram encontradas em sedimentos de areia, ao longo do que teriam sido as margens de lago, que teria existido há muito tempo.

Vários indivíduos
Hoje o local em que as pegadas foram achadas, chamado Aalad-Amo, é ocupado por um deserto. As escavações foram conduzidas por uma equipe do Museu Nacional da Eritreia e da Universidade La Sapienza, de Roma, na Itália.

As pegadas presentes no pedaço de pedra, possivelmente, pertencem a vários indivíduos. Pesquisadores cogitam que eles poderiam estar perseguindo algum animal, como um antílope, cujas marcas também foram reconhecidas.

"O Homo erectus foi a única espécie de hominídeos a habitar a região na época. Na verdade, estas poderiam ser as primeiras pegadas de H. erectus claramente reconhecíveis," disse Alfredo Coppa, antropólogo da Universidade La Sapienza, que liderou a escavação.

Extinção do H. erectus

Conhecer um pouco mais da caminhada do H. erectus sobre a face da Terra é muito importante para o estudo da história evolutiva humana. A espécie surgiu há 1,8 milhão de anos e foi extinta na África entre 800 mil ou 700 mil anos atrás. Espalhou-se ainda pela África Oriental, Oriente Médio e Ásia, onde pode ter sobrevivido até 50 mil anos atrás.

Pesquisadores alegam que o H. erectus é muito semelhantes ao homem moderno, e as pegadas da Eritreia podem fornecer pistas importantes sobre como teria ocorrido a evolução até o Homo sapiens, espécie fisicamente próxima dos humanos modernos, que apareceu há 200 mil anos.Seeker.com
Imagem: Alfredo Coppa/Universidade La Sapienza de Roma

sexta-feira, 24 de junho de 2016

HAPPY HOUR

Belém do Pará - Amazônia - Brasil

PENSAMENTO DA SEXTA



NOSSO SOM








Referendo: Reino Unido decide sair da União Europeia


Com 52% dos votos a favor, o Reino Unido decide deixar a União Europeia (UE) após 43 anos de participação. O resultado do referendo realizado nessa quinta-feira (23) foi divulgado nas primeiras horas da manhã de hoje (24).

Em declaração ao país, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou a sua demissão. Ele deve deixar o cargo em outubro. Cameron sempre se posicionou favoravelmente à permanência do Reino Unido na UE e, durante os meses que antecederam o referendo, afirmou que o Brexit - união das palavras Britain (Grã-Bretanha) e exit (saída, em inglês) - poderia trazer graves consequências econômicas para o país.

"O povo britânico votou para deixar a União Europeia, e sua vontade deve ser respeitada. A vontade do povo britânico é uma instrução que deve ser entregue. Será necessária uma liderança forte e empenhada”, disse David Cameron, ressaltando que outra pessoa deve liderar o processo de transição.

A taxa de participação no referendo foi de 71,8%, a maior em votações no Reino Unido desde 1992.

Nigel Farage, líder do partido Ukip e defensor do Brexit, afirmou ser o "dia da independência" do Reino Unido.

A Inglaterra e País de Gales votaram fortemente a favor da saída, enquanto cidadãos da Escócia e da Irlanda do Norte optaram pela permanência no bloco. Em Londres, 60% dos votos foram pela permanência na UE. No entanto, em todas as outras regiões da Inglaterra, a maioria votou pela saída.

O Reino Unido é o primeiro país a sair da União Europeia desde a sua criação, mas a decisão não significa que ele deixará imediatamente de ser membro da UE. Esse processo pode demorar dois anos, de acordo com o Tratado de Lisboa.

“Os tratados deixam de ser aplicáveis ao Estado em causa a partir da data de entrada em vigor do acordo de saída ou, na falta deste, dois anos após a notificação, a menos que o Conselho Europeu, com o acordo do Estado-Membro em causa, decida, por unanimidade, prorrogar esse prazo”, diz o Artigo 50 do Tratado de Lisboa.

