quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Mensagem do Dia

Defesa de Dilma prepara recurso ao STF


A defesa da presidente afastada Dilma Rousseff prepara um recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF) caso o afastamento definitivo da petista seja confirmado no Senado. O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e a sua equipe de advogados estão com estudos adiantados e devem apresentar um mandado de segurança.

A petista demonstrou na segunda-feira disposição para questionar uma decisão desfavorável no Senado. "Não recorro ao Supremo Tribunal Federal porque não esgotei esta instância, não terminei aqui. Vim aqui porque respeito esta instituição. Mas, se (o Senado) der este passo, estará compactuando com golpe", afirmou Dilma, ao responder ao senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), que questionou por que ela não recorreu ao STF contra o que chama de "golpe".

Os recursos propostos pela defesa de Dilma à Corte, até agora, ficaram circunscritos a questões de procedimento. Os ministros têm mostrado resistência à ideia de reverter uma decisão do Legislativo. Dias antes da votação sobre a admissibilidade do processo na Câmara, em abril, o plenário do STF impôs uma série de derrotas à petista e manteve a votação. Estadão

Atleta paralímpica já tem documentação para eutanásia

DIREITO DE MORRER

Nos Jogos do Rio, ela vai disputar os 100 e 400 m (Foto: Facebook/ Wielemie - Marieke Vervoort)

A atleta belga Marieke Vervoort, de 37 anos, espera conseguir uma nova medalha nos Jogos Paralímpicos do Rio. Afinal de contas, ela anunciou que este será seu último desafio esportivo. Diagnosticada com uma doença degenerativa incurável, ela perdeu os movimentos da metade inferior do corpo. No entanto, quem vê a atleta sorridente nas pistas, não imagina como sua vida é marcada por dores insuportáveis. A atleta já tem um documento com sua assinatura que autoriza um médico a aplicá-la uma injeção letal para acabar com sua vida quando desejar.

A Bélgica é o país com as leis mais permissivas sobre a eutanásia do mundo. Até menores de idade podem optar pela morte assistida se tiverem consentimento dos pais e um relatório psiquiátrico que legitimem a decisão. No entanto, este não é um trâmite administrativo rápido. Marieke precisou convencer um psiquiatra de que sua decisão não tinha relação com um estado de espírito momentâneo, além de precisar provar a três médicos diferentes que suas dores são tão intensas que ninguém conseguiria viver com elas e que não existe nenhuma esperança para sua melhora.

Tudo começou com uma dolorosa inflamação em um pé aos 14 anos, problema que passou para os joelhos. Aos 20 anos, ela já dependia de uma cadeira de rodas para se locomover. A campeã dos 100 metros livres nos Jogos de Londres 2012 tem dores tão fortes que não consegue dormir em algumas noites. Como ela mora na cidade de Diest, um casal amigo a leva três dias por semana até Lovaina, 30 quilômetros de onde vive, porque é lá que seu treinador a espera. Rudi Voels, de 52 anos, é um dos técnicos mais respeitados da Bélgica e foi responsável pela equipe de revezamento que ganhou medalha em Pequim 2008. Marieke é a única atleta paralímpica sob sua responsabilidade. “Nunca quer perder um treinamento. Às vezes vem com muita dor e a obrigo a voltar para casa”, conta Voels. Como complemento ao treinamento na pista, ela passa três dias por semana na academia.

Nos Jogos do Rio, ela vai disputar os 100 e 400 m. Para a viagem, ela terá de trazer quase vinte medicamentos diferentes. E sim, ela também se submete a exames das autoridades antidoping.

Como vive sozinha com seu cachorro, uma enfermeira a visita quatro vezes por dia. Ela avalia sua saúde, a acompanha ao banheiro e a ajuda a trocar de roupas. Em caso de ataque epilético e dor insuportável, Marieke só precisa apertar um botão para que alguém venha ajudá-la a qualquer hora.

Ela já praticava esportes antes de seu problema de saúde, mas a perda da mobilidade na parte inferior do corpo acelerou sua dedicação. Começou com basquete de cadeiras de rodas e o triatlo até chegar no atletismo.

