terça-feira, 31 de julho de 2012

MST:Mostrando sua verdadeira afinidade

MST ataca ‘política imperialista’ e declara apoio a Hugo Chávez

João Pedro Stédile, líder do MST, acredita que vitória ou derrota de Chávez influenciará a política no continente (Reprodução/Internet)

O Movimento dos Sem-Terra (MST) está cada vez mais entusiasmado com o destino de Hugo Chávez e a política latino-americana. Prova disso são as constantes manifestações de apoio ao presidente da Venezuela e o repúdio declarado ao impeachment de Fernando Lugo no Paraguai.
A política latino-americana é tema central tanto no site da organização como nas declarações de João Pedro Stédile, principal líder do MST. Para Stédile, as eleições venezuelanas que acontecerão em outubro, decidirão o rumo da política do continente.
“A derrota dele (Hugo Chávez) seria a derrota de todo o processo que está em curso nos últimos 12 anos na América Latina”, disse Stédile na última terça-feira, 24, durante um evento organizado pelo Foro São Paulo, do qual o PT faz parte, e realizado na sede do PC do B em São Paulo.Estadão

É tudo em favor do povo???

Confira no infográfico abaixo o valor das novas tarifas para todos os meios de transporte público de Belém:


A nova tarifa para o transporte coletivo da capital paraense será R$ 2,20 a partir de agosto. O valor foi sancionado nesta segunda-feira (30) pelo prefeito Duciomar Costa, e deve vigorar na próxima quarta-feira (1º), data em que a homologação deve ser publicada no Diário Oficial do Município, segundo informações da Secretaria Municipal de Administração (Semad).DOL

PTistas a beira de um ataque de nervos

Presidente do TSE arquiva pedido para adiar o julgamento do mensalão

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia Antunes Rocha, arquivou um pedido de advogados de São Paulo ligados ao PT para que ela ponderasse com seus colegas de STF que é inoportuno julgar a ação do mensalão durante o período eleitoral.
Os advogados manifestavam a preocupação sobre uma eventual influência do julgamento, que começa na quinta-feira, 2, nas eleições municipais de outubro. Ao despachar, Cármen Lúcia afirmou que não havia pedido ou requerimento relacionado às atribuições da Presidência do TSE.
Segundo a ministra, os advogados "valem-se de petição para externar preocupações e requerer o que seria indevida interferência deste Tribunal Superior Eleitoral na organização interna do Supremo Tribunal Federal".
"Além de serem vagos e imprecisos os argumentos apresentados, baseados em suposto desequilíbrio no processo eleitoral decorrente do julgamento da ação penal mencionada, é de primário conhecimento não caber a este Tribunal Superior Eleitoral representar junto ao Supremo Tribunal Federal preocupações e interesses de réus em qualquer ação penal ali em tramitação, ainda que sejam candidatos ou dirigentes de partidos políticos", disse Cármen Lúcia.Estadão

Eleição deste ano terá menos jovens aptos a votar


O número de eleitores aptos a votar em todo o país nas eleições de 2012 cresceu 6% na comparação com as últimas eleições municipais, em 2008, apontam dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Mas o total de jovens de 16 e 17 anos que pode votar na eleição municipal deste ano é menor do que na de 2008, segundo informou o tribunal nesta segunda (30). O voto para jovens nessa faixa etária não é obrigatório.
As eleições de 2012 terão um total de 138.544.348 eleitores aptos, conforme dados consolidados após o alistamento eleitoral, que terminou em 9 de maio. Em 2008, eram 130.604.430 aptos a votar.

Uma parceria que pode dar certo

Ministério da Saúde e Facebook fecham parceria para incentivar doação de órgãos no Brasil

Usuário da rede social pode dizer se quer ser doador de órgãos em uma ferramenta já disponível em seu perfil. Ainda assim, a família terá de autorizar a doação. A estratégia é usar as redes sociais para aumentar o diálogo com a população, diz o ministro Alexandre Padilha. Segundo ele, quase 80 milhões de brasileiros têm acesso à internet e 40 milhões usam o Facebook.Ag. Brasil

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Na Cidade Universitária 06


ATENÇÃO ISSO NÃO É UMA PEGADINHA.

Hoje pela manhã fonte de alta patente,revelou a um
colaborador deste Blog...que o prof. Carlos Maneschy
poderá abrir mão da prerrogativa de ser candidato a
reeleição.

Problemas de cunho pessoal estariam robustecendo
esta ideia...apesar de ainda não esta definido
oficialmente sua candidatura a reeleição,dito por
ele mesmo aos seus pro-reitores...presumisse,segundo
a fonte que seria esta razão pela qual o prof. Carlos
Maneschy tem evitado falar sobre o assunto junto a
sua base aliada.

Pelo sim...pelo não,é bom ficarmos atento nas próximas
horas,já que a fonte garantiu que ainda esta semana o
prof. Carlos Maneschy deve anunciar sua decisão.

Na Cidade Universitária 05

(FOTO/ASCOM/UFPA)

Segundo fonte de alta patente,esta semana começa de fato
a instrumentalização politica da sucessão do atual
Reitor...ainda segundo a fonte,o Reitor deverá chamar
todos os seus pró-reitores para uma conversa ao pé do
ouvido.

Podemos também apurar entre os palpiteiros de plantão,
que o clima entre a equipe é de que,para manter a unidade
do grupo...deverá ser a mesma equipe.É claro,que a principio,
há controvérsias em vários pontos...até porque a chapa mesmo,
é na verdade composta do atual reitor e de seu vice-reitor.

Mas,...mas,a pergunta que não quer calar?...onde e quando,
pró-reitor garante sucessão de reitor?

De volta ao presente...

Com o final das ferias Belém volta a ficar frente a frente
com sua realidade:

Almirante Barroso...principal entrada de Belém.

Alias,isso nos lembra,que também teremos sucessão
em outubro vindouro para prefeito desta cidade:

Candidatos a Prefeitura de Belém

Bem ai estão eles,uns se achando verdadeiros salvadores
da pátria...outros nem tanto e alguns,não sabem nem como
começar esta história.Mais enfim,Belém é na verdade a segunda
Capital do Pais em números de pretendentes (10) ao cargo de Prefeito
da Capital só perdendo para São Paulo (12).

Então,meu amigo eleitor...você como eu,vamos ficar atentos
a estes candidatos,afinal a nós eleitores cabe a responsabilidade
da futura escolha.

Eram os deuses PTistas...Sem medo de ser Feliz

"Nunca antes visto neste Pais"...


Tida e havida como o "Olimpo" do PTismo Nacional e propulsora
do Lulismo no Brasil...a CUT prepara-se para viver o seu principal
inferno astral desde sua criação.Começa esta semana o julgamento
no Supremo Tribunal Federal do conhecido e nunca esquecido,pelo
povo brasileiro...do Mensalão e que segundo a imprensa Nacional,
este caso poderá vim a ser um dos maiores julgamento na justiça
brasileiro sobre corrupção neste Pais.

A CUT promete sair em defesa de seus meninos e apaniguados (foto)
que figuram como réus neste processo...afinal a Cut vai a onde
o povo está.