Após o resultado do referendo, a libra caiu para o nível mais baixo em relação ao dólar desde 1985. Em declaração hoje de manhã, Mark Carney, o governador do Banco da Inglaterra, prometeu a liquidez necessária às instituições para que a crise política que começa agora, com a saída de David Cameron, não se torne uma crise financeira. Carney garante que há 250 bilhões de libras em fundos para assegurar o funcionamento dos mercados.Ansa

Brasil lidera ranking de assassinato de ativistas


O ano de 2015 entrou para a história com o recorde de número de assassinatos de ativistas ambientais no mundo, de acordo com um relatório divulgado nesta quarta-feira (22) pela ONG Global Witness.

No ano passado, foram registrados 185 homicídios em 16 países, sendo que o Brasil lidera a lista, com 50 casos, seguido pelas Filipinas (33), pela Colômbia (26), Peru (12), Nicarágua (12) e República Democrática do Congo (11).

A maioria das mortes está relacionada a lutas contra projetos de exploração de minérios (42). Em segundo lugar, vem o ativismo contra o lobby do agronegócio (20) e contra a construção de barragens (15) e desmatamentos (15).

Em 2015, cerca de 40% dos ativistas mortos faziam parte de grupos indígenas. A Global Witness calcula que 16 assassinatos foram cometidos por grupos paramilitares, 13 pelo Exército, 11 pela polícia e 11 por agentes particulares.

"É provável que o balanço real das vítimas seja muito maior, já que vários homicídios ocorrem em zonas remotas ou em florestas profundas", disse a ONG. "Para cada crime que documentamos, outros podem ocorrer e nunca serem divulgados".

A Global Witness foi criada em 1993 com o objetivo de averiguar vínculos entre a exploração de recursos naturais e conflitos, pobreza, corrupção e abusos de direitos humanos em todo o mundo.

De acordo com a ONG, nos últimos 10 anos, triplicou o número de mortes de ativistas ambientais. Foram 147 assassinatos em 2012, contra 51 em 2002.Ansa




COMPORTAMENTO - Lembranças






STF decide que tráfico de drogas por réu primário não é crime hediondo


De acordo com a decisão dos ministros, presos por tráfico que são primários e com bons antecedentes podem ter redução maior de pena e progressão de regime, conforme a Lei de Drogas; segundo o presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, o entendimento pretende dar tratamento diferenciado a acusados primários e que não integram organizações criminosas

A incrível semelhança entre Trump e Chávez

Experiência de Chávez é um alerta para a ameaça que representa Trump (Foto: Twitter)

Ele era um furação midiático, que dominava os noticiários com insultos, provocações, promessas, pronunciamentos e ataques a outros países, responsabilizando-os pelos problemas econômicos do seu.

Ele postava no Twitter quase 24 horas por dia, promovia comícios extravagantes, contratava e demitia pessoas em transmissões ao vivo e quebrava todas as regras de conduta em campanha.

A estratégia deu certo. Com o tempo, seu perfil controverso ofuscou os adversários e fez até mesmo seus maiores críticos prestarem atenção ao seu discurso.

A descrição parece de Donald Trump, candidato republicano à Casa Branca, mas na verdade trata-se de Hugo Chávez, o polêmico presidente venezuelano morto em 2013.

Embora muitos o considerassem um palhaço, Chávez, assim como Trump, era um estrategista de sucesso e mestre na comunicação. Ele transformou a frustração da população em uma potente arma política, assim como Trump vem fazendo nos EUA com sua campanha “Make America Great Again” (Torne a América Grande Novamente, em tradução livre)

Apesar das diferenças ideologicas entre o comunista venezuelano e o magnata dos negócios americano, a semelhança entre os dois é impressionante.

A experiência de Chávez é um alerta para a ameaça que representa Trump. Ao longo de sua gestão, Chávez se tornou cada vez mais intolerante e subjugou as instituições da Venezuela à sua vontade. O mesmo pode acontecer nos EUA se Trump vencer as eleições americanas. Ele transformará o país em mais um de seus programas de entretenimento.The Guardian


Papa pede fim da exclusão de imigrantes


O papa Francisco fez mais um gesto de acolhimento de refugiados e celebrou a tradicional audiência geral desta quarta-feira (22) ao lado de um grupo de imigrantes. Durante suas falas, o pontífice voltou a pedir o fim da exclusão dos estrangeiros nos países.

