quinta-feira, 31 de março de 2016

Mensagem do dia

Grande passo para cura da AIDS é dado por cientistas nos EUA


Cientistas da Universidade Temple, nos EUA, conseguiram remover o genoma do HIV das células imunológicas de um paciente com o vírus da AIDS.Para atingir esse grande feito, eles usaram a revolucionária técnica de edição genética chamada CRIPSR/Cas9. Com ela, nunca antes os cientistas puderam, com tanta facilidade, editar ou remover partes específicas do DNA. Isso permitiu direcionar mutações particulares, dando esperança de cura para certas doenças hereditárias e, agora, atacar por uma outra frente o vírus HIV.

Os cientistas usaram a impressionante precisão da técnica CRIPSR/Cas9 para localizar e remover as partes derivadas do DNA de células T infectadas (que são os glóbulos brancos). Eles removeram todo o genoma do HIV sem quaisquer outros efeitos secundários sobre as células hospedeiras, que continuaram a crescer e se dividiram normalmente. Não só isso, mas as células T, agora sem o HIV, ficaram, inclusive, imunes a uma nova infecção."Os resultados são importantes em vários níveis", disse o geneticista Kamel Khalili, líder da equipe de pesquisadores responsável pelo experimento.

"Eles (resultados) demonstram a eficácia do nosso sistema de edição de genes na eliminação do HIV a partir do DNA das células T e, através da introdução de mutações no genoma viral, inativação de forma permanente a sua replicação. Além disso, eles mostram que o sistema pode proteger as células de reinfecção e de que a tecnologia é segura para as células, sem efeitos tóxicos. "

Os pesquisadores realizaram as experiências utilizando células T obtidas de pacientes infectados pelo HIV e, em seguida, cultivadas em laboratório, o que permite esperar que a técnica possa ser melhorada mediante determinando nível que os médicos não terão somente que cuidar da infecção de células, mas poderão oferecer tratamentos para, finalmente, curar as pessoas. IFL Science

Analista dos EUA revela como cosmonauta xingou superiores antes de morrer em missão em 1967


Um livro revela os momentos de raiva e ira do cosmonauta russo Vladimir Komarov contra os seus superiores, momentos antes de sua morte, na missão Soyuz 1, em 1967.Os detalhes estão na obra "Starman The Truth behind the Legend of Yuri Gagarin" (Homem das Estrelas: A Verdade por Trás da Lenda de Yuri Gararin), de Piers Bizony e Jamie Doran. O livro se baseia nos relatos do analista de segurança nacional Perry Fellwock, que atesta que o posto norte-americano de escuta na Turquia ouviu os gritos de raiva de Komarov no dia do desastre da missão Soyuz 1, em 24 de abril de 1967.

Enquanto mergulhava para a morte no seu retorno à Terra, Komarov continuou xingando seus superiores e técnicos por forçá-lo a embarcar em uma missão que muitos sabiam que estava fadada ao fracasso.

Algumas semanas antes do lançamento da Soyuz 1, Komarov expressou seus sentimentos mais profundos a um de seus amigos, um oficial rebaixado da KGB, Venyamin Russayev. Com lágrimas nos olhos, disse que a missão para qual vinha se preparando estava condenada e que ele não a completaria. Apesar do perigo óbvio, Komarov estava disposto a embarcar na viagem, não para sua glória ou para o avanço da ciência de seu país, mas por seu melhor amigo Yuri Gagarin - o primeiro homem a ir ao espaço, em 1961.

O lançamento da Soyuz 1, em 23 de abril de 1967, foi saudado na Rússia como uma vitória sobre os EUA e seus aliados, uma vez que coincidiu com os 50 anos da celebração da Revolução Russa. Todas as atenções estavam voltadas para este evento, que era crucial para o governante Leonid Brezhnev. Ele exigia claramente de todos os técnicos e cientistas que a missão precisava sair de qualquer maneira como questão de honra e integridade da Rússia.

Amizade com Gagarin

Contudo, os envolvidos no projeto sabiam de graves falhas que poderiam inviabilizar a missão. No entanto, ninguém ousava descontentar o chefe russo e amargar anos de prisão ou até mesmo uma execução sumária por descumprimento de ordens. Gagarin e Komarov estavam entre os cosmonautas que poderiam embarcar na fadada nave. Ambos possuíam uma grande amizade.

Foi esse laço que forçou Komarov, pai de dois filhos, a aceitar a viagem fatal. Se ele recusasse, o próximo na linha era Yuri. Komarov não suportaria a morte de seu amigo mais querido.

Descida para a morte

A missão não foi fácil desde o seu lançamento do Cazaquistão, no dia 23 de abril de 1967. Mais tarde, a situação piorou, com quase todos os principais sistemas sem respostas. Em sua descida à Terra, Komarov não tinha controle aparente sobre seu voo e partiu para a morte certa em Oblast de Oremburgo, na Rússia. Tornou-se o primeiro homem a morrer a bordo de uma missão espacial. Em sua descida, amaldiçoou seus chefes por mandá-lo para esta missão.

Yuri Gagarin, que certamente não se recuperou da perda do melhor amigo, morreu no ano seguinte, em um acidente de avião, em 27 de março de 1968.The Vintage News

Detectadas rápidas explosões de rádio repetidas do mesmo lugar e fora da Via Láctea


Uma equipe de astrônomos detectou – pela primeira vez na história – rajadas rápidas de rádio e repetidas procedentes de um mesmo local no universo, fora da Via Láctea.Trata-se de uma série de erupções que não duram mais que um milissegundo. Grande parte das teorias sobre as rajadas de rádio rápidas acreditavam que a origem desse tipo de erupção estava em acontecimentos catastróficos, capazes de destruir sua própria fonte, como o caso de uma estrela em explosão, uma supernova, ou o impacto de uma estrela de nêutrons com um buraco negro.

Essa nova descoberta, liderada por Pablo Scholz, doutorando da Universidade McGill, no Canadá, permitiu deduzir que algumas rajadas rápidas de rádio podem ter uma origem muito distinta.

Segundo a publicação do estudante, essas rajadas provêm de um corpo espacial extremamente poderoso, com a capacidade de produzir múltiplas explosões em menos de um minuto. “Soube imediatamente que a descoberta seria muito importante para o estudo das FRB (sigla em inglês para Rajadas Rápidas de Rádio)”, afirmou Scholz.

As conclusões do estudo destacam que essas ondas de rádio cósmicas procedem de um corpo celestial muito especial, como o caso de uma estrela de nêutrons girando e emitindo pulsos extremamente brilhantes.La Voz de Galicia

Passageiro tira foto com sequestrador de avião


O passageiro inglês Ben Innes, 26 anos, teve uma atitude inusitada durante o sequestro do voo MS181 da EgyptAir nessa terça-feira (29): ele tirou uma foto com o sequestrador Seif Eddin Mustafa.

"Eu não tenho certeza por que fiz isso, mas tentei ficar confiante na adversidade. Eu pensei que, se a bomba fosse real, eu não tinha nada a perder. Então, agarrei a chance para dar uma olhada mais de perto", disse o britânico ao jornal The Sun.

O passageiro explicou que, durante o desvio para o Chipre, ordenado pelo sequestrador, ele pediu para um membro da tripulação traduzir seu pedido. Apesar da atitude de Innes ter sido criticada por várias publicações inglesas, o briânico afirmou que "foi a melhor foto da minha vida".

O voo MS181 da EgyptAir tinha decolado de Alexandria, no Egito, às 6h30 (hora local), com destino à capital do país, Cairo. Por volta das 7h, o comandante anunciou que um passageiro carregava um cinturão explosivo. Mustafá pediu, então, para o piloto pousar a aeronave na Turquia, mas, depois de muita negociação, concordou em ir para o Chipre porque era mais perto, explicou o ministro da Aviação Civil do Egito, Sherif Fathy, em uma coletiva de imprensa.