Este ano,o Lulismo no Brasil completará dez anos(2003-2012)...
e o que esperar?...segundo alguns cientistas politico ouvido
por este blog,o PT de Lula pode de fato enfrentar uma grande
derrocada eleitoral nas eleições de outubro vindouro e olhem,
que não estamos tratando de nenhuma profecia "MAIA" ou seja,
o planeta PTista poderá enfrentar de fato um verdadeiro aniqui-
lamento politico eleitoral "nunca antes visto neste Pais".




domingo, 29 de julho de 2012

Um bom domingo


Os últimos preparativos

Delúbio Soares participa de encontro fechado em São Paulo


Delúbio Soares, ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) e um dos 38 réus no processo do Mensalão, que começa a ser julgado na próxima quinta-feira (2) pelo Supremo Tribunal Federal, participou de um encontro fechado neste sábado (28) na zona sul de São Paulo.
O evento de apoio a Delúbio, que foi promovido pelo diretório do PT na Vila Mariana e pelo vereador Roberto Casseb, contou com mais de 30 pessoas e durou cerca de duas horas e meia. Delúbio Soares, entretanto, não quis conversar com a imprensa.
No convite para o encontro, Casseb e o diretório do PT na Vila Mariana informaram que o objetivo do evento visava "ouvir e compreender a explanação de defesa do companheiro Delúbio Soares, fazendo um debate ético e democrático isento da manipulação midiática, a fim de entender a importância da reforma política para a democratização e fortalecimento das instituições políticas do país".
A presidente do PT da Vila Mariana, Leonor da Silva, disse que o encontro teve por objetivo ouvir Delúbio Soares. "Na nossa opinião, não existe o mensalão. Não existiu nada de dinheiro público. Não foi nada de extraordinário [o encontro]. Essa história é um sofrimento para a família dele e para ele. Ninguém pegou nada", disse ela ao G1.

Versão de Delúbio
Em memorial enviado ao STF no fim de junho, o ex-tesoureiro do PT nega a existência do Mensalão e diz que os repasses de recursos tiveram como única finalidade o pagamento de despesas decorrentes de campanhas eleitorais.
"Os elementos probatórios colhidos na presente ação penal revelam com clareza que não houve transferência de dinheiro para compra de votos no Congresso Nacional. É fundamental destacar que as principais reformas votadas no período questionado, só foram aprovadas com votos da oposição", diz ele no memorial.
Ele diz ainda, no documento, confiar em um "julgamento justo, com base na prova dos autos". "É com a consciência de quem não fez aquilo de que lhe acusam que ele se entrega às mãos honradas de seus Juízes, confiante na absolvição", conclui ele.

Boas noticias de Brasília aos contribuintes...

Metade dos deputados tem risco de enfarte

Pesquisados apontaram o cansaço físico e mental nas comissões que excedem os horários e a participação em comissões simultâneas como maiores causas do estresse (Reprodução/Internet)...Ah! Coitados!

Uma pesquisa inédita realizada por um servidor da Câmara dos Deputados revela que metade dos parlamentares tem alto risco de enfarte. É o que aponta estudo com 20 políticos da Casa. Embora um número baixo, a amostra indica que, pelo perfil dos políticos da atual Legislatura, praticamente 45% dos parlamentares estão nesse grupo. Eles foram diagnosticados com estresse, sedentarismo e a alimentação desregrada, diz o autor da tese de pós-graduação, Ítalo Lages Luongo Filho.Coluna Esplanada

Ideias Verdes

Não é Real! Você sabe o que são e para que servem as moedas sociais no Brasil?

Saracuruna, Palmas, Cocais, Mate, Maracanã. Esses são algumas das moedas, com nomes carregados de símbolos, que complementam a ação do Real no Brasil. O Banco Central contou uma centena de moedas, mas a especialista em moedas sociais Heloísa Primavera já identificou mais de 400.


Mas afinal, do que estamos falando?
Moedas complementares ou sociais são inventadas por uma comunidade, um bairro ou uma associação e surgiram a partir dos clubes de troca. Não valem como reserva de valor, portanto, mas apenas como meio de troca para se vender e comprar produtos ou serviços com um grupo ou em uma região delimitada.
O Banco Central dá o lastro da moeda, mantendo uma quantidade de dinheiro em Real disponível para troca no banco comunitário. Esse, por sua vez, é formado por pessoas do bairro e o grande responsável pela gestão da moeda complementar.

Tá, mas por que usar moedas complementares?

O grande trunfo da moeda social ou complementar é que ela faz a economia girar localmente, dando um gás na vida econômica de regiões pobres. Afinal, um bairro pobre não significa um bairro sem trabalhadores remunerados, certo? Com a moeda social, o trabalhador (que gastaria seu suado dinheirinho em um mercado de outro bairro mais comercial) prefere trocar seu Real pela moeda local e gastar a grana no seu próprio bairro. Ele faz isso porque os comerciantes que aceitam a moeda complementar dão um desconto (entre 5 e 15%) para quem compra com essa moeda.
A sacada, portanto, é desenvolver o comércio local promovendo inclusão social (por isso as moedas são mais chamadas de “sociais” do que “complementares”). De quebra, o desenvolvimento local traz inúmeros benefícios para o meio ambiente, como, por exemplo, a menor emissão de gases estufa, já que há menos deslocamentos.
Estudos da Universidade Federal da Bahia também atribuem às moedas locais o aumento da autoestima de bairros carentes. Segundo os pesquisadores, a moeda tem também um valor cultural e deixa a população mais orgulhosa do lugar onde vive. Um sentimento sem dinheiro ou especulação imobiliária que pague!Por Ana Carolina Amaral

Valeu Doutor!...

Corinthians inaugura busto em homenagem a Sócrates no Pq. São Jorge

Busto de Sócrates foi inaugurado neste sábado

O Corinthians inaugurou na manhã deste sábado, no Parque São Jorge (zona leste de São Paulo), um busto em homenagem a Sócrates, ídolo alvinegro que faleceu em 4 de dezembro do ano passado, mesmo dia em que o time paulista conquistou seu último Campeonato Brasileiro. Ele é o quinto jogador a receber a honraria, ao lado dos lendários Neco, Luizinho, Baltazar e Cláudio, que também possuem bustos na sede do clube.
O monumento reproduz a imagem imortalizada de Sócrates: o braço direito erguido e o punho cerrado, no conhecido gesto que o “Doutor” sempre fazia em suas comemorações de gol, tanto pelo Corinthians quanto pela seleção brasileira. Presente no evento, o presidente Mário Gobbi se emocionou ao lembrar do craque.
"Foi o maior jogador que eu vi jogar, o mais inteligente de todos. Quando eu ia ver o Corinthians jogar, era uma obra de arte. Com sua inteligência, o Sócrates superava o preparo físico", disse Gobbi.
Líder da "Democracia Corintiana", movimento implantado no time alvinegro na década de 80 para dar mais autonomia aos jogadores ainda em tempos de ditadura militar, Sócrates jogou no Corinthians entre 1978 e 1983. Ele foi revelado pelo Botafogo-SP, ganhando destaque nas boas campanhas que a equipe de Ribeirão Preto fez no Brasileirão 76 e Paulistão 77. Contratado pelo clube do Parque São Jorge, conquistou os Campeonatos Paulista de 79, 82 e 83, sendo imortalizado definitivamente neste sábado.

sábado, 28 de julho de 2012

Meio Ambiente...Fim dos ecosistemas

Planeta pode entrar em colapso já em 2100

Em menos de noventa anos, os ecossistemas conhecerão uma falência irreversível, diz estudo

Dessa vez, não é profecia maia, e sim um estudo publicado pela renomada revista Nature. Afetado pelas degradações do homem, o meio ambiente estará chegando no limite já em 2100. Ou, colocando em outras palavras: em menos de noventa anos, os ecossistemas conhecerão uma falência irreversível, anunciando o fim do planeta.

Alarmismo? Não para os 22 cientistas que assinam o artigo Approaching a state-shift in Earth’s biosphere. Analisando a perda da biodiversidade e as bruscas mudanças climáticas, o estudo prevê que quase a metade dos climas conhecidos hoje no planeta estariam perto de desaparecer, sendo substituídos, entre 12% e 39% da superfície do globo, por condições nunca antes vistas pelos organismos vivos. Como as mudanças aconteceriam de forma brutal, os ecossistemas não conseguiriam se adaptar.

Mudanças sempre aconteceram no planeta. O que diferenciaria a situação atual, no entanto, é que elas não estariam ocorrendo por catástrofes naturais, como a alteração da composição do oceano e da intensidade do sol, e sim pela pressão dos mais de 7 bilhões de habitantes, que chegarão a nove bilhões em 2050.

“Na época em que o planeta passou do período glacial ao atual, interglacial, mudanças biológicas das mais extremas apareceram em apenas mil anos. Na escala da Terra, é como passar do estado de bebê à idade adulta em menos de um ano. O problema é que o planeta está mudando ainda mais rápido agora, explica Arne Moers, co-autora do estudo e professora de biodiversidade na universidade Simon Fraser de Vancouver.