"Hoje estou ao lado desses jovens e muitos deles pensam que era melhor ter permanecido em suas terras, mas lá sofriam muito. São os nossos refugiados, mas tantos os consideram excluídos. Por favor, eles são nossos irmãos. O cristão não pode excluir ninguém, precisa dar espaço para todos, deixemos que todos venham", disse o sucessor de Bento XVI às mais de 15 mil pessoas que acompanhavam a cerimônia.

Lembrando a passagem bíblica em que Jesus cura um leproso, Jorge Mario Bergoglio fez um paralelo com os "excluídos" da sociedade dos tempos atuais. "Jesus estendeu a mão para o leproso. Quantas vezes nós encontramos os pobres, quantas vezes podemos ser generosos, ter compaixão. Mas, nós não os tocamos, damos dinheiro, mas evitamos tocar as suas mãos. Jogamos ali e esquecemos que aquele é o corpo de Cristo", disse.

Para Francisco, "Jesus não busca o sensacionalismo, mas cura com amor as nossas feridas, modelando pacientemente o nosso coração ao seu modelo e o gesto messiânico de Jesus culmina com a inclusão do leproso na comunidade dos crentes e na vida social".

O tema imigração é muito caro ao Papa, que já fez diversos discursos – religiosos ou não – defendendo o acolhimento e a integração dos refugiados à vida "normal" dos países europeus. Além de falar sobre o assunto, Francisco já acolheu imigrantes que fugiram de conflitos no Oriente Médio e no norte da África e que estavam na ilha grega de Lesbos.

Em abril, três famílias foram morar no Vaticano. No último sábado (18), mais nove imigrantes fizeram a viagem para uma nova vida na pequena cidade-Estado. Entre os resgatados, há sírios e africanos de várias religiões, que foram escolhidos aleatoriamente.Ansa

Filho de Maranhão terá de devolver R$ 565 mil


O filho do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP), terá que devolver R$ 565.163,06 ao Tribunal de Contas do Maranhão.

Thiago Augusto Azevedo Maranhão recebia salário de aproximadamente R$ 7,5 mil, além de R$ 800 de auxílio-alimentação, pelo cargo de assessor de um conselheiro do tribunal.

Em maio, porém, descobriu-se que Thiago atuava como médico e fazia pós-graduação em São Paulo nos mesmos dias em que deveria dar expediente no TCE de São Luís.

Após a denúncia de que era um "funcionário fantasma", ele foi exonerado do cargo.

O cálculo, feito pelo próprio TCE-MA, foi divulgado neta quarta-feira (22) e o médico Cardoso será notificado ainda hoje.Até a devolução do valor, o filho de Waldir Maranhão vai continuar com os bens bloqueados.Rádio Bandeirantes

Polvo prevê resultado do referendo britânico


No que depender da previsão de um animal marinho, o Reino Unido vai continuar na União Europeia (UE).

O polvo Otto, no melhor estilo de Paul (o molusco que previu alguns resultados dos jogos da Copa da África do Sul em 2010), nadou perto de duas caixinhas feitas de Lego no aquário no Centro da Vida Marinha em Manchester e já fez a sua escolha.

Primeiro, agarrou-se à caixa que tinha estampada a bandeira do Reino Unido mas acabou preferindo o azul e as estrelas da caixa que representava a UE.Ansa

Aeronave "solar" pousa na Espanha


Depois de 72 horas de voo sobre o Oceano Atlântico, o avião Solar Impulse 2, que está realizando uma viagem ao redor do mundo, aterrissou na Espanha, informou a conta oficial do projeto no Twitter nesta quinta-feira. O avião partiu de Nova York na segunda-feira.

"Bertrand Piccard, o piloto, desembarcou em Sevilha, completando o primeiro voo de 72 horas a energia solar pelo Atlântico", diz o comunicado.