Após o pouso do avião, Mustafa se entregou para as autoridades e permanecerá preso. Foi descartada a hipótese de ato terrorista pois os explosivos que o sequestrador carregava eram falsos.Ansa

quarta-feira, 30 de março de 2016

Mensagem do dia

Caso Jean Charles: corte europeia inocenta agentes britânicos


Principal tribunal europeu de direitos humanos declarou os promotores da Grã-Bretanha acertaram ao não acusar os policiais envolvidos na morte a tiros do brasileiro Jean Charles de Menezes 11 anos atrás; brasileiro foi alvejado com sete tiros na cabeça disparados por agentes das froças especiais após ser confundido com um homem-bomba; "A decisão de não processar nenhum agente específico não se deveu a quaisquer falhas na investigação nem à tolerância ou ao conluio do Estado com atos ilegais", afirmou a corte

ONU faz apelo por fim da crise política no Brasil


Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki Moon, fez nesta quarta-feira, 30, um apelo para que a crise política do Brasil seja solucionada de maneira "harmoniosa"; "Por enquanto, esse é um problema político doméstico. Mas o Brasil é um país muito importante e qualquer instabilidade política no Brasil é uma preocupação social para nós", disse; entidade disse apoiar combate à corrupção, mas alertou que o Judiciário deve atuar com "escrúpulos, dentro das regras do direito doméstico e internacional, evitando adotar posições político-partidárias"

Redes sociais: um novo tipo de termômetro

Tecnologia proporciona um grau sem precedentes de análise das informações (Foto: Pixabay)

Quando os seguidores mais atuantes do Estado Islâmico (EI) na Grã-Bretanha enviaram mensagens pelo Twitter e Facebook, eles não poderiam imaginar que o conteúdo de suas mensagens online seria exibido em uma parede do International Centre for the Study of Radicalisation do King’s College de Londres. “Alá lhe deu esta vida, então a use da maneira que ele ordenar”, dizia uma delas. “Sempre que tenho um sentimento de tristeza paro e penso, Alá não me deu mais do que posso suportar. Então continuo meu caminho”, estava escrito em outra.

A exposição inusitada é uma parte importante de um projeto de pesquisa para descobrir se os seguidores ingleses do EI, que foram para a Síria usam as redes sociais de uma forma diferente dos que permaneceram no país. Shiraz Maher, o diretor do projeto, e seus colegas demoraram meses para classificar cada uma das 50 mil mensagens e exibi-las sob títulos como “desejo de vida após a morte”, “religiosidade” e “vontade de migrar”. “Se conseguirmos descobrir padrões, talvez seja possível prever o momento em que alguém decide partir para se juntar aos jihadistas”, disse Maher.

A pesquisa mostra um dilema básico dos movimentos que vivem em parte no mundo online: sem a internet e as redes sociais alguns deles não existiriam, mas a tecnologia também proporciona um grau sem precedentes de análise das informações. E as ferramentas para pesquisá-las estão cada vez melhores.

A “modelagem de tópico” revela os assuntos que as pessoas estão comentando; a “análise de sentimento” dá uma ideia de como se sentem; o “mapeamento de rede” identifica os pontos de interconexão mais importantes; o software de “visualização” transforma as informações em imagens coloridas. E o uso desses programas está cada vez mais barato.OP

Quase 40% dos professores da rede pública não têm formação adequada


O Ministério da Educação divulgou um dado preocupante sobre a educação brasileira nestas terça-feira, 29. Cerca de 39% dos 518.313 professores ativos da rede pública do ensino fundamental e médio não têm a formação adequada para lecionar. O dado é referente ao ano de 2015.

A falta de formação vai desde o professor que tem bacharelado na área, mas que não tem licenciatura, até docentes que não têm nenhuma graduação, o que é proibido pelas normas de educação. Neste caso mais grave, estão 12,7% dos professores.

O ministro da Educação, Aloísio Mercadante, lançou um pacote de oportunidades para amenizar o problema. O objetivo é investir nos docentes que já estão em sala de aula, e para isso, o governo vai oferecer vagas para cursos à distância da Universidade Aberta do Brasil, nos institutos federais e nas universidades públicas de todo o país. As inscrições serão feitas pela Plataforma Freire.

Outro problema educacional é a falta de laboratórios, relacionados às disciplinas de Química, Física e Biologia. Mercadante afirmou que, como a área de ciências é a prioridade, todo professor que for fazer o curso, vai receber um laboratório na escola, onde leciona. Na semana passada, o Censo de Educação Básica revelou que apenas 15% dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental têm laboratório de ciências na escola.OP

A intolerância política chegou às escolas


Curitiba, sede da Operação Lava Jato, vê-se às voltas com um episódio de macarthismo verde amarelo. Uma professora de História dos Movimentos Sociais do Século XX e História da América Latina, que prefere ter o nome mantido no anonimato por temer pela segurança de sua família, foi vilipendiada nas redes sociais por um grupo fechado de mais de 800 pessoas, liderados por pais de alunos do Colégio Medianeira, da capital paranaense.

Tudo começou quando ela escreveu em sua página no Facebook que “hoje vi crianças numa escola, vestindo preto e pedindo golpe. Desprezando a democracia e exalando ódio (...) parece que não conseguimos escapar do que Marx profetizou (...) que a história se repete, primeiro como tragédia, depois como farsa”. A reação foi como um rastilho de pólvora.

Centenas de pais de alunos cujos filhos manifestaram apoio “ao golpe” contra a presidenta Dilma Rousseff entupiram as redes sociais chamando-a de “comunista descarada”. Pediam à direção do colégio sua demissão alegando que “se minha filha aparecer em casa com alguma ideia esquerdista vai dar confusão”.CC

De olho na ONU, Argentina frustra tucanos anti-Dilma


O presidente da Argentina, Mauricio Macri, tem afinidades com o PSDB, principal líder da oposição. Com suas medidas econômicas neoliberais e antipatia pelos governos progressistas da América do Sul, costuma ser citado por tucanos como exemplo do que deveria ser em um Brasil sem Dilma Rousseff e o PT. Ele tem sido, porém, um frustrante aliado na batalha do impeachment.

Em gestos e manifestações recentes, Macri e sua ministra das Relações Exteriores, Susana Malcorra, têm sido, por ora, mais úteis a Dilma do que à oposição. O motivo desta postura seria, a necessidade argentina de não brigar com vizinhos sul-americanos para ter o apoio deles para disputar o cargo de secretário-geral das Nações Unidas.CC

Proteção social e livre mercado: uma convivência possível


Em tempos tão ácidos e de debate público tão acalorado como o que temos vivido, sempre vem à tona a discussão sobre a eterna disputa entre projetos políticos supostamente opostos.

Sem adentrar o mérito de quais sejam esses projetos e seus defensores, podemos apenas dizer que o mais comum é que incorramos no estabelecimento da velha dicotomia entre um Estado que promova a proteção social de seus cidadãos, o que podemos chamar de Estado de bem-estar social, e a prática do livre mercado.

Antes de mais nada, é necessário lembrar que a prescrição de direitos sociais em uma Constituição como a brasileira, por exemplo, significa mais do que estabelecer que o Estado garanta aos seus cidadãos as condições mínimas necessárias à sua sobrevivência.

O conjunto de diretos sociais visa, em princípio, conceder aos indivíduos, sobretudo aos mais vulneráveis, a possibilidade de competir de forma mais justa pelos bens em disputa na sociedade.

No entanto, em um contexto de desigualdade social como o nosso, é impossível pensar que essa disputa possa se dar apenas por mérito ou mera sorte, que é um fator aleatório, pois aqueles que pertencem às classes mais privilegiadas partem de uma imensa vantagem em relação a quem é originário das classes menos privilegiadas – não apenas no que diz respeito ao capital financeiro, mas também ao capital cultural e simbólico.