A pesquisadora continua: “O planeta não possui a memória de seu estado precedente. Tomamos um risco enorme ao modificar o equilíbrio radioativo da Terra: mudar brutalmente um sistema climático para um novo estado de equilíbrio no qual os ecossistemas e nossas sociedades serão incapazes de se adaptar.O próximo passo poderá ser extremamente destruidor para o planeta. Uma vez que o limite crítico for ultrapassado, será impossível voltar atrás”.

De acordo com o estudo, este limite corresponde a utilização de 50% dos recursos terrestres, este limite corresponderia ao uso de 50% dos recursos terrestres. O problema é que, hoje, os humanos já usam 43% dos ecossistemas. Um terço da água doce disponível é utilizada pelo homem. A taxa de extinção das espécies chegou a índices jamais alcançados durante a evolução humana de 10 a 100 vezes o ritmo natural de extinção constatado pelos cientistas em um período de 500 milhões de anos.

“Diante desses elementos, podemos afirmar que um colapso é plausível já no próximo século”, assegura Anthony Barnosky, paleobiologista na universidade da California em Berkeley. Ainda assim, restam incertezas: “Trata-se de saber agora se esta mudança planetária é inevitável e, se sim, em quanto tempo ela acontecerá”.Le Monde

Venda de Medicamentos

Remédios sem receita médica voltam a ser vendidos fora do balcão das farmácias


Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autoriza a partir de ontem(27) a venda de medicamentos isentos de receita médica em gôndolas de farmácias e drogarias de todo o país, ficando ao alcance direto do consumidor. A medida foi publicada no Diário Oficial da União.

De acordo com a resolução, os remédios de venda livre devem ficar em área separada da de produtos como cosméticos e dietéticos e devem ser organizados por princípio ativo para permitir a fácil identificação pelos consumidores.

O texto também exige que, na área destinada aos remédios de venda livre, sejam fixados cartazes com a seguinte orientação: “Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico.”

Até então, uma resolução da Anvisa, publicada em 2009, obrigava a venda dos remédios isentos de prescrição médica atrás do balcão do farmacêutico. Por meio de nota, o órgão informou que a determinação foi amplamente questionada pelo setor e rendeu cerca de 70 processos judiciais. Nos últimos meses, 11 estados criaram leis estaduais e reverteram a proibição da venda nas gôndolas.

Um estudo, segundo a agência, demonstrou que a decisão de posicionar os remédios de venda livre atrás do balcão não contribuiu para reduzir o número de intoxicações no Brasil. O relatório apontou também uma maior concentração de mercado, que evidencia a prática da “empurroterapia” e prejuízo ao direito de escolha do consumidor.

Em abril deste ano, o tema foi submetido a uma consulta pública, que ficou aberta por um período de 30 dias. A maioria das contribuições, segundo a Anvisa, apontava para reverter a proibição. A agência reguladora promoveu também uma audiência pública sobre o assunto.

“A partir das evidências de que a resolução, no que diz respeito ao posicionamento dos medicamentos isentos de prescrição, não trouxe benefícios ao consumidor, a diretoria colegiada da Anvisa decidiu alterar a norma e permitir que os medicamentos de venda livre sejam posicionados ao alcance do consumidor nas gôndolas das farmácias e drogarias do país”, concluiu.Ag. Brasil

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Happy Hour

Santarém - Pará -Brasil

Pensamento da Sexta:

A felicidade não é a ausência de
conflito, é a habilidade de
lidar com ele.

Nosso Som:





Agora é tarde ...Inês é Lula

Relator da CPI dos Correios afirma que Dirceu foi ‘blindado’ nas investigações

Deputado Osmar Serraglio afirma que petistas dificultaram investigações da CPI dos Correios

Para o deputado Osmar Serraglio, relator da CPI dos Correios, o ex-primeiro ministro da Casa Civil, José Dirceu foi beneficiado pela proteção de uma “tropa de choque”, formada por colegas do PT. O deputado foi o relator da CPI dos Correios, que embasou a denúncia formal do mensalão. A investigação da CPI aconteceu entre 2005 e 2006.

Segundo Serraglio, se Dirceu não contasse com uma blindagem tão contundente, a investigação teria resultados mais eficazes, com mais provas sobre a relação do ex-ministro com o caso mensalão. O deputado afirma que os petistas dificultavam o acesso a documentos, além de dificultar o depoimento de Dirceu.

A “tropa de choque” que blindou Dirceu seria formada por Carlos Augusto Abicalil, Jorge Bittar e Ideli Salvatti, hoje ministra de Relações internacionais do governo. De acordo com Serraglio, a alegação de que José Dirceu não tinha conhecimento sobre a relação do partido com Marcos Valério e os bancos BMG e Banco Rural é uma falácia: “Um ministro do Supremo vai acreditar que ele não sabia quem recebia em seu gabinete e abria a porta e era surpreendido pelas pessoas? Falácia! Poderíamos ter quebrado mais sigilos. No meio do caminho criou-se a CPI do Mensalão (sobre a qual o governo tinha ainda mais controle) e tiraram tudo da gente. A partir dela, só investigamos a origem do dinheiro e não o destino. Para onde foi? Não podíamos investigar”.

A uma semana do início do julgamento do caso pelo Supremo Tribunal Federal, o deputado disse ainda que a criação da CPI do Mensalão foi uma jogada inteligente para que o governo tivesse maior controle sobre as investigações: “Foi uma manobra”, disse.Estadão

Atenção...vai começar!

Os crimes que disparam durante a campanha eleitoral

Crimes eleitorais podem ser praticados tanto por eleitores quanto por candidatos e em qualquer das fases da rotina eleitoral (Divulgação)

Há poucos dias entrou em vigor o período oficial de campanha visando as eleições municipais deste ano no Brasil. Trata-se de um período de disparada de uma certa estirpe de criminalidade. Os crimes eleitorais podem ser praticados tanto por eleitores quanto por candidatos e em qualquer das fases da rotina eleitoral, desde o alistamento no cartório competente até a diplomação dos candidatos eleitos, mas é no período de campanha que eles são praticados, digamos à luz do dia, e em toda parte. Se gritar “pega político!”, é capaz de não restar um sequer.

São crimes que vão desde utilizar serviços, veículos ou prédios públicos, inclusive de autarquias, fundações, sociedade de economia mista e entidade mantida pelo Poder Público, para beneficiar a campanha de um candidato ou partido político até utilizar organização comercial, distribuição de prêmios e sorteios para fazer propaganda ou aliciamento de eleitores, passando pela “boa” e velha corrupção eleitoral ativa (tentativa de compra de votos).

Em um mês e meio de funcionamento da central de recebimento de denúncias de irregularidades eleitorais do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), o órgão recebeu nada menos do que 1.397 queixas sobre propaganda irregular no estado, casos relatados que representam na verdade uma ínfima parte da criminalidade eleitoreira.por Hugo Souza

Mantida a Greve nas Federais

Assembleias de 11 universidades federais rejeitam proposta do governo e greve é mantida


A maioria dos professores das universidades federais, reunidos ontem(26) em assembleias para avaliar a proposta apresentada pelo governo na terça-feira (24), decidiu manter a greve da categoria. Na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), os docentes aceitaram a proposta do governo, mas o fim da paralisação ainda depende da aprovação em um plebiscito.
Nas universidades federais do Rio de Janeiro (UFRJ), de Santa Maria (UFSM), de Pernambuco (UFPE), Rural de Pernambuco (UFRPE), do Espírito Santo (Ufes), de Uberlândia (UFU), de Brasília (UnB), da Paraíba (UFPB), da Bahia (UFBA), de Pelotas (UFPel) e Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), a proposta foi rejeitada e a greve continua.
Na nova proposta, o governo ofereceu reajustes que variam entre 25% e 40% para todos os docentes – no plano apresentado anteriormente alguns níveis da carreira receberiam apenas 12%, sem a inflação do período. Além disso, a data para o aumento entrar em vigor foi antecipada do segundo semestre de 2013 para março daquele ano. Pela proposta, o reajuste será dado de forma parcelada até 2015.
Os sindicatos que representam a categoria estão divididos. A Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes), que representa a maior parte das insituições em greve, rejeitou a proposta. Já a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes) considerou que as reivindicações foram atendidas e recomendou que os professores encerrem a paralisação.
As assembleias em cada uma das 57 universidades federais em greve continuam até segunda-feira (30). Os docentes estão parados há 71 dias.Ag.Brasil

ATENÇÃO: Para colecionadores

Edição número 1 dos X-Men é vendida por valor recorde

A revista recordista

Nada como ter gibis antigos, né? Nos Estados Unidos, a edição número 1 de X-Men, de 1963, foi vendida nesta quinta-feira, dia 26, por um valor recorde. Foi arrematada num leilão por US$ 492.937,50. O título tem nota 9.8 no grau de conservação, ou seja, é perfeita. A história desta HQ foi criada por Stan Lee, com arte de Jack Kirby.