O Solar Impulse 2, que utiliza somente a energia do sol, iniciou a viagem pelo mundo em Abu Dhabi, em 9 de março de 2015. O avião já visitou Omã (Muscat), Índia (Varanasi), Myanmar (Mandalay), China (Chongqing e Nanjing) e Japão (Nagoya).

No início de julho, chegou ao Havaí, estabelecendo o mais longo recorde de voo sem escalas, de 120 horas.

O Solar Impulse 2 foi apresentado ao público em abril de 2014 e, em junho, foi testado com sucesso. O peso da aeronave é 2,3 toneladas, com 17,2 mil painéis solares que produzem a energia para o funcionamento dos motores. A velocidade máxima da aeronave é de 140 quilômetros por hora.

O primeiro voo de longo curso de um avião a energia solar foi feito em abril de 2010.

Projeto de dois suíços

A viagem, programada em 12 etapas, é o resultado de 13 anos de investigação e trabalho dos pilotos suíços André Borschberg e Bertrand Piccard, que tiveram a ideia de voar com recurso da energia solar. O percurso da viagem ao mundo vai finalizar em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, onde começou a viagem, em março de 2015.

O projeto visa demonstrar ao mundo as potencialidades das energias renováveis.

A iniciativa foi ridicularizada pela indústria aeronáutica. O avião é alimentado por mais de 17 mil células solares embutidas nas asas, que medem 72 metros, sendo quase tão longas como as de um Airbus A380. Agência Brasil

Einstein já sabia: as ondas gravitacionais ocorrem novamente


As ondas gravitacionais, que causaram furor no meio científico há alguns meses, foram detectadas novamente nos Estados Unidos.

Estas dobras no espaço e no tempo, previstas por Albert Einstein há 100 anos, foram captadas por cientistas pela primeira vez na história em setembro ao ano passado e anunciadas ao mundo em fevereiro. Agora, elas ocorreram novamente. Foram captadas nos Estados Unidos no Natal, dia 25 de dezembro, e divulgadas por pesquisadores no último dia 15 de junho.

Essas últimas ondas foram detectadas por observatórios gêmeos dos EUA, em Livingston, na Louisiana, e Hanford, em Washington. Elas foram provocadas por dois buracos negros distantes, que se fundiram há 1,4 bilhão de anos. O buraco negro formado é aproximadamente 21 vezes maior do que o Sol, segundo os pesquisadores. A violência desse choque provocou reverberações pelo espaço-tempo, que foram percebidas pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser (Ligo, na sigla em inglês).

Vale lembrar que os buracos negros que se fundiram, e cujas ondas foram captadas no último Natal, eram muito menores do que os que colidiram para a formação das ondas identificadas em setembro do ano passado.G1
Imagem: LIGO/T. Pyle

Descoberta uma "quase-Lua" da Terra


A Lua não seria a única parceira cósmica da Terra, de acordo com um comunicado da NASA.
De acordo com um anúncio do Centro de Estudos dos Objetos Próximos da Terra, nós também temos a companhia de um “quase-satélite”, mais exatamente o asteroide 2016 HO3. Esta pedra espacial, descoberta em 27 de abril, orbita o Sol de tal maneira que não se desvia muito da Terra.

De acordo com Paul Chodas, da NASA, os cálculos indicam que o 2016 HO3 tem sido um quase-satélite da Terra por aproximadamente cem anos e deverá manter esse padrão nos próximos séculos. Ele explicou que havia um outro asteroide, o 2003 YN107, que chegou a ter uma órbita semelhante há 10 anos, mas a rocha já partiu para longe.

O tamanho exato do 2016 HO3 não é conhecido, mas pesquisadores estimam que ele tenha entre 40 a 100 metros de largura.

Vale ressaltar que o asteroide também não representa nenhum perigo para a Terra, de acordo com a NASA, já que sua distância do nosso planeta nunca será inferior a 14,5 milhões de quilômetros.NBC News, NASA
Imagem: Crédito: NASA/JPL-Caltech