Como afirma o sociólogo Jessé Souza, presidente do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), muitos dos problemas brasileiros derivam da incapacidade do sistema para integrar um vasto contingente de excluídos, a quem faltam não apenas recursos materiais, mas equipamentos básicos de educação, autoestima e cidadania.

A óbvia inexistência desse “fair play”, ou seja, dessas condições para uma competição minimamente justa – não só no caso do Brasil, mas no da maioria dos países pobres do mundo – é o principal fator de geração de violência e de criminalidade.

Ao contrário do que afirma o senso comum, o que motiva o crime não é a impunidade, mas a desigualdade. Estudos bastante sérios comprovam que sociedades ricas que possuem maior uniformidade na riqueza ou sociedades pobres que têm maior uniformidade na pobreza são pacíficas. A violência ocorre onde há desigualdade social, onde não há justiça nas condições de disputa por bens raros.

Ao passo que aqueles que pertencem à elite econômica e social contam com várias redes de proteção – dentre as quais a mais eficiente e consistente é a familiar –, independendo do Estado para que possam viver com dignidade, por exemplo, se em algum momento da vida forem alcançados por um infortúnio e se tornarem improdutivos, os mais vulneráveis na escala social, em geral, não têm quem os suporte.

Assim, a ideia de garantia de direitos sociais mínimos tem por finalidade permitir a construção pelo Estado de uma rede semelhante de proteção e amparo para suprir a ineficácia dessas outras redes privadas, quando a pobreza ocorre.

Esse conceito de um Estado provedor de um conjunto mínimo de garantias sociais sempre foi tido pela direita e pela esquerda como um projeto antinômico e contraditório ao de liberdade de mercado.

E é exatamente a este ponto que gostaria de voltar, pois o fenômeno é mais complexo do que os discursos panfletários fazem crer.CC

O estresse. Um inimigo traiçoeiro


Viver na sociedade moderna é quase sinônimo de passar por situações estressantes. Em vez de nos acostumarmos com isso, porém, devemos cada vez mais ficar alertas para o perigo representado pelo estresse: uma vez instalado, ele pode levar anos para desaparecer.

terça-feira, 29 de março de 2016

PMDB oficializa saída do governo Dilma Rousseff



Durou apenas três minutos a solenidade de desembarque do PMDB do Goveno Federal nesta quarta-feira (29/3). Aos gritos de "Brasil para frente, Temer presidente" e "Fora PT", o Diretório Nacional da legenda decidiu, por aclamação, que, a partir de agora, nenhum militante do PMDB poderá ter cargo no governo. O Ministro da Secretaria de Aviação Civil, Mauro Lopes, já avisou que entregará a carta ainda hoje.

A dúvida até o momento é em relação ao Ministério da Agricultura, liderado por Kátia Abreu, senadora pelo estado do Tocantins e amiga pessoal da presidente Dilma. Caso ela deseje permanecer no cargo, como tem sinalizado, ela deverá deixar a legenda e optar pelo PSD. "A partir de agora, é a decisão de cada um, mas cada um sabe que a cabeça do PMDB neste momento defende que nenhum militante tenha cargos do Governo Federal", declarou o presidente da Fundação Ulysses Guimarães, Moreira Franco.

Moreira afirmou que o consenso interno obtido pelo partido é fruto de muita conversa, característica essencial à política. "O PMDB precisava tomar uma decisão, o país caminha para o terceiro ano de recessão, o desemprego aumenta, e o governo jamais apresentou um planto para tirar o país da crise. O PMDB já apresentou sua proposta", declarou Moreira, em uma alusão às diretrizes econômicas contidas no documento Ponte para o futuro.

Durante a reunião, o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) afirmou que o PMDB precisa se preparar para exercer o poder. Segundo ele, o partido, ao longo dos últimos anos, tem exercido o papel de coadjuvante e "algumas vezes um péssimo coadjuvante".

Ainda para Jarbas, a demonstração de unidade hoje do PMDB, que decidira por aclamação o desembarque imediato do governo de Dilma, é a demonstração que o partido esta em sintonia com as ruas que nao aguentam mais o pais quebrado e esta sobre administração do PT.

O deputado até admite que se dê um prazo para os ministros deixarem os cargos após a reunião de hoje, mas acha inviável que algum deles permaneça no posto, contrariando os deveres partidários. "Se isso acontecer, que se coloque para a fora (o ministro)." Jarbas afirmou ainda que as ameaças, que vem sendo feitas pelo PT de que Temer será o próximo a cair, fazem parte da estratégia petista de agir. "Quem primeiro gritou fora alguém foi o PT pedindo a saída de Fernando Henrique Cardozo. Eles fazem oposição a si próprios".CB

Mensagem do dia

Deterioração política e crise econômica colocam país à beira da depressão


O Brasil mergulhou de cabeça em uma recessão sem precedentes, mas corre o risco de enfrentar uma situação ainda mais tenebrosa, de depressão econômica, dependendo da evolução da crise política. Os economistas observam que é difícil fazer projeções nesse momento, mas são unânimes em reconhecer que o país nunca atravessou uma crise tão grave e que, se 2015 foi um ano ruim, com a economia encolhendo 3,8%, 2016 pode ser ainda pior. As estimativas de queda do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano variam de 3,5% até 6%. Em 2017, o nível de atividade poderá ter uma redução adicional de 1%, ou seja, serão três períodos consecutivos de queda, algo nunca antes visto na história do país. Durante a Grande Depressão da economia mundial que se seguiu à quebra da Bolsa de Nova York, no início do século passado, a produção brasileira se retraiu por dois anos seguidos — 2,1%, em 1930, e 3,1%, em 1931, conforme dados da Austin Rating.

PMDB/PT


Michel Temer diz a Lula que PMDB está fora do governo


Em conversa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no final da tarde de domingo, 27, em São Paulo, o vice-presidente Michel Temer descartou a possibilidade de que o PMDB continue no governo Dilma Rousseff. Segundo interlocutores do petista, Temer teria dito que o processo de afastamento está muito adiantado nas bases do partido e é praticamente certo que o PMDB decida nesta terça-feira, 29, pelo desembarque.

Nesta segunda-feira, 28, em entrevista a veículos de imprensa estrangeiros, também em São Paulo, Lula deu como certa a saída do PMDB do governo. Segundo o ex-presidente, a estratégia para barrar o impeachment de Dilma a partir de agora é atrair setores do partido à revelia da direção peemedebista, a exemplo do que aconteceu em 2003, quando integrantes do PMDB assumiram postos no primeiro governo Lula sem que a sigla tivesse aderido formalmente.

"Vai acontecer o que aconteceu em 2003 e vamos ter uma espécie de coalizão sem a concordância da direção. Não sei se é possível mas acho que é", disse Lula.


De acordo com ele, os sete ministros peemedebistas disseram que não vão deixar os cargos, independentemente da decisão da direção na reunião de amanhã, e vão ajudar nas articulações para manter setores do partido contra o impeachment.

"Pelo que estou sabendo, os ministros do PMDB não sairão. Vou conversar com muita gente do PMDB", disse Lula aos jornalistas estrangeiros.

No meio da tarde, o ex-presidente viajou para Brasília acompanhado do presidente do PT, Rui Falcão, para uma série de conversas com parlamentares de vários partidos, principalmente do PMDB. O petista incluiu Temer entre as futuras conversas, mas um novo encontro não foi agendado.