Esse valor é o segundo mais alto já pago por uma HQ da Era de Prata. A mais cara desta fase é a Amazing Fantasy número 15, de 1962, com a estreia do Homem-Aranha. Foi arrematada no início de 2011 por fantástico US$ 1.1 milhão.

Também em 2011, foi vendida uma edição de X-Men número 1 por US$ 200 mil, o maior valor pago por este título até então. No entanto, o gibi mais caro do mundo é uma Action Comics número 1, com a estreia do Super-Homem, de 1938, vendida em 2011 por US$ 1,5 milhão.

E aí, tem algum gibi velhinho guardado em casa?

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Conversando com você


Dias melhores com novos desafios,sempre fará parte
da esperança que cada um de nós carregamos em nossos
corações...assim,todos viveram melhor.



Um coquetel que esta dando o que falar

Coquetel com erva típica vira polêmica na Tailândia

Erva conhecida como kratom é menos debilitante do que anfetamina e heroína traficadas na região

Enquanto as províncias do sul da Tailândia flageladas pela violência continuam a lutar contra uma insurgência sombria, a região também começa a enfrentar um novo inimigo: um coquetel feito com uma erva local que está seduzindo os jovens.
A erva, conhecida como kratom, é muito menos debilitante do que as anfetaminas e a heroína que são traficadas na região. Mas seu uso frenético se tornou mais um problema para o governo tailandês e levou a novas tentativas para acabar com o tráfico de drogas.
"É uma epidemia", disse Srisompob Jitpiromsri, o reitor da Universidade Príncipe Songkla, localizada na cidade de Pattani, ao sul do país. "O uso da kratom se espalhou por todo o país."

A kratom cresce em abundância nas florestas tropicais no sul da Tailândia. Mastigar as suas folhas vermelhas era até recentemente uma tradição entre os agricultores e seringueiros que buscavam um auxílio energético para trabalhar sob o sol escaldante dos campos.

Mas a popularidade crescente do coquetel, que é muito mais forte - normalmente feito através da fervura das folhas e do acréscimo de xarope para a tosse, Coca-Cola e gelo - criou um forte aumento na demanda pelas folhas. Os jovens entram em florestas protegidas e saem de lá com mochilas cheias de folhas.

A demanda também parece ser impulsionada em parte pelo estigma contra o álcool entre os muçulmanos, que são maioria na região.

"As pessoas mais velhas não ficam com raiva se você ferver as folhas de kratom porque elas são consideradas medicamento", disse um usuário de 26 anos que pediu para ser identificado apenas por seu apelido, Mung.AFP

Agosto esta começando...bem agosto deles.

TRE julga ação contra ex-governadora do Pará

Ana Júlia (foto) e Anivaldo Vale no banco dos réus doTRE/PA (Foto: Reprodução / Diário do Pará)

Está marcado para 8h30 desta quinta-feira (26) o julgamento de uma Ação de Investigação Judicial contra a ex-governadora Ana Júlia Carepa (PT) e o vice candidato na chapa da campanha de 2010, Anivaldo Vale (PR). Ana disputava a reeleição e Vale se licenciou do cargo de vice-prefeito de Belém para concorrer ao pleito como vice governador do estado na chapa da coligação 'Acelera Pará".
Sobre eles pesa a acusação de infrigir a legislação que trata das condutas vedadas: conjunto de normas que os gestores devem cumprir durante o período eleitoral, como, por exemplo, demissão e admissão de servidores, assinaturas de convênios para repasse de recursos a entidades, entre outros.
A denúncia refere-se ao suposto uso de veículo estatal nas proximidades do comitê de campanha dos candidatos, o que pode caracterizar uso da máquina pública na campanha.
O julgamento vai por em jogo o futuro político dos réus que podem ficar por até oito anos inelegíveis caso sejam condenados pelos cinco juízes do pleno do TRE/PA com base na Lei complementar 135/2010, Lei da Ficha Limpa. O que pode, inclusive, indeferir na candidatura de Vale já nas eleições à PMB deste ano. O relator da ação é o desembargador Leonardo Tavares e o presidente do TRE/PA é o desembargador Ricardo Nunes.DOL

Advogado-geral da União fala sobre a GREVE

Advogado-geral da União diz que greve não pode paralisar serviços públicos


O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, disse ontem (25) que o decreto editado pelo governo para assegurar o funcionamento de serviços essenciais durante a greve de servidores federais tem foco no funcionamento dos portos e é uma resposta do governo à paralisação.

“O governo está atento às greves, mas ao mesmo tempo não pode ficar paralisado, precisa tomar medidas que garantam o funcionamento pleno das atividades essenciais”, justificou.

O decreto prevê, por exemplo, que ministros que comandam áreas em greve possam reduzir a burocracia para dar agilidade a alguns processos e fechem parcerias com estados e municípios para substituir servidores parados. A compensação a estados e municípios por essa cessão será negociada em convênios assinados com cada área, de acordo com Adams.

O objetivo imediato da medida, segundo Adams, é facilitar o desembaraço aduaneiro nos portos do país. A liberação da entrada de embarcações no Brasil depende de autorizações ligadas à vigilância sanitária, à vigilância agropecuária e à fiscalização tributária, atividades que estão paradas ou em operação padrão por causa da greve.

“Essa atividade de desembaraço aduaneiro é essencial. A paralisação gera prejuízos econômicos e pode gerar prejuízos de vida, quando se trata [do transporte] de medicamentos e equipamentos para funcionamento de hospitais”, disse.

Segundo Adams, o decreto não enfraquece o processo de negociação com os servidores em greve, que continua sendo conduzido pelo Ministério do Planejamento. No entanto, segundo ele, o governo não descarta a possibilidade de medidas judiciais para garantir a prestação de serviços públicos prejudicados pela paralisação.

O advogado-geral ainda defendeu o corte de ponto dos grevistas e disse que a medida é uma obrigação do governo. “O corte de ponto é obrigatório, já é jurisprudência pacífica do Supremo Tribunal Federal, do Tribunal Superior do Trabalho e do Superior Tribunal de Justiça. É um dever fazer o desconto. O que acontece na greve, é que, por conta da negociação, você pode abonar a falta, compensar as faltas, mas isso é uma faculdade do processo de negociação. No decurso da greve, o corte de ponto é uma obrigação”, disse. Ag.Brasil

SBPC: mecanismos para integrar saberes

Cientistas e comunidades tradicionais discutem em encontro da SBPC mecanismos para integrar saberes

Os debates da 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) tiveram foco ontem(25) nos saberes tradicionais e na pesquisa científica. Comunidade acadêmica e povos tradicionais discutiram mecanismos para aproximar os tipos de conhecimento produzidos por ambos como forma de enfrentar a pobreza.