Engana-se quem acha que tentam fazer a cabeça de Marieke para que ela desista da eutanásia. Sua família, seus amigos e seu treinador aceitam sua decisão. “Quando quiser posso pegar meus documentos e dizer basta! Quero morrer. Isso me tranquiliza quando tenho muita dor. Não quero viver como um vegetal.”

“As pessoas sempre me veem sorrindo e praticando esportes, mas não é o que acontece quando estou em casa.” Quando a hora chegar, ela espera que seus pais e amigos tenham forças para estar ao seu lado na cama. Deixou uma carta para que leiam quando ela se for e quer um ato alegre, com músicos. Depois deseja ser cremada. “Quero que lancem minhas cinzas em Lanzarote, onde a lava se une com o mar. Um lugar que me transmite paz e tranquilidade. Quero terminar ali.” El País

Pesquisadores identificam potenciais tratamentos para o zika

PESQUISA NOS EUA

Estudo pode acelerar descoberta de medicamentos para combater o vírus (Fotos: Pixabay)

Uma pesquisa publicada nesta segunda-feira, 29, na revista Nature Medicine, mostra que cientistas identificaram diversos tratamentos em potencial para o zika vírus entre 6000 medicamentos já disponíveis no mercado.

O estudo pode ajudar a acelerar a descoberta de tratamento para o zika e ajudar a prevenir doenças neurológicas associadas, como a microcefalia.

Na pesquisa, são identificadas dúzias de substâncias, incluindo uma droga que é amplamente utilizada em infecções de vermes, que suprime a reprodução do patógeno. Outra molécula, que atualmente passa por testes clínicos para doenças do fígado, impede que células cerebrais em análise morram pela exposição ao zika, um resultado potencialmente importante, dado os defeitos cerebrais fetais associados ao vírus. O estudo também sugere que uma combinação destas duas classes de compostos pode ser a maneira mais eficaz de tratar o zika vírus.

Drogas comerciais são raramente testadas em mulheres grávidas, então ainda não se sabe se os novos resultados podem diretamente ajudar mães e seus bebês, dizem especialistas.The Wall Street Journal

ATENÇÃO CONSUMIDOR

Anvisa suspende venda de lote de achocolatado

Lote 21:18 da bebida láctea teve sua venda suspensa por 90 dias pela Anvisa / Divulgação/Itambé

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta segunda-feira o recolhimento do lote 21:18 (validade: 21/11/2016) do achocolatado Itambezinho. A interdição cautelar tem duração de 90 dias e ocorre após a morte de uma criança de dois anos em Cuiabá, Mato Grosso.

Segundo depoimento da mãe da criança à polícia, seu filho morreu uma hora após ingerir a bebida láctea. Autoridades abriram um inquérito para investigar a morte do menino e um exame deve sair em 30 dias. A bebida passará por análise laboratorial.

Em nota, a Itambé afirmou que já realizou análises laboratoriais internas do lote de produção e não identificou qualquer problema em sua composição. Segundo a empresa, até o momento não houve notificações de casos similares relativos ao produto – além do mencionado em Cuiabá.

Confira a nota divulgada pela Itambé na íntegra:

Em relação ao caso do óbito da criança em Cuiabá e a suposta relação com o consumo do achocolatado, a Itambé esclarece que já realizou análises laboratoriais internas do lote de produção mencionado na notificação, não identificando qualquer problema em sua composição. Em paralelo, outras análises estão sendo feitas em laboratórios externos e no LANAGRO – Laboratório Nacional Agropecuário – do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, cujos laudos serão disponibilizados no decorrer desta semana.

Até o presente momento, diferentemente do divulgado nas redes sociais, não houve qualquer notificação de outros casos similares relativos ao produto em questão, além do mencionado acima em Cuiabá, Mato Grosso.

