domingo, 31 de julho de 2016

Mensagem do Dia

Conclusão do processo de impeachment de Dilma ficará para setembro


O julgamento do processo de impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), será iniciado no próximo dia 29 de agosto e deverá ser concluído na primeira semana de setembro. O calendário foi confirmado por meio de nota divulgada neste sábado pela assessoria de imprensa do Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com o documento, o cronograma é fruto de um entendimento entre a área técnica do STF e do Senado, onde o processo atualmente tramita.

"Conforme entendimentos entre os técnicos do Supremo e do Senado, a expectativa dos prazos é a seguinte: dia 9 de agosto: Sessão Plenária de Pronúncia, sob a coordenação do presidente do Supremo; até 48 horas após, acusação apresenta libelo e rol de testemunhas; sucessivamente, até 48 horas depois, defesa protocola contrariedade e rol de testemunhas; em seguida, decurso do prazo de 10 dias previsto no parágrafo único do art. 60 da Lei 1079/50; primeira data possível para início da fase de julgamento, respeitados os prazos acima elencados: 26 de agosto (sexta-feira); data acordada: 29 de agosto (segunda-feira). A expectativa dos técnicos é que o julgamento se prolongue por uma semana", diz trecho do documento.

A assessoria lembra, contudo, que "eventuais dilações temporais" poderão ser causadas pelas discussões no plenário do Senado. O presidente em exercício, Michel Temer (PDMB), afirmou ontem, 29, que a aprovação do processo de impeachment depende de uma avaliação política, e não jurídica, e quanto mais demorar a decisão a ser tomada pelo Senado, pior será para o País.

Segundo ele, que concedeu entrevista a agências internacionais no Palácio do Planalto, o governo não pode e não deve interferir no cronograma do processo. "Essa questão do impeachment no Senado não depende da nossa atuação. Depende da avaliação política - não uma avaliação jurídica - que o Senado está fazendo. Nós não temos e não poderíamos ter influência nesse processo", afirmou.

Para ele, porém, a demora no processo dificulta a retomada econômica do País. "Quanto mais demora a avaliação do impedimento, mais prejudicial para o País. Quando antes solucionar, mais benéfico." Agência Estado

'A conta chega para todo mundo', afirma Delcídio


Autor da delação que levou à denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o senador cassado Delcídio Amaral (sem partido-MS) disse na sexta-feira (29) ao Estado que "um dia a conta chega para todo mundo". Delcídio se referia ao fato de Lula ter se tornado réu em ação criminal na Justiça Federal em Brasília por tramar contra a Operação Lava Jato.

O próprio Delcídio também é réu na mesma ação, ao lado de outros cinco acusados de envolvimento em um plano para comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. Delcídio foi preso no dia 25 de novembro, por determinação do Supremo Tribunal Federal. Em fevereiro, ele foi solto. Seus depoimentos deram sustentação a várias denúncias da Procuradoria-Geral da República e abertura de inquéritos no âmbito da Lava Jato.

Para o senador cassado, a decisão judicial que recebeu a acusação da Procuradoria contra Lula "só fortalece" suas revelações. "Isso só fortalece a minha colaboração, mostra a efetividade da minha colaboração. O juiz, assim como a Procuradoria, se aprofundaram com relação a esse episódio da obstrução. As provas foram consideradas suficientes e levaram à denúncia e ao recebimento pela Justiça."

Em troca de sua delação, o ex-senador deverá se livrar de uma eventual pena de prisão, mesmo que condenado na ação por tentativa de obstrução da Lava Jato.

Delcídio disse que está cumprindo todos os termos do acordo de colaboração que firmou com a Procuradoria-Geral da República, que em parecer afirmou que ele não estaria comparecendo quinzenalmente à Justiça e nem morando no endereço declarado.

Absolvição

A defesa de André Esteves disse que o juiz Ricardo Leite, da Justiça Federal em Brasília, "deve ainda examinar se é caso de absolvição sumária ou mesmo de rejeição da denúncia". "Nós vamos lutar por isso, pois estamos convencidos de que nosso cliente não cometeu nenhuma irregularidade. Não há justa causa para abrir processo penal em bases tão fracas".

O advogado Damian Vilutis, que defende Maurício Bumlai, negou que seu cliente entregou dinheiro a Delcídio para ser enviado a Cerveró ou para os familiares do ex-diretor.

O criminalista Conrado de Almeida Prado, que defende José Carlos Bumlai, afirmou que a aceitação da denúncia já era esperada e que vai se manifestar sobre o caso perante o juiz.

"Vamos pleitear que ela (denúncia) seja rejeitada e, caso seja mantida, a defesa vai provar que José Carlos Bumlai nunca deu dinheiro a Nestor Cerveró ou sua família a fim de comprar silêncio ou impedir o acordo de delação premiada", afirmou. "Tanto isso é verdade que a delação aconteceu, e que o próprio Nestor admitiu em outro processo que não tratou com Bumlai a respeito de nenhuma irregularidade."

Edson Ribeiro disse que "tanto o Ministério Público quanto o juiz foram induzidos a erro por Bernardo, filho de Nestor Cerveró". "Eu jamais tentei obstruir de qualquer forma a Justiça."Estadão

Abono salarial pode ser consultado pela internet


O Ministério do Trabalho lançou no ultimo dia (29) uma ferramenta que permite que trabalhadores façam consultas online sobre o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014. Para fazer a consulta, basta informar o número do CPF ou
do PIS/Pasep e a data de nascimento.

O sistema está disponível no site do ministério e permite que os trabalhadores consultem se têm direito ao benefício e como fazer para sacá-lo. De acordo com o ministério, cerca de 1,2 milhão de pessoas com direito ao abono este ano ainda não retiraram o benefício, no valor de um salário-mínimo (R$ 880).

Quem tem direito ao PIS deve fazer o saque na Caixa Econômica Federal, e quem tem direito ao Pasep, no Banco do Brasil.

O prazo final para o saque é dia 31 de agosto de 2016. Depois dessa data, o recurso volta para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Abono salarial

O benefício do abono salarial assegura o valor de um salário-mínimo anual aos trabalhadores brasileiros que recebem em média até dois salários-mínimos mensais de empregadores que contribuem para o PIS/Pasep.Agência Brasil

Temer é recebido com aplausos e 'Fora Temer' no Rio


O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), foi recebido com aplausos na estação da Linha-4 do metrô, em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro, mas também ouviu gritos de "fora Temer". O grupo favorável a Temer também gritou "fora Lula".

O presidente entrou na estação sem falar com a imprensa. Ele estava acompanhado do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e do governador em exercício do Rio, Francisco Dornelles (PP).

O governador licenciado Luiz Fernando Pezão (PMDB) também compareceu à inauguração da Linha-4. É a primeira aparição pública do governador depois do anúncio de que está em remissão completa de câncer. Pezão não deu entrevista ao chegar à estação Nossa Senhora da Paz (Ipanema). Ele foi cumprimentado pelo prefeito Eduardo Paes e juntos entraram na estação.

O governador foi diagnosticado com linfoma não-Hodgkin, tipo de câncer linfático, em março. Ele entrou em licença médica, prevista para terminar em 31 de agosto. Pezão passou por seis ciclos de quimioterapia e foi dispensado dos últimos dois depois que os resultados de exames mostraram "resolução precoce" do câncer. Estadão

OLIMPÍADAS 2016

A polêmica das atletas ‘interssexuais’

A sul-africana Caster Semenya tem níveis de testosterona naturalmente elevados (Foto: Flickr)

O termo “interssexualidade” é usado para descrever as variações sexuais de pessoas que não se encaixam nas noções tradicionais do gênero masculino ou feminino. Em competições esportivas, a elegibilidade de um atleta para competir como homem ou mulher depende de uma série de indicadores químicos.

A questão é, sem dúvida, sensível e complexa, principalmente nos Jogos Olímpicos, quando atletas, às vezes, são acusados de tentar se passar pelo gênero oposto para competir em situação de vantagem. No caso da velocista sul-africana Caster Semenya, uma mulher que tem uma condição interssexual, ela é acusada de ter uma suposta vantagem injusta — níveis de testosterona naturalmente acima do normal — para competir com outras mulheres.

Ao longo dos anos, numerosos testes têm sido usados para verificar a elegibilidade dos atletas, desde exames físicos à análise de cromossomas e, mais recentemente, testes hormonais. O caso de Semenya em 2009 levou à introdução de um teste dos níveis de testosterona para identificar casos em que esses níveis estão acima de um limite estipulado, uma condição denominada hiperandrogenismo.

Em abril de 2011, a Associação Internacional de Federações de Atletismo (Aifa) anunciou que passaria a adotar novas regras para definir a elegibilidade das mulheres com hiperandrogenismo. A associação impôs um limite e disse que qualquer atleta com níveis de testosterona acima desse valor seria obrigada a tomar hormônios para baixá-los a níveis mais normais para competir.

Essa regra vigorou até julho de 2015, quando foi derrubada graças aos advogados da velocista indiana Dutee Chand, suspensa de uma competição internacional na Inglaterra em 2014 por hiperandrogenismo. Ela recorreu ao Tribunal Arbitral do Esporte, que decidiu que não havia provas suficientes de que a testosterona aumenta a performance atlética feminina, suspendeu a norma e pediu que a Afia apresente melhores evidências até julho de 2017.

Os advogados de Chand argumentaram que ela não era culpada por suas vantagens genéticas, que a lei existente era discriminatória, já que os níveis de testosterona naturais dos homens não são testados antes das competições.

Até que a Afia apresente novas evidências ao tribunal em 2017, Chand, Semenya e outras atletas interssexuais poderão competir sem precisar tomar hormônios para reduzir seus níveis de testosterona. A reversão da norma é um dos motivos pelos quais Semenya tem conseguido recuperar seu desempenho nas provas desde então.The Guardian

O mito do ‘lobo solitário’

Termo 'lobo solitário' é amplamente usado por formadores de opinião para descrever terroristas (Foto: Pexels)

Este mês, a Europa voltou a sofrer uma série de ataques terroristas chocantes cometidos por indivíduos em nome do Estado Islâmico (Isis).

Em 14 de julho, Mohamed Lahouaiej Bouhlel atropelou centenas de pessoas, matando 80, durante as comemorações do Dia da Bastilha, na cidade francesa de Nice. Poucos dias depois, um imigrante afegão atacou passageiros de um trem em Würzburg, na Alemanha, ferindo quatro com um machado e uma faca antes de ser morto pela polícia. Dois outros ataques em nome do Isis aconteceram desde então: um atentado suicida em 24 de julho que feriu 15 na cidade alemã de Ansbach e a invasão a uma igreja em 26 de julho, na cidade francesa de Rouen, onde dois criminosos degolaram um padre e fizeram reféns.

Esses atentados fazem parte de uma tendência mais ampla de aumento da violência, supostamente levada a cabo por indivíduos solitários. Analistas, jornalistas e estudiosos têm sido rápidos em rotular cada autor dos ataques recentes como um “lobo solitário”: indivíduos sem conexões substanciais com o Isis ou outros grupos jihadistas e que realizaram seus massacres sem a ajuda de outros.

A designação, geralmente, é aplicada menos de 24 horas após o incidente, antes mesmo que os serviços de inteligência possam concluir investigações sobre planejamento e execução do ocorrido. Menos de um dia após o ataque de Nice, por exemplo, observadores descreveram Bouhlel como um lobo solitário sem ligações com o Isis.

Menos de uma semana depois, autoridades francesas revelaram que Bouhlel pode não ter agido sozinho. Vários indivíduos, a quem os investigadores descreveram como tendo “simpatias jihadistas”, foram detidos em conexão com o massacre.

Na maioria dos casos, os indivíduos tachados de lobos solitários trocaram mensagens com outros militantes, usando serviços codificados que são difíceis de detectar.

Graças à popularidade das mídias sociais e o aumento das comunicações criptografadas, a radicalização e o planejamento operacional podem acontecer totalmente online atualmente.

O Isis tem tirado vantagem dessas novas tecnologias de comunicação, construindo comunidades coesivas online que promovem uma sensação de “intimidade à distância” e assim facilitam a radicalização.

Está claro que poucos jihadistas rotulados de lobos solitários realmente se encaixam nessa definição. Enquanto esses criminosos forem classificados falsamente, o mundo não conseguirá sequer começar a combatê-los de forma eficaz. É hora de desfazer esse mito. Precisamos de um modelo melhor para entender o terrorismo na era digital.
Foreign Affairs

Papa aceita renúncia de bispo que encobria pedofilia


O papa Francisco aceitou nesta sexta-feira a renúncia do bispo irlandês Martin Drennan, responsável pela diocese de Galway e Kilmacduagh e acusado de ter acobertado casos de pedofilia envolvendo padres católicos.

O escândalo de abusos na Irlanda foi um dos mais graves já enfrentados pela Igreja, que ainda paga as consequências com perda de fiéis e credibilidade. Na década passada, duas investigações paralelas revelaram um problema de dimensões avassaladoras para a Santa Sé.

Na primeira delas, que culminou no Relatório Ryan, foram reunidos mais de 2,5 mil testemunhos de violência sexual contra menores de idade em escolas, seminários e paróquias católicas irlandesas entre 1930 e 1980.

Já a segunda, que resultou no Relatório Murphy, revelou casos ocorridos na diocese de Dublin entre 1975 e 2004. Drennan, de 72 anos, foi citado neste inquérito, sob a suspeita de ter ajudado a evitar que os episódios de pedofilia fossem divulgados.

Em 2010, quando o papa Bento XVI enviou uma força-tarefa para apurar as denúncias contra a Igreja na Irlanda, o bispo de Galway e Kilmacduagh foi um dos que se negaram a renunciar. Segundo a Conferência Episcopal Irlandesa, Drennan deixou suas funções eclesiásticas por "motivos de saúde".

Recentemente, o Papa aceitou a renúncia do arcebispo da Paraíba, Aldo Di Cillo Pagotto, também suspeito de proteger padres pedófilos. O brasileiro chegou até a ser alvo de um processo canônico para apurar o caso.

Em junho, o Vaticano criou seu primeiro "esquadrão" para combater abusos sexuais na Igreja, com a formação de 19 estudantes laicos e católicos como "especialistas internacionais na proteção de menores".Ansa

Italianos criam projeto fotográfico contra preconceito


Viver sendo uma vítima de preconceito, independente de qual for, não é apenas difícil, mas também doloroso. Por isso, para mostrar casos de pessoas que enfrentam problemas do tipo, mas que conseguem de alguma forma ficarem felizes com seus próprios corpos, escolhas e personalidades, três italianos decidiram fazer uma belo projeto fotográfico.

Com colaboração da Scuola Holden, de Turim, Davide Scalenghe, Flora Ciccarelli e Giovanni Mauriello criaram o ensaio #10PortraitsAgainstPrejudice ("#10RetratosContraoPreconceito"), que se trata de 10 fotos acompanhadas por 10 pequenas histórias de indivíduos que contam em primeira pessoa como é viver sendo considerado muito gordo, afeminado, estranho, "gay", ou agressivo.

"Nós fazemos parte da Coordenação da Torino Pride e, em ocasião da [parada] Gay Pride 2016, criamos o #10PortraitsAgainstPrejudice, no qual tentamos acabar com os preconceitos que atingem várias categorias de pessoas, muitas bem diferentes das outras", afirmou Mauriello.

"Além dos temas LGBT, que nos são mais queridos, também mostramos [no projeto] um jovem com transtorno bipolar, uma moça muçulmana, duas idosas, uma menina chinesa vítima de bullying e por ai vai", explicou o italiano.

"O projeto não tem como objetivo, de maneira alguma, contar o maior ou o preconceito predominante em cada categoria de 'subcultura' que apresentamos, já que estamos conscientes do fato de que nós somos afetados pelo preconceito primeiramente no contato de nós mesmos com os outros enquanto parte integral dessa sociedade e de que somos influenciados pelo ambiente que nos rodeia", disseram em nota os autores do projeto.Ansa

sexta-feira, 29 de julho de 2016

HAPPY HOUR



PENSAMENTO DA SEXTA



NOSSO SOM









Ex-presidente Lula vira réu acusado de tentar obstruir a Justiça


A Justiça Federal aceitou, nesta sexta-feira (29/7)), denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal no DF contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio do Amaral, e mais cinco acusados por crime de obstrução das investigações da Operação Lava-Jato.

Com a decisão, Lula e Delcídio passam à condição de réus na ação penal, além do ex-controlador do Banco BTG André Esteves, Diogo Ferreira, ex-chefe de gabinete de Delcídio; o empresário José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai, e o advogado Edson Ribeiro.

Todos os envolvidos são acusados de tentar impedir o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró de assinar acordo de delação premiada com a força-tarefa de investigadores da Operação Lava Jato.

Na semana passada, o MPF reiterou a denúncia contra os acusados, que já haviam sido denunciados ao Supremo Tribunal Federal (STF), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

No entanto, no dia 24 de junho, o ministro Teori Zavascki remeteu o processo para a Justiça Federal em Brasília, por entender que a suposta tentativa de embaraçar as investigações ocorreu na capital federal. Além disso, com a cassação do mandato de Delcídio do Amaral, nenhum dos envolvidos permaneceu com foro privilegiado na Corte.Agência Brasi

Kuczynski assume Presidência do Peru


O economista Pedro Pablo Kuczynski assumiu a Presidência do Peru nesta quinta-feira, em cerimônia realizada no Congresso, em Lima. Sem maioria no Parlamento, PPK, como é conhecido, pediu a união do país.

"Sim à paz e à união, não ao enfrentamento e à divisão", disse em seu primeiro pronunciamento como novo líder peruano.

No Congresso peruano, onde o sistema é unicameral, a bancada comandada pela filha do ex-presidente Alberto Fujimori, Keiko, tem maioria absoluta. A situação do economista é complicada, se levar em conta que ele derrotou Keiko por uma margem pequena de votos nas urnas. Em seu discurso de posse, Kuczynski ainda agradeceu àqueles que votaram e os que não votaram nele e a todos os parlamentares.Ansa

MEC cria comitê para discutir base curricular comum


O Ministério da Educação (MEC) instituiu um comitê que vai discutir a Base Nacional Comum Curricular para a educação básica e a reforma do ensino médio. O colegiado vai acompanhar o processo de discussão da segunda versão preliminar do programa de conteúdos e saberes que servirão de base para os currículos das escolas públicas e privadas do país.

A proposta final do documento será encaminhada ao Conselho Nacional de Educação. A portaria de criação do grupo foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União.

Até agosto, o comitê vai participar dos debates sobre o currículo base nos estados e no Distrito Federal. O grupo também vai convidar especialistas sobre temas específicos e sugerir alternativas para a reforma do ensino médio, propondo definições, orientações e diretrizes para a elaboração e implementação do programa.

O comitê irá indicar especialistas para redigir o documento final e estabelecer orientações para a implantação gradativa das diretrizes pelas redes de ensino públicas e particulares. O texto seguirá para o Conselho Nacional de Educação e depois voltará ao MEC para ser homologado.

A secretária executiva do Ministério da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro, vai presidir o comitê. O secretário de Educação Básica, Rossieli Soares, atuará como secretário executivo. Também compõem o colegiado os titulares das Secretarias do MEC; Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi); de Educação Profissional e Tecnológica (Setec); de Educação Superior (Sesu); de Articulação dos Sistemas de Ensino (Sase), e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Base Nacional Comum Curricular

A Base Nacional Comum Curricular está prevista no Plano Nacional de Educação e definirá o conjunto de conhecimentos e habilidades que os alunos devem adquirir e desenvolver em cada etapa de ensino e em cada ano de escolaridade. O documento vai orientar sistemas e redes de ensino a desenvolverem os próprios currículos.

A intenção é que os conteúdos definidos na base ocupem cerca de 60% da carga horária dos estudantes da educação básica. No restante do tempo, as redes de ensino poderão definir o que ofertar – desde conteúdos regionais e atividades extras à formação técnica, por exemplo.

A previsão inicial era de que o documento fosse aprovado em junho deste ano. Em audiência na Câmara dos Deputados, o ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que as discussões sobre a Base Nacional Comum Curricular não estão paradas e que o prazo foi estendido a pedido do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o que postergou o cronograma.

Ensino Médio

Segundo o Ministério da Educação, a portaria também prevê, para o ensino médio, a proposta de uma nova formatação, que terá como diretriz a diversificação da oferta a fim de possibilitar aos jovens diferentes percursos acadêmicos e profissionalizantes de formação.Agência Brasil

Sancionada lei que reajusta salários dos servidores


O Diário Oficial da União desta sexta-feira (29) traz publicada a lei que reajusta a remuneração dos servidores da Câmara dos Deputados. O texto foi sancionado pelo presidente em exercício, Michel Temer, com um veto, referente aos efeitos da lei, que começariam a valer em janeiro deste ano, o que significaria a concessão de reajuste com efeitos financeiros antes da data de sanção da lei.

De acordo com o texto, o reajuste será dado de forma escalonada: 5,5%, a partir de 1º de janeiro de 2016; 5%, a partir de 1º de janeiro de 2017, aplicados sobre as remunerações vigentes em 31 de dezembro de 2016; 4,8%, a partir de 1º de janeiro de 2018, aplicados sobre as remunerações vigentes em 31 de dezembro de 2017; e 4,5%, a partir de 1º de janeiro de 2019, aplicados sobre as remunerações vigentes em 31 de dezembro de 2018.

O aumento também será aplicado aos proventos de aposentadoria e às pensões sujeitos a reajustes com base na remuneração do servidor ativo. As despesas decorrentes da lei correrão à conta das dotações orçamentárias da Câmara dos Deputados.

Na semana passada, foram sancionadas as leis que reajustam os salários dos servidores do Judiciário e do Ministério Público da União. Ontem, o Diário Oficial também trouxe a sanção das leis que aumentam os salários do quadro de pessoal do TCU (Tribunal de Contas da União) e dos militares das Forças Armadas.Estadão

Papa se cala em Auschwitz-Birkenau

Papa Francisco foi ao campo nazista de Auschwitz-Birkenau (Foto: Mazur/catholicnews.org.uk)

Em visita à Polônia, o Papa Francisco foi ao campo nazista de Auschwitz-Birkenau. Depois de ir ao museu e ao memorial que homenageia 1,1 milhão de pessoas que foram mortas no campo durante a Segunda Guerra Mundial, ele se sentou sozinho num banco com um olhar sombrio.

Francisco disse que queria que sua visita, a terceira feita por um papa, fosse realizada em silêncio. “Eu gostaria de ir ao lugar do terror sem discursos, sem multidões – só com as poucas pessoas necessárias. Quero sozinho, entrar e rezar. E que Deus me dê a graça de chorar.”

Suas únicas palavras públicas foram escritas no livro de visitantes de Auschwitz. “Deus, tenha piedade de nosso povo. Deus, perdoe tanta crueldade.”

O papa também se encontrou com um grupo de ex-prisioneiros do campo. O pontífice rezou em frente ao muro da morte, onde milhares de prisioneiros foram mortos a tiros.

O papa passou vários minutos sozinho na cela de Maksymilian Kolbe, um padre franciscano que se voluntariou para morrer no lugar de um prisioneiro. Kolbe morreu em 14 de agosto de 1941 e mais tarde foi canonizado por João Pauo II. A visita coincidiu com o 75° aniversário do dia que Kolbe foi condenado à morte.

O pontífice também foi a Birkenau, um campo adjacente, onde se encontrou com mais ex-prisioneiros e com pessoas que ajudaram a salvar os judeus. O presidente da Polônia, Andrzej Duda, e o primeira-ministra, Beata Szydło, também estavam presentes.

A grande maioria que morreu em Aushwitz-Birkenau era judia, mas milhares eram católicos poloneses e prisioneiros soviéticos.The Guardian

Líder religioso não terá mais direito a passaporte diplomático

Itamaraty tomou a decisão após consultar à Advocacia Geral da União (Foto: Wikipedia)

O Itamaraty decidiu nesta quinta-feira, 28, suspender a concessão de passaportes diplomáticos a líderes religiosos sob a alegação de que o Brasil é um Estado laico. A medida foi tomada após a Advocacia Geral da União (AGU) ter sido consultada.

Pela atual legislação, o governo brasileiro concede o documento em casos excepcionais, sobretudo quando o motivo representa um “interesse nacional”. No entanto, a AGU afirmou em um parecer que a condição de líder religioso não indica interesse do país, já que o Brasil não tem interesses religiosos.

Dessa forma, o Itamaraty rompe com uma tradição que vem da época do Império de dar passaporte diplomático a líderes da Igreja Católica, que na época era a religião oficial do país. Entretanto, essa prática tem sido flexibilizada e pastores evangélicos passaram a receber o documento “em obediência ao princípio da isonomia”. Desde 2011, 11 passaportes diplomáticos foram concedidos a religiosos.

A polêmica em torno do passaporte diplomático se dá por conta dos benefícios que ele oferece. Ele é um documento de viagem concedido gratuitamente a diplomatas e cidadãos que possam representar algum interesse nacional. Apesar de não conferir imunidade dentro ou fora do Brasil, o documento dá privilégios de filas especiais em aeroportos e até no despacho de bagagens. Em alguns casos e dependendo do país, até o visto é dispensado.

Casos polêmicos

Recentemente, setores da sociedade civil têm contestado a concessão dos passaportes para esses líderes. Há cerca de 15 dias, o Itamaraty renovou a concessão do documento ao pastor Samuel Cássio Ferreira e à sua mulher, Keila Campos Ferreira, mesmo com pareceres técnicos contrários.

No início de julho, a Justiça Federal em São Paulo determinou liminarmente a suspensão dos passaportes concedidos ao pastor R. R. Soares e à sua mulher Maria Magdalena Ribeiro Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus, uma semana depois do Ministério das Relações Exteriores dar o benefício.

Outro caso recente envolve Felipe Cunha, filho do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. A Justiça de São Paulo também suspendeu o passaporte do filho do parlamentar.O Globo

Brasil fica em 3º em ranking de carência de trabalhadores qualificados

Segundo a OCDE, carência se deve ao acelerado avanço tecnológico (Foto: EBC)

Entre os 34 países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil é o terceiro com a maior dificuldade de encontrar trabalhadores qualificados.

Os dados são de um levantamento divulgado nesta quinta-feira, 28, pela organização. No ranking, o Brasil se encontra empatado com a Turquia e abaixo apenas do Japão e da Índia, que ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente.

Segundo a OCDE, 63% das empresas do Brasil com 10 ou mais funcionários não conseguem preencher vagas direcionadas a profissionais qualificados. Na Índia, o percentual sobe para 64%, e no Japão para 81%.

A pesquisa afirma que essa dificuldade se deve ao acelerado avanço tecnológico e ao uso de computadores mais eficientes no ambiente de trabalho. “O rápido progresso das tecnologias digitais está transformando a forma como se trabalha, e as habilidades precisarão se adequar a estas mudanças”.

A Espanha foi o país do ranking com menos dificuldade de se encontrar trabalhadores qualificados. Apenas 3% das empresas do país não conseguem preencher vagas qualificadas. Em seguida, ficaram o Reino Unido, com um percentual de 12%, a França (21%) e a China (24%).RANKING DA OCDE

Hubble consegue fotografar a fronteira final do Universo


Eugene Roddenberry, roteirista e produtor de Star Trek, ficaria orgulhoso em saber que chegamos à fronteira final do nosso Universo.
Exatamente 50 anos após a estreia da série “Star Trek”, o telescópio espacial Hubble conseguiu captar imagens distorcidas de Abell S1063, um acúmulo de galáxia que está a 4 bilhões de anos luz da Terra e que possui 100 trilhões de massas solares entre suas 450 galáxias, nebulosas e estrelas.

Embora Albert Einstein já tenha previsto o fenômeno das distorções na sua Teoria da Relatividade, só foi possível observá-lo agora, com as fotografias tiradas pelo Hubble. O telescópio chegou a registrar a famosa “fronteira final”, mencionada na famosa série de TV “Star Trek”. São imagens das galáxias diferenciadas entre si e não somente em grupo.

A descoberta é absolutamente surpreendente, já que permite ver como eram essas galáxias há 1 bilhão de anos, após o Big Bang. Além disso, graças às imagens, a NASA afirmou que será possível analisar ainda mais a fundo o entendimento da matéria escura.RT
Imagem: divulgação/Nasa

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Mensagem do Dia

NA CIDADE UNIVERSITÁRIA -JUL 3


Concurso para hospitais universitários inscreve até 1º de agosto

Um total de 815 vagas de empregos em nível médio e superior estão disponíveis em concurso público nas áreas administrativas, médica e assistencial com lotação no Complexo Hospitalar Universitário da Universidade Federal do Pará (UFPA), constituído pelos Hospitais Universitários Bettina Ferro de Souza (HUBFS) e João de Barros Barreto (HUJBB). Os editais foram lançados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), do Ministério da Saúde, no Diário Oficial da União (DOU), de 27 de junho. Das 815 vagas, 484 são à área assistencial, 234 para médica e 97 vagas à área administrativa, com empregos para o quadro de pessoal da Ebserh regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Os salários vão de R$ 1.863,48 a R$ 8.887,51. A Ebserh anunciou a segunda retificação do concurso público e a mudança se refere ao conteúdo programático sugerido para a função de Farmacêutico.

As inscrições começaram dia 27 de junho e seguem até 14h do dia 1º de agosto de 2016. São feitas pelo site do Instituto AOCP, executor do concurso. Ou no Posto de Inscrição Presencial, até 1º de agosto, das 8h30 às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), na Copy Cyber, na travessa do Chaco, 1957 B, no bairro do Marco, em Belém. Na área administrativa a taxa de inscrição é R$ 60,00 (nível médio) e R$ 80,00 (nível superior); na médica é R$ 120,00 (nível superior), e na assistencial custa R$ 60,00 (nível médio) e R$ 80,00 (nível superior).

Salários e carga horária – Na área administrativa a carga horária é de 40 horas semanais, exceto jornalista, que conta com legislação específica de 25 horas no serviço público, e os salários variam de R$ 2.104,69 a R$ 8.887,51. Na médica são 24 horas semanais e o salário é R$ 7.425,31. Na assistencial a carga horária fica entre 24 e 40 horas semanais e salários de R$ 1.863,48 até R$ 8.887,51.

Provas – Para todas as áreas, com duração de quatro horas, a aplicação das provas objetivas está prevista para 28 de agosto deste ano, e será realizada em Belém. Em caso de indisponibilidade de locais adequados ou suficientes na localidade de realização das provas (em Belém), estas poderão ser realizadas em outras localidades próximas. As demais etapas presenciais do concurso público serão realizadas na mesma cidade em que o candidato realizará a prova.

As provas trazem Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemático e Legislação Aplicada à Ebserh) e Conhecimentos Específicos (Legislação Aplicada ao Sistema Único de Saúde – SUS e Conhecimentos Específicos). Em nível superior, há ainda a Avaliação de Títulos e Experiência Profissional.


Direitos - Todos os editais preveem, ainda, a isenção de taxa e assegura o percentual de 5% das vagas às pessoas com deficiência, das vagas existentes ou das que vierem a surgir no prazo de validade do concurso público, desde que os empregos pretendidos sejam compatíveis com a deficiência que possuem. Além de reservar 20% das vagas de cada emprego elencado no anexo I durante validade do concurso público, aos candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos. Para concorrer às vagas reservadas o candidato deverá, no momento do preenchimento do formulário de solicitação de inscrição, se declarar preto ou pardo, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Área administrativa - Na área administrativa os cargos em nível superior são Advogado, Analista Administrativo – Administração, Analista Administrativo - Administração Hospitalar, Analista Administrativo – Biblioteconomia, Analista Administrativo – Contabilidade, Analista Administrativo – Estatística, Analista Administrativo - Relações Públicas, Arquiteto, Analista de Tecnologia da Informação – Processos, Analista de Tecnologia da Informação - Sistemas Operacionais, Analista de Tecnologia da Informação - Suporte de Redes, Telecomunicações, Engenheiro Civil, Engenheiro Clínico, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Mecânico e Jornalista. Já em nível médio estão Assistente Administrativo, Técnico em Contabilidade, Técnico em Informática e Técnico em Segurança do Trabalho.

Área médica – Na área médica as vagas são para Anestesiologia, Cancerologia Cirúrgica, Cancerologia Clínica, Cardiologia, Cardiologia - Eletrofisiologia Clínica Invasiva, Cardiologia – Ergometria, Cardiologia Pediátrica, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia do Aparelho Digestivo, Cirurgia Geral, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Plástica, Cirurgia Torácica, Cirurgia Vascular, Clínica Médica, Coloproctologia, Dermatologia, Diagnóstico por Imagem - Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia, Diagnóstico por Imagem - Ultrassonografia Geral, Ecocardiografia, Ecografia Vascular com Doppler, Endocrinologia e Metabologia, Endocrinologia Pediátrica, Endoscopia, Endoscopia Respiratória, Gastroenterologia, Gastroenterologia Pediátrica, Geriatria, Ginecologia e Obstetrícia, Hematologia e Hemoterapia, Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, Infectologia, Infectologia Hospitalar, Mastologia, Medicina do Trabalho, Medicina Intensiva, Medicina Intensiva Pediátrica, Medicina Paliativa, Nefrologia, Neurocirurgia, Neurofisiologia Clínica, Neurologia, Neurologia Pediátrica, Neurorradiologia, Nutrologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Patologia, Pediatria, Pneumologia, Psiquiatria, Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia, Radioterapia, Reumatologia e Urologia.
Área assistencial – Na área assistencial, em nível superior, são para Assistente Social, Biólogo, Biomédico, Cirurgião Dentista - Cirurgia e Traumatologia Buco-MaxiloFaciais, Cirurgião Dentista - Patologia Bucal, Enfermeiro, Enfermeiro – Cardiologia, Enfermeiro - Cardiologia – Hemodinâmica, Enfermeiro – Oncologia, Enfermeiro - Saúde do Trabalhador, Enfermeiro - Terapia Intensiva, Enfermeiro - Terapia Intensiva Pediátrica, Farmacêutico, Físico - Física Médica – Radiodiagnóstico, Físico - Física Médica – Radioterapia, Fisioterapeuta, Fisioterapeuta – Respiratória, Fisioterapeuta - Terapia Intensiva, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Pedagogo, Psicólogo - Área Hospitalar, Tecnólogo em Radiologia – Radioterapia e Terapeuta Ocupacional. Já em nível médio estão Técnico em Análises Clínicas, Técnico em Citopatologia, Técnico em Enfermagem, Técnico em Enfermagem - Saúde do Trabalhador, Técnico em Farmácia, Técnico em Necropsia, Técnico em Óptica, Técnico em Radiologia, Técnico em Radiologia – Radioterapia e Técnico em Saúde Bucal.

Para ter acesso aos editais, entre no site do Instituto AOCP.
Texto: Cleide Magalhães – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA

COMPORTAMENTO



Dilma terá um dia a mais para apresentar defesa


O presidente da Comissão Especial do Impeachment no Senado, Raimundo Lira (PMDB-PB), prorrogou por 24 horas o prazo para que a defesa da presidenta afastada, Dilma Rousseff, entregue os documentos com as alegações finais do processo. Com isso, o prazo que vencia nesta quarta-feira foi estendido até quinta-feira.

Lira atendeu parcialmente a um pedido dos advogados de Dilma, que queriam prorrogar por dois dias o prazo para entrega da documentação. Por causa da suspensão dos serviços da página do Senado na internet, onde fica hospedada toda a documentação do processo, a defesa de Dilma argumentou que a presidenta afastada teve o amplo direito de defesa prejudicado por ter ficado sem acesso aos autos do processo.

Em nota, Lira afirmou que a indisponibilidade do conteúdo se deu em virtude de manutenção programada, que a ação foi anunciada pelo portal do Senado e que o “sistema permite que os arquivos sejam baixados para consulta no computador do usuário sem necessidade de acesso à internet”.

Segundo Lira, os sistemas começaram a ser religados, “tornando-se novamente disponíveis antes das alegadas 48 horas de suspensão” reivindicadas pela defesa de Dilma.

“Decido acolher em parte as razões da defesa para conceder-lhe prazo adicional de 24 horas, até o término do expediente da quinta-feira, 28 de julho, para apresentação de suas alegações finais, restando inalteradas as demais datas de reunião da comissão”, diz a nota assinada pelo senador peemedebista.

Cronograma

Após a entrega das alegações, a documentação será encaminhada ao relator da comissão, Antonio Anastasia (PSDB-MG), que terá cinco dias para apresentar seu parecer sobre a acusação. O relatório será votado pela comissão, por maioria simples – metade mais um dos senadores presentes à sessão.

Em seguida, haverá nova votação no plenário da Casa, sob o comando do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, encerrando, assim, a fase de pronúncia do impeachment.Agência Brasil

Justiça confirma condenação de petistas


O TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região confirmou nesta terça-feira (27) a decisão que condenou o ex-deputado José Genoino (PT-SP), o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares, o empresário Marcos Valério e outros quatro ex-dirigentes do banco BMG por envolvimento em um esquema de lavagem de dinheiro.

O processo é um braço do mensalão que foi desmembrado pelo ex-ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal, e tramitava na Justiça de Minas. Na denúncia, apresentada em 2006, o Ministério Público Federal afirmou que a liberação de recursos pelo BMG ao PT e às empresas ligadas a Valério se deu de maneira irregular porque a situação financeira dos tomadores era incompatível com o valor emprestado e as garantias, insuficientes.

Com relação a Genoino, a pena foi reduzida de 4 para 2 anos, 10 meses e 20 dias a ser cumprida em regime aberto. A ele é atribuído o crime de falsidade ideológica por simular empréstimos para camuflar dinheiro ilegal para o PT, que presidia à época.

O advogado de Genoino, Claudio Alencar, disse que vai recorrer da decisão. "No final prevaleceu a tese de que os empréstimos foram simulados, mas isso não é verdade. Todos foram quitados pelo PT", disse. Ele afirmou que não houve determinação do tribunal para que a pena seja cumprida imediatamente.

Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que defende os ex-diretores do BMG, também disse que irá recorrer da decisão. O mesmo fará Marcelo Leonardo, advogado de Marcos Valério, que ressalta o fato de algumas penas terem sido reduzidas pelo tribunal. A reportagem não localizou a defesa de Delúbio.Estadão

Dengue: SUS não vai oferecer vacina para todo o país


O Sitema Único de Saúde (SUS) não vai disponibilizar a vacina contra a dengue para todo o país por falta de dinheiro. Segundo o comunicado do ministro da Saúde, Ricardo Barros, cada estado pode adquirir diretamente o produto se achar necessário.

Barros ressaltou que a pasta foca no combate ao mosquito Aedes aegypti e vai aguardar a vacina que está em desenvolvimento no Instituto Butantan.

O ministro participou na tarde desta terça-feira do lançamento da vacinação contra a dengue no Paraná, primeiro estado das Américas a oferecer a imunização de graça para a população.

A previsão inicial da Secretaria Estadual de Saúde é distribuir 500 mil doses do medicamento produzido na França. Fabricada pela empresa francesa Sanofi Pasteur e registada no Brasil desde dezembro de 2015, a Dengvaxia é a primeira vacina desenvolvida contra a dengue no mundo e só precisava da determinação do valor de fábrica para poder ser vendida.

Segundo a Anvisa, a demora ocorreu devido ao ineditismo do produto, já que normalmente a estipulação de preços leva em conta outros produtos semelhantes no mercado.Agência Brasil

Sarampo está eliminado do Brasil, diz OMS


Após um ano sem o registro de casos de sarampo, a circulação endêmica do vírus da doença foi considerada interrompida no país, conforme informou nesta terça-feira a Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS).

De acordo com Ministério da Saúde, a expectativa é que, até o fm de 2016, o Brasil receba o certificado de eliminação do sarampo pela OMS. O documento reconhece a eliminação da transmissão da doença em todo o continente americano. A região será a primeira do mundo onde isso acontece. Em 2015, a rubéola também foi considerada eliminada.

Os últimos casos de sarampo no país foram registrados em julho do ano passado, em um surto de sarampo no Ceará. Na ocasião, a OpasOMS investiu R$ 1,2 milhão para apoiar os custos de ações para controle do surto e no recrutamento de 165 enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

Mapeamento

Segundo a organização, os profissionais participaram do mapeamento das regiões com maior transmissão de sarampo. A iniciativa permitiu que a vacinação fosse feita tanto em unidades básicas de Saúde quanto nas casas das pessoas que viviam em áreas de maior circulação do vírus causador da doença.

O sarampo é normalmente transmitido por meio do ar e do contato direto. O agente infeccioso é um vírus que infecta as membranas mucosas e, em seguida, se espalha por todo o corpo, causando uma doença grave e altamente contagiosa.

Atualmente, a doença é considerada uma das principais causas de morte entre as crianças no mundo. Aproximadamente 114,9 mil pessoas morreram em consequência dessa doença em 2014, principalmente as menores de cinco anos de idade, o que corresponde a 314 óbitos por dia ou 13 por hora.

Rio 2016

Com a proximidade dos Jogos Olímpicos do Rio, a Opas destacou a importância de os turistas e atletas se vacinarem contra sarampo e rubéola pelo menos duas semanas antes de viajar. A Olimpíada acontecerá entre os dias 5 e 21 de agosto no Rio de Janeiro, seguidas da Paralimpíada, de 7 a 18 de setembro.Agência Brasil

OMS deve tirar identidade transgênero da sua lista de distúrbios mentais

Para defensores, a medida terá um impacto significativo na aceitação social da identidade transgênero (Foto: Wikipedia)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está caminhando para retirar da sua lista global de doenças a classificação da “identidade transgênero” como distúrbio mental. A mudança se baseia em um novo estudo que pede a retirada da designação usada por várias décadas.

A mudança deve entrar na próxima edição do manual da OMS, que classifica doenças e influencia no tratamento de pacientes em todo o mundo.

“A intenção é de reduzir as barreiras com o cuidado”, afirmou Geoffrey Reed, psicólogo que está coordenando a seção “transtornos de saúde mental e de comportamento” na próxima edição do manual. A publicação, intitulada “Classificação Internacional de Doenças”, deve ser lançada em maio de 2018.

Para defensores e profissionais de saúde mental, a mudança pode ter um impacto significativo na aceitação social da identidade transgênero. “[A OMS] está mandando uma mensagem muito forte de que o restante do mundo não considera mais a questão como um distúrbio mental”, disse Michael First, professor da clínica psiquiátrica da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, e consultor técnico da nova edição do manual. “Um dos benefícios é uma redução do estigma”.

No entanto, muitos dos defensores pedem que a questão da identidade transgênero seja mantida no manual, já que essas designações são amplamente usadas para a cobertura de planos de saúde e para conduzir pesquisas sobre doenças e tratamentos. A proposta é que a questão seja transferida para outra categoria dentro do manual, a de “condições relacionadas à saúde sexual”.New York Times

Alerta de possível Chernobyl subterrânea na França


Agência francesa pretende depositar lixo radioativo abaixo da terra por 100 mil anos.
O polêmico projeto de construção do Centro Industrial de Armazenamento Geológico (Cigeo) foi aprovado, este mês, pela Assembleia Nacional Francesa. Trata-se de uma megaestrutura a 500 metros abaixo da terra para armazenar 80.000 m³ de lixo nuclear. Ativistas ambientais apelidaram o projeto de “Chernobyl subterrânea”.

A proposta da Agência Nacional de Gestão de Resíduos Radioativos (Andra) vem sendo debatida desde 2006 e, este mês, avançou mais uma importante etapa com a aprovação na Assembleia Nacional. A construção está prevista para começar em 2019 e as operações iniciariam em 2025. De acordo com o projeto, o Cigeo teria condições de operar pelos próximos 100 anos, ou seja, até 2125. O problema é que, a partir de então, serão necessários mais 100 mil anos para que o lixo deixe de representar uma ameaça aos seres humanos.

Grandes riscos
O gigantesco cemitério nuclear ficará no subsolo do vilarejo de Bure, fronteira do departamento de Meuse com o de Haute-Marne, no leste da França. A porta-voz da associação BureStop, Corinne François, foi contundente em uma entrevista dada ao jornal Le Parisien: “esse projeto ainda possui uma quantidade grande de riscos não solucionados. Dar sinal verde para ele é absurdo e perigoso”.

A Agência Andra tem afirmado, no entanto, que o projeto de armazenamento geológico profundo é projetado para assegurar a gestão a longo prazo dos resíduos radioativos da França: “Cigeo vai servir como um repositório para resíduos de longa duração altamente radioativos gerados pela atual frota de usinas nucleares da França, bem como de reprocessamento de combustível irradiado a partir dessas mesmas plantas", explicam os porta-vozes da agência.

25 bilhões de euros
Outro ponto polêmico no projeto é seu custo. Andra não confirma os valores, mas especula-se algo em torno de 25 bilhões de euros. As autoridades locais estão divididas sobre o projeto. Há o risco de viver com tanto lixo radioativo embaixo dos pés, mas a possiblidade de lucro também é alta. Atualmente, o laboratório de Andra já funciona na região e representa 30 milhões de euros por ano. A construção do Cigeo geraria empregos no local e aumentaria a arrecadação e o desenvolvimento de inteligência do setor nuclear. Os custos desses “ganhos” é que ainda geram dúvidas na população.RT, Cigeo, Radioactivity, Assembleia Nacional Francesa, Andra
Imagem: Couperfield/Shutterstock.com

Terremoto atinge costa do Chile


Um terremoto de magnitude 6,3 na escala Richter foi registrado no Chile, na madrugada desta quarta-feira (27), informa o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

O epicentro dos tremores foi localizado a uma profundidade de 10 quilômetros no Oceano Pacífico, próximo à costa da província chilena de Aysen.Autoridades locais disseram que, não houve registro de vítimas e que houve apenas danos pequenos.Agência Brasil

Chuva de estrelas cadentes poderá ser vista a olho nu nas próximas madrugadas


Prepare-se para o espetáculo desta quinta e sexta-feira, dias 28 e 29 de julho.

A chuva de estrelas Delta Aquarídeas estará em seu pico nas duas madrugadas e quem estiver distante dos grandes centros poderá conferir o fenômeno a olho nu. A maior chance de ver as estrelas cadentes é a partir das 3h, quando a luz da lua crescente está mais fraca. Então, é pular da cama, se agasalhar e curtir o espetáculo.

A chuva de meteoros Delta Aquarídeas dura um mês inteiro – de 18 de julho a 18 de agosto – mas é nas próximas madrugadas que ela estará mais forte e pode ser mais facilmente observada. Para conseguir visualizá-la, o ideal é fugir da cidade onde a eletricidade pode ofuscar a luz das estrelas.

Outra dica é baixar um aplicativo no celular que localize no céu a constelação de Aquário. Assim, você não perde tempo olhando para o lugar errado. Para uma melhor orientação dos observadores, os astrônomos deram às chuvas de meteoros nomes parecidos com os das constelações pelas quais elas passam. Procure pela constelação de Aquário e você terá mais chance de ver a chuva de meteoros deste mês.

Estima-se que os meteoros tenham uma frequência de 15 a 20 por hora e devam viajar a uma velocidade de 41 quilômetros por segundo. Então, se às 3h você não viu nada. Tenha um pouco mais de paciência para pegar a próxima leva de estrelas.

O que são meteoros
Os meteoros são pequenos corpos celestes que se deslocam no espaço e entram na atmosfera da Terra, queimando parcial ou totalmente devido ao atrito com a atmosfera terrestre e ao contato com o oxigênio. Este fenômeno deixa um risco luminoso no céu, que é popularmente chamado de "estrela cadente".

No caso da Delta Aquarídeas, há registros de sua passagem desde 1870, mas não se sabe ao certo a causa do fenômeno. Astrônomos suspeitam que ele seja resultado da passagem do cometa 96P/Macholtz, que faz sua visita periódica na mesma época - e deixaria para trás alguns detritos.

As chuvas de meteoros não representam riscos e acontecem em praticamente todos os meses, algumas com mais intensidade e ampla visibilidade, como este mês.Revista Galileu
Imagem: Hanast/Shutterstock

Holandeses e letãs são as pessoas mais altas


Os homens da Holanda e as mulheres da Letônia são as pessoas mais altas do mundo, enquanto a Itália aparece no 30º lugar, segundo um estudo do Imperial College London (ICL) publicado pela revista Elife.

De acordo com os padrões de crescimento de cidadãos de 200 países nascidos entre 1896 e 1996, os holandeses têm uma altura média de 1,83 metro, seguidos pelos belgas e estonianos. Entre as mulheres, as letãs têm 1,70 metro, seguidas pelas holandesas e estonianas.

O estudo, elaborado por 800 pesquisadores, revela que os homens mais baixos do mundo são os habitantes do Timor Leste, com média de 1,60 metro, enquanto as mais baixas são as mulheres da Guatemala, que mal chegam a 1,60.

Já os homens italianos têm média de altura de 1,75 metro, número que cai para 1,63 entre as mulheres. "Cerca de um terço da explicação do fenômeno do aumento da altura é devido aos genes, enquanto o restante é influenciado por fatores ambientais, um bom sistema de saúde e uma nutrição ideal", afirma a pesquisa.Ansa

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Mensagem do Dia

Eleições Municipais ....2016

País poderá ter mais eleições suplementares este ano


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, considera que o número de eleições suplementares vai aumentar na disputa municipal deste ano. Segundo o ministro, devido às mudanças no processo eleitoral, a expectativa é de que alguns pleitos sejam judicializados e, como consequência, diversas eleições sejam anuladas. Caso a eleição de um candidato seja anulada, por ficha suja, por abuso econômico ou qualquer outra irregularidade, ao invés de o segundo candidato com o maior número de votos assumir, agora será necessária a realização de uma nova eleição.

Dessa forma, diversas decisões sobre a sucessão nas prefeituras e a composição das câmara municipais podem ficar para depois do mês de outubro. Outra mudança na legislação que contribui para os pleitos tardios é que o prazo para registro de candidaturas foi adiado de 5 de julho para 15 de agosto. O objetivo, segundo Gilmar, foi baratear as eleições, porém a alteração trará consequências que precisarão ser revistas, já que a Justiça também começará a analisar mais tarde as impugnações. O julgamento poderá se estender para depois do resultado da eleição, levando à anulação de votações já realizadas.

A redução nos prazos para as campanhas e para a análise das candidaturas poderão contribuir para aumentar os casos em que o candidato é considerado inelegível após já ter sido eleito. Por isso, Mendes afirmou que a eleição de 2016 servirá como um "experimento institucional" e que uma reforma política e eleitoral deverá ser discutida para o pleito de 2018. De acordo com o presidente do TSE, a Justiça Eleitoral autorizou que mais juízes atuem para analisar candidaturas, mas afirmou que certamente se chegará a outubro com muitas pendências.

"Nós tomamos providências procedimentais, autorizamos que juízes substitutos atuem desde logo compondo os TREs de modo a reforçar a capacidade dos tribunais eleitorais. Estamos preocupados obviamente com isso. Mas não teremos condições de evitar a judicialização, questões sobre ficha limpa, impugnações de eleições, abuso de caráter econômico, muita gente até constrangidamente diz que resultado na proclamação será provisório. Vamos chegar a outubro sem que temas estejam definitivamente resolvidos", declarou o ministro.

Mendes afirmou ainda que traz preocupação ao TSE o ritmo de registro de candidaturas, outro prazo que precisará ser revisto a partir de novembro. Até agora, a Justiça Eleitoral só recebeu oficialmente 122 candidaturas. Porém a expectativa de Mendes é de que esse número chegue a cerca de 530 mil até o dia 15 de agosto, prazo final para os registros. O ministro destacou que é importante que os partidos antecipem o registro. Com a proximidade do fim do prazo, a Justiça Eleitoral tem menos tempo para iniciar as análises das candidaturas. Estadão

Dilma entregará alegações finais do impeachment


A defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff, entregará nesta quarta-feira as alegações finais do processo de impeachment. Além dos argumentos que foram expostos na defesa prévia, o ex-advogado-geral da União José Eduardo Cardozo irá incluir uma decisão recente do Ministério Público Federal (MPF) que conclui que as pedaladas não são crime.

"Vamos pegar todos os aspectos das provas, como o procurador do Ministério Público e a afirmação de todas as testemunhas e da perícia, de que não há ato nas pedaladas", afirmou Cardozo. Em parecer enviado à Justiça na última semana, o procurador da República no Distrito Federal Ivan Marx pediu o arquivamento de investigação aberta para apurar possível infração penal de autoridades do governo da presidente afastada.

Marx analisou seis tipos de manobra do governo Dilma após ouvir integrantes da equipe econômica, analisar auditorias do Tribunal de Contas de União e os documentos das operações. Segundo ele, as manobras não se enquadram no conceito legal de operação de crédito ou empréstimo. Por isso, não seria necessário pedir autorização ao Congresso para executá-las.

O objetivo da defesa nas alegações finais é cobrir todos os pontos que foram trazidos pela acusação. Apesar da peça ainda não estar pronta, Cardozo acredita que o documento deve conter aproximadamente 400 páginas.

Além do parecer do MPF, a defesa vai incluir também um posicionamento da Corte Interamericana de Direitos Humanos, tribunal autônomo da Organização dos Estados Americanos (OEA), que aponta irregularidades no processo de impeachment.
Estadão

Estrangeiros terão digitais checadas no Brasil


Os estrangeiros que desembarcarem no Brasil durante os Jogos Olímpicos terão as digitais checadas por um aparelho desenvolvido pela Polícia Federal. Os aeroportos internacionais das cidades que terão competições receberão reforço na segurança a partir desta semana.O equipamento da PF é semelhante a uma máquina de cartão de débito e crédito e a checagem leva três segundos.

O banco de dados com informações de 25 mil procurados foi adquirido com a Interpol.Os ministros da Justiça, Alexandre de Moraes, e o da Defesa, Raul Jungmann, apresentaram as novidades no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, em São Paulo.Band

América Latina prefere Hillary


Hillary Clinton seria eleita presidente dos Estados Unidos com 88% dos votos se o pleito ocorresse nos 15 países latino-americanos pesquisados pela Ipsos Public Affairs. A consultoria perguntou a 400 líderes de opinião da região para quem iria o voto deles, e a esmagadora maioria preferiu a ex-primeira-dama e ex-secretária de Estado. Apenas 4% dos entrevistados optariam pelo republicano Donald Trump.

Os dois principais candidatos à sucessão de Barack Obama têm propostas bastante opostas em relação à América Latina.

Enquanto o republicano Donald Trump defende a construção de um muro na fronteira com o México para evitar a entrada de imigrantes ilegais, a democrata Hillary Clinton escolheu como vice Timothy Keane, que tem um grande apelo entre o eleitorado hispânico dos Estados Unidos e até mesmo fala espanhol.

Hillary recebeu cerca de 90% de apoio - contra 0% de Trump - em quatro países: Bolívia, Argentina, México e Equador. A cifra cai um pouco no Brasil e Colômbia, onde o apoio ao magnata sobe para 4% e 3%, respectivamente. No Chile e Peru, o apoio ao republicano só aumenta, onde ele conquistaria 11% e 12% dos votos, mas ainda sendo derrotado.

Os resultados podem ser considerados uma prévia do voto dos imigrantes nos Estados Unidos, onde formam cerca de 16% da população, com mais de 50 milhões de habitantes. Analistas acreditam que o voto dos latinos e hispânicos foi chave para vitória de Obama nas últimas eleições. Ansa

Em texto, padre degolado pediu mundo mais humano


O padre Jacques Hamel, degolado nesta terça-feira (26) durante uma missa na França em um ataque assumido pelo grupo Estado Islâmico, pediu um "mundo mais humano" em sua última mensagem publicada no boletim da paróquia de Saint-Etienne-du-Rouvray.

"Vivemos em uma época que podemos escutar o convite de Deus para tornarmos esse mundo que vivemos um mundo mais acolhedor, humano e fraterno", escreveu o sacerdote de 86 anos.

Ordenado em 1958, Hamel vivia na igreja onde celebrava missas e era muito conhecido na comunidade católica local, uma das mais fortes da França, apesar da grande presença de muçulmanos. Dois homens invadiram a igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray nesta manhã e fizeram o padre como refém. A dupla obrigou o sacerdote a se ajoelhar e o degolou. Os dois agressores foram mortos pela polícia e um menor de idade está preso sob suspeita de ligação com o ato.

Padre-auxiliar, Hamel já estava afastado de algumas funções devido à sua idade, mas tinha pedido para permanecer colaborando ativamente na paróquia (o Vaticano permite que um sacerdote se aposente a partir dos 75 anos).

Hoje, Hamel celebrava a missa para substituir o sacerdote responsável pela igreja, Auguste Moanda-Phuati, que está na Cracóvia para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

A França está em estado de alerta desde 13 de novembro do ano passado, quando ataques jihadistas deixaram 130 mortos e centenas de feridos na capital, Paris. A medida de segurança foi estendida após, no último dia 14, um homem ligado ao EI ter feito outras 84 vítimas em Nice.Ansa

Papa se prepara para JMJ com visita a Auschwitz


Três anos após presidir a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio de Janeiro, o papa Francisco se prepara para se encontrar com milhares de adolescentes católicos na Cracóvia, na Polônia.

Entre os dias 27 e 31 de julho, Francisco visitará a terra natal do papa João Paulo II, idealizador do projeto da JMJ, que hoje é considerado o evento mais importante da Igreja Católica para a parcela mais jovem da população.

A brasileira Eladir Flores Foschini, funcionária pública de 59 anos de idade, ajudou o sobrinho Pedro Scrivano a viajar para Cracóvia fazendo uma rifa de uma colcha de retalhos fabricada por ela mesma. "É uma experiência única, de encontro, de conhecimento, de convivência, você conhece pessoas diferentes", disse à ANSA. Eladir não vai neste ano à Polônia, mas participou de todas as últimas edições da JMJ desde 1993 em Denver, nos Estados Unidos.

O slogan desta edição da JMJ é "Felizes os misericordiosos porque encontrarão a misericórdia". Até o momento, 400 mil pessoas já confirmaram presença na JMJ, mas a organização do evento espera um público de 1,5 milhão a 1,8 milhão na missa e na vigília principal.

Esta será a primeira vez que o argentino Jorge Mario Bergoglio pisará na Polônia desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, em março de 2013. De acordo com o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, não serão tomadas medidas extras de segurança durante a viagem, apesar dos recentes ataques terroristas cometidos na França, em Nice, e na Alemanha, em Wurzburg, por imigrantes muçulmanos. Localizada no leste europeu, a Polônia também está entre as rotas de refugiados que tentam cruzar os bálcãs para chegar à Europa e pedir asilo.

Durante sua viagem à Polônia, Francisco irá até o campo de concentração de Auschwitz que era usado pelo regime nazista para exterminar judeus. A visita está marcada para 29 de julho.

Apesar dele se reunir com dezenas de sobreviventes do Holocausto, o papa não fará discurso no local. Ele será o terceiro pontífice a comparecer ao campo de concentração, depois de João Paulo II, em 1979, e de Bento XVI, em 2006, que entrou para a história por Joseph Ratzinger ser alemão.Ansa

Taxa de cheque especial aumenta em três bancos


Três entre sete instituições financeiras analisadas em pesquisa da Fundação Procon-SP elevaram a taxa de cheque especial em julho. A taxa média foi de 13,46% ao mês (a.m.), superior à do mês anterior, que foi de 13,37% a.m., representando uma alta de 0,09 ponto percentual.

As altas verificadas são no Banco do Brasil, que alterou de 12,40% para 12,61% a.m., o que significa uma variação positiva de 1,69% em relação à taxa de junho de 2016. O Bradesco alterou de 12,89% para 12,99% ao mês, uma variação positiva de 0,78%. A Caixa Econômica Federal alterou de 12,59% para 12,88% ao mês, variação positiva de 2,30%.

No caso de empréstimo pessoal, a taxa média dos bancos pesquisados foi de 6,56% a.m., superior à do mês anterior que foi de 6,48%, representando uma alta de 0,08 ponto percentual.

A única modificação nessa modalidade foi a do Banco Safra, que elevou de 5,40% a.m. para 5,90%, acréscimo de 0,50 ponto percentual, uma variação positiva de 9,26% em relação à taxa de junho .

De acordo com os especialistas da Fundação Procon-SP, é imprescindível que o consumidor tenha um bom controle financeiro, evitando contrair dívidas, pois as taxas de juros estão em patamares elevadíssimos, como comprova a pesquisa.Agência Brasil

Afeganistão: alto comandante do EI é morto


Forças especiais afegãs mataram o assistente do líder militar do Estado Islâmico no Afeganistão, na província de Nangarhar, leste do país, informa a agência Sputnik. Saad Imarati foi morto na noite dessa segunda-feira (25) em confronto com a polícia.

“Imarati servia no cargo de assistente do líder militar do grupo regional do EI (Estado Islâmico) no Afeganistão e supervisionava militantes em confrontos no distrito de Côte”, disse o Gabinete do Governador Provincial.Agência Brasil

Itália discute legalização do consumo de maconha


Em um plenário bastante esvaziado, a Câmara dos Deputados da Itália começou a discutir nesta segunda-feira (25), pela primeira vez em sua história, um projeto de lei que legaliza o cultivo e o consumo de maconha no país.

Quando a sessão iniciou, apenas 30 dos 630 membros da Casa estavam presentes, número que logo caiu para 20. Isso porque os partidos já haviam concordado em examinar o texto a fundo somente em setembro, após as férias de verão dos deputados italianos.

Até mesmo o governo do primeiro-ministro Matteo Renzi, de centro-esquerda, se absteve de fazer intervenções neste dia inicial de debates. Até o momento, o Executivo não confirmou seu posicionamento sobre o projeto, que é apoiado por parte do Partido Democrático (PD) - liderado pelo premier -, mas enfrenta resistência das alas conservadoras da base aliada.

O texto que está na Câmara legaliza o cultivo da maconha para consumo próprio, desde que limitado a cinco plantas por residência e que o cidadão comunique o plantio às autoridades. A iniciativa também permite a posse de até 15 gramas de cannabis na própria casa e de até cinco gramas na rua.

Além disso, poderão ser abertos comércios para a venda de maconha para recreação, em um regime de tributação similar ao que vale para o cigarro. Atualmente, o cultivo da erva é proibido na Itália até mesmo para fins terapêuticos.

Apenas o Instituto Químico, Farmacêutico e Militar de Florença, ligado ao Exército, e fabricantes de medicamentos autorizados pelo governo têm permissão para plantar a cannabis. Estima-se que 220 deputados de diversos partidos já apoiem a iniciativa. No entanto, o projeto deve enfrentar forte resistência em um Parlamento conservador e sob a influência permanente da Igreja Católica.

"A cannabis não pode ser legalizada, esta é uma posição que sempre tivemos e que continuamos a ter", declarou o ministro do Interior Angelino Alfano, expoente da Ala Popular (AP), coalizão de centro-direita que dá sustentação ao governo Renzi no Congresso.

Esse grupo é o mesmo que forçou o Partido Democrático a retirar da lei que autoriza a união civil homossexual na Itália o artigo que estendia o direito à adoção também aos gays, sob a ameaça de derrubar o primeiro-ministro.Ansa

terça-feira, 26 de julho de 2016

Mensagem do Dia

Vacina contra a dengue será vendida a até R$ 138, determina Anvisa


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) definiu o preço da vacina contra a dengue autorizada no Brasil. O imunizante, produzido pela empresa Sanofi, deverá custar entre R$ 132,76 e R$ 138,53. Os valores foram divulgados nesta segunda-feira, 25, pela agência.

A vacina da Sanofi, chamada de Dengvaxia, é a única com registro na Anvisa até o momento. O tratamento nesse caso inclui três doses, com seis meses de intervalo entre elas.

Outros imunizantes estão sendo produzidos contra a doença - entre eles a vacina do Instituto Butantã, que iniciou testes com voluntários em junho deste ano.

Paraná

O Estado do Paraná vai dar início nesta terça-feira, 26, a uma campanha de vacinação contra a dengue com a vacina da Sanofi. O número de doses não foi informado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

A campanha terá início às 16 horas, na área portuária, em Paranaguá (PR), considerada uma das regiões mais afetadas pelo mosquito Aedes aegypti. Até o final de junho, o Estado registrava 52.237 casos e 61 mortes. A doença já atingiu 319, dos 399 municípios paranaenses. Este número pode superar o recorde de 2012-2013, quando 54.176 pessoas foram infectadas. Agência Estado

Efeito psicológico da pílula do câncer não será foco


O eventual efeito psicológico não estará no foco dos especialistas que conduzem os testes com a fosfoetanolamina, conhecida como pílula do câncer, em humanos. As primeiras experiências começaram nesta segunda-feira no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo.

Coordenadora da oncologia clínica do órgão, Maria Del Pilar Estevez Diz, reforça que o objetivo é identificar a eficiência e a segurança da substância.

A primeira das três fases de testes vai contar com a participação de 10 pessoas. O número de voluntários deve ser ampliado conforme o andamento das pesquisas.

A meta agora é verificar os possíveis efeitos colaterais da pílula, explica Maria, entrevistada na Rádio Bandeirantes.Os estudos estão sendo realizados com pacientes que já são atendidos pelo Instituto.

Ao todo, serão analisados 10 tipos da doença.De acordo com a médica, ainda não é possível prever quanto tempo irão durar os testes.Rádio Bandeirantes

Os desafios da TV por assinatura em meio à revolução digital

Televisão a cabo busca formas de não se tornar obsoleta (Foto: Flick/Televisione Streaming)

Segundo as previsões, a existência da televisão a cabo terminaria em breve em um banho de sangue digno das cenas mais violentas de Game of Thrones. O alto custo da TV a cabo nos Estados Unidos, aliado ao serviço péssimo
prestado ao cliente e ao aumento do uso dos serviços de streaming sob demanda como substitutos sem custo da TV por assinatura, incentivaria milhões de telespectadores a “cortar a conexão” com as operadoras de TV. O sinal de televisão seria transmitido via internet e os clientes pagariam bem menos pelo serviço. Em consequência, muitos canais com uma pequena audiência não sobreviveriam à concorrência.

Essa, pelo menos, era a ideia predominante. No entanto, a morte da televisão a cabo tem sido um processo lento e sem grandes choques. Algumas famílias americanas começaram a cancelar os contratos com operadoras de serviços de TV por assinatura, mas apenas na proporção de cerca de 1% por ano.

A audiência da televisão está em declínio, sobretudo entre os jovens, um grupo cobiçado pelos anunciantes. Porém as empresas de mídia continuam a usá-la como meio de comunicação, por causa do custo mais alto dos anúncios e do aumento anual do preço da assinatura da TV a cabo. O uso da Netflix e de outros serviços de streaming tem sido um sucesso nos EUA e metade das famílias americanas assina pelo menos um dos serviços, porém mais como outrocanal de filmes e seriados, em vez de um substituto da TV. Em geral, os americanos estão pagando mais do que antes para assistir à televisão.

Isso ameaça o futuro de um dos melhores modelos de negócios da história da mídia. Os conglomerados da mídia ofereciam um pacote de serviços para seus clientes, no início, a preços razoáveis. E o público fiel continuava a
crescer junto com os números de canais.

Agora os clientes estão menos leais. O ritmo da substituição da televisão a cabo pela transmissão de programas de entretenimento via internet ou por serviços de streaming não foi tão rápido como previsto, mas começou a
acelerar. Desde 2013, o número de pessoas que está cancelando seus contratos de TV por assinatura é maior das que aderem. Por enquanto, as perdas foram modestas, pouco mais de meio milhão de assinantes em 2013 e 2014, de um
total de 101 milhões.

Os que optam por outros tipos de serviços de TV quase nunca voltam a ser assinantes de TV a cabo. A geração milênio foi apelidada de “cord-nevers” pelos executivos da mídia, porque se recusam a serem assinantes de TV a
cabo. Esse público foi atraído pelo mundo da assinatura do vídeo sob demanda: Netflix, Amazon Prime video, Hulu, HBO Now, entre outros, serviços que custam em torno de US$10 a US$15 por mês.

Mas as redes de TV a cabo estão conscientes do que aconteceu com a entrada no mercado dos serviços de streaming de música e vídeo como o iTunes da Apple e o Spotify. Elas farão o que for possível para evitar que a TV por
assinatura tenha o mesmo destino do setor de música.SERVIÇOS DE STREAMING


Facebook e Twitter cooperaram com Operação Hashtag

Juiz responsável pela investigação do suposto plano de atentado terrorista no Rio disse que não há anonimato para esse tipo de atividade na internet (Foto: Pixabay)

O juiz responsável pela investigação que levou à prisão, na semana passada, de supostos militantes do Estado Islâmico no Brasil, disse que o Facebook e o Twitter colaboraram com os investigadores, fornecendo informações sobre o conteúdo das conversas compartilhadas pelos suspeitos em suas redes sociais.

Em uma entrevista na noite de domingo, 24, o juiz Marcos Josegrei da Silva disse que a cooperação por parte de ambas as empresas, depois de uma ordem judicial ligada à investigação, foi fundamental para compreender a natureza das discussões levadas a cabo pelos 12 suspeitos presos até agora.

“As empresas começaram a fornecer dados relacionados ao conteúdo das conversas e dados sobre onde essas conversas foram postadas”, disse o juiz, sem fornecer mais detalhes.

Porta-vozes do Facebook e do Twitter se recusaram a comentar detalhes do caso. Ambos disseram que suas respectivas empresas têm tolerância zero para atividades relacionadas ao terrorismo e outros crimes e que cooperam com as autoridades policiais quando necessário.

Operação Hashtag

Os suspeitos foram presos como parte da Operação Hashtag, da Polícia Federal. Eles seriam simpatizantes do grupo militante Estado Islâmico e haviam discutido, em aplicativos de mensagens e redes sociais na internet, formas de atacar os Jogos Olímpicos no Rio.

Na entrevista, o juiz disse que “não há anonimato para esses tipos de atividades na internet”.

A declaração do juiz sobre a cooperação por parte das empresas de mídia social vem em meio a um crescente debate no Brasil sobre questões de privacidade e a aplicação da lei no país.

O serviço de mensagens WhatsApp do Facebook, por exemplo, foi bloqueado temporariamente pela Justiça brasileira em pelo menos três ocasiões — mais recentemente na semana passada – como forma de pressionar a empresa a entregar à Polícia Federal dados de usuários suspeitos de cometer crimes no país.

Comparado ao conteúdo no Facebook, Twitter e outras redes sociais nas quais os usuários compartilham informações abertamente com outros usuários, no entanto, os dados enviados pelo WhatsApp e serviços de mensagens semelhantes são criptografados. Os dados são embaralhados antes do envio, de modo que as empresas alegam que nem elas mesmas conseguem acessá-los.The New York Times

Verizon compra Yahoo! por US$ 4,8 bilhões

A Yahoo foi uma das pioneiras no setor, mas não conseguiu se sustentar diante da concorrência (Foto: Flickr/Yahoo Pressebilder)

A empresa de telecomunicações americana Verizon anunciou nesta segunda-feira, 25, a compra da Yahoo! por US$ 4,83 bilhões.

A aquisição faz parte dos planos da Verizon para fazer da empresa uma companhia global de mídia. No ano passado, a empresa já havia adquirido por US$ 4,4 bilhões a AOL, empresa que, assim como a Yahoo!, foi uma das pioneiras no setor, mas não conseguiu se sustentar diante da concorrência.

A Yahoo! será integrada à AOL e ficará sob o comando de Marni Walden, CEO da Verizon. Em nota, a Verizon afirmou que a Yahoo! tem mais de um bilhão de usuários ativos por mês, o que inclui 600 milhões de usuários por celular. O presidente da Verizon, Lowell McAdam, disse que a compra da Yahoo! vai colocar a Verizon “em uma posição altamente competitiva e vai aumentar a receita da empresa com publicidade digital”.

A compra ainda deve ser submetida a órgãos reguladores e aos acionistas da Yahoo!. A expectativa é de que o processo seja concluído no primeiro semestre de 2017. Até lá, a Yahoo! continuará operando de forma independente.

A venda da Yahoo marca o fim da gestão de Marissa Mayer como CEO da empresa. Marissa chegou ao comando da Yahoo! em 2012. Antes disso ela era uma das principais executivas da Google. A chegada de Marissa à Yahoo! foi carregada de expectativas de uma reinvenção da empresa. No entanto, nenhuma das ações tomadas pela CEO teve o resultado esperado e a empresa continuou a apresentar queda no faturamento e resultados negativos.

Em nota divulgada na rede social Tumblr, Marissa disse que a Yahoo! “mudou o mundo” e continuará a fazer isso incorporada à AOL. Marissa disse que pretende continuar na Yahoo!. Porém, Marni Walden disse em entrevista ao canal de notícias CNBC que será criada uma nova equipe de liderança.Folha

Dedo do Diabo: como ocorrem os raros e impressionantes tornados de fogo


Os temidos tornados de fogo são muito mais que uma lenda: são grandes incêndios florestais, que varrem tudo o que está pelo caminho.
Eles oorrem quando as condições de temperatura, vento e topografia produzem uma coluna de fogo que pode medir até 1 km de altura. Fenômenos como esses já foram registrados no interior de São Paulo e também em Palmas, no Tocantins.

Um dos tornados de fogo mais famosos foi registrado na Segunda Guerra Mundial, em Dresden, na Alemanha, quando morreram entre 25 e 40 mil pessoas. O escritor Kurt Vonnegut estava preso nessa cidade e foi o primeiro a se referir a esse tipo de tornado como o “Dedo do Diabo”.

Nessa pequena cidade, foram lançadas 4 mil toneladas de bombas e essa explosão produziu um tornado de fogo tão grande que chegou a ser descrito como um Armagedon pelo autor norte-americano. Criadas pela natureza ou pelas próprias mãos humanas, essas colunas continuam sendo um símbolo do medo e da destruição.supercurioso.com

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Mensagem do Dia

Eleições Municipais 2016


Lançado oficialmente no ultimo final de semana pelo PMDB
O maior partido do Brasil...o prof. Carlos Maneschy a
Prefeito de Belém.

Carlos Maneschy engenheiro Mecânico de formação e ex-reitor
da Ufpa...Diga-se,o professor maneschy apresenta-se como
o diferencial nesta campanha em busca de uma Belém verdadeira.