Para a secretária nacional da SBPC e bióloga do Instituto Butantan, Rute Andrade, o distanciamento entre a academia e o saber tradicional foi provocado pela Convenção da Biodiversidade, construída na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio92). “Depois desse documento, passamos a ter uma exigência legal para o acesso ao conhecimento tradicional, que muitas vezes provocou conflitos. A ideia é que haja um reconhecimento entre os dois saberes para que a gente tenha uma sociedade mais justa e que se consiga a sustentabilidade que tanto se deseja”, disse.

A advogada do Instituto Indígena para Propriedade Intelectual (Inbrapi), Lúcia Fernanda Jófej, índia da etnia Kaingáng, destacou que os povos tradicionais não têm retorno do conhecimento repassado às universidades. “Existe uma troca que pode ser feita, os povos indígenas e as comunidades tradicionais têm respondido até hoje. Nós temos servido de insumo para a academia, com conhecimentos que têm servido de base de produtos e processos para obtenção de patentes. No entanto, nós não temos recebido isso de volta. Não tem tido a repartição de benefícios”, contestou a índia kaingang.

Segundo o antropólogo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Alfredo Wagner Bento, o questionamento sobre a incorporação dos conhecimentos tradicionais mudou o foco. Antes promovido pelos movimentos sociais, o tema agora é proposto pela comunidade científica. “Estamos assistindo a uma mobilização significativa em torno da proteção da criatividade social, que se manifesta com o reconhecimento dos saberes tradicionais. Esse conhecimento passou a ter um valor econômico que 20 anos atrás não tinha”, observou.

O antropólogo ressaltou ainda que o questionamento proposto pelo meio acadêmico atualmente é a incorporação dos saberes tradicionais ao processo produtivo das grandes industrias farmacêuticas, dos grandes laboratórios, da indústria de biotecnologia e de cosméticos. “Como se dar essa aproximação de saberes de maneira adequada e justa? Ainda não temos a resposta, mas temos que começar a abrir um campo de discussão.”

Um exemplo de iniciativa bem sucedida, sugerido por Alfredo Bento, é o caso do município de São João do Triunfo, no Paraná. Por meio de lei municipal, a cidade reconheceu, em abril deste ano, benzedeiras, rezadeiras, curandeiras e costureiras de rendiduras (como são conhecidas as benzedeiras especializadas na assistência de pessoas com dores musculares) como agentes de saúde pública. De acordo com a organização não governamental (ONG) Movimento Aprendizes da Sabedoria (Masa), já foram cadastradas 161 benzedeiras na cidade, que tem 14 mil habitantes.

A reunião da SBPC continua até a próxima sexta-feira (27). Entre os principais pontos da programação de hoje(26), está a conferência, do professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Luiz Pinguelli Rosa sobre energia sustentável.Ag.Brasil

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Uma nova proposta

Governo oferece reajustes entre 25% e 40% a professores universitários


O governo federal cedeu e ofereceu nova proposta de reestruturação de carreira às entidades sindicais dos professores dos institutos e universidades federais. Depois de mais uma rodada de negociação, para colocar fim à greve que já dura 69 dias, foram oferecidos reajustes que variam entre 25% e 40% para todos os docentes. Além disso, a data para entrada em vigor do aumento foi antecipada.

Na oferta da semana passada, o aumento variava entre 12% e 45%, já somados os 4% aprovados em maio, pela Medida Provisória 568, que teve efeito retroativo a março. A proposta não agradou os representantes da categoria, que alegaram que o governo não contemplou a reestruturação da carreira para todos os níveis de docentes.

A nova proposta do governo foi aumentada em 7,7%. Com isso, a reestruturação de carreira, apresentada ontem(24) aos professores universitário, terá impacto de R$ 4,2 bilhões no Orçamento Federal. O montante é R$ 300 milhões a mais que a oferta anterior, de R$ 3,9 bilhões. Os aumentos, que serão escalonados durante os próximos três anos, começam a vigorar a partir de março de 2013. Na proposta anterior, feita no último dia 13, o aumento iria vigorar a partir de julho do próximo ano.

Para o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, a contraproposta mostra o recuo do governo em prol do fim da paralisação e descarta novo aumento. “Em uma negociação sempre tem margem, mas o governo já fez movimento de avanço ouvindo críticas e necessidades. Estamos convictos que essa é proposta para fazer acordo”, assegurou.

O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Marco Antônio de Oliveira, dá a entender que essa é a proposta final e que o governo chegou ao “limite” tanto em “critérios de ascensão quanto em valores”. “Nós já adaptamos a proposta, fizemos uma série de alterações. No caso de valores, chegamos ao limite. Temos que pensar na situação que o país está vivendo de incertezas, que decorre do cenário de crise internacional”, disse.Ag. Brasil

America Latina e suas Democracias ou não?

Pseudo-democracias ou pseudo-ditaduras?

Os generais já não comandam a América Latina há mais de duas décadas. As ditaduras de direita deram lugar a uma nova forma de autoritarismo: presidentes eleitos que governam de forma bem pouco democrática.
Ao contrário de seus predecessores, estes líderes não torturam cidadãos ou mandam assassinar membros da oposição. Mas, em um punhado de países da América Latina, dirigentes populistas se tornaram um desafio para as instituições democráticas da região. Na Venezuela, Equador, Nicarágua e outros países, líderes carismáticos, com alto índice de aprovação, conseguiram reunir vastos poderes, que lhe permitem de controlar o congresso, marginalizar seus oponentes e a mídia.

Chávez, na presidência desde 2009: controle quase total da vida política de seus países

“O que estamos vendo na América Latina são presidentes muito populares usando sua condição de maioria para esmagar a oposição, corroer os freios e contrapesos”, disse Javier Corrales, professor da Amherst College e co-autor de Dragão nos Trópicos, um livro de 2011 sobre o presidente venezuelano, Hugo Chávez. “Esses presidentes da América Latina souberam, logo que assumiram, manipular muito habilmente manipulado o sistema a seu favor”.
Nos últimos 20 anos, líderes democraticamente eleitos na região enfraqueceram a democracia, de acordo com a Human Rights Watch, que acompanha de perto diversos países. Na Colômbia, Alvaro Uribe empurrou uma reforma constitucional juridicamente questionável, que permitiu-lhe concorrer novamente em 2006, e seus assessores estão sob investigação por seu papel em um escândalo de espionagem ilegal no Supremo Tribunal Federal. No Peru, Alberto Fujimori fechou o Congresso. Mas Uribe foi barrado em sua busca de um terceiro mandato, e Fujimori e agora está na cadeia.
Hoje, o mais importante e poderoso de um punhado de líderes democraticamente eleitos que cultivam um controle quase total da vida política de seus países é Chávez. Mesmo enquanto ele se recupera de câncer, o ex-tenente-coronel é candidato à reeleição na votação presidencial de outubro. Se eleito, estenderia uma presidência que começou em 1999.
Outros presidentes também consolidaram sua permanência no poder controlando os tribunais (entre outras instituições), o que lhes dá mais poder sobre seus adversários. Esta lista inclui Rafael Correa no Equador, Evo Morales na Bolívia e Daniel Ortega na Nicarágua. Todos se posicionaram veementemente contra a administração Obama, promoveram a intervenção a favor do Estado na economia, e buscaram fortalecer alianças com adversários de Washington, entre eles Cuba, Irã e Rússia.
“São regimes híbridos, em algum lugar entre uma democracia imperfeita e uma ditaduras imperfeita”, diz Teodoro Petkoff, ex-guerrilheiro de esquerda e agora editor do Tal Cual, um jornal de Caracas que tem uma relação conflituosa com Chávez. “Eu prefiro defini-los como autoritários e centrados na personalidade de seus líderes. De certa maneira, acho que Chávez, Correa e Daniel Ortega são iguais na sua busca pelo poder”.
Ao contrário de Cuba, que ainda não tem eleições nem imprensa livre, países da América Central ou a coluna vertebral dos Andes, onde grupos de direitos humanos dizem que a democracia está ameaçada, continua a ter muitas das características de seus vizinhos totalmente democráticos: uma mídia ativa, políticos de oposição e organizações da sociedade civil, como os direitos humanos e grupos de observação eleitoral. Sua capacidade de operar na Venezuela ou no Equador é mais restrita do que, digamos, no Brasil, mas eles fornecem uma aparência de uma democracia vibrante.
“Para regimes baseados nos modernos meios autoritários, ter uma imprensa livre limitada, uma oposição limitada, não é apenas permitido, é realmente necessário, pois garante manter a fachada de um sistema democrático”, disse William J. Dobson , autor de The Dictator’s Learning Curve, um livro recentemente publicado sobre modernos governos autoritários.
O que Chávez e outros presidentes poderosos também têm em comum é ter permanecido no cargo por meio das urnas.
“Eles não roubam votos”, diz José Miguel Vivanco, diretor para Américas da Human Rights Watch. “Mas, uma vez eleitos, o seu exercício de poder é muito diferente do conceito democrático de fortalecimento das instituições democráticas. Em vez disso, o que eles fazem é fraudar o sistema para que possam permanecer no poder indefinidamente”.The Washington Post