O achocolatado Itambezinho está no mercado há mais de uma década, e nunca apresentou qualquer problema correlato. A empresa reitera seu compromisso com a qualidade de seus produtos e continua trabalhando com os órgãos oficiais para que os fatos sejam esclarecidos o mais rapidamente possível.Anvisa

Mudanças climáticas podem afetar produção de café

MEIO AMBIENTE

Desde a década de 1960, o consumo global de café mais que triplicou (Foto: Pixabay)

Mais de 2,25 bilhões de xícaras de café são consumidas diariamente ao redor do mundo. No entanto, este costume pode sofrer alterações. Nesta segunda-feira, 29, o Climate Institute divulgou um relatório que mostra como a produção de café pode estar ameaçada pelas mudanças climáticas. Com o aumento das temperaturas, a área adequada para a produção de café será reduzida em 50% até 2050 nos cerca de 70 países produtores, incluindo o Brasil. Desta forma, a qualidade do produto pode ser afetada e os preços devem subir.

Segundo o relatório, há fortes evidências de que as mudanças climáticas já estão afetando a qualidade, as pragas e doenças, e o rendimento dos campos produtores. Como cerca de 125 milhões de pessoas dependem diretamente do plantio do café, estas alterações podem trazer um impacto negativo muito grande na vida destas pessoas.

Desde a década de 1960, o consumo global de café mais que triplicou e continua crescendo cerca de 5% ao ano. O setor movimenta US$ 19 bilhões anualmente. O grande problema, entretanto, não é a perda da qualidade do café ou aumento dos preços, mas o impacto na vida dos pequenos produtores que dependem do grão para viver.O Globo

Supercomputadores sem limites? São criados os primeiros neurônios artificiais


A história da computação está prestes a mudar: o centro de pesquisas da IBM em Zurique, na Suíça, criou os primeiros neurônios artificiais.
As pequenas células robóticas possuem uma membrana neuronal em torno de um núcleo, um dispositivo de entrada e outro de saída, o que lhes permite interagir com outros neurônios, emulando o funcionamento de um cérebro biológico.

O núcleo é fabricado com um material utilizado na confecção de discos óticos, o GST (germânio-antimônio-telúrio), que se alterna entre fases cristalinas e amorfas por causa do calor. A fase cristalina é condutora e a amorfa funciona como isolante elétrico. Isso faz com que os neurônios nanotecnológicos se comportem de maneira similar aos orgânicos, emitindo impulsos elétricos em padrões temporais imprevisíveis.

A descoberta facilitará a criação de supercomputadores capazes de processar a informação de forma inteligente a velocidades inusitadas.

Os cientistas do laboratório da IBM possuem atualmente 500 neurônios artificiais com essas características e estão desenvolvendo um software complexo que permitirá sua implementação.Computer Hoy

Imagem: John Williams RUS/Shutterstock.com

Pesquisa na Itália indica que macarrão pode ajudar a emagrecer


Um dos pratos mais populares e saborosos do mundo pode passar de vilão a mocinho das dietas.
O macarrão, que provavelmente surgiu na China e ganhou fama com os italianos, seria um aliado da balança. Isso é o que indica um estudo publicado recentemente no periódico científico Nutrition and Diabetes. O trabalho conclui que comer macarrão e massas em geral não engorda e pode ajudar a emagrecer.

O alimento está associado a um índice de massa corporal (IMC) mais baixo, menor circunferência do quadril e da cintura e redução no risco de obesidade.

Os resultados foram obtidos após uma pesquisa com 23 mil italianos - homens e mulheres. Eles fizeram um diário com tudo o que comiam e foram questionados sobre sua alimentação em entrevistas por telefone. Os pesquisadores puderam observar que o consumo regular de massas não estava associado ao excesso, mas à redução de peso.

Uma das razões para isso é que as pessoas que comem bastante massa ou macarrão na Itália, provavelmente, também seguem uma dieta mais tradicional, ou seja, a dieta mediterrânea – que também é rica em frutas, vegetais, peixe e grãos integrais.

Apesar das evidências de que macarrão não engorda, isso não significa que você pode comer uma macarronada à carbonara caprichada no bacon/pancetta e continuar magrinho. Lembre-se que tem que seguir a dieta mediterrânea como italianos, gregos, espanhóis e franceses fazem há séculos. Veja.com , Nature
Imagem: vsl/Shutterstock.com

Os X-Men entre nós: 3 pessoas com verdadeiros superpoderes


Para além de heróis como Homem-Aranha ou Wolverine, existem pessoas com superpoderes reais, dignas de uma bolsa na escola para mutantes do professor Charles Xavier.
Saiba quem são elas:

Stephen Wiltshire: quando tinha apenas 3 anos, foi diagnosticado com autismo. Mesmo assim, Stephen conseguiu estudar Belas Artes em Londres e ficou famoso por causa de uma qualidade muito particular: ele possui uma memória visual exata. Suas obras se tornaram conhecidas porque conseguem reproduzir à perfeição alguns lugares que ele viu apenas uma vez em sua vida. Segundo os cientistas, isso pode se dar devido à enorme concentração que ele alcança, exatamente por causa de seu autismo.

Ma Xiangang: o poderoso Ma possui uma habilidade incrível. Suas mãos são tão secas que parecem luvas isolantes, resistindo a grandes descargas elétricas. Ele descobriu seu superpoder um dia em que resolveu consertar uma TV e, acidentalmente, encostou em um cabo sem proteção, o que poderia tê-lo matado instantaneamente. Entretanto, ele sentiu apenas leves cócegas.

Dean Karnazes: esse californiano possui uma resistência sobre-humana. Dean foi capaz de correr em 50 cidades, por 50 maratonas e 50 dias seguidos. Apesar de ter treinado toda a sua vida, a resistência de seu corpo é francamente inigualável. Segundo vários estudos realizados, Dean parece ter a capacidade de reduzir o ácido láctico de seu corpo ao mesmo tempo em que seus músculos se tornam imunes ao esforço. Além disso, ele se mantém extraordinariamente hidratado, já que seu corpo contém mais sangue que o de um homem normal.supercurioso.com

Imagem: Shutterstock.com

A freira de 18 anos "casada com o diabo" que pegou prisão perpétua


A bibliografia medieval reúne algumas das histórias mais bizarras em torno da religião, da superstição e do diabólico.
O caso da jovem freira Madelaine Bavent é um dos mais simbólicos e assustadores. Ele ocorreu no convento de Louviers, na Normandia, em 1625, quando a freira tinha apenas 18 anos.
Madelaine se apresentou às autoridades locais para declarar que havia sido enfeitiçada durante um sabá (dia de descanso), ao qual foi levada pelo diretor espiritual do lugar, o padre Mathurin Picard, e seu vigário, o padre Thomas Boulle. Segundo a freira alegou, ela teria sido casada com um diabo chamado Dragon e obrigada a ter relações sexuais com ele em um altar. Enquanto isso, dois homens teriam sido crucificados e estripados.

Após a abertura de uma investigação detalhada, outras duas freiras também acusaram os sacerdotes e disseram que foram obrigadas a ter relações sexuais com vários demônios. Enquanto as investigações avançavam, o padre Mathurin Picard morreu e as freiras foram acusadas de estarem possuídas, o que era muito comum em casos desse tipo, por isso tinham que ser exorcizadas.

A igreja onde ocorreu o ritual reuniu muitas pessoas. As freiras causaram um verdadeiro espetáculo, que incluiu insultos e obscenidades de todo tipo. Elas chegaram até a convulsionar enquanto o padre Thomas Boulle gritava ao ser torturado. Finalmente, Madelaine foi condenada a cumprir penitência por toda a vida na prisão episcopal. Além disso, o padre Boulle foi condenado à morte na fogueira e foi ordenada a exumação do corpo do padre Picard, que também foi desenterrado e queimado.

Após esse acontecimento, a igreja determinou, pela primeira vez, as regras para saber se alguém está possuído ou não, por meio de 15 tópicos que se resumem em: acreditar que está possuído e ter uma vida ruim; ser mau e vomitar coisas estranhas, como serpentes ou sapos; blasfemar e gritar coisas obscenas; comportar-se de forma violenta e fazer sons e movimentos característicos dos animais; ter condutas lascivas e uma força muscular incomum; demonstrar medo diante de relíquias e objetos sagrados; e não se lembrar de nada após o momento do transe diabólico.: supercurioso.com

Imagem: Kiselev Andrey Valerevich/Shutterstock.com

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Mensagem do Dia

Temer prepara mudanças em vitrines sociais do PT


Passado o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff e confirmado o seu afastamento definitivo, o presidente em exercício Michel Temer prepara uma revisão na área social, com mudanças em programas petistas, a retomada da reforma agrária e a implementação de iniciativas de impacto eleitoral. O objetivo do novo governo é desconstruir o discurso de que a gestão peemedebista representaria um retrocesso, além de se aproximar das camadas mais pobres, que formaram a principal base de apoio às gestões Dilma e Luiz Inácio Lula da Silva.

A proposta é "repaginar" pelo menos cinco programas considerados bandeiras do PT - Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Ciência sem Fronteiras, Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e Transposição do São Francisco - e lançar outros dois - um destinado a atender crianças da primeira infância e outro de reforma de casas populares, com recursos federais.

Após as eleições municipais, Temer deve lançar um plano de inclusão produtiva, que pretende dar uma nova cara ao Bolsa Família. Depois de anunciar um reajuste de 12,5% no valor do benefício, o Planalto quer combater a informalidade no mercado de trabalho verificada entre os atendidos pelo programa - cerca de 14 milhões de famílias. A ideia é estimular que tenham carteira de trabalho assinada, garantindo o recebimento do benefício por um a dois anos mesmo depois de empregados.

"Não tem nenhum retrocesso na agenda social, só temos uma visão diferente: o governo anterior tinha uma visão mais assistencialista, enquanto nós achamos que as pessoas não precisam se conformar com o benefício", disse ao Estado o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra. "Da maneira como está, ninguém sai do Bolsa Família, só entra."

O governo estuda ainda organizar pequenas incubadoras de startups para jovens beneficiados e parcerias com gigantes do setor de informática a fim de estimular o empreendedorismo. Prefeitos cujos municípios registrem a maior proporção de famílias emancipadas receberão diploma das mãos de Temer, fortalecendo o discurso de combate à pobreza, e serão premiados - o valor deve ficar entre R$ 100 mil e R$ 3 milhões, segundo Terra.

O roteiro para os primeiros meses do governo efetivo de Temer inclui o lançamento do Criança Feliz, projeto que prevê o acompanhamento de crianças de até 3 anos que são filhas de beneficiários do Bolsa Família. "Os programas de desenvolvimento (social) serão mantidos e majorados. O governo busca normalizar e pacificar o País", disse o ministro-chefe da Casa Civil Eliseu Padilha.

O Estado apurou que Temer deverá anunciar no próximo mês uma nova política de reforma agrária, conferindo aos beneficiados o título de domínio da propriedade e retirando de movimentos sociais, como o MST, o papel de selecionar as famílias. O Planalto também pretende corrigir distorções apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que identificou até casos de servidores públicos beneficiados com a distribuição de terras.

No dia 9 deste mês, Temer lançou um programa de revitalização de R$ 1,2 bilhão da Bacia do Rio São Francisco intitulado "Novo Chico", que inclui recuperação de áreas, controle de processos erosivos e a implementação de técnicas de irrigação mais modernas. A transposição e a recuperação do rio foram uma das principais bandeiras da campanha à reeleição de Dilma, impulsionando seu desempenho no Nordeste - depois de muitos atrasos, a obra só deverá ficar pronta em 2017.

Educação

Outra marca de Dilma que será alterada é o Pronatec, que deverá oferecer cursos mais voltados para a realidade de cada município. Até aqui uma das mudanças mais drásticas implementadas pelo governo Temer se deu no Ciência sem Fronteiras, considerado um dos "xodós" da petista.