Segundo interlocutores de Lula, a dúvida do governo agora é quanto ao tamanho da ala peemedebista que vai abandonar Dilma. Lula e o PT vão agir para evitar que a reunião desta terça-feira reforce a ideia de que Temer está passando um rolo compressor sobre o PMDB e arraste consigo partidos menores que ainda se mantém fiéis ao governo.Agência Estado

PMDB: HENRIQUE ALVES É 1º MINISTRO A DEIXAR GOVERNO


O ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), do Turismo, redigiu carta em que pede demissão do governo Dilma Rousseff; ele, que é próximo ao grupo do vice-presidente Michel Temer, é o primeiro dos sete integrantes do partido a pedir para deixar o primeiro escalão do governo; na carta, Henrique Eduardo Alves cita o vice-presidente e diz que "o momento nacional coloca agora o PMDB, meu partido há 46 anos, diante do desafio de escolher o seu caminho, sob a presidência de meu companheiro de tantas lutas, Michel Temer"; mais cedo o vice-presidente e o presidente do Senado, Renan Calheiros, chegaram a um acordo pela saída do governo federal: desembarque será por aclamação.69

PSD, de Kassab, libera bancada na votação do impeachment


À frente do Ministério das Cidades, o PSD decidiu liberar seus 31 deputados para votar como quiserem em relação ao impeachment na Câmara; a liberação teve anuência do ministro Gilberto Kassab, presidente nacional da sigla; de acordo com um dirigente do PSD, atualmente, pelo menos 70% da bancada da Câmara é favorável ao impeachment.

Estudo aponta quais são os países mais ignorantes do mundo


O povo brasileiro parace fazer parte de um gigante que conhece pouco sobre si, segundo um estudo chamado Perigos da Percepção.
O país ficou com a terceira pior colocação num raking que tinha por objetivo saber quanto um povo sabe sobre si mesmo. Os brasileiros mostraram ignorar muitos dados sobre sua própria população em aspectos como idades, índices de imigração e de acesso à internet entre outros, perdendo apenas para o o líder México e a Índia.

O estudo reuniu 33 nações de todos os continentes e foi feito com cerca de mil brasilerios. Para fazer o cálculo, a pesquisa do instituto britânico Ipsos MORo produziu 12 questões e comparou as suposições dos entrevistados com os dados reais. A pesquisa foi feita entre os dias 1 e 16 de outubro de 2015.

Os brasileiros erraram, especialmente, as perguntas relacionadas à idade da população. Os entrevistados acreditavam que a média de idade dos habitantes do próprio país é de 56 anos, mas o correto é 31. Outra pergunta que os entrevistaram erraram muito foi "a cada 100 pessoas, quantas você acha que têm 14 anos ou menos?", a média dos palpites foi 39, porém o certo é 24.

O estudo também mostrou que o brasileiro imagina que há mais mulheres na política do que realmente existe. Numa média geral, os entrevistados disseram que 31% dos políticos são mulheres, mas esse número é bem inferior: 14%. Um grande erro foi sobre a porcentagem de imigrantes. As respostas apontavam 25%, mas somente 0,3% da população brasileira é de fora.

Na outra ponta, os países mais conscientes sobre o próprio povo são Coreia do Sul, Irlanda e Polônia.
Veja abaixo o ranking dos piores 20 colocados:

1) México

2) Índia

3) Brasil

4) Peru

5) Nova Zelândia

6) Colômbia

7) Bélgica

8) África do Sul

9) Argentina

10) Itália

11) Rússia

12) Chile

13) Grã-Bretanha

14) Israel

15) Austrália

16) Japão

17) Canadá

18) Alemanha

19) Holanda

20) Espanha

Fontes: Ipsos MORI, Superinteressante

Saiba quais são as 7 doenças mais antigas da história


A medicina moderna conseguiu, nos últimos séculos, identificar os fatores causadores de várias doenças e, em muitos casos, foi capaz de encontrar uma cura.
Abaixo, segue uma lista das sete doenças mais antigas de que se tem registro:

Tracoma: são encontradas referências a essa doença conjuntiva, que atualmente continua sendo a principal causadora de cegueira no mundo, no código de Hammurabi e no papiro de Ebers. Existem dados suficientes para fazer crer que pensadores famosos da antiguidade, como Horário e Cícero sofreram dela. Resíduos dessa doença foram encontrados em um esqueleto aborígene de 10 mil anos de idade, na Austrália.

Malária ou Paludismo: no livro chinês Nei Ching, traduzido como “Livro da Medicina”, de 2.700 a.C., estão os primeiros registros escritos dessa doença. Um estudo publicado no Wall Street Journal afirma que essa infecção poderia ser causadora da morte de metade da população humana desde a Idade da Pedra.

Lepra: até o início do século passado, os leprosos eram isolados em colônias e condenados a viver distante do resto da sociedade por causa do medo que trazia a possibilidade de contrair essa doença. São encontradas referências a sua sintomatologia peculiar na Bíblia e em papiros egípcios de 1.500 a.C. Restos ósseos de quase 5 mil anos de idade com evidências dessa patologia foram encontrados na Índia.

Varíola: o relatório “Estudos de Paleopatologia no Egito”, publicado em 1921 por Sir Marc Armand Ruffer, registra a descoberta de vestígios de varíola em três múmias egípcias – a mais antiga de 1.500 a.C. Acredita-se que essa doença poderia ter existido na Terra desde 10 mil anos atrás. Mas os avanços científicos dos últimos dois séculos conseguiram erradicar o vírus.

Cólera: catalogada por Hipócrates em 400 a.C., acredita-se que a cólera pode ter sido originada nas margens do rio Ganges. A doença é causada pela má manipulação da água, por isso, ao alcançar centros urbanos a partir do século XV, as epidemias se tornaram mais frequentes.

Febre Tifoide: a vitória espartana na Guerra do Peloponeso em 430 a.C. talvez não fosse possível se a resistência das tropas atenienses não tivessem sido acometidas por uma epidemia de febre tifoide. Atualmente, são registrados casos da doença em diferentes partes do mundo, porém seu índice de mortalidade é muito mais baixo do que há 2.500 anos.

Tuberculose: é possível que resíduos patológicos da doença tenham sido encontrados em ossos de um hominídeo anterior ao homo sapiens, que viveu na Terra há 500 mil anos. Embora os dados sejam insuficientes para afirmar isso, a deterioração óssea dos restos parece indicar que a tuberculose existe no planeta há meio milhão de anos. Supercurioso

domingo, 27 de março de 2016

Associação de reitores mostra preocupação com agravamento da crise política


Por meio de nota pública, a Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES) demonstra preocupação com o agravamento da crise econômica e política e suas eventuais consequências para a ordem constitucional e direitos civis dos brasileiros.

Os reitores também expressam seu repúdio por argumentos "pseudo-jurídicos", que são usados para encobrir interesses político-partidários e a divulgação de elementos processuais que ignoram o princípio da presunção de inocência. Também criticam o uso de intepretações políticas no lugar dos preceitos da Constituição, que devem fundamento qualquer proceso de impedimento de mandato. Leia mais abaixo:

Da Andifes

NOTA PÚBLICA

O Conselho Pleno da ANDIFES, reunido no dia 17 de março de 2016, manifesta preocupação com o agravamento da crise política e econômica no país e suas ameaças à ordem constitucional e aos direitos civis, políticos e sociais do povo brasileiro.

Os reitores e as reitoras das Universidades Federais repudiam argumentos pseudo-jurídicos utilizados para encobrir interesses político-partidários, com a divulgação seletiva de elementos processuais antes da conclusão dos processos, ignorando o princípio da presunção de inocência.

Igualmente, reprovam o uso de interpretações políticas parciais em substituição aos preceitos constitucionais que, necessariamente, devem fundamentar qualquer processo de impedimento de mandato legitimamente conquistado.

As universidades, pautadas pelo rigor científico, a criatividade acadêmica, a liberdade de pensamento e a pluralidade de ideias, estão comprometidas com o fortalecimento das instituições públicas em defesa da democracia, da justiça social e da paz.