Uma ‘fábrica de remédios’ no organismo

Conceber remédios eficientes é apenas metade do desafio enfrentado por empresas farmacêuticas. A outra metade é conduzi-los ao lugar do corpo que precisa deles

Alguns pesquisadores estão explorando a alternativa de produzir pequeninas “fábricas” que fabricam e liberam um remédio precisamente no local de necessidade. Entre esses investigadores está Daniel Anderson, um engenheiro químico do Massachussetts Institute of Technology. Como ele relata no periódico Nano Letters, ele e sua equipe criaram um dispositivo que pode fazer justamente isso.

Engolindo uma fábrica de pílulas

A máquina de fazer remédios do Dr. Anderson é uma versão artificial e simplificada de uma célula viva, apesar de não poder se reproduzir. A membrana mais externa da célula é feita de moléculas chamadas fosfolipídios, que são similares àquelas na membrana de uma célula natural. Nas condições corretas, uma emulsão dessas moléculas se organizará em pequenas esferas, conhecidas como vesículas, que contêm parte do líquido no qual os fosfolipídios estavam suspensos.

Dr. Anderson promoveu essas condições em um líquido que continha ribossomos – as máquinas subcelulares que produzem proteínas. Esse líquido também continha pedaços de DNA que portavam um gene para uma proteína particular; um estoque abundante de matérias primas para produzir tanto as proteínas como as moléculas mensageiras que portam as instruções do DNA para os ribossomos; e um conjunto de enzimas necessárias para fazer todo o mecanismo funcionar.

O próximo estágio será testar as nanofábricas com DNA que produzem proteínas que podem vir a atuar como fármacos – anticorpos anticâncer, por exemplo. Isto provavelmente será apenas uma formalidade; do ponto de vista de um ribossomo, as proteínas são iguais entre si. A transformação do sistema em um método prático de distribuição de remédios é mais questionável. Caso isto seja possível, uma ferramenta nova e valiosa terá sido adicionado ao arsenal farmacopeico.The Economist

A mais antiga das Profissões

Centenas de prostitutas marcharam recentemente através de Paris para protestar e demandar seus direitos (Fonte: Reprodução/Euronews)

Aos não iniciados, o saco de plástico azul esfarrapado amarrado a um galho espetado no chão, tremulando na encosta de uma estrada na floresta, pareceria apenas lixo. Mas as mulheres com botas brancas que vão até suas coxas e shorts curtos revelam outra coisa. Uma vez que a prostituição foi expulsa das parte ricas da Paris, as mulheres exercem o seu ofício alhures: de florestas nos arrabaldes da capital ao Boulevard Barbès (uma área habitada majoritariamente por imigrantes) no 18º arrondissement, onde uma vibrante cena de prostituição começa nas calçadas em plena luz do dia e continua noite afora.

No mês passado, Najat Vallaud-Belkacem, a ministra socialista para as mulheres, causou espécie ao declarar que deseja banir por completo a prática. “A pergunta não é se queremos abolir a prostituição – a resposta é sim – mas como nos proporcionar os meios para fazê-lo”, afirmou. Há um ano, a Assembleia Nacional aprovou uma resolução que reafirmava as opiniões “abolicionistas” da França e o desejo do país de criar uma “sociedade sem prostituição”. A prostituição em si não é ilegal, mas os bordéis o são, assim como o aliciamento e a cafetinagem (do que Dominique Strauss-Kahn foi acusado em março). Agora a ministra considerou publicamente a ideia de criminalizar também os clientes das prostitutas.

Centenas de prostitutas, algumas mascaradas, outras travestis, marcharam recentemente através de Paris para protestar e demandar seus direitos. Um grupo carregava uma faixa que dizia “orgulhosa de ser vagabunda”. Outros argumentaram que a criminalização levaria o setor ao mercado negro, aumentaria os riscos de saúde e exporia as prostitutas aos traficantes. Muitas garotas são forçadas a se prostituir para conseguirem pagar valores que vão de €5.000 a €50.000 a traficantes que as trouxeram para a França. Ao longo dos últimos 15 anos, redes estrangeiras de prostituição substituíram suas similares domésticas. Em 1994, menos de 25% de prostitutas em atividade na França eram estrangeiras. Hoje em dia tal proporção supera os 90%, e aproximadamente dois terços dos cafetões são estrangeiros. Mais de metade das mulheres vêm do leste europeu ou da África, sendo que há uma nova tendência de prostitutas oriundas da anglófila Nigéria.

Do jeito como está, reprimir a prostituição tende apenas a deslocá-la. Em 2003, Nicolas Sarkozy, então ministro do Interior, tornou o aliciamento ilegal. Desde então, este tornou-se menos explícito em algumas vizinhanças. Ainda assim, o número de prostitutas que operam no Bois de Bologne, no limite ocidental da cidade, dobrou em 2011, de acordo com um delegado da polícia de Paris. Mas, como um relatório parlamentar ponderou no ano passado, “a prostituição, longe de ter desaparecido, apenas se deslocou geograficamente” para lugares tais como a floresta Saint-Germain. É provável que as sacolas de plástico azul tremulem ainda por algum tempo.

The Economist

terça-feira, 24 de julho de 2012

Sou da mesma opinião...

Efeitos eleitorais após 2012...

Cientista político acha que as eleições deste ano vão promover um rearranjo com profundo reflexo no quadro sucessório de 2014

O cientista político David Fleischer, da UNB, acha que as eleições deste ano vão promover um rearranjo com profundo reflexo no quadro sucessório de 2014. Um deles é o possível racha na aliança nacional entre PT e PSB. O outro é o fim do DEM, que deve se fundir ao PSDB ou ao PMDB. Com o PSB mais encorpado pelas eleições, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, poderia se sentir estimulado a disputar a sucessão de Dilma, embora sua pretensão ao Planalto seja para 2018. “O PSB vai expandir sua base de apoio”, prevê Fleischer.Coluna Esplanada

No Palácio de deus...24

Noticias da Corte:

Meus amigos,férias sempre nos trazem situações de
total irreverência e neste ultimo final de semana
não foi diferente para os que fazem a corte de Painho.


segundo relato de fonte idônea,o Palácio de Verão de Painho
foi tomado por seus considerados e parentela que resolveram
chegar tudo de uma vez só justo na hora do almoço...foto acima.

E foi aí que tudo aconteceu,sem água nem para tomar um
banho "tcheco"...Painho resolve ir até a praia...

bem,este modelo de sunga...digamos,não estava bem a caráter!

O Local escolhido para fuga repentina de Painho de seus
compromissos reais,não poderia ser outro,que não a belíssima orla...

Orla do Maçarico no Sal.

E aí,foi onde tudo aconteceu...segundo a fonte,era um inicio de
uma bela tarde de verão,quando a mesma se deparou com uma cena
dantesca e que rapidamente,segundo a fonte,transformou aquela bela
orla em uma verdadeira "Via Dolorosa"...afinal,ninguém menos que
o próprio Painho estava ali há desfilar e cumprimentar os transeuntes
que por ali passavam,trajando apenas uma sunga Azul Marinho com
detalhes em vermelho.

Bem o choque foi geral,segundo relatos,ao verem figura tão
inusitada por aquelas paragens.

Este transeunte não aguentou o que viu e entrou em coma alcoólico


Logo apareceram parentes de Painho que o recolheram para
as dependências de seu Palácio...claro,por segurança a fechadura
do portão principal foi imediatamente trocada.










Elas estão avançando cada vez mais...

A presença feminina na disputa pelas prefeituras

Presença feminina nas urnas está começando a aumentar (Fonte: Reprodução/Uol)

Dados do Tribunal Superior Eleitoral mostram que em 45 dos 5.565 municípios brasileiros apenas mulheres vão disputar a prefeitura nas eleições deste ano.

O número de mulheres candidatas ainda é muito pequeno em comparação com o de homens, mas a presença feminina nas eleições municipais está começando a aumentar.

Rio Grande do Norte: oito cidades com apenas mulheres na disputa
Neste ano, de um total de 15.304 candidatos a prefeito inscritos, 1.907 são mulheres, ou 12,5% do total. Nas eleições municipais de 2008, de um total de 15.903 candidatos, 1.641 eram mulheres, ou 10,3% do total.

Rio Grande do Norte é o estado que tem mais municípios apenas com mulheres concorrendo à prefeitura. São oito cidades no total. Na segunda posição aparece São Paulo, com cinco municípios, seguido por Minas Gerais e Paraíba, com quatro cada.Uol

Uma água-viva artificial para estudar o coração

Cientistas criam 'ser' sintético para servir de cobaia de novas drogas para o coração

Bioengenheiros criaram uma água-viva artificial a partir das células de um coração de rato. A criatura, que parece uma flor de oito pétalas se move exatamente como um ser vivo quando colocada num campo elétrico – embora, é claro, seja importante lembrar que ela não tenha vida.

Segundo os cientistas, trata-se de uma criatura híbrida: água-viva do ponto de vista morfológico, rato do ponto de vista genético.

Mas para que serve o experimento? O líder da pesquisa, Kit Parker, acredita que será possível estudar algumas leis fundamentais das bombas musculares. Ou seja, a água-viva com coração de rato é um ensaio na busca por modelos artificiais do coração humano. Trata-se de uma boa notícia para pessoas que sofrem de problemas cardíacos, mas também para ratos, macacos, e outros animais obrigados a servir como cobaias em laboratórios.

Parker acredita que sua equipe está levando a biologia sintética a um novo nível. “Normalmente, quando se falava de formas sintéticas de vida, o processo consistia em colocar novos genes dentro de uma célula viva. Mas aqui nós construímos um animal. Não se trata apenas de genes, mas também de morfologia e função”.

A equipe agora planeja construir uma medusóide usando células cardíacas humanas. Os pesquisadores entraram com pedido de patente para usar seu design, ou algo similar, como uma plataforma para testar remédios. “Você tem uma nova droga para o coração?”, diz Parker. “Deixe-me colocá-lo em minha água-viva, e eu lhe direi se ela pode melhorar o bombeamento.”

A equipe também espera recriar sua engenharia em outras formas de vida marinha. “Nós temos um tanque inteiro de coisas lá dentro, e um polvo pronto.” Nature

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Uma tradição de Belém em chamas

Bombeiros tentando controlar incêndio que ameaçava prédio vizinho (Foto: Wagner Almeida)

Um incêndio de grande proporção atingiu o Restaurante Avenida, localizado no bairro de Nazaré, em Belém, na madrugada desta segunda-feira (23). De acordo com as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, as chamas teriam iniciado no depósito que fica na parte de cima, aos fundos do estabelecimento.
As labaredas chegaram a grandes alturas, inclusive atingindo apartamentos do prédio ao lado, alguns deles vazios por conta do final de semana e das férias escolares. Os moradores que estavam no edifício desceram assustados, trazendo pertences e até botijões de gás com medo de uma tragédia maior.
Entre os feridos, há apenas um homem não identificado que teve queimadura nos braços após tentar retirar um carro que estava em um estacionamento atrás do restaurante.
Para facilitar o trabalho do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar no local, a Companhia de Transportes de Belém (CTBel) isola o cruzamento entre a avenida Nazaré e a rua Generalíssimo Deodoro, onde fica o restaurante.DOL

Arquivos do Holocausto...

Arquivos sobre o Holocausto são exibidos pela 1ª vez


PARIS - Os perturbadores arquivos policiais sobre o Holocausto, a maior deportação de judeus franceses durante Segunda Guerra Mundial estão sendo abertos ao público pela primeira vez, um raro retrato dos dias mais sombrios da colaboração da França com os nazistas. A mostra, que começou nesta terça-feira, 17, coincide com o 70º aniversário da batida policial em Paris que mandou mais de 13 mil judeus para o campo de extermínio de Auschwitz.
Fotos, assinaturas e registros de bens pessoais de muitas vítimas entregues em 16 e 17 de julho de 1942 estão em exibição na prefeitura de Paris. O presidente François Hollande vai fazer um discurso em memória à deportação no antigo velódromo de inverno, no domingo, o primeiro evento em lembrança do acontecimento em 17 anos.AE

Manifestações de Cientistas no SBPC

Manifestações marcam início de reunião anual de cientistas no Maranhão


Uma série de manifestações marcou neste domingo o início da 64ª reunião anual de cientistas que acontece na UFMA (Universidade Federal do Maranhão), em São Luis.

O centro de eventos da universidade improvisado a céu aberto com cadeiras de plástico e banheiros químicos, em meio a um canteiro de obras no campus, foi tomado por cerca de 50 pessoas.

Com apitos, fantasias e faixas, o grupo impediu que a biomédica Helena Nader, presidente da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), instituição que organiza o encontro anual, fizesse seu discurso de abertura.

Após descer do palco sob vaias do grupo, Nader foi orientada a voltar e a ceder o microfone aos manifestantes.

De volta ao palco, a biomédica disse que daria cinco minutos para que o grupo falasse. "É assim que se faz uma democracia", disse.

"Eu estou do lado de vocês e também brigo por 10% do PIB [Produto Interno Bruto] para a educação."

O grupo reivindicou o aumento de salário dos professores e funcionários das universidades federais, em greve há cerca de três meses.

A UFMA, que sedia a reunião anual da SBPC, também está em greve. A expectativa é que os professores das universidades federais apresentem uma contraproposta de aumento de salário nesta segunda-feira, dia 23.

O grupo também distribuiu panfletos com críticas à gestão da governadora do maranhão Roseana Sarney (PMDB-MA).

MÚSICA E CALMARIA

As manifestações foram seguidas por apresentações musicais de grupos típicos do Maranhão e pelo coral da UFMA. Ao final da música, os manifestantes tinham se dispersado.

O ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, ignorou a manifestação e a greve das federais no seu discurso.

Ele lembrou que é cientista e que já foi presidente da SBPC. "Meu partido é a comunidade científica."

Raupp também anunciou oficialmente o que já vinha sido falado desde abril: o Fórum Mundial de Ciência (WSF, na sigla em inglês) será realizado no Brasil em 2013. De acordo com o ministro, as preparações para o evento começarão em agosto.

A reunião anual da SBPC segue na UFMA até sexta-feira, 27, e deve reunir cerca de 15 mil pessoas.Folha

Álcool Perílico...Tratamento

Pesquisadores estendem uso de álcool perílico a tratamento de câncer de pulmão


Pesquisadores da Universidade Federal Fluminense (UFF) que fizeram avanços no tratamento de tumores no cérebro com uso de álcool perílico estenderam a pesquisa ao câncer de pulmão. Os testes começaram em laboratório, mas ainda não há previsão de aplicações clínicas. No caso dos tumores cerebrais, a pesquisa é feita no Hospital Universitário Antônio Pedro.
Extraído de frutas cítricas, o álcool perílico é um óleo que pode ser inalado. A substância age diretamente no sistema nervoso central e no tecido pulmonar inibindo a proliferação de células cancerígenas, sem afetar as saudáveis. Uma das vantagens do tratamento é não provocar os fortes efeitos colaterais que costumam ser causados pela radioterapia e a quimioterapia.
No combate ao câncer de cérebro, o tratamento com o álcool conseguiu reduzir o tumor cerebral em três pacientes do laboratório da UFF de um total de 198. Além disso, 15% das pessoas em tratamento também tiveram o tempo de vida aumentado, em relação à estimativa inicial. A pesquisa só é feita com pacientes considerados terminais, em que os tratamentos tradicionais não tenham mais eficiência.
"Até o momento, 29 pacientes, ultrapassaram dois anos de sobrevida, estimada em quatro meses, sem efeitos colaterais", destacou o responsável pelo estudo, o professor e neurologista Clóvis Fonseca. Os pacientes começaram a se tratar em 2004 e a maioria fez a inalação por pelo menos seis anos
Apesar dos avanços da pesquisa, o álcool perílico ainda não substitui o tratamento convencional, com quimioterapia e remédios. Pesquisadores e médicos buscam, no entanto, dissolver os medicamentos na substância para facilitar a administração das drogas no futuro.
"O tratamento com álcool perílico, hoje, é adjuvante. Uma droga só atinge uma via [de proliferação da doença], é preciso inibir o máximo possível", disse Fonseca.
A pesquisa da UFF também mostrou que o álcool perílico tem efeito em tumores de pele, mama, pâncreas e despertou interesse de instituições fora do país. Atualmente, especialistas da University of Southern California (USC), nos Estados Unidos, são parceiros nos estudos.
Para se candidatar ao tratamento é preciso enviar um e-mail para abiliosg@vm.uff.br.

Ag.Brasil

domingo, 22 de julho de 2012

Um Bom Domingo


Privacidade de dados

As regras a respeito de quais dados os governos podem exigir de empresas de comunicação precisam se tornar mais rígidas

O ato de bisbilhotar, assim como tantas outras coisas, está invadindo o mundo virtual. Em 2011, o Google recebeu 12.771 pedidos de dados do governo americano e atendeu a quase todos. As empresas de telefonia móvel americanas receberam no total mais de 1,3 milhões de tais pedidos. Alguns desses incluíam diversos assinantes. Outros pedidos requeriam a revelação de números de telefones de todos –suspeitos de crimes ou não dentro da área de cobertura de uma torre de telefone celular em um dado período.

A taxa de pedidos de dados do governo tem crescido: a Verizon, a maior empresa de serviços de telefone celular do país, afirma que tais pedidos aumentaram em 15% em cada um dos últimos cinco anos. Grandes empresas de telefonia celular hoje em dia contam com uma equipe de funcionários que não faz nada além de atender a pedidos de dados do governo.

Isso está acontecendo em parte porque a tecnologia facilita a bisbilhotice, e em parte porque as leis ainda não alcançaram a tecnologia. No mundo offline, os governos em geral precisam que um juiz assine um mandado para que um grampo seja instalado; o mesmo se aplica à inspeção física de propriedades. No mundo online, a maior parte dos dados relacionados a quem ligou ou enviou um e-mail para alguém, ou visitou um site ainda que o conteúdo da comunicação continue preservado é entregue sem qualquer supervisão jurídica.

Há bons argumentos a favor de conceder esses poderes aos governos. Os criminosos, bem como agências policiais, fazem um uso efetivo das comunicações digitais, de modo que os estados precisam ter a capacidade de responder no mesmo nível. Serviços de resgate às vezes precisam de dados de telefone para localizar alguém que precisa de ajuda urgente. E tais informações devem ser fornecidas nos casos em que fazê-lo pode ajudar a pegar criminosos. Mas também há argumentos para uma restrição maior. A tecnologia da comunicação hoje em dia pode comprometer mais a privacidade das pessoas do que costumava ser o caso. Registros de ligações de telefones celulares podem revelar onde as pessoas estavam, quais sites elas visitaram, no que elas estão interessadas e o que compraram. Agências policiais não deveriam ter acesso irrestrito a esses retratos tão completos e invasivos das vidas das pessoas.

Um bom princípio geral seria conferir a dados armazenados em uma conta de email a mesma proteção concedida a cartas guardadas em uma gaveta trancada de uma escrivaninha, isto é, agências policiais precisariam um mandado para dar uma olhada neles. Empresas de internet e de telefonia móvel, e as agências que requerem dados destas, devem ser submetidas a protocolos de operação claros. As pessoas só poderão julgar se os benefícios de segurançaocasionados pelo estado de vigilância superam a enorme perda de privacidade caso saibam com mais clareza quais informações estão sendo coletadas a respeito de quem e quais usos estão sendo feito das mesmas.

The Economist

Excluído: E papo final!

Importante dicionário chinês exclui equivalente à palavra 'gay'

Parada gay em Hong Kong, em 2009. Termo 'tongzhi' foi inicialmente usado ali para fazer graça de comunistas chineses

A recém publicada edição de um dos mais importantes dicionários da China já está sendo alvo de críticas de ativistas de direitos humanos.
Eles reclamam que a publicação excluiu a definição da palavra comumente usada por homossexuais chineses para o termo "gay"
A palavra é "tongzhi", que primariamente significa "camarada", também usada por décadas como forma de tratamento entre os comunistas.
A recém-revisada sexta edição do Dicionário Contemporâneo Chinês tem 69 mil verbetes, 13 mil caracteres chineses e 3 mil novas frases.BBC Brasil

O Melhor Amigo

Ter um cachorro deixa seu coração mais saudável


A gente já falou por aqui que cachorros podem ajudar a diminuir o estresse no trabalho e a conquistar mulheres. Mas há mais um motivo para gostar da ideia de ter um bichinho desses em casa: eles deixam seu coração mais forte.
Pesquisadores de uma universidade japonesa monitoraram 191 pessoas, entre 60 e 80 anos, com colesterol alto, diabetes, e pressão sanguínea alta. Cerca de 40% dos participantes tinham um cachorro em casa. E foram esses os voluntários que mostraram maior variação nos batimentos cardíacos isso diminui o risco de morrer por conta de alguma doença no coração.
Entre os pacientes com problemas em alguma das artérias do coração, aqueles que tinham um cão viveram um ano a mais do que os outros doentes, segundo a pesquisa.
Os pesquisadores não sabem explicar o motivo dessa melhora, mas acredita-se que ter a companhia de um cachorro supre parte da nossa necessidade de interação social e ainda nos deixa menos estressados.
Mais um motivo para você adotar um cachorro, hein?

SBPC discute a partir deste domingo como enfrentar a pobreza


Economia verde, sustentabilidade, mudanças climáticas e desastres naturais, energia, programa espacial brasileiro, medicina tropical, desigualdade social e direitos humanos e educação são os principais temas em pauta para 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O encontro será realizado de 22 a 27 de julho, em São Luís, no Maranhão. A reunião, que este ano tem como tema central Ciência, Cultura e Saberes Tradicionais para Enfrentar a Pobreza, acontecerá no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Serão realizadas 61 conferências, 66 mesas redondas, 48 minicursos, além atividades como reuniões de trabalho, assembleias e encontros para a discussão sobre os avanços da ciência, e um fórum de debates de políticas públicas em ciência e tecnologia.

Também faz parte da programação a Expot&C, considerada a maior mostra de ciência e tecnologia das Américas; a SBPC Jovem (para estudantes do ensino básico e profissionalizante), a SBPC Cultural, a Sessão de Pôsteres e a Jornada Nacional de Iniciação Científica.

Para a presidente da SBPC, Helena Nader, a reunião contribui com propostas para o desenvolvimento sustentável do país, “praticando O Futuro que Queremos, discutido na Conferência Rio+20, mas sem deixar de tratar também das políticas públicas de educação e de ciência, tecnologia e inovação”.

Entre os convidados está o israelense Daniel Shechtman, Prêmio Nobel de Química de 2011, além de vários dirigentes de sociedades científicas.

A íntegra da programação 64ª reunião da SBPC: http://www.sbpcnet.org.br/saoluis/home/

Agência Brasil