O programa será reformulado, com o fim das bolsas para graduação e dará prioridade a jovens pobres do ensino médio matriculados em escolas públicas. "Eles estão destruindo esses programas e reduzindo recursos para a educação", criticou o ex-ministro Miguel Rossetto, um dos auxiliares mais próximos de Dilma.Estadão

Vírus do chamado Projeto Sauron coloca em xeque a segurança mundial


Desde 2011, existe um vírus complexo e sofisticado que ataca a segurança cibernética de agências governamentais, organizações militares e centros de pesquisa.
Chamado de Projeto Sauron, ele já afetou 30 alvos diferentes no mundo todo, como o Irã, Ruanda, China, Rússia, Bélgica e Suécia, de acordo com um relatório publicado pela empresa de segurança com sede nos EUA, Symantec, e o Laboratório Kaspersky, na Rússia,

“O grupo utiliza um vírus avançado conhecido como Remsec para realizar seus ataques”, afirmou um porta-voz da Symantec. Além disso, um representante do Kaspersky afirmou que esse ataque facilita ações de ciberespionagem. O obstáculo principal colocado por esse vírus para não ser detectado é que ele tem a capacidade de deixar diferentes vestígios nas suas vítimas, por isso é impossível seguir um padrão para ajudar os pesquisadores a encontrar e prevenir outros ataques.

O vírus permite ao invasor acessar o computador afetado e roubar a informação que quiser. Embora os especialistas dessas empresas de segurança tenham conseguido avançar na pesquisa, ainda não foi possível encontrar uma forma de evitar que a segurança cibernética mundial esteja a salvo de seu ataque.ABC

Imagem: GlebStock/Shutterstock.com

Forma como escrevemos o “g” pode revelar sobre nosso comportamento sexual, diz especialista


De acordo com alguns cientistas, a informação mais valiosa e profunda sobre o caráter de uma pessoa pode estar presente em um pequeno detalhe e falta apenas um estudo preciso para trazê-la à tona. Certos estudiosos, por exemplo, encontram a personalidade na letra manuscrita: Irene López Assor, grafóloga e psicóloga, descobriu que a forma de escrever a letra “g” pode ser determinante para compreender as tendências sexuais e sentimentais de uma pessoa. Abaixo, segue um breve guia para nos examinarmos através de nossa letra:
A cabeça: representa a personalidade. Se é muito grande, significa que o autor precisa ser o protagonista de uma relação e não tem consideração em relação ao outro. Se muito pequeno, é um sinal de negativismo e autoestima baixa.

O pé: mostra a capacidade instintiva. Quanto maior, maior pulsão sexual. Quanto menor, mais inibição. Quem desenha o pé de forma angular, é sádico, e, de forma triangular, é reprimido.

A barriga: caracteriza a criatividade sexual. Se a largura coincide com a medida da cabeça, seu autor é capaz de entregar o afeto necessário e equilibrado ao seu parceiro. Se maior, reflete fantasias eróticas e uma tendência e utilizar elementos externos, como brinquedos, pornografias, etc.

A junção com a letra seguinte: quanto mais fluido é o traço em relação à letra próxima, maior será a entrega e melhores as relações. Se está separado, é porque existe desconfiança no relacionamento. Por outro lado, se o “g” se assemelha a um “s”, é porque há imaturidade no relacionamento. Se a cabeça está separada do resto, significa que a pessoa foge do compromisso. O laço ao contrário, que não se liga à letra seguinte, é a renúncia ao ato sexual, característico de pessoas religiosas.

Embora muitos duvidem da consistência desse sistema, trazendo argumentos teóricos, a transparência da proposta permite que cada um tenha sua própria opinião, baseada na prática. ABC

Itália: Amatrice tem novo tremor neste domingo

Amatrice foi a cidade que mais registrou mortos na tragédia / Ciro De Luca/Reuters

Um novo terremoto de 3,7 graus na escala Richter foi registrado neste domingo em Amatrice, na Itália, às 15h07 (hora local). O abalo sísmico causou mais quedas nas estruturas de prédios já danificados, especialmente, na escola Romolo Capranica, recentemente reformada e parcialmente destruída no forte terremoto da última quarta-feira.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália, desde a madrugada de quarta-feira, foram registrados 1.820 tremores de terra por toda a região de Lazio, Marcas e Umbria. A cidade de Amatrice, que fica na província de Rieti, na região de Lazio, foi aquela que mais registrou mortos na tragédia, além de enormes danos materiais. Segundo o prefeito, Sergio Pirozzi, a cidade precisa ser "colocada ao chão e reconstruída". Mais da metade do território foi danificado pelo sismo.

Ao todo, 290 pessoas perderam a vida por causa do tremor, sendo 229 em Amatrice (que contabilizava anteriormente 230 mortos), 11 em Accumoli e 50 em Arquata e Pescara del Tronto - na região de Marcas.Da Ansa com Reuters

Primeiro táxi sem motorista é lançado em Cingapura

TECNOLOGIA

Modelo está em testes em um pequeno distrito comercial para usuários seletos (Foto: Divulgação/nuTonomy)

Na última quinta-feira, 25, Cingapura se tornou o primeiro país no mundo a lançar um serviço de táxis de auto-condução, com uma tecnologia que pode revolucionar a indústria do transporte.

O experimento da empresa nuTonomy, apesar de pequeno, ilustra o quão intensa é a corrida global para desenvolver veículos sem motorista. O campo é tradicionalmente dominado por gigantes como Uber – que deve lançar seu próprio carro teste nas ruas em breve – e Google.

A empresa, fundada por dois pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, lançou o carro teste no pequeno distrito comercial em Cinagupra, chamado one-north, um espaço no modelo de campus, dominado por empresas de tecnologia e biotecnologia. Outras empresas, como a gigante chinesa Baidu, vêm testando carros sem motorista há anos, mas esta é a primeira vez que os veículos estão disponíveis ao público.

“Eu acho que Uber é um Golias, e nós temos que mostrar que a nossa tecnologia funciona e está amadurecendo o suficiente para ser viável para o mercado”, disse Doug Parker, diretor de operações da nuTonomy. “Estamos em uma corrida tecnológica, e acho que vão existir alguns vencedores.”

Os veículos teste das empresa vão contar com um engenheiro e um motorista humano durante a fase de testes, caso algo dê errado, e podem ser chamados por membros seletos usando um aplicativo para smartphone.The Wall Street Journal

As frágeis democracias africanas

DEMOCRACIAS AMEAÇADAS

Após eliminar a maioria de seus déspotas, movimento democrático na África estagnou-se ou retrocedeu (Foto: Wikimedia)

Alguns chamam o movimento de a segunda conquista da independência da África. Depois de se libertarem dos colonizadores europeus, o continente africano eliminou a maioria de seus déspotas. Desde o fim da Guerra Fria a democracia multipartidária foi o regime político adotado pela maioria dos países da África, quase sempre com uma intensidade impressionante e reflexos sociais significativos. Como em 1994, quando os sul-africanos fizeram filas de quilômetros de distância para enterrar o apartheid e eleger Nelson Mandela presidente da África do Sul, na primeira eleição sem restrições raciais no país.

Alguns dos piores governantes tirânicos da África não estão mais no poder. Mengistu Haile Mariam fugiu para a Etiópia em 1991; Mobutu Sese Seko, presidente do Zaire, atual República Democrática do Congo, foi deposto e fugiu do país em 1997; no ano seguinte Sani Abacha, presidente da Nigéria, morreu no exercício do cargo, ou, segundo boatos, nos braços de prostitutas. Em alguns países da África os governantes autocratas ainda dominam o poder e as guerras violentas são frequentes. Mas a maioria dos líderes procura pelo menos ter um verniz de respeitabilidade; as eleições ocorrem com mais frequência; e os países adotaram uma política de abertura diplomática e comercial.

No entanto, em muitos casos o movimento democrático na África estagnou-se ou retrocedeu. Muitas vezes, se converteu em uma espécie de pseudodemocracia autocrática, na qual o governante atribui à oposição os piores defeitos, explora o poder do Estado para influenciar a disputa eleitoral a seu favor e elimina as restrições ao exercício de sua tirania. Essa tendência é um mau presságio para um continente onde as instituições ainda são frágeis, a corrupção é hegemônica e as economias enfraqueceram-se com a queda dos preços das commodities.

A África, uma das regiões de crescimento mais rápido no mundo, hoje, assiste a um dos mais lentos progressos no cenário mundial. Para que a África realize seu potencial, é preciso que o continente jovem e dinâmico reencontre seu ideal democrático.The Economist

Quatro mapas que contrariam percepções sobre a imigração europeia

IMIGRAÇÃO NA EUROPA

Mapas mostram mudanças na Europa (Foto: Pixabay)

O tcheco Jackub Marian fez quatro mapas baseados em um estudo das Nações Unidas sobre a imigração internacional.

No primeiro mapa, é possível observar a porcentagem total de pessoas que nasceram em outros países.


O país com maior número de pessoas nascidas em outros países é Luxemburgo (45,9%), seguido da Suíça (29,6%), Suécia (18,5%), Áustria (17,4%), Estônia (15,8%) e Alemanha (14,5%).

No segundo mapa, é possível observar de onde a maior parte dos imigrantes vem.


Em 2015, a maior parte dos imigrantes que estavam na Inglaterra vinham da Índia. Na Noruega, a maioria vinha da Polônia. Na Áustria e na Suíça, da Alemanha.

Os imigrantes que estavam na França, Espanha e Portugal vieram da Argélia, de Marrocos e de Angola respectivamente. Na Grécia e na Macedônia, a maioria é de albaneses.

No terceiro mapa, é possível observar como as mudanças políticas mudaram o cenário imigratório nos últimos cinco anos.


Por exemplo, Luxemburgo, Suíça, Suécia, Áustria e Noruega, que mostravam a mais alta taxa de imigrantes comparado ao resto do mundo, também tiveram aumento das populações imigrantes entre 2010 e 2015.

Já no último mapa, é possível ver a expansão das populações imigrantes em cada país comparando os resultados das Nações Unidas de 2010 a 2015.


Alguns países como a Polônia e a Grécia tiveram uma queda na população imigrante.Weforum-4



domingo, 28 de agosto de 2016

Mensagem do Dia

Renan divulga nota sobre discussão com Gleisi


A assessoria de imprensa do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), divulgou uma nota para explicar sua fala no plenário mais cedo, quando o peemedebista disse que livrou a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) de um indiciamento no Supremo Tribunal Federal (STF).

A nota tentou mostrar o caráter institucional na fala de Renan, afirmando que suas declarações se referem a uma manifestação pública do órgão ao STF contra a ação de busca e apreensão no apartamento funcional da senadora.

"Trata-se de manifestação pública e institucional decorrente da operação de busca e apreensão realizada no imóvel funcional ocupado pelo senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e do indiciamento da senadora pela Polícia Federal", diz a nota.

A nota explica ainda as duas reclamações que foram protocoladas pela Mesa Diretora do Senado no STF. "A reclamação 24.473 versa sobre a preservação da imunidade parlamentar na operação de busca de apreensão em imóvel do Senado Federal da senadora. Já na reclamação 23.585, que trata do indiciamento da senadora pelo delegado da Polícia Federal, o Senado Federal tentou desfazer ao indiciamento pela Polícia Federal", afirma o comunicado.

Conforme a nota, a pretensão do Senado foi julgada pelo ministro do STF, Teori Zabascki, em 11 de maio, quando o relator entendeu que a "reclamante acabou denunciada pela suposta prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro" no inquérito 3.979. Na nota, Renan defende que as intervenções do Senado são impessoais, transparentes e ditadas pelo dever funcional no intuito de defender a instituição e as prerrogativas do parlamentar.

O senador não chegou a se desculpar com Gleisi na nota. Ele apenas reitera sua "isenção" no processo de impeachment e lamentou, de forma geral, "recorrentes provocações em plenário". Estadão

Para advogados, indiciamento tem caráter político


Por meio de nota à imprensa, os advogados que defendem o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e sua esposa, Marisa Letícia, disseram repudiar o indiciamento de seus clