sábado, 30 de junho de 2012

Consumidor pode pagar mais caro a partir de amanhã


Os consumidores que forem abastecer seus veículos com óleo diesel nos postos de todo o país, a partir de amanhã (1º), poderão pagar um aumento médio de R$ 0,02 (dois centavos) pelo litro do derivado.

Segundo nota divulgada pela Federação Nacional do Comércio de Combustíveis Lubrificantes (Fecombustíveis), que representa os postos de serviços e revendedores de gás liquefeito, os postos de combustíveis já vêm sendo comunicados por suas distribuidoras de que haverá elevação no preço de custo do litro de diesel.

A alta decorre dos maiores valores cobrados pelo biodiesel no vigésimo sexto leilão do produto, realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com o início das entregas previsto para amanhã.

A elevação nada tem a ver com o reajuste do preço do diesel na refinaria, anunciado pela Petrobras na semana passada. A Fecombustíveis lembra que, desde janeiro de 2010, todo diesel rodoviário comercializado no Brasil possui 5% de biodiesel, o chamado B5.

Em entrevista dada hoje (30), à Agência Brasil, o presidente da Fecombustíveis, Paulo Miranda Soares, ressaltou que o aumento de 3,4%, concedido na semana passada, para o diesel vendido em suas refinarias, não impactou o consumidor, tendo em vista que o governo federal zerou a alíquota relativa à Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).

“Esse repasse médio de dois centavos decorre exclusivamente do aumento do óleo vegetal. No caso, é o biodiesel que é misturado ao diesel convencional. Segundo o atual modelo de comercialização de combustíveis no Brasil, o posto revendedor não pode comprar produto diretamente da refinaria ou das usinas, adquirindo-o exclusivamente das distribuidoras”, disse.

Assim, o preço do diesel, inevitavelmente, acaba vinculado ao valor cobrado pelas distribuidoras. O presidente da Fecombustíveis ressaltou que o mercado é livre e competitivo em todos os segmentos, e que, portanto, caberá a cada distribuidora e posto revendedor decidir se repassa ou não ao consumidor os maiores preços, bem como em qual percentual, de acordo com suas estruturas de custo.

“Nós estamos alertando os consumidores sobre a possibilidade do aumento porque as companhias distribuidoras já nos avisaram que estão comprando esse óleo [biodiesel] mais caro e que teriam que repassar este aumento. É preciso ressaltar, ainda, que as margens de comercialização do óleo diesel são muito pequenas – são as menores dentre todos os derivados. Eu dificilmente acredito que o revendedor consiga absorver o aumento sem repassá-lo ao consumidor final”, disse. (Agência Brasil)

Celular Bloqueado

Operadoras de telefonia móvel estão proibidas de vender celular bloqueado


O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) proibiu as empresas de telefonia móvel a vender aparelhos celulares bloqueados ao consumidor. Se descumprirem, as operadoras podem ser multadas em R$ 50 mil por dia.

A decisão foi tomada pela 5ª Turma do tribunal, divulgada ontem (29) pelo órgão, em resposta a um recurso apresentado pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a sentença de um juiz de primeira instância favorável à prática do bloqueio dos aparelhos. Ainda cabe recurso da decisão.

O MPF argumenta que o bloqueio dos celulares caracteriza a prática conhecida como fidelização, obrigando o consumidor a ficar “ligado a uma única operadora”. Já as empresas de telefonia móvel alegam que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autoriza o bloqueio por até 12 meses como forma de fidelização e que, “para conceder determinados benefícios, a operadora arca com o preço do aparelho e acaba por transportar determinados encargos para o mercado”.

O relator do processo, desembargador federal Souza Prudente, rebateu o argumento das empresas. De acordo com ele, a norma da Anatel é equivocada por propiciar a venda casada, o que “configura uma violência contra o consumidor”.

Para a desembargadora federal Selene Almeida, que acompanhou o voto do relator, a fidelização afronta os direitos do consumidor, porque o que as empresas “estão fazendo, através de descontos concedidos em troca de aparelhos, é restituirem-se do desconto com a prestação do serviço, já que o valor das mensalidades acaba por pagar, com sobras, os benefícios concedidos”, segundo informações publicadas na página do TRF1 na internet.Agencia Brasil

sexta-feira, 29 de junho de 2012

"Eu te amo meu Brasil"... Alguém ai,lembra disso?

TSE libera candidatura de contas-sujas

Com o voto do ministro José Antonio Dias Toffolli, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu ontem por 4 votos a 3 que quem tem contas eleitorais sujas poderá ser candidato nas eleições municipais deste ano. De acordo com estimativa do tribunal, cerca de 21 mil políticos integram o cadastro da Justiça Eleitoral de contas rejeitadas.

O veto aos chamados contas-sujas estava previsto em instrução baixada pelo próprio tribunal em março passado. A norma impedia de concorrer ao pleito os candidatos que não conseguiram ter aprovadas, pela Justiça Eleitoral, as prestações de contas de campanhas anteriores. O pedido de reconsideração da instrução foi feito pelo PT com o aval posterior de outros 17 partidos.

A votação, que começou na última terça-feira, estava empatada em 3 a 3 e foi suspensa com pedido de vista de Dias Toffoli, que, além de integrar o TSE, é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Ontem ele deu o voto decisivo, ficando vencidos os ministros Nancy Andrighi, relatora do processo, Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello, estes dois últimos também do STF.

Toffoli seguiu a tese dos ministros Henrique Neves, Gilson Dipp e Arnaldo Versiani, para os quais basta ao candidato a apresentação das contas para obtenção da quitação eleitoral. Dipp explicou que as consequências da rejeição das contas estão previstas na Lei n.º 9.504/1997 (Lei das Eleições). O artigo 30-A da norma estabelece que cabe ao Ministério Público verificar se é ou não caso de gasto ilícito e apresentar denúncia perante a Justiça Eleitoral.

"Todas essas questões serão examinadas pelo Ministério Público. Se houver um grave ilícito na prestação de contas, o Ministério Público ajuizará a ação e essa sim é capaz de chegar à inelegibilidade do candidato", disse o ministro Dias Toffoli.

Recuo. Em março, o TSE mudou uma interpretação que estabelecia como condição para o registro de candidaturas apenas a apresentação das contas, e não a necessidade de que tenham sido aprovadas. Após as eleições, todos os candidatos têm de prestar contas sobre gastos e arrecadações da campanha.

"Quem não tiver quitação eleitoral (conta aprovada), não terá o registro (da candidatura)", resumiu na ocasião o então presidente da Corte, ministro Ricardo Lewandowski.

A restrição derrubada ontem após o recuo do TSE se somaria à da Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de condenados por órgãos colegiados e de políticos que renunciam para evitar processos de cassação, chancelada em fevereiro pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Os partidos alegaram que a decisão anterior da Corte ignorava o prazo da anualidade, pela qual a legislação eleitoral deve ser adotada pelo menos um ano antes do pleito.

Na representação ao TSE, o PT afirmou que a lei em vigor, de 2009, entende como quitação eleitoral a apresentação das contas, "afastando, pois, de modo definitivo, a exigência de julgamento do mérito". "Estar quite é apresentar a prestação de contas", insistiu o partido, que ontem, junto com as demais legendas, viu a tese ser vitoriosa com o recuo dos ministros do TSE.Estadão

Happy Hour

Os caminhos coloridos que cada um de nós possuímos

Pensamento da sexta:

Um olhar muita das vezes diz mais
do que palavras...que bom será,se
suas palavras forem tão verdadeiras
quanto o seu olhar.

O som da sexta:










Na Cidade Universitária (7)

(ASCOM/UFPA)
Meus amigos,conhecida como a feira do Vestibular...há XIV
FEIVEST 2012 esta de fato bombando e vocês sabem que aqui
neste espaço só divulgamos evento que vale à pena...portanto,
não deixem de conferir e ainda dá tempo para curtir,mais este
evento da nossa PROEG.

Na oportunidade,parabenizamos todos os profissionais
que estão envolvidos na realização deste grandioso evento

Merecido titulo para a Cidade Maravilhosa

O dia D para o Rio virar patrimônio da humanidade

O dia D para o Rio virar patrimônio da humanidade

RIO - O carioca pode ter mais um motivo para comemorar neste fim de semana. Na madrugada de sábado, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) avaliará se as belas paisagens pelas quais a cidade é mundialmente famosa podem lhe garantir o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, na categoria paisagem cultural. O critério, que é usado desde 1992 para áreas rurais e pequenos trechos urbanos, será usado pela primeira vez para avaliar uma cidade inteira. Conforme publicou ontem a coluna Gente Boa, do GLOBO, a candidatura da cidade está na pauta da 36ª Reunião do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, que este ano acontece em São Petersburgo, na Rússia.
A ministra da Cultura, Ana de Hollanda, e o presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Luiz Fernando de Almeida, já viajaram e estão no local da reunião para defender o dossiê da candidatura, entregue em 2009. O documento argumenta que a importância e o valor universal da cidade estão principalmente na soma da sua beleza natural com a intervenção humana.
De acordo com a coordenadora de cultura da Unesco no Brasil, Jurema Machado, há uma expectativa bastante positiva sobre a candidatura, uma vez que os consultores independentes que fizeram a análise do dossiê constataram que, do ponto do vista técnico, a cidade se enquadra na categoria paisagem cultural. Jurema, no entanto, diz que a aprovação ainda é uma interrogação:
— O comitê avalia não só a parte técnica, mas a capacidade de conservação do bem a ser inscrito na lista de patrimônio. E uma área tão extensa como a do Rio é um desafio. Os técnicos fizeram uma análise muito positiva, mas apresentaram uma ressalva no que diz respeito à gestão. Para eles, esta questão deve ser mais bem estruturada. A argumentação do Iphan é boa, mas o resultado vai depender do que os 21 países integrantes da comissão vão interpretar.
Segundo Jurema, a reunião pode ser acompanhada pela internet, no site da Unesco. O link é: http://whc.unesco.org/en/sessions/36COM. O Globo




Reformando Pensões

As mudanças nas pensões

Maior mudança é a implementação da carência para recebimento de pensões nos casos de morte

A despeito das especulações, o governo já tem no prelo a nova reforma previdenciária, ao qual a coluna teve acesso. A maior mudança é a implementação da carência para recebimento de pensões nos casos de morte. Só haverá benefício para órfãos e cônjuges com contribuição mínima de dois anos. O mesmo período — dois anos de união estável comprovada — será determinado para o direito a pensão no casamento. Será extinta a pensão vitalícia para as(os) viúvas(os) jovens, para cônjuge com idade inferior a 40.

A conta

Em 2011, o valor das pensões bateu R$ 61,6 bilhões. A reforma, se concretizada, vai gerar economia de R$ 1,8 trilhão ao Tesouro até 2050, diz o estudo.

Subindo

‘Em percentual do PIB, a despesa com pensões da Previdência cresceu de 1,1%, em 1995, para cerca de 1,5% do PIB em 2011’, alerta o documento.

Só aqui

Pensões por morte já respondem por 27,4% do estoque de benefícios da Previdência. O Brasil é o único país onde não há carência de tempo de contribuição para os casos.

Pré-reforma

A implementação da carência é fundamental, avalia o governo. Segundo o levantamento, a economia será de R$ 54,9 bilhões até 2018. ‘O Brasil possui regras injustificadamente frágeis para a concessão e manutenção das pensões em comparação com outros países’, justifica o documento que vai balizar o discurso presidencial.

País dos velhinhos

A chamada transição demográfica preocupa. ‘O envelhecimento populacional irá resultar, em média, em cerca de 1 milhão a mais de idosos por ano nas próximas quatro décadas’.

Turma da bengala

Está comprovado que o Brasil envelhece a passos largos. O número de idosos irá passar do atual patamar de 20,6 milhões para cerca de 64 milhões em 2050. A reforma é essencial para segurar as contas, avaliam os governistas.Col. Esplanada

Mais Selvagem...

Foto de Juliana Paes nua faz sucesso em rede social

A foto foi postado por Alê de Souza em seu Instagram (Foto:Reprodução)

Uma foto que mostra a atriz Juliana Paes nua, mas sem mostrar suas partes íntimas, está fazendo sucesso nas redes sociais nesta quinta-feira (28).
Tudo porque o fotógrafo da imagem, Alê de Souza, resolveu compartilhar o clique no Instagram dele. Na foto, a intérprete de "Gabriela" mostra que está em ótima forma.
Também nesta quinta (28), o jornal "Extra" informou que a atriz terá de fazer um implante de pelos pubianos para gravar uma cena de nu frontal da sua personagem na trama das 23h da Rede Globo.
A justificativa é que a Gabriela interpretada por Juliana está muito "limpinha" e pouco selvagem.Notas OMG

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Pode ser o inicio do fim.

Líderes europeus propõem mudanças radicais para zona do euro


Relatório contém pensamento radical de como remodelar a zona do euro (Reprodução/Internet)

Um grupo de influentes autoridades europeias sugeriu nessa terça-feira, 26, por meio de um relatório, uma série de medidas para a união monetária do euro, que oferecem uma visão radical de mudança, mas que podem levar anos até serem implantadas.

O relatório – com sugestões que vão desde a implantação de uma autoridade central capaz de vetar orçamentos nacionais até a criação de uma dívida pública coletiva – delineou os pontos de discussão para a muito aguardada cúpula da União Europeia, que terá início na quinta-feira, 28.

Dada a complexidade da União Europeia, autoridades alertaram que tais alterações devem levar até uma década para serem adotadas, principalmente porque algumas delas devem enfrentar forte oposição.

Os investidores estão se preparando para a probabilidade de que a cúpula de dois dias falhe na produção de uma solução imediata para a crise. “Eu não acho que vamos conseguir qualquer coisa nesta semana”, disse Sebastian Dullien, conselheiro sênior de política no Conselho Europeu de Relações Exteriores em Berlim. “Havia expectativa de um avanço, mas a Alemanha não está pronta para tomar as medidas necessárias, ou pelo menos suas condições são rígidas o suficiente para que os outros países não estejam preparados para enfrentá-las”.

O relatório emitido pelo presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, o presidente do Eurogrupo Jean-Claude Juncker e o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, contém um pensamento bastante radical de como remodelar a zona do euro.

Prazos

Pelo menos uma das medidas – a criação de uma união fiscal europeia – poderia começar a se concretizar em curto prazo. Os líderes europeus parecem estar se movendo em direção a um acordo que estabelece uma união bancária que poderia integrar os sistemas financeiros das 17 nações da zona do euro, com a esperança de que o resto da União Europeia aderisse à união no futuro próximo.

Ainda assim, persistem as dúvidas sobre a rapidez com que essa união seria instalada, começaria a funcionar e ainda, se ela seria abrangente o suficiente para restaurar a confiança no mercado financeiro europeu.

Os ministros de Finanças das quatros maiores economias da Europa foram chamados nesta terça-feira, 26, para discutir a agenda da cúpula. Participarão da reunião também a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente francês François Hollande.

Não houve indicação de que Angela Merkel teria desistido de sua posição que defende uma série de medidas de curto prazo para a Espanha e a Itália, destinada a conter o pânico dos investidores nesses países específicos, onde o custo de empréstimos subiu a níveis perigosos.

Na verdade, como já aconteceu em vários encontros passados, os líderes europeus parecem divididos em relação à atitude que deve ser tomada para gerenciar a crise, com a poderosa Alemanha focada em um metódico ritmo de pequenos ajustes para o euro e se opondo a soluções rápidas propostas pelos seus países vizinhos. As divergências diminuem as esperanças de se chegar a uma solução a curto prazo para a crise.

Crise persiste

Na segunda-feira, 25, a Espanha solicitou formalmente um pacote de resgate para ajudar seus bancos em dificuldade, enquanto o minúsculo Chipre também anunciou que iria se tornar o quinto país da Europa a solicitar socorro.

Um dos acordos mais tangíveis que dão forma à cúpula da próxima quinta-feira é de um plano francês de disponibilizar 162 bilhões de dólares em fundos para a União Europeia, visando o crescimento e a criação de empregos. Mas os analistas alertam que o dinheiro pode ser gasto e usado de forma que o seu impacto em países mais atingidos, como Grécia, Itália e Espanha, poderia ser limitado. “O dinheiro para o desenvolvimento é bom, mas não vai resolver a crise do euro”, disse Jean Pisani Ferry, diretor do Bruegel, de Bruxelas.The Washington Post


ATENÇÃO!...O Plantão do blog informa


Segundo informações do jornalista Jr. Avelar da
Radio Clube...A Policia Federal acaba de prender
toda a cupula da IFPA antiga Escola Técnica incluindo
ai o Reitor Edson Ary Fontes,mais detalhe a qualquer
momento.

Conversando com você


Do controle absoluto

O guerreiro toma cuidado com as pessoas que acham que podem controlar o mundo, determinar seus próprios passos, e estão certas de conhecer o caminho. Elas estão sempre tão confiantes em sua própria capacidade de decidir, que não percebem a ironia com que o destino escreve a vida de cada um.

O guerreiro da luz tem sonhos. Seus sonhos o levam adiante. Mas ele jamais comete o erro de pensar que o caminho é fácil e a porta é larga.

Sabe que o Universo funciona como funciona a alquimia: ‘solve et coagula’, diziam os mestres. “Concentra e dispersa tuas energias, de acordo com a situação”.

Existem momentos de agir, e momentos de aceitar.

Paulo Coelho



Existe momentos que a gente sente saudades do nosso
começo,dos nossos sonhos e de nossas verdades...que
muitas das vezes deixamos ao relento do orvalho de
nossas vidas-wellington

Menina Rosa que desabrochou

Gravidez é maior causa de morte entre adolescentes no mundo, diz ONG


Uma organização de defesa dos direitos da infância afirmou nesta quarta-feira que a gravidez é a principal causa de morte entre adolescentes em todo o mundo.

A Save the Children, com sede na Grã-Bretanha, diz que pode parecer paradoxal que o processo de nascimento acabe se tornando a principal causa de morte de adolescentes no mundo.

Gestações e partos causam anualmente o falecimento ou sérias lesões em um milhão de adolescentes, a maior parte das jovens com poucos recursos, pequeno acesso à educação e moradoras de países em desenvolvimento

Segundo um relatório da Save the Children, a raiz do problema está na falta de acesso a métodos anticoncepcionais e ao pouco planejamento familiar em muitos países.BBC Brasil

Será que vai funcionar?

Aprovado primeiro remédio contra obesidade em 13 anos

Um terço dos adultos americanos é obeso (AFP)

A agência reguladora dos medicamentos nos Estados Unidos aprovou pela primeira vez em 13 anos um remédio para tratar a obesidade, o Lorcaserin, comercializado como Belviq e fabricado pelo laboratório Arena Pharmaceuticals.

“A Administração de Alimentos e Fármacos dos Estados Unidos (FDA) aprovou hoje o Belviq (cloridrato de lorcaserin), como um aditivo a uma dieta de baixas calorias e exercícios de sobrepeso crônico”, afirmou um comunicado.

A decisão da FDA segue a recomendação de um painel de especialistas que, em 10 de maio, pediu a comercialização deste medicamento para adultos obesos e com ao menos uma das doenças relacionadas ao excesso de peso, como a hipertensão ou a diabetes.

O medicamento funciona controlando o apetite através de receptores no cérebro mediante a ativação do receptor da serotonina 2C.

Os testes clínicos mostraram que o medicamento ajudou os pacientes a perder uma média de 3 a 3,7% de seu peso corporal depois de um ano, em comparação com um placebo, disse a FDA.Le Monde

A chapa vai esquentar!... Cuidem-se...

Aliança antitraição

Você acha que seu parceiro (a) está pulando a cerca? Então olha só a novidade que o site 'thecheeky.com' está vendendo:


Trata-se de uma aliança antitraição. O anel deixa uma marca no dedo da pessoa com a palavra 'married' (casado). Ela é feita de titânio e custa US$ 550, ou seja, mais de R$1.100.
#Podeisso, Casa das Alianças?

quarta-feira, 27 de junho de 2012

MADE IN AMAZÔNIA



E foi assim que tudo aconteceu:

Na ultima segunda feira 25,na Federal de Ouro Preto (UFOP)...
reuniu-se a plenária da ANDIFES - Associação Nacional dos Dirigentes
das Instituições Federais de Ensino Superior...dentre os assuntos
em pauta,estava a eleição do novo presidente da entidade.

Transcrevemos agora o relato dos fatos,segundo o Site da UNB:

"Terminou empatada a eleição para a presidência da Andifes realizada na tarde desta segunda-feira na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), onde ocorre reunião ordinária da Associação dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior. Quarenta e oito reitores de um total de 59 compareceram ao pleito. Vinte e quatro votaram em Roberto Salles, candidato de oposição, e reitor da Federal Fluminense. O mesmo total votou em Carlos Edilson Maneschy, da Federal do Pará, e integrante da atual diretoria da Andifes.

O empate é inédito nos 23 anos de história da entidade e surpreendeu os defensores das duas chapas. Não há no regimento qualquer indicação sobre como proceder nesse caso e, por isso, ao final da tarde, o plenário resolveu por unanimidade reconvocar as eleições para julho. “Essa situação não estava prevista no nosso estatuto. Na continuação da reunião, amanhã, vamos definir um dia para outra reunião, em Brasília, onde a eleição será refeita”, explicou o professor João Luiz Martins, reitor da UFOP e atual presidente da Andifes."

Nível do debate entre os candidatos:

“O debate entre as chapas foi bastante cordial. Os dois lembraram que após o novo pleito, independentemente do resultado, a voz da Andifes será uma só”, conta o vice-reitor João Batista de Sousa, representante da UnB na reunião de Ouro Preto. “O candidato de oposição quer uma Andifes mais política, mais presente no Parlamento e no Executivo. Já o Meneschy quer investir na Andifes como negociadora e formuladora de políticas”, completou o professor de Medicina da UnB.

Bem meus leitores,esses foram na verdade fatos surpreendentes e inusitados
nunca antes acontecido dentro da ANDIFES,como o próprio site cita nos 23 anos
de existência desta entidade.Se vocês observarem,o Maneschy falado no relato
acima é de fato ele:


Reitor Maneschy(UFPA)

Que mais uma vez surpreende desta feita no Cenário Acadêmico Nacional,
através da ANDIFES mostrando ao Brasil e em condições de igualdade
com as demais cabeças pensantes neste importante cenário politico/institucional,
a sua visão acadêmica do ensino superior no Brasil e fortalecimento
da ANDIFES para que essa possa ter uma ação macro e mais progressista
tendo como principal meta um ensino superior de qualidade.

Uma verdade inconveniente no nosso caso...Rio+20

‘Guardian’: Rio+20 evidencia que futuro do planeta é irrelevante para governantes


Líderes mundiais que participaram da conferência no Rio concordaram solenemente em manter as coisas como estão, critica colunista do jornal 'Guardian'

Em matéria publicada no Guardian, o articulista George Monbiot afirma que a Rio+20 talvez tenha sido o maior fracasso da liderança coletiva desde a Primeira Guerra Mundial. Os sistemas vivos da Terra estão em colapso e os líderes de algumas das nações mais poderosas do mundo – Estados Unidos, Rússia, Alemanha, Reino Unido – sequer se incomodaram em discutir o assunto. Aqueles que participaram da conferência realizada na semana passada no Rio de Janeiro concordaram solenemente em manter as coisas como estão.

Para o Guardian, os esforços dos governos não estão concentrados em defender a Terra da destruição, mas em defender a máquina que está destruindo-a. Sempre que o capitalismo sofreu com suas próprias contradições, os governos se esforçaram para consertá-lo, garantindo assim – mesmo que ele consuma as condições que sustentam nossas vidas –, que ele continue.

O pensamento de que o capitalismo pode ser a máquina errada para movimentar o mundo sequer passa pela cabeça dos políticos, que pensam apenas em enriquecer a elite econômica. Temos o nosso pão e, agora estamos vagando, em devaneio encantado, rumo ao circo.

De acordo com Monbiot, usamos nossas liberdades de forma sem precedentes – garantidas a custo dos nossos antepassados – não para promover a justiça e a defesa dos nossos interesses comuns, mas para um exercício desenfreado de comprar o que não precisamos. As mentes mais criativas do mundo são usadas não para melhorar a vida da humanidade, mas para conceber meios cada vez mais eficazes de estímulo, para neutralizar as satisfações crescentes de consumo. A dependência no consumo assegura que todos nós, inconscientemente, conspiremos para que tenhamos uma vida de buscas inatingíveis. O fracasso no Rio de Janeiro pertence a todos nós.

O fim das megaconferências?

A conferência marca o fim dos esforços multilaterais para proteger a biosfera. O único instrumento de sucesso global – o Protocolo de Montreal, relativo à emissão de substâncias que destroem a camada de ozônio – foi acordado e implantado anos antes da primeira cúpula, em 1992. Foi um dos últimos frutos de uma política diferente, em que aconteceu uma intervenção no mercado em nome de um bem maior. Tudo que tem sido discutido desde então tem levado a fracos ou a nenhum acordo.

Segundo o Guardian, falar isso não é sugerir que o sistema global e suas cada vez mais inúteis reuniões anuais vão desaparecer, ou mesmo mudar. Os governos que participaram da Rio+20 e de todos os encontros que evidenciaram a falta de responsabilidade com o assunto parecem cegos para o fato de que, se as soluções não apareceram nos últimos 20 anos, o erro está no sistema. Eles ignoram, cientes de que não haverá sanções políticas, que as gerações futuras terão que lidar com a bagunça que eles irão deixar pra trás. O colunista do Guardian não sugere o abandono do multilateralismo. Acordos sobre a biodiversidade, os oceanos e o comércio de espécies ameaçadas podem conseguir alguma redução da destruição da biosfera que a máquina do consumo desencadeou, defende Monbiot. Mas isso é tudo. A ação – se é que ela existe – deverá vir de outro lugar. Os governos que realmente têm uma preocupação com o planeta terão que trabalhar sozinhos e não haverá nenhum meio de convencer os eleitores de que suas ações serão correspondidas por outros países.

Que perdemos a chance de impedir o aumento de dois graus de aquecimento global parece óbvio, diz o colunista. Que a maioria dos outros limites planetários também será cruzado também é evidente. Então, o que vamos fazer agora? The Guardian

Parece que agora vai?

Ricardo Lewandowski entrega voto revisor do processo do mensalão


Julgamento do mensalão poderá ocorrer em primeiro de agosto (Reprodução/Internet)

O ministro Ricardo Lewandowski, revisor do processo do mensalão, liberou nesta terça feira, 26, seu voto no processo do mensalão. O fato deixa o processo pronto para ser julgado no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). Contudo, ainda é preciso notificar os advogados dos réus envolvidos no processo e publicar a movimentação processual.

Segundo Lewandowski, se ainda hoje houver uma publicação (edição extraordinária do diário de Justiça) o julgamento poderá ocorrer em primeiro de agosto, conforme já estava programado. A decisão de fazer ou não a publicação caberá à presidência do STF.

Em conversa com jornalistas, Lewandowski afirmou estar sendo pressionado para entregar o voto. “Fiz das tripas coração para respeitar o que foi estabelecido pelos ministros da Casa. Foi o voto revisor mais curto da história do STF, mas sem prejuízo da qualidade. Estamos prontos para o julgamento”, disse. O ministro também acrescentou que vai apresentar o voto detalhado sobre o relatório final do ministro Joaquim Barbosa.

O Globo

Cirurgia bariátrica...pode ser uma saida

Cirurgia bariátrica cura diabete em 88% dos pacientes, mostra estudo


Em pessoas com obesidade leve, diabete do tipo 2 teve tratamento auxiliado pela técnica; Conselho Federal de Medicina já considera a operação como alternativa

Um estudo brasileiro mostrou que a cirurgia bariátrica pode auxiliar o combate à diabete do tipo 2 em pessoas com obesidade leve. O trabalho, publicado na revista Diabetes Care, da Associação Americana de Diabete, avaliou 66 pacientes por seis anos, o acompanhamento mais longo até agora.

O Conselho Federal de Medicina já considera a cirurgia bariátrica uma alternativa válida no tratamento de pessoas com diabete aliada a obesidade grave ou mórbida (ou seja, com índice de massa corporal superior a 35 kg/m²).
O trabalho recém-publicado avaliou pacientes com obesidade moderada (índice de massa corporal entre 30 e 35 kg/m²) que recebiam tratamento no Hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo.

Cerca de 88% dos participantes tiveram remissão do diabete – os médicos não costumam falar em cura. Depois de um período que variou de 3 a 26 semanas, eles deixaram de utilizar remédios orais e, desde a cirurgia, os sintomas não retornaram. Nos demais pacientes, mais de 11% registraram melhora no controle de açúcar no sangue.

Todos passaram por uma cirurgia conhecida como bypass gástrico, o mais popular tipo de cirurgia bariátrica no mundo (mais informações nesta página). “Utilizamos a técnica mais difundida e bem estabelecida”, explica Ricardo Cohen, coordenador do estudo e presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

Cohen afirma que a cirurgia deve ser cogitada quando outras alternativas clínicas já foram descartadas por se revelarem ineficazes. “O paciente que não reage a outros tipos de tratamento pode receber a indicação da cirurgia”, aponta o médico. “Mas antes é preciso tentar mudanças nos hábitos e medicamentos.”

O endocrinologista Sergio Atala Dib, coordenador do Centro de Diabetes da Escola Paulista de Medicina, concorda. “Os resultados (da cirurgia bariátrica) são promissores e apontam para uma estratégia quando outras abordagens falharam”, afirma.

Para Cohen, estudos como o que acaba de ser publicado devem motivar nos próximos anos uma ampliação dos casos em que a cirurgia pode ser indicada no País – para incluir os casos de obesidade moderada.

Tendência mundial. Airton Golbert, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, tem acompanhado de perto os resultados e também enxerga uma tendência parecida em todo o mundo. “Em 2010, a Federação Internacional de Diabete manifestou o consenso de que a cirurgia pode ser conveniente em alguns casos de pessoas com obesidade moderada”, recorda.

Mas sublinha que são necessários estudos com um número maior de voluntários. “Há publicações em revistas científicas importantes com algumas dezenas de pacientes”, aponta. “Para a indicação de um novo tratamento, normalmente são realizados testes clínicos que envolvem de 3 a 5 mil pessoas acompanhadas durante um período que pode variar de seis meses a dois anos.”

Walmir Coutinho, do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Diabetes, considera primordial uma coordenação dos estudos em andamento, nas diversas instituições, para que possam fundamentar um protocolo coerente de indicação da cirurgia. “Cada equipe costuma utilizar uma metodologia, com critérios próprios”, afirma. “Desse jeito, fica difícil tornar os dados comparáveis.”

Ele mesmo participa de um estudo que verifica a conveniência da cirurgia para pessoas com diabete e sobrepeso (índice de massa corporal superior a 25 kg/m²). “Os resultados são bons, mas ainda não está claro se são melhores que os da abordagem tradicional”, diz Coutinho.

A diabete do tipo 2 é a forma mais comum da doença – corresponde a 90% dos casos. Afeta geralmente pessoas obesas com mais de 40 anos de idade. Ao contrário da diabete do tipo 1, que costuma ter raízes hereditárias, a do tipo 2 surge como consequência de maus hábitos alimentares e sedentarismo.
Vida nova. O empresário Claudionor Inácio da Silva, de 56 anos, participou do estudo realizado no Hospital Oswaldo Cruz. Ele tinha obesidade moderada e convivia havia 14 anos com a diabete. Durante quatro anos, precisou de remédios. Durante dez, recebeu injeções de insulina.

“Começava a ter problemas de visão. As feridas não cicatrizam. E você sofre uma série de restrições alimentares. É muito ruim”, recorda. “Hoje eu como de tudo, bebo uma taça de vinho por dia”, conta o empresário. A cirurgia também ajudou Silva a perder peso. Hoje, seu índice de massa corporal é considerado normal.

Contudo, o coordenador do estudo e presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica aponta que o estudo não mostrou uma correlação direta entre perda de peso e controle da diabete. “Mesmo pacientes que não emagreceram tanto tiveram uma grande melhora no seu quadro clínico”, aponta.Estadão

Criminalização....

Homofobia deve ser criminalizada?


Marcha contra a homofobia no ano passado em Brasília (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) apresentou ao Supremo Tribunal Federal um pedido pela criminalização da homofobia.

Um projeto tramita desde 2001 no Congresso, que ainda não conseguiu decidir sobre o assunto por causa da resistência de religiosos. A Justiça, por sua vez, já concedeu a homossexuais o direito à adoção, à união estável e ao casamento gay.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o presidente da ABGLT disse que o movimento está “depositando a esperança no Supremo, porque no Congresso está difícil”. A associação argumenta que, ao afirmar que o Estado deve punir a “discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais”, a Constituição determina que a discriminação e a violência contra homossexuais sejam criminalizadas.

Homofobia como forma de racismo
A ABGLT quer, portanto, que o STF reconheça que o Congresso tem o dever constitucional de aprovar uma lei nesse sentido, fixando um prazo razoável para tal e punindo a discriminação baseada em orientação sexual ou identidade de gênero, incluindo a “heterofobia”.

A associação quer ainda que, caso o Congresso ignore a decisão, o Supremo considere a homofobia como uma forma de racismo, aplicando assim a lei que já existe.Folha.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Quando o Mundo procrastinou sobre o seu próprio Futuro

As Conclusões da Rio+20



Conclusão

De onde virá o dinheiro?

A principal questão discutida é como os países pobres podem se desenvolver sem criar toda a poluição que os países ricos colocaram no mundo para alcançar o patamar atual. Os países em desenvolvimento argumentam que as nações mais ricas devem financiar projetos de energia limpa como a solar e a eólica para os países pobres, mas como o correspondente da BBC, Richard Black, salientou, as nações desenvolvidas não estão fazendo nenhuma promessa. O presidente dos EUA, Barack Obama, a chanceler alemã, Angela Merkel e o primeiro-ministro britânico David Cameron sequer vieram para a Rio+20.

As preocupações dos países ocidentais parecem ser outras. A maioria deles está tentando encontrar maneiras para pagar dívidas. O Brasil, anfitrião da conferência, ofereceu passagens, alimentação e alojamento a qualquer nação pobre que não pode se dar ao luxo de gastar para participar de um encontro como este. E os EUA, com sua enorme economia livre da recessão pesada, com seus líderes políticos centrados na eleição presidencial de novembro, simplesmente não deram a atenção merecida a Rio+20.

Como Francis Vorhies, repórter da revista Forbes escreveu: “O elefante na sala, é claro, é a questão financeira. Com os europeus menos dispostos e capazes de transferir recursos para os países em desenvolvimento, de onde virá o dinheiro para cumprir qualquer novo compromisso firmado na Rio+20?”

Sem comprometimentos

A falta de atenção dos líderes ocidentais com a conferência foi traduzida como uma falta de compromisso para promover mudanças ambientais. O jornal Guardian observou que durante as discussões no Rio, o verbo “incentivar” foi usado mais de 50 vezes, mas que o firme verbo “dever” apenas três vezes.

Sem promessas de apoio dos países ricos e da China em vias de se tornar o maior poluidor do mundo, os países em desenvolvimento devem assumir a liderança na Rio+20. Isso significa que, como disse o britânico príncipe Charles, o mundo “dorme enquanto caminha para uma catástrofe”. Talvez, É tentador ver a Rio +20 como uma catástrofe inevitável, um exercício de discussão inútil e sugerir que cada nação deve simplesmente se afastar.

Às vezes a falha em si pode ser um alerta. Grupos de ativistas ambientais têm se esforçado nos últimos anos para conseguir que a mídia aborde a questão da sustentabilidade. Os órgãos de imprensa têm a responsabilidade de transformar o problema de “concentrações de dióxido na atmosfera” em algo inteligível, para promover um debate construtivo sobre o que se pode fazer para diminuí-lo e evitar a catástrofe.

Escolas também têm papel importante ao educar as crianças sobre as questões ambientais. As empresas privadas cujo poder econômico muitas vezes supera as economias de vários governos nacionais, também têm maneiras de alterar a forma como fazem negócios, reduzindo seu consumo de energia e as emissões de fábricas e escritórios. Os consumidores podem recompensar as empresas que são ambientalmente responsáveis pagando mais por seus produtos ecológicos.

A catástrofe não é inevitável, mas vai demorar a ser Abordada, o que só acontecerá quando houver pressão pública e alguns líderes chaves acharem no assunto um interesse político. isso já aconteceu antes. Na década de 1970 e 1980, protestos estudantis contra as armas nucleares pareciam loucura, quando os líderes norte-americanos e soviéticos estavam no auge de sua rivalidade. Mas em 1987 em Washington, Ronald Reagan e Mikhail Gorbachev assinaram, um Acordo de Forças Nucleares de Médio Alcance, o primeiro tratado para limitar o número de armas nucleares no mundo. A União Soviética estava exausta e afundada em dívidas. Às vezes, as dívidas tornam as pessoas flexíveis e criativas.Cs Monitor

O museu do futuro

Como imagens tridimensionais podem mudar nossa forma de apreciar a arte


Compartilhamento de imagens digitais tridimensionais, uma realidade próxima. (Reprodução/Bloomberg)

Quando Cosmo Wenman visitou o Museu J. Paul Getty em Los Angeles no final de maio, ele fez o que muitas pessoas fazem.

Fotografou algumas de suas esculturas favoritas. Mas ao invés de alguns flashes, Wennman tirou centenas de fotos, documentando bustos e relevos de todos os ângulos acessíveis. Então ele fez algo bem incomum, mas prestes a se tornar comum.

Wennman transformou as fotos em mapas tridimensionais, utilizando um programa gratuito chamado Autodesk 123D Catch. Depois ele usou o programa para imprimir réplicas de plástico em miniatura na sua impressora MakerBot 3-D de US$2 mil em seu escritório caseiro. E ele disponibilizou gratuitamente um de seus melhores scans, postando-o no site Thingiverse, onde os admiradores das impressoras 3D MakerBot compartilham imagens digitais.

No site Thingiverse você também encontra mapas de cerca de 36 outras esculturas do Metropolitan Museum of Art (MET) em Nova York .

Diferentemente da aventura amadora e solitária de Wennman, essas imagens são resultado de uma parceria oficial entre MakerBot Industries LLC e o MET. Este mês o museu terá dois dias de exposição dedicados à ‘Hackathon’, onde artistas trabalham junto com os membros da equipe MakerBot e equipamentos que utilizam o mesmo processo para criar imagens e réplicas de esculturas do MET, assim como seus próprios trabalhos.

Imagens digitais

A tecnologia ainda é primitiva e frustrante, e as imagens produzidas ainda estão longe da perfeição, mas o futuro está claro. As obras primas de arte tridimensional estão se juntando aos conteúdos digitais. Para os amantes da arte esse momento tecnológico representa uma tremenda oportunidade. A combinação entre imagens digitais e impressões em 3D de baixo custo poderia fazer para a arte tridimensional o que a impressão tem feito para pinturas e desenhos ao longo de 500 anos: tornar esses trabalhos conhecidos, admirados e visualmente influentes a pessoas que nunca teriam a chance de vê-los pessoalmente.

“Se você é um professor de arte que sabe usar o MakerBot, você consegue criar uma seção do MET e mostrar durante a aula para incentivar seus alunos”, diz Bre Pettis, cofundador e chefe executivo do MakerBot Industries. É uma chance, nas palavras de Wennman, para “espalhar reproduções de tesouros da arte para além das paredes dos palácios das elites”.

A questão é como os palácios das elites irão reagir. As instituições que detêm os originais apoiam a ideia de tornar os fazer mapas digitais públicos? Ou os museus tentarão bloquear as versões digitais de seus tesouros para que a reprodução se torne pirataria?

Pettis diz que nunca negou que a digitalização de esculturas requer um ‘assalto’ virtual que envolve um scanner caro e muito subterfúgio.

Audiência Global

Museus são, antes de tudo, institutos educacionais sem fins lucrativos dirigidos por amantes das artes que querem compartilhá-la. Eles têm advogados que cuidam dos direitos autorais das obras, claro. Geralmente, os museus têm a posse dos objetos, mas não seus direitos de reprodução. Mas quando o assunto são objetos com mais de um século, vamos torcer para que a ideia de uma pequena loja de presentes empalideça diante da emoção de alcançar uma nova e entusiasmante audiência global.

“É muito animador ver as pessoas se interessarem pela nossa coleção”, disse John Giurini, diretor assistente de assuntos públicos do Museu Getty, quando questionado sobre um vídeo no Youtube postado por Wennman sobre seu projeto.Bloomberg-3

Lançamento Editorial - Divulgando

Lançamento

A artista Regina Mello lança o livro "Passos Partidos" na terça, 26,
às 19h, no Sesc Boulevard, em frente à Estação das Docas. Regina é
artista plástica e poetisa atuante em Belo Horizonte, onde produz e
também é curadora de vários eventos de poesia. Entrada franca.


Regina Mello (foto)

Os links abaixo trazem ainda mais um pouco sobre o trabalho dela:

www.reginamellobr.blogspot.com

www.apoesiadassombras.blogspot.com

Por Cleide Magalhães
Jornalista Profissional - 1563 DRT/PA

Cinema:O Artista

Cão de "O Artista" imortaliza patas no cimento da calçada da fama


Após estrelar em "O Artista", Uggie teve suas patas imortalizadas em Hollywood (25/6/12)

Uggie, o ator canino de “O Artista”, imortalizou suas patas na calçada da fama de Hollywood nesta segunda-feira (25), informou a revista "The Hollywood Reporter".

Apesar do treinador do animal, Omar Von Muller, ter dito que a cerimônia do Oscar 2012 seria a última apresentação do animal, Uggie voltou brevemente da aposentadoria para promover o lançamento do DVD e Blu-Ray de “O Artista”. O cachorro saudou com latidos os fãs presentes ao evento diante do Grauman's Chinese Theater, em Hollywood, onde a partir de agora suas patinhas serão fotografadas por milhares de turistas junto às impressões deixadas por astros como Marilyn Monroe, Clark Gable e outras 200 estrelas de Hollywood.

Uggie chegou à festa em um caminhão de bombeiro e um bolo em formato de hidrante foi feito para homenageá-lo. Von Muller brincou que Uggie não está “se fingindo de morto” na aposentadoria, e que agora não vai mesmo fazer novas aparições públicas. Seu papel em "O Artista" valeu ao astro canino tantos aplausos que a indústria do espetáculo se rendeu ao idoso Jack Russell terrier: em 2001 Uggie ganhou a "Palma de Cachorro" de Cannes e recebeu o prêmio máximo do gênero nos Estados Unidos, a "Coleira de Ouro".

"Tudo mundo diz que sou um grande treinador, e não acho isso. Ele é que é um cachorro muito bom", afirmou Omar Von Muller, anunciando oficialmente a aposentadoria do bichinho. Segundo ele, os cães dessa raça são particularmente muito inteligentes.

O pequeno Jack Russell Terrier, nascido em 2002 e capaz de fazer todos os tipos de truque, sofre de uma doença neurológica e já está muito idoso para enfrentar o desgaste de uma filmagem. No entanto, continuará participando em aparições públicas, segundo seu dono.

"Ele é tão fofo!", era a frase que mais se ouvia durante a cerimônia. Aproveitando todo esse carinho demonstrado pelos fãs e profissionais do espetáculo, o vereador Tom LaBonge anunciou a proclamação do dia 25 de junho de 2012 como o "Dia de Uggie na cidade de Los Angeles" e ofereceu uma torta em sua homenagem.

Depois de imprimir as quatro patas no concreto úmido, Uggie posou ao lado de um Collie e um Pastor alemão, representando os também idolatrados astros caninos "Lassie" e "Rin Tin Tin".

Pêlo branco com uma mancha marrom na cabeça e olhar atento e meigo, Uggie atuou em vários filmes e várias propagandas, mas ganhou fama internacional graças a "Água para Elefantes" e "O Artista", vencedor de cinco Oscar, incluindo o de melhor filme.AFP

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Pelo menos é o que dizem!

Período fértil e as mudanças estranhas


Revista selecionou nove atitudes comprovadas pela ciência durante o período fértil delas

Os hormônios em alta durante o período fértil mudam as mulheres e causam estranhas mudanças comprovadas pela ciência.

O sobe e desce hormonal ao longo do mês pode ser o grande responsável pela maioria das loucuras. Pelo menos, é isso o que afirma a revista “Cosmopolitan” que selecionou nove atitudes comprovadas pela ciência, que a maioria das mulheres tem enquanto está em seu período fértil.

Preferir ‘bad boys’
Segundo um estudo feito pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos, a máxima de que elas preferem os malvados tornasse completamente real, pelo menos nos dias que antecedem a menstruação. O estudo diz que no período fértil, as mulheres tendem a achar que os homens com traços mais marcantes e ar rebelde são melhores pais e maridos.Band


Comunicado do blog...Esclarecimento



Pedimos desculpas aos nossos leitores...devido a problemas
de ordem técnica em nossa internet,solucionado o problema hoje,
no final da tarde...estamos voltando ao ar e estamos providenciando
a atualização de pautas deste blog.

Agradecemos pela compreensão e paciência de todos.

Do Editor.

Wellington

sábado, 23 de junho de 2012

Vai aumentar.....

Petrobras anuncia aumento da gasolina e do diesel nas refinarias, mas preço não sobe nas bombas...Acredite se quiser!



A gasolina e o diesel vão ficar mais caros nas refinarias. A Petrobras anunciou há pouco um reajuste de 7,83% para a gasolina e 3,94% para o diesel. O aumento, no entanto, não terá impacto sobre o preço nas bombas porque a equipe econômica zerou a alíquota da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) para os dois combustíveis.

Em nota oficial, o Ministério da Fazenda anunciou a diminuição do imposto para evitar que o aumento chegue aos consumidores e afete a inflação. A pasta não informou o impacto da desoneração sobre os cofres públicos.

“Para neutralizar os impactos dos reajustes dos preços da gasolina e do diesel anunciados pela Petrobras, o governo federal decidiu reduzir a zero as alíquotas da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente na comercialização destes combustíveis. Dessa forma, os preços, com impostos, cobrados das distribuidoras e pagos pelos consumidores não terão aumento”, informou o comunicado.

Desde novembro do ano passado, o litro da gasolina pagava R$ 0,091 de Cide. Para o óleo diesel, a alíquota era R$ 0,047 por litro.Agência Brasil

Perdeu !....MADE IN PARAGUAI

Fernando Lugo é afastado da Presidência do Paraguai


Lugo é cassado em processo polêmico

A maioria do Senado do Paraguai aprovou a perda do mandato do presidente Fernando Lugo. O placar foi 39 votos favoráveis ao impeachment, 4 contrários e 2 ausentes.

Dos 45 senadores titulares, eram necessários 30 votos a favor para destituir Lugo do cargo. O processo de impeachment foi aberto ontem (21) de maneira inesperada pela Câmara dos Deputados.

O vice-presidente Federico Franco, do Partido Liberal, que apoiou o pedido contra Lugo, deve assumir o comando do país. Grupos de movimentos sociais estão concentrados em frente ao Congresso em apoio a Lugo, eleito em 2008.

Os parlamentares apresentaram cinco acusações formais contra o presidente: apoio de Lugo à manifestação de jovens de esquerda no Comando de Engenharia das Forças Armadas, em 2009; obrigar militares a se submeter às ordens de sem-terra; falta de competência para combater atos de violência no país; ações dos guerrilheiros do EPP (Exército do Povo Paraguaio), responsável pelo confronto entre policiais e camponeses na semana passada, que culminou na morte de 17 pessoas; e violação das leis paraguaias ao ratificar Protocolo de Ushuaia 2, que prevê intervenção externa caso a democracia esteja em perigo.

Os advogados de Lugo alegam que o presidente é vítima de perseguição política, que a condução do julgamento político tem sido feita de forma ilegal e injusta e não existem provas que Lugo incorreu em mau desempenho de suas funções.Agência Brasil

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Happy Hour



Pensamento da sexta:

A vida é na verdade um grande desafio para cada um de nós
entretanto,é preciso saber entender na maioria das vezes
os caminhos tortuosos que estão a nossa frente...Se vividos
com muita Fé...logo logo,depois da curva a mão de DEUS
estará com certeza a tua espera para te levar a vitoria
que tanto se QUER...Pense nisso!

Agora, o nosso SOM:







Fusca, o Besouro de 73 anos

Lançado em 1939, o Fusca celebra hoje seu dia mundial; carro chegou ao Brasil em 1950 com o nome de Volkswagen Sedan


Saudades...quem de nós não tem uma historia pra contar?

O Fusca não é um mero meio de transporte. Além de hoje ser objeto de desejo de colecionadores que frequentemente pagam fortunas por um exemplar, seus donos costumam ter histórias de afeto para contar sobre seus carros. Isso, aliás, se percebe ao atentar para os apelidos que o modelo ganhou ao redor do mundo: além do já conhecido por aqui, há "Käffer", na Alemanha, que significa "besouro"; no Chile e na Espanha, chama-se "escarabajo", escaravelho; na França, "coccinelle", joaninha; no Reino Unido, "beetle", também besouro.

É difícil imaginar que um produto tão carinhosamente apelidado tenha sido encomendado por nada menos que o governo de Adolf Hitler, e lançado para ostentar o desenvolvimento tecnológico da Alemanha nas recém-construídas Autobahns, as famigeradas auto-estradas do país.



Seu projeto é atribuído a Ferdinand Porsche, mas várias empresas estiveram envolvidas no processo de criação do Fusca, e até mesmo o próprio governo alemão. Isso culminou na fundação de uma fábrica dedicada exclusivamente ao modelo. À época, as fábricas alemãs eram, em sua maioria, direcionadas a veículos de luxo, montados manualmente, o que os tornava excessivamente caros. O Fusca viria a ser um carro pequeno, econômico, eficiente e de fácil produção. Literalmente um Volkswagen - um carro do povo alemão

Lançado em 1939, ele chegaria ao Brasil em 1950, importado e originalmente chamado de Volkswagen Sedan, e começaria a ser produzido aqui, com peças nacionais, em 1959. A produção nacional aconteceu até 1986, quando foi interrompida, para ser retomada em 1993, a pedido do então presidente Itamar Franco, até 1996, ano em que foi definitivamente suspensa. Ao final deste período, haviam sido produzidos em território nacional mais de 3 milhões de unidades.Newslette

Eles podem!...Nós não.

Câmara prepara o ‘golpe’ dos supersalários


O 'golpe' dos supersalários (Fonte: Reprodução/Você S/A)

Com o Congresso um tanto longe dos holofotes por causa da conferência Rio+20, uma comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 20, “na calada da mídia”, uma proposta de emenda constitucional que na prática acaba com o teto para os salários dos servidores de todos os níveis da administração pública.

O projeto retira do presidente da República o poder de definir o maior salário pago pela administração pública no país, passando-o ao Congresso, sem necessidade de a decisão dos parlamentares passar pela sanção presidencial.

‘Carona’ e efeito cascata
Além disso, o “golpe” dos supersalários para servidores ainda vincula os salários dos parlamentares e de outros tipos de servidores aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a fim de que, sempre que o Congresso aprovar reajustes para os magistrados, os novos percentuais sejam repassados automaticamente para os deputados e senadores sem que eles, com a “carona”, passem pelo desgaste político de aumentar diretamente os próprios salários.

O presidente da República, o vice-presidente, os ministros, o procurador-geral da República e o defensor público-geral federal também serão beneficiados, e os salários do ministro do Supremo e do procurador-geral têm efeito cascata em toda a magistratura. A proposta coloca abaixo todas as reformas administrativas visando contenção dos gastos públicos que foram realizadas nas últimas décadas no Brasil, com um impacto catastrófico nas contas do Estado.Estadão

MADE IN PARAGUAI

Futuro político de Lugo será decidido amanhã à tarde pelo Senado paraguaio



O Senado paraguaio, que assumiu hoje o papel de um tribunal político, decide na tarde de amanhã (22) o futuro do presidente Fernando Lugo. A partir do meio-dia, Lugo terá duas horas para apresentar sua defesa e, às 16h30 (hora local, 15h30 em Brasília), os senadores vão se pronunciar sobre o processo de impeachment do presidente.

A maioria dos deputados paraguaios acusa o presidente Fernando Lugo de promover conflitos entre ricos e pobres e invasões de propriedades particulares no país. A acusação é um dos argumentos usados pela comissão, formada por cinco deputados, encarregada de oficializar as alegações no processo de impeachment do presidente. Eles apresentaram as alegações na noite de hoje (21) ao Senado.
Os deputados também argumentam que, ao apoiar as causas dos camponeses, o governo Lugo traz instabilidade, caos social e ameaça a paz interna. Mais cedo, a Câmara dos Deputados já havia aprovado a abertura do processo de impeachment, reponsabilizando o presidente Lugo peloconflito entre policiais e sem-terra que resultou na morte de 17 pessoas, entre policiais e camponeses no último dia 15. Para eles, o presidente está instigando os campesinos “a pegar em armas para lutar por seus direitos”.

“É um direito protestar garantido pela Carta Magna, mas ninguém pode matar por suas reclamações. Fernando Lugo tem sido incapaz de frear a delinquência que avança no nosso país”, disse o deputadoJorge Mariño, do Partido Liberal, integrante da comissão.

Amanhã, após a apresentação dos argumentos da defesa, o Senado decidirá sobre o pedido de impeachment. Dos 45 senadores titulares, é preciso, pelo menos, 30 favoráveis à destituição do presidente da República, segundo informações divulgadas na página da Casa legislativa.Agencia Brasil

"Mulher Sentada"

"Mulher Sentada", de Picasso, é vendida


Obra obteve em um leilão em Londres US$ 13,4 milhões

"Mulher Sentada", de Pablo Picasso, obteve nesta quarta-feira 8,5 milhões de libras (13,4 milhões de dólares) em um leilão da Casa Christie's de Londres, superando a estimativa de 7,5 milhões.

Pintado em 1949, "Femme Assise" (Mulher Sentada) é uma colorida celebração do milagre do nascimento que representa a amante e musa do pintor espanhol Françoise Gilot grávida de sua filha Paloma.

O quadro, que pertencia a uma coleção privada da Califórnia, permanecerá nos Estados Unidos, informaram os leiloeiros.

Outra obra de Picasso, "Mulher com Cachorro", de 1962, que mostra sua segunda esposa, Jacqueline Roque, recebeu 6,9 milhões de libras (10,9 milhões de dólares), abaixo das expectativas.

A surpresa da noite de arte impressionista e moderna foi a perturbadora obra de René Magritte "Les jours gigantesques", de 1968, arrematada por um colecionador americano por 7,2 milhões de libras (11,3 milhões de dólares). O quadro estava avaliado em 1,5 milhão de libras (2,3 milhões de dólares).AFP

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Conversando com você



“A vida é feita de momentos, e são esses momentos que nos fazem viver e seguir em frente…
Entre as portas do visível e invisível uma tênue barreira nos separa da eternidade. Além da materialidade passageira das coisas, fica o reino das coisas verdadeiras que a gente carrega feito um tesouro no coração, laços, inquebráveis de um amor insuperável, ternuras profundas de uma amizade real, mãos que se selam como guardiãs da nossa jornada, espíritos de luz iluminando nosso coração, fantasmas familiares como força de proteção, ai a gente vê que o tempo não vale nada, o tempo é pó na estrada da evolução”
Fábio Junior

O Sustentável dos Insustentáveis Loroteiros

Baía de Guanabara continua poluída 20 anos após promessas da Rio 92


Vinte anos após a primeira Cúpula da Terra a Eco-92 no Rio de Janeiro, a Baía de Guanabara que é o cartão postal da cidade das conferências da ONU sobre o ambiente segue poluída.

Nem mesmo investimentos de US$ 1 bilhão - feitos pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento e pelos governos do Japão e do Estado do Rio - foram suficientes para evitar que poluentes industriais e o esgoto da cidade contaminassem a baía.

"A Baía da Guanabara, há vinte anos, recebeu US$ 1 bilhão. E hoje, efetivamente, o resultado prático ambiental disso é que os rios continuam valões de esgoto, temos estações de tratamento que funcionam pela metade ou que nunca viram esgoto", disse à BBC o biólogo Mário Moscatelli.BBC Brasil

Uma verdade inconveniente.....

Decepção de Ban Ki-Moon com texto da Rio+20 marca abertura da cúpula


Secretário-geral da ONU Ban Ki-Moon e a presidente da conferência, Dilma Rousseff discursaram nesta quarta (Reprodução/Internet)

O primeiro dia do encontro dos chefes de Estado na Rio+20 nesta quarta-feira, 20, foi marcado pelo discurso do secretário-geral do ONU, Ban Ki-moon. O secretário afirmou que esperava que o documento apresentado pelos diplomatas, chamado “Rascunho Zero”, fosse mais ambicioso e ressaltou que o desenvolvimento sustentável é uma questão urgente. É do texto do “Rascunho Zero” que sairá o acordo entre os 94 chefes de Estado presentes na conferência.

Em seu discurso Ban Ki-moon cobrou das autoridades o mesmo empenho para transformar em ações o texto da cúpula que estão tendo para solucionar a crise do euro: “A agenda aqui na Rio+20 é igualmente urgente e até mais abrangente. Minha mensagem aos líderes mundiais é clara: o desenvolvimento sustentável é uma ideia cuja hora chegou”, disse. O secretário enfatizou também que os países precisam de uma postura diferente da Rio92, que não foi suficiente para firmar as mudanças necessárias.

Outro discurso que chamou a atenção foi o de Dilma Rousseff, escolhida para presidir a conferência. Dilma afirmou estar certa de que os compromissos estabelecidos na Rio+20 serão cumpridos: “O compromisso da agenda do desenvolvimento sustentável é complexo e urgente. Não tenho dúvidas de que estamos à altura dos desafios que nos impõem”, afirmou.

Além de Dilma e Ban Ki-moon, a estudante neozelandesa de 17 anos, Brittany Trilford, escolhida para representar os jovens na conferência, fez um discurso aos líderes mundiais: “Nós, a próxima geração, exigimos ações, exigimos mudanças, para que assim tenhamos um futuro. Confiamos em vocês nas próximas 72 horas para colocar os nossos interesses acima de todos os outros e fazer a coisa certa”, disse.

Logo após os discursos de abertura, os chefes de Estado começaram a falar. Cada líder tem até cinco minutos para discursar, porém, alguns deles falaram por até 20 minutos, como o presidente do Zimbábue, Robert Mugabe.O Globo

Meio Ambiente...Os fatos dizem tudo.

O desaparecimento do Ártico


Àreas cobertas por neve estão um quinto menor que nos anos 60 (Reprodução/Internet)

Entre hoje e setembro, verão no Hemisfério Norte, o gelo da calota polar do Ártico encolherá para seu menor volume anual e o fenômeno será monitorado pelos relatórios de gelo marinho diários do National Snow and Ice Data Center norte-americano. As observações de satélite mostrarão que o gelo encolheu muito mais do que a média de longo prazo. Não há anomalia nisso: desde 1970 o gelo marinho recuou em cerca de 12% a cada década. No ano passado, omínimo de verão foi de 4,33 milhões de km2 – quase a metade da década de 60.

As geleiras do Ártico, incluindo aquelas da vasta calota de gelo da Groelândia, estão recuando. A área coberta por neve em junho é aproximadamente um quinto menor do que nos anos 60. O gelo permanente está encolhendo. Plantas estrangeiras, peixes e animais estão se mudando para o norte: cavalas do Atlântico, hadoques e bacalhaus estão aparecendo nas redes de pesca no Ártico. Algumas espécies do Ártico provavelmente serão extintas.

Talvez o mundo não tenha visto uma mudança ambiental tão grandiosa desde a devastação das florestas americanas no século XIX. A causa do derretimento é um exemplo marcante do aquecimento global. Seria loucura do mundo ignorar as graves advertências que emanam do derretimento.

Menos efeito feedback, por favor

O Ártico está aquecendo duas vezes mais rápido que o resto do planeta. A principal razão parece ser um efeito de aquecimento catalítico disparado pelo aquecimento global. Quando derretem, gelo e neve são substituídos por terra, mar, ou poças de água mais escuras que o gelo original. Como resultado, a superfície do Ártico absorve mais calor solar. Isto causa um aquecimento local, logo mais derretimento, que causa mais aquecimento, e assim por diante.

É provável que o impacto do derretimento do Ártico perturbe a circulação oceânica – a mistura de águas tropicais mornas e águas polares frias – e o degelo do gelo permanente emitirá enormes quantidades de dióxido de carbono e metano, o que causará mais aquecimento e aumentará o nível dos mares. Se o aquecimento continuar, a camada de gelo da Groelândia pode vir a se desintegrar, aumentando o nível do mar em 7 metros. Muitas das cidades do mundo seriam inundadas muito antes disso acontecer.

No fim da linha, é provável que o mundo acorde para o aquecimento global. O instinto de sobrevivência impõe este despertar. Aindaassim, é provável que grande parte do insubstituível Ártico seja perdida, o que seria uma pena.The Economist



Dependente do Vicio...Que pena!

Adele sobre luta contra álcool: “Eu esqueci as letras das minhas músicas”


Segundo autor de biografia, Adele confessa ter problemas com álcool

Apesar da pouca idade, aos 24 anos Adele já tem histórias para contar. Na biografia não oficial, que está sendo escrita por Marc Shapiro, e chega ao mercado em julho, a cantora conta ao autor que luta contra a bebida. Em entrevista para a revista "In Touch", Shapiro cita uma das declarações da cantora a ele. “Eu fiquei tão bêbada que quando eu subi ao palco, às 2h da manhã, eu esqueci as letras das minhas próprias músicas. Foi a pior coisa do mundo”, disse Adele.

O livro aproveita para lembrar que em uma apresentação, a cantora caiu de um banco depois de consumir uma grande quantidade de álcool.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Uma Catástrofe!....

Resultado da Rio+20 é uma catástrofe inevitável?



Ricas nações ocidentais estão financeiramente esgotadas e sem vontade de se comprometer a ajudar o desenvolvimento verde nas nações mais pobres


Preocupações dos países ocidentais parecem outras, que não as questões ambientais abordadas na Rio+20 (Reprodução/Internet)

O que acontece se você sediasse uma conferência da ONU sobre desenvolvimento sustentável, os líderes mundiais fizessem discursos e assinassem tratados, e depois nada acontecesse? Isso, é claro, seria um absurdo. O problema, diz Bill Easterly, especialista em desenvolvimento da Universidade de Nova York, é que nada aconteceu nos 20 anos desde a primeira Cúpula da Terra, a chamada Eco92, em que todas as nações do mundo se reuniram no Rio e prometeram enfrentar os graves problemas ambientais e, em seguida, realizaram mais encontros ambientais, e mais conferências e mais cúpulas.

A maneira mais caridosa de olhar os 20 últimos anos de conferências ambientais é vê-los como o início de uma discussão global sobre as ameaças das emissões de carbono e uma maior consciência sobre as terríveis consequências que todos iremos enfrentar se as nações não levarem a sério o desenvolvimento limpo e sustentável.

O secretário-geral do ONU, Ban Ki Moon, disse ao Guardian que a Rio+20 é importante demais para fracassar: “Se nós realmente não tomarmos medidas firmes, nós podemos estar caminhado para o fim do nosso futuro”, disse Ban.Cs Monitor

Cada um com seu cada um

G20 termina devolvendo crise do euro para Europa


Grupo enfatiza necessidade de crescimento, mas deixa para UE decisões para resolver seus próprios problemas

O encontro do G20, o grupo das principais economias avançadas e emergentes do planeta, terminou nesta terça-feira em Los Cabos, no México, devolvendo para a Europa o problema da crise na zona do euro.

O documento final do G20 exorta seus membros que também estão na zona do euro a tomar "todas as medidas necessárias para salvaguardar a integridade e a estabilidade da área", e recomenda que as nações que adotam a moeda comum "trabalhem em parceria com o próximo governo grego para garantir que (a Grécia) permaneça no caminho da reforma e sustentabilidade dentro da zona".

Que a Europa será o principal responsável por tirar os seus países da crise, não é novidade. E que a instabilidade na zona do euro tem tido efeitos na economia dos outros países – por exemplo, causando desaceleração nos EUA, na China e inclusive no Brasil – e por isso diz respeito ao G20, também não.

A diferença entre esta declaração final e as posições anteriores é o que o presidente francês, o socialista François Hollande, definiu como "um consenso em torno do crescimento".BBC Brasil

No Palácio de deus...20

Noticias da Corte:

Minha gente,Painho esta em viaje e seu primeiro ministro
em ferias no kudistão...então,segundo a fonte,deu a louca
entre seus comensais que mandaram o zolhudo checar se
a área estava limpa.


Zolhudo checando a área

Bem,rolou então um bunda-lele no baixo clero...vejam:


Gente,olha ai!...Na dispensa do Rei.

Essa é na verdade Marinete com seu novo bofe
bem a vontade e bota a vontade nisso...ela
esta um pouco redonda...vocês não acham?


Até Supernanny resolveu entrar na parada...claro;descosta

bem a festança não podia dar em outra coisa...Vejam:




O paradoxo da fertilidade

Em países em desenvolvimento, enquanto algumas mulheres têm dezenas de filhos, outras não têm nenhum


Maternidade em Kinshasa, capital do Congo (Reprodução/Internet)

Pasquale Patrizio, médico, diretor do Centro de Fertilidade da Universidade de Yale e professor de obstetrícia e ginecologia, lançou um projeto junto com outros especialistas em fertilidade para criar clínicas de fertilidade de baixo custo para casais de baixa renda em países pobres. Mas, em países subdesenvolvidos o problema não é justamente o oposto? Não existe uma explosão populacional?

Sim e não.

A Organização Mundial de Saúde prevê que até 2050, países em desenvolvimento irão gerar 35 milhões de bebês anualmente. No entanto, nestas mesmas regiões cerca de um em cada três casais são inférteis. Não é preciso ser um gênio da matemática para descobrir que algumas pessoas têm dezenas de filhos e outras nenhum.

Especialistas na área de saúde chamam esse fenômeno de “paradoxo da fertilidade”. Eles afirmam que o ideal seria que existissem centros de saúde reprodutiva em países pobres que oferecessem três coisas: cuidados de qualidade para pré-natal e parto, anticoncepcionais para mulheres que já possuem muitos filhos e tratamento de fertilidade para aqueles que não podem ter nenhum. Para que isso seja transformado em realidade existem grandes obstáculos. No entanto, a noção desse paradoxo e a busca por formas de combatê-lo têm ganhado impulso nos últimos anos.

De acordo com o professor de obstetrícia e ginecologia do Instituto de Tecnologia de Fertilidade em Genk, na Bélgica, Willem Ombelet, a ironia é que ter problemas de fertilidade em um país em desenvolvimento é muito mais difícil do que em um país desenvolvido, onde esforços para reverter o problema estão sendo feitos. A parte não irônica é que os tratamentos de fertilidade são grandes fontes de lucros nos países desenvolvidos.

Com frequência, mulheres de regiões pobres que não podem ter bebês são abandonadas pelos maridos e não conseguem empregos, o que muitas vezes as levam para a prostituição. Para funcionários da saúde, a infertilidade é uma doença tratável, e os que sofrem deste mal, assim como qualquer outro doente, merece tratamento também. Ombelet criou uma clínica sem fins lucrativos chamada “The Walking Egg”. Patrizio espera que a iniciativa cresça e está trabalhando com colegas de outras instituições sem fins lucrativos para disponibilizar tratamentos de fertilidade com baixo custo.

Enquanto os programas de tratamento com preços acessíveis parecem distantes, algumas equipes estão começando a realizar testes com novas técnicas como, por exemplo, menos testes de diagnósticos, medicamentos mais baratos e o uso de laboratórios simples, ao invés de espaços milionários e sofisticados. O último quesito é o mais complicado de todos. O embriologista pioneiro e diretor do laboratório de Endocrinologia Reprodutiva da Faculdade de Medicina, em Denver, Jonathan Van Blerkom está trabalhando com Ombelet em um laboratório portátil que inclui uma incubadora do tamanho de uma caixa de sapatos e pequenos tubos de ensaio para os embriões.

Mas nem todo mundo se entusiasma com a iniciativa. Professora de população e saúde familiar da Universidade Columbia, Wendy Chavkin disse que a fertilidade de mulheres em países pobres não deveria ser uma prioridade: “Existem certos princípios sobre como alocar recursos na saúde. O dinheiro não pode ser empregado no que as pessoas querem. É preciso avaliar o número de pessoas afetadas, as causas subjacentes e a capacidade de intervir de forma eficaz. Os tratamentos de fertilidade atuais têm resultados muitos baixos. Enquanto isso, as doenças infecciosas e suas consequências, incluindo o câncer, muitas vezes ficam sem tratamento”, disse. Slate

terça-feira, 19 de junho de 2012

Agora é tarde...Inês é Erundina

Erundina desiste de ser vice de Haddad; PSB não indicará substituto, diz presidente nacional da sigla


"Eu nunca farei parte disso"- Erundina

Quatro dias após aceitar ser vice de Fernando Haddad (PT) na corrida pela Prefeitura de São Paulo, a deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), 77, desistiu da disputa nesta terça-feira (19).

O anúncio foi feito pelo presidente do PSB, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, um dia após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Haddad anunciarem o apoio do PP do deputado federal Paulo Maluf, adversário histórico de Erundina. Lula, Maluf e Haddad posaram para foto no jardim da casa do deputado. O ex-presidente não participou do evento com Erundina na última sexta-feira (15).

“O PSB continua na composição da chapa junto com o PT, mas infelizmente a deputada Luiza Erundina desistiu da candidatura”, afirmou. “O PSB abre mão de indicar o vice na chapa. Quem vai decidir agora é Fernando Haddad e o PT”, disse Campos


Os três Patetas na película 'Que Rei sou eu'

Em evento na zona leste de São Paulo, Haddad afirmou que foi pego de surpresa com a notícia. "Não contávamos com a decisão da Erundina. Agora, vamos analisar a situação com sobriedade e tomar uma decisão", disse o petista. Questionado sobre se iria chamar alguém do PP para compor a chapa, o pré-candidato não quis dar nomes. “Já tenho alguns nomes na cabeça”, se limitou a dizer.

Haddad também afirmou que a ida de Lula à casa de Maluf foi um pedido do deputado para confirmar a aliança do PT com o PP. “Houve um pedido que o anúncio do apoio fosse feito em homenagem ao presidente Lula”, disse Haddad.

Verdade verdadeira!

Rio+20 ocorre em área cercada por águas poluídas


Rios e lagoas próximos ao Riocentro sofrem com poluição despejada durante 40 anos

Rios, canais e a Lagoa de Jacarepaguá – que compõe a área verde próxima ao Riocentro, onde chefes de Estado discutem temas de desenvolvimento sustentável até sexta-feira na Rio+20, estão degradados após 40 anos de acúmulo de esgoto.

A situação da bacia hidrográfica da Baixada de Jacarepaguá foi se deteriorando com a rápida expansão da cidade do Rio para oeste, sem a instalação de uma rede de saneamento adequada.

Segundo o ambientalista Axel Grael, nos anos de 1980 já se falava na necessidade de construir um emissário submarino para lançar o esgoto (tratado) dos bairros da Barra, do Recreio e de Jacarepaguá no mar, a certa distância da costa. Mas a obra só foi inaugurada em 2007.BBC Brasil

Enquanto isso.....



Governo cancela reunião com sindicato dos professores

O governo federal cancelou a reunião de hoje(19) com os sindicatos dos professores universitários para discutir a greve que começou no dia 17 de maio e atinge 55 instituições públicas de ensino superior no país. Para a presidenta da Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes), Marina Barbosa, a atitude demonstra a “incapacidade” do governo em lidar com o conflito. A data tinha sido marcada terça-feira passada (12), no último encontro entre representantes do governo e dos professores.
“A única justificativa, dada por telefone, sem nada por escrito, era que a reunião seria suspensa porque não há proposta para apresentar hoje. Essa é uma atitude grave do governo, que se comprometeu a apresentar uma proposta concreta em 20 dias e não cumpre os prazos que ele mesmo [governo] estipulou”, disse Marina. Os professores reivindicam a reestruturação das carreiras dos docentes e protestam contra a falta de infraestrutura nas universidades.
Segundo técnicos do governo, antes de apresentar uma proposta definitiva, é preciso haver um encontro entre a membros da junta econômica do governo, que inclui a Casa Civil e os ministérios do Planejamento e da Fazenda. No entanto, a reunião ainda não ocorreu. De acordo com os técnicos, trata-se de uma questão indefinida, e não é possível fazer uma reunião antes dessa conversa.
Para a presidenta da Andes, essa conversa interna da equipe econômica já devia ter ocorrido. “Não nos mobilizamos na semana passada. O movimento vem ocorrendo há meses, e ainda não houve reunião com a junta econômica. É um absurdo o governo ainda não ter uma proposta concreta para apresentar à categoria e cancelar a reunião na véspera da data que eles mesmos escolheram”, reclamou Marina.
A previsão é que a reunião ocorra na próxima semana, mas ainda não há data, nem horário definidos.Ag. Brasil