A ANDIFES expressa sua expectativa de rigorosa apuração de todas as denúncias de corrupção e defende, intransigentemente, os princípios republicanos presentes na Constituição Federal.GGN

Universidade Federal de Roraima tem primeiro reitor indígena do Brasil


Criada em 1989, a Universidade Federal de Roraima (UFRR) tem o primeiro reitor roraimense e descende de indígena do país. Doutor em Agronomia, Jefferson Fernandes do Nascimento, 51 anos, estará à frente da instituição nos próximos quatro anos (2016-2020) com o apoio do vice-reitor Américo Alves de Lyra Júnior, professor doutor do curso de Relações Internacionais da UFRR.

Segundo o novo reitor, empossado neste mês de março pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, os desafios são enormes, mas a motivação é maior. “Conhecer a região e ter vivido todo o processo de ocupação e desenvolvimento regional nos dá condições para contribuir de forma mais efetiva”, afirma o reitor.

“Queremos, com muito diálogo e com uma gestão compartilhada, trabalhar para ampliar o ensino para os povos indígenas. Como Instituição, temos a função social de inclui-los no processo de educação superior, inclusive em pós-graduação”, acrescentou.

Nesse sentido, Aloisio Mercadante defendeu a criação de um mestrado para gestores em terras indígenas. De acordo com o Ministro, as universidades precisam ajudar na economia regional, criando parques tecnológicos, polos de inovação e parcerias com empresas para gerar valor agregado, principalmente na Amazônia. Assessoria de Comunicação Social-MEC

ADEPOL,ADAPP E SINDELP



NOTA DE INFORMAÇÃO COM PEDIDO DE APOIO AO POVO DO PARÁ🗣🗣🗣🗣🗣🗣

A Associação dos Delegados Aposentados e Pensionistas do Pará – ADAPPA , a Associação dos Delegados de Polícia do Pará – ADEPOL e o Sindicato dos Delegados de Polícia do Pará – SINDELP, vêm com o devido respeito informar à POPULAÇÃO PARAENSE, as reais condições de trabalho a que são submetidos os DELEGADOS e DELEGADAS e todos os demais policiais civis, integrantes do Sistema de Segurança Pública do Estado do Pará e a forma desrespeitosa, ilegal, imoral e antiética que vêm sendo tratados pelo GOVERNO DO ESTADO:

1. Os policiais civis, apesar da falta de estrutura física, número insuficiente de pessoal, o qual obriga que um único delegado ou delegada seja responsável por dois, três ou até cinco municípios, trabalhando em cargas horárias aviltantes e desumanas, que não raras vezes ultrapassam 12 horas diárias, cumprem seus deveres na preservação da ordem pública e na defesa da população, por vezes sendo os únicos representantse do Estado nos diversos municípios desse gigante Pará aos quais o cidadão comum pode recorrer para garantir seus direitos;

2. Em um movimento histórico ocorrido no final de 2013, a categoria, a qual é membro das carreiras jurídicas do Estado e com o objetivo de sair do lugar desonroso que a mantinha entre os piores salários do País, mostrou sua união e após reinvindicação justa e incisiva, conseguiu fechar um acordo com o governo do Estado, materializado através de LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL nº 094/2014, a qual em princípio, corrigiria o abismo salarial existente dentro do próprio estado e com os demais delegados do país;

3. Através da referida lei o governo estadual se comprometia em reajustar os salários da categoria no prazo de 05 anos, o que por si só já acarretou grave prejuízo financeiro, haja vista, o aumento vertiginoso da inflação ocorrido nos últimos dois anos . Contudo, como cumpridores da lei, apesar da perda significativa de poder de compra, os Delegados e Delegadas continuaram a cumprir a parte que lhes cabia dentro do que fora acordado;

4. Para surpresa e indignação dos únicos operadores do direito que estão 24 horas para garantir a defesa do cidadão, o Secretário de Segurança Pública do Estado, convocou os representantes classistas para anunciar que o GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ não iria cumprir o que está garantido em LEI, ou seja, que o GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ, daria o CALOTE nos Delegados e Delegadas de Polícia do Estado do Pará, alegando falta de recursos financeiros;

5. A alegação da falta de recursos financeiros, demonstra de forma inequívoca que o GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ caminha de costas para os anseios da população, afinal, como pode justificar não haver dinheiro para investir em SEGURANÇA PÚBLICA, quando concede ISENÇÃO às 37 maiores empresas contribuintes de ICMS, só a ALBRÁS deixará de pagar R$ 420.000.000,00 por ano;

6. A postura desrespeitosa, ilegal e imoral do GOVERNO DO ESTADO, nos obrigará a recorrer a todos os meios legais disponíveis para fazer valer a LEI e garantir tratamento honroso, justo e digno aos Delegados e Delegadas de Polícia do Estado Pará;

7. Por entendermos que a população deste maravilhoso Estado tão aviltada e maltratada em seus direitos básicos, como saúde, educação e segurança, merece todo o nosso respeito é que fazemos os devidos esclarecimentos, informando-a que no dia 01 de abril, reuniremos os Delegados e Delegadas de Polícia Civil em Assembleia Geral com o objetivo de discutirmos a FALTA DO CUMPRIMENTO DA LEI pelo Governo do Estado do Pará e uma possível DEFLAGRAÇÃO DE GREVE GERAL DOS DELEGADOS E DELEGADAS DE POLÍCIA CIVIL, suspendendo todos os serviços policiais, garantindo somente o mínimo legal de efetivo, caso o Governo do Estado continue a VIOLAR a LEI E AS NECESSIDADES MAIS URGENTES DA POPULAÇÃO.


ADAPPA , ADEPOL E SINDELP

Jornalistas lançam manifesto contra o golpe


O texto, subscrito por 44 profissionais, entre eles 29 diretores do Sindicato dos Jornalistas de SP, expõe que três décadas após o fim do regime militar o Brasil revive a ameaça do autoritarismo: “A cada dia, crescem os sinais de que está em curso um golpe de Estado contra a presidente Dilma Rousseff, eleita de forma legítima e democrática”; disponível no site Avaaz, a petição defende que, em nome do combate à corrupção, a Operação Lava Jato atropela garantias constitucionais duramente conquistadas, como a neutralidade do Judiciário, o direito ao devido processo legal e a presunção de inocência.

Mulher de Cunha entrega passaporte à Justiça


Cláudia Cruz e Danielle Cunha, mulher e filha do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), entregaram seus passaportes à Justiça, de acordo com o advogado delas e do parlamentar, Pierpaolo Bottini.

Segundo Bottini, a medida serve para demonstrar a intenção de Cláudia em colaborar com o processo e também o “comprometimento com a investigação”.

A defesa afirmou também que declarou ao Banco Central uma conta atribuída a Cláudia no exterior. Segundo os advogados dela, a conta está bloqueada.

Cláudia é investigada na Operação Lava-Jato. O caso dela estava no Supremo Tribunal Federal (STF) no mesmo inquérito aberto para investigar Cunha e a filha por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Na última terça-feira (22), a defesa de Cláudia e Danielle solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF), num pedido de habeas corpus, que as investigações sobre contas no exterior ligadas a elas pelo juiz Sergio Moro fossem suspensas.

Segundo a defesa, apesar de não terem foro por prerrogativa de função no STF, ambas devem responder às acusações na Corte, devido à ligação dos fatos.

No último dia 15, o ministro Teori Zavascki atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e desmembrou a investigação, deixando somente a parte do inquérito referente ao presidente da Câmara no Supremo.

De acordo com a denúncia apresentada neste mês contra o presidente da Câmara, Cláudia e Danielle, que também são investigadas com o marido e pai no Supremo, foram beneficiadas pelos recursos que estavam depositados em contas na Suíça atribuídas a Cunha. Com a decisão, somente Cunha responderá às acusações no STF.

Pela denúncia, US$ 165 mil foram encontrados em uma conta na Suíça atribuída à mulher de Cunha. De acordo com as investigações, parte do valor foi usada para pagar despesas do cartão de crédito de Danielle Cunha.O pedido será julgado pelo ministro Celso de Mello.Band

Lava Jato: Sérgio Moro libera 9 investigados


O juiz Sérgio Moro mandou soltar os nove investigados da fase mais recente da Operação Lava Jato, a 26ª etapa, deflagrada na última terça. Todos cumpriam mandados de prisão temporária de cinco dias que venciam hoje.

Essa fase da operação apura a existência de uma estrutura profissional da construtora Odebrecht, criada para o pagamento de propina. Entre os investigados que serão soltos está Alvaro José Galliez Novis, considerado o doleiro mais acionado pela empreiteira.

Além dele, também foram liberados os seguintes investigados: Antônio Claudio Albernaz Cordeiro; Antônio Pessoa de Souza Couto, Isaias Ubiraci Chaves Santos; João Alberto Louvera; Paul Elie Altit; Roberto Prisco Paraíso Ramos; Rodrigo Costa Melo; e Sérgio Luiz Neves. Todos deverão entregar seus passaportes às autoridades.Band

Policial Lucas Arcanjo é encontrado morto em BH


Policial civil, célebre por propagar denúncias contra caciques tucanos em Minas Gerais, foi encontrado morto neste sábado (26) em sua casa em Belo Horizonte; informações iniciais dão conta de que ele foi visto com uma gravata amarrada no pescoço e na janela de seu quarto; a família do policial, no entanto, não acredita na hipótese de suicídio alegando que Arcanjo fazia uso de medicamentos para tratamento de depressão, drogas que o deixariam sem forças suficientes para se enforcar, ainda mais com uma gravata; Ancanjo foi vítima de quatro atentados em Minas.

Bruxelas: polícia faz nova operação antiterrorismo


Uma nova operação antiterrorista de grande escala acontece hoje em Bruxelas, no bairro Schaerbeek. A informação é noticiada pela imprensa belga e cita caminhões militares e agentes fortemente armados.As unidades especiais da polícia federal entraram em uma casa nesse bairro e uma explosão foi ouvida no início da intervenção.

Os arredores da área onde ocorre a operação foram fechados e estão protegidos por agentes fortemente armadas e por caminhões militares. Também é relatada a presença do serviço de detecção e desativação de explosivos da polícia local.

Na terça-feira (22), atentados terroristas no aeroporto de Zaventem e na estação de metrô de Maelbeek deixaram 31 mortos e cerca de 300 feridos na capital belga.Nessa quinta-feira (24) houve várias ações nos bairros de Jette e Schaerbeek, em Bruxelas, que levaram à detenção de seis indivíduos.Ag.Brasil

Obama pode fazer viagem a Hiroshima


Após sua histórica visita a Cuba, Barack Obama pode ser o primeiro presidente dos Estados Unidos a viajar para a cidade japonesa de Hiroshima depois da devastação causada pela bomba nuclear lançada pelos norte-americanos em 6 de agosto de 1945.

Segundo a imprensa local, que cita fontes do governo dos Estados Unidos, essa hipótese está sendo avaliada pela Casa Branca, que estuda realizá-la durante o encontro do G7 marcado para o fim de maio, no Japão.

No entanto, uma decisão só será tomada após 11 de abril, quando Hiroshima receberá uma reunião dos ministros das Relações Exteriores do grupo. Na ocasião, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, será um dos presentes. Até aqui, a mais alta representante dos Estados Unidos a visitar a cidade foi a então presidente do Congresso Nancy Pelosi, em 2008.

O ataque nuclear em Hiroshima tinha o objetivo de forçar o Japão a se render e, com isso, por fim à Segunda Guerra Mundial. A bomba matou de imediato 80 mil pessoas. Ao longo dos anos, o número de vítimas fatais subiu para 250 mil por causa dos efeitos da radiação na população. Ansa e Reuters

Encontrada maleta antiga com crânios de criatura desconhecida


No Cáucaso russo foram encontrados dentro de uma maleta dois crânios que não correspondem a nenhuma criatura conhecida pela ciência.
O material foi achado no final do ano passado em uma maleta com o símbolo da Ahnenerbe, considerada a sociedade ocultista mais secreta dentro do nazismo.

Os pesquisadores dessa seita, formada por membros das SS nazistas, interessaram-se especialmente pelos misteriosos dólmens (espécies de túmulos) e pelas causas do nível elevado de radioatividade natural na região do cânion de Kishinski.

Ahnenerbe é a sigla para um nome que, traduzido, significa “Sociedade para a Investigação e Ensino sobre a Herança Ancestral Alemã”. A organização ficou ativa entre 1939 e 1945, dedicando-se exclusivamente ao estudo das tradições, história e patrimônio da, por eles chamada, raça ariana.

A sociedade era formada por mais de 350 especialistas de destaque, com carreiras brilhantes na ciência e em outras faculdades acadêmicas. Em suas pesquisas do oculto e desconhecido, a Ahnenerbe realizou várias expedições em todo o mundo, que incluíram destinos com o Tibete, a Antártida e o Cáucaso.

Agora, os jornais russos destacam a descoberta de uma maleta com o símbolo da Ahnenerbe. Conservada em perfeito estado, ela abrigava em seu interior dois crânios pequenos que, até o momento, os cientistas não conseguiram associar a nenhum animal conhecido.


A maleta teria sido encontrada nas montanhas de Adiguésia, ao lado de construções megalíticas da região, até onde os membros da Ahnenerbe se deslocaram, em 1941, para investigar os antigos dólmens, nos quais estariam enterrados restos de uma raça desconhecida.

A República de Adiguésia é um dos centros de cultura megalítica mais importantes do mundo, desenvolvida entre os séculos IV e I a.C. Também conhecidos como túmulos do portal, os dólmens do Cáucaso se estendem ao longo do litoral do Mar Negro, na região de Krasnodar e da Adiguésia. Em algumas das sepulturas, foram encontrados esqueletos humanos de três metros de altura.rbth.com

Cientistas querem "furar" a cratera do meteoro que matou os dinossauros


Uma expedição científica tentará chegar ao núcleo da cratera do Chicxulub, no México, provocada pelo meteoro que teria acabado com os dinossauros.

O superprojeto contará com um investimento de mais de US$ 10 milhões e o seu objetivo é chegar às profundezas do mar onde está a cratera de 180 quilômetros de diâmetro, na península de Iucatã, no Oceano Atlântico. De acordo com a teoria mais aceita, o enorme buraco foi provocado por uma pedra espacial que caiu no nosso planeta, dizimou os dinossauros e mais da metade da vida terrestre, há 66 milhões de anos.

A expedição é formada por uma equipe de geofísicos, liderada pelos especialistas Joanna Morgan e Sean Gulick, e terá que maximizar esforços para chegar até a cratera, descoberta em 1970, a 800 metros abaixo dos sedimentos marinhos.

A escavação será iniciada no próximo 1º de abril e utilizará técnicas de engenharia do petróleo para mergulhar no leito marinho, em uma área situada a 20 km da cidade de Progreso, onde o mar chega somente a 15 metros de profundidade.

Por dois meses, os especialistas do Projeto Científico de Perfuração da Cratera de Chicxulub vão trabalhar na busca de amostras da base da cratera para tentar entender os processos derivados do impacto do asteroide e o desaparecimento de grande parte da vida existente sobre a Terra.

“Temos algumas hipóteses sobre o que encontraremos. Esperamos ver primeiro um período de ‘não vida’ e, depois, o retorno da vida e sua diversificação pelo tempo”, afirmou Gulick, que, além disso, sugeriu a possibilidade de “aprender algo sobre o futuro”. “Certos eventos podem ter efeitos sobre a morfologia de nosso planeta, as camadas estratigráficas e, claro, a vida”, ele explicou.motherboard.vice.com

‘Capela Sistina Medieval’ reabre ao público após reforma de 30 anos

Igreja considerada a 'Capela Sistina do início da Idade Média', Basílica de Santa Maria Antiqua reabre ao público em Roma após longa restauração de coleção rara de arte cristã

A Basílica de Santa Maria Antiqua, uma igreja do século VI, contém uma coleção rara de arte primitiva cristã (Foto: Wikimedia)

Após mais de 30 anos de restauração, a Basílica de Santa Maria Antiqua, uma igreja do século VI, reabre ao público em Roma. A igreja contém uma coleção rara de arte primitiva cristã.

Localizada no início da colina onde os imperadores romanos viveram, a Basílica de Santa Maria Antiqua foi enterrada sobre os escombros após um terremoto em 847 e somente foi descoberta em 1900.

Os afrescos interiores de santos e mártires, rainhas, papas e imperadores foram restaurados com um custo aproximado de 2,7 milhões de euros, financiado pelo Estado italiano e pelo Fundo Mundial de Monumentos.

“Essa igreja é a Capela Sistina do início da Idade Média”, afirmou a historiadora de arte Maria Andaloro, que é curadora da exibição que usa projeções digitais nas paredes da igreja. “Ela contém o melhor da cultura figurativa entre Roma e Bizâncio”.

Entre os tesouros da igreja está uma representação da Virgem Maria com o bebê, um dos mais antigos e conhecidos ícones do cristianismo no mundo, que foi deslocado para outra igreja em Roma após o terremoto, mas agora retornou para Santa Maria Antiqua.

Apesar da idade da igreja, ela sofreu poucas alterações com o tempo. Segundo Andaloro, a igreja não foi alterada durante o período barroco ou da contra-reforma, em que diversas igrejas romanas foram atualizadas. Além disso, ela se manteve intacta mesmo após o terremoto.

No entanto, poucas alterações ocorreram no curto período que foi utilizada, como por exemplo, uma representação do anjo Gabriel contando à Maria que ela foi escolhida para ser mãe de Cristo foi pintada sobre uma representação pré-cristã de uma rainha bizantina vestindo uma coroa e uma roupa coberta de pérolas.The Guardian

Foto de carne que tem 'desenho' parecido com o 'diabo' intriga a internet


Um pedaço de carne com uma imagem que lembra o capeta tem feito sucesso na internet. A foto do bife ainda cru foi divulgada originalmente pelo portal de notícias mexicano El Metichon, na quarta-feira (23/3).

Em sua página no Facebook, o El Metichon afirma que a imagem foi enviada por um leitor, através de uma mensagem privada. Ainda segundo o portal de notícias, a “carne demoníaca” é da empresa Sukarne, uma das maiores do México. “Boa publicidade para a empresa na Semana Santa”, brinca a publicação.

No Brasil, a imagem foi compartilhada pela página de um blog de humor. Os usuários aproveitaram para debater sobre o costume católico de não comer carne vermelha e de aves durante a Sexta-feira da Paixão.CB

sexta-feira, 25 de março de 2016

HAPPY HOUR

Estação das Docas - Belém do Pará - Amazônia - Brasil


PENSAMENTO DA SEXTA -



NOSSO SOM -












SERVIDOR FEDERAL - Governo quer poder te demitir


Governo Federal envia projeto de lei solicitando permissão para demitir servidores e vetar o reajuste real do salário mínimo

A tão sonhada estabilidade no emprego conseguida através de muita dedicação e anos de estudo e formação pode estar em risco: o governo federal vai solicitar autorização, via projeto de lei, objetivando poder demitir servidor federal para fins de 'economia'.

Após prever um rombo no superávit primário de quase R$ 100 bilhões por conta da queda de arrecadação e o fraco desempenho da economia, o governo enviará para avaliação do Legislativo o projeto que, se aprovado, permitirá que ele possa demitir o servidor federal admitido via concurso público.

Contraditoriamente, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), da qual a Confederação Nacional dos Servidores Federais (Condsef) é filiada, é uma das maiores apoiadoras do governo petista de Dilma Roussef.BR.BLASTINGNEWS.COM

PMDB X GOVERNO - Pode ter sido a gota d'agua

Presidente da Funasa é exonerado...


O presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Antônio Henrique de Carvalho Pires, foi exonerado oficialmente nesta quinta-feira, depois que sua saída do cargo foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Pires foi indicado pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB), que não teria sido consultado sobre a demissão do apadrinhado. O presidente da Funasa responde diretamente ao ministro da Saúde, Marcelo Castro, também peemedebista.

Existe uma divisão no PMDB entre aliados do governo e defensores do rompimento com o Planalto. Ontem, Dilma recebeu ministros do partido que prometeram apoiar a presidente, incluindo Marcelo Castro.Na próxima terça-feira, o PMDB se reúne e pode anunciar o fim da aliança com o PT, com entrega dos cargos.

Dilma quer reagir nas ruas e não no gabinete


Menos gabinete e mais rua. A presidente Dilma Rousseff (PT) decidiu seguir o conselho de aliados e, pessoalmente, fazer a defesa do mandato, ameaçado pelo pedido de impeachment em tramitação na Câmara. Nos próximos dias, Dilma também montará uma agenda de viagens ao Brasil e está disposta, ainda que a contragosto, a conceder mais entrevistas.

Pesquisas internas do governo revelam que há uma melhor recepção das respostas públicas da presidente.

Ontem, Dilma falou pelo segundo dia consecutivo. Declarou que estar convicta que o pedido de afastamento será derrubado. “Eu tenho convicção de que teremos os votos necessários”, avaliou.

Dilma precisa de, no mínimo, 171 votos em plenário. Para evitar surpresas, a base aliada quer ir para a votação, prevista para abril, com, no mínimo, 200 deputados fechados com o governo.

A estratégia da oposição de acelerar o impeachment tem sido bem-sucedida. O plenário fez ontem a quarta sessão ordinária, mesmo às vésperas do feriado de Páscoa. Isso significa que faltam seis sessões para encerrar o prazo de defesa de Dilma na Câmara.

PMDB
A presidente demonstra preocupação com a debandada do PMDB, mas evitou polemizar. “Nós queremos muito que o PMDB permaneça no governo. Tenho certeza que meus ministros têm compromisso com o governo. Vamos ver quais serão as decisões do PMDB e respeitaremos tal decisão”, afirmou.

Lula
No dia seguinte ao duro discurso no qual chamou o impeachment de “golpe” e fez críticas ao vazamento de conversas gravadas pela Justiça, Dilma comentou a ordem do ministro STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki, que retirou da Justiça do Paraná as investigações contra o ex-presidente Lula. “A decisão do ministro Teori é importante porque estabelece o primado na lei, nas relações dos órgãos que investigam o presidente Lula”, disse, afirmando acreditar que o ex-presidente assumirá a Casa Civil.Metro

VEJA - Entra de vez no Vale Tudo pra enjeitar a derrubada do governo

Veja inventa que Lula teria plano de fuga para Itália


Revista da Abril perde de vez a noção do ridículo e noticia que o ex-presidente Lula estaria estudando pedir asilo político ao governo italiano; a matéria, que é reportagem de capa da mais nova edição da publicação diz que "ex-presidente e aliados estudam requerer que país europeu o receba como perseguido político"; "Itália foi escolhida porque sua família tem dupla cidadania", sugere a revista; a Veja fala que o ex-presidente tentará "negociar uma espécie de salvo-conduto no Congresso, que lhe daria permissão para deslocar-se da embaixada até o aeroporto sem ser detido - e, do aeroporto, voaria para o país do asilo"

Forças Armadas só agem dentro da Constituição, diz Exército


Em gravação divulgada nesta quinta (24), o Comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, deixa claro que a Força só se moverá se acionada dentro da constituição, pelos poderes da República; "A crise tem componente político, econômico e moral", frisou; "Nós vamos pautar nossa atuação em três pilares: manutenção da estabilidade, legalidade e a legitimidade", complementou

Dom Odílio é agredido em missa aos gritos de comunista


O cardeal de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, foi atacado na manhã desta quinta (24), na Catedral da Sé, por uma mulher que acusou ele e a CNBB de serem comunistas infiltrados na Igreja Católica.

Aos gritos, ela dizia: "Você e a CNBB são comunistas infiltrados; não podem fazer isso com a minha Igreja". Ela avançou sobre o cardeal e arrancou sua mitra, derrubando-o ao chão e ferindo-o no rosto.

Dom Odilo levantou-se com ajuda das pessoas em volta e seguiu caminhando e abençoando as pessoas na catedral lotada. Tudo aconteceu durante a missa dos Santos Óleos, que abre as celebrações do Tríduo Pascal.

A Igreja tratou o assunto com discrição. Dom Odilo não falou do assunto publicamente. Segundo a cúpula da Igreja em São Paulo, a mulher não identificada apresentava evidentes sinais de desequilíbrio, mas os padres ouvidos por Jornalistas Livres estavam preocupados com a agressão no contexto da crise política nacional

O padre Luiz Eduardo Baronto, cura da Sé, afirmou não entender a origem da agressão: "Não sei se ela agiu por orientação de alguma organização ou por conta própria."

Abaixo o vídeo da agressão:



Esse é o Brasil de hoje...e ainda não chegamos
Em 31 de março de 2016 !!!

Líder do DEM é condenado a devolver R$ 4,6 milhões


O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Pauderney Avelino (DEM-AM), foi multado em R$ 23 mil e condenado a devolver R$ 4,6 milhões aos cofres públicos do Amazonas pelo Tribunal de Contas do Estado (TEC). Apesar de a decisão ter sido divulgada na última quarta-feira (16), está suspensa até hoje em razão da apresentação de embargos pela defesa do parlamentar.

Segundo acusação, Pauderney teria superfaturado contratos de imóveis alugados pela prefeitura para a instalação de escolas no período em que era secretário da Educação de Manaus.

O deputado declarou que foi "pego de surpresa" com a determinação e a classificou como "esdrúxula". O político responsabilizou o PT, afirmando que a condenação é consequência de um ataque do partido contra ele.Band

Conheça o arcanjo mais poderoso da mitologia judaico-cristã


Fruto de textos cabalistas da Idade Média, Metatron é o arcanjo mais controverso da mitologia judaico-cristã por causa dos inúmeros textos que descreveram-no de maneira ambígua e, por vezes, contraditória.No entanto, em qualquer uma de suas formas, trata-se do arcanjo mais poderoso no reino celestial, o que lhe valeu o título de “Pequeno Jeová”.

Uma vez que ele não é mencionado explicitamente no Antigo nem no Novo Testamento, a figura do arcanjo Metatron não é aceita pelo cristianismo e em nenhuma de suas variantes. Porém, ele aparece no Talmude, o que fez com que a tradição rabínica o considerasse um escriba celestial e o mais importante dos arcanjos. Os estudiosos da Cabala também encontram no texto do Zohar uma identificação com o anjo que guiou o povo de Israel durante o seu êxodo e o descreve como o rei dos anjos, que reina sobre a árvore do bem e do mal.

Basicamente, existem duas vertentes que explicam sua procedência: que ele é Enoque, transformado em arcanjo depois de várias visitas ao reino dos céus; ou que ele é o primeiro ser da criação, sentado à esquerda do pai, o que, na tradição se associa a Satanás. De qualquer modo, ele não é humano, sua figura é controversa e, hoje, ele faz parte tanto do misticismo quanto do ocultismo.

A etimologia do seu nome também traz uma séries de dificuldades. Enquanto alguns afirmam que Metatron vem da expressão hebraica “guardião da entrada”, outros acreditam que vem da expressão grega “quem está atrás do trono”. Certamente, não existe correspondência hebraica para o seu nome, que possui muitas variantes: Methraton, Metrator, Merattron, Meetatron, entre outras.

Embora sua aparência seja descrita como a de um ser de fogo divino, com 36 pares de asas e 365 mil olhos, os cabalistas o consideram o mais poderoso dos serafins, que geralmente contam apenas com 3 pares de asas. Metatron, no entanto, tem esse número multiplicado por 12 (que são as tribos de Israel). Além disso, por ser escriba do céu, ele detém segredos cósmicos e possui uma sabedoria infinita – daí o simbólico número de 365 mil olhos e sua referência a uma clarividência que penetra todos os tempos, passados e futuros.

Associado à criação da matéria, que os gnósticos identificaram com o mal, e com a sabedoria, relacionada por muitas vertentes místicas à serpente que tentou Eva com o fruto proibido, Metatron é também o anjo que esteve na presença de Deus e foi nomeado “príncipe dos príncipes”, como Lúcifer no relato bíblico de Ezequiel.supercurioso.com

Conheça a bruxa que aparece no Antigo Testamento

Imagem: Gabriel Ehinger (1652 - 1736) - Städel, Domínio Público, via Wikimedia

Também conhecida como a bíblica Médium de Endor, essa bruxa tinha a capacidade de convocar o espírito do profeta Samuel.E embora tenha vindo do misticismo judaico-cristão, ela passou a fazer parte de várias outras tradições.

Tanto para o judaísmo quanto para o cristianismo e para práticas espirituais pagãs, a Bruxa de Endor é uma lenda importante, que aparece no Antigo Testamento, no primeiro livro de Samuel, capítulo 28: 3-25, representada como um dos personagens mais misteriosos da tradição bíblica.

A história da Bruxa de Endor foi discutida durante séculos pelos bispos católicos, principalmente por causa da importância de uma figura feminina praticando a magia. Por isso, no século II a.C., ela foi descrita como um ventríloquo, refletindo a tendência que os tradutores de Alexandria tentaram imputá-la.

Mas, sobrevivendo a qualquer conflito de interpretação, a história dessa bruxa foi de extrema importância para Martinho Lutero e João Calvino, que a mencionaram em suas obras. Na Idade Média, ela era considerada um demônio, e os pagãos, mais tarde, definiram-na como uma antiga bruxa.

Finalmente, hoje, a Bruxa de Endor é tida como uma das primeiras mulheres ligadas à bruxaria, e alguns estudiosos de religião, inclusive, sugerem que ela poderia ser um profeta. De qualquer modo, sua influência no mundo moderno é indubitável, principalmente nos gêneros literários e na ficção científica, desde romances, contos e poemas até um lugar especial na saga Star Wars (a Lua Florestal de Endor, residência dos Ewoks, que aparece no episódio “O Retorno de Jedi”).ancient-origins.net

Mergulhadores desvendam mistério ao encontrar rebocador da Marinha dos EUA


Um rebocador americano desaparecido desde 1921 foi encontrado perto das ilhas Farallones, a cerca de 50 km de San Francisco. O USS Conestoga desapareceu após sair de San Francisco em 25 de março de 1921 com 56 pessoas a bordo. Ele estava a caminho da Samoa Americana.

O desaparecimento deu início a uma intensa e vasta busca no oceano, encerrada sem êxito três meses depois. Foi a maior operação de busca da Marinha americana até então. Mas ela ocorreu entre o Havaí e a costa mexicana, e o navio acabou sendo encontrado, em 2009, em um mapeamento de rotina na costa da Califórnia.

Nesta quarta-feira (23), os pesquisadores confirmaram que os destroços eram do USS Conestoga. Eles acreditam que o navio afundou quando tentava chegar a uma enseada para se proteger de ventos fortes e do mar agitado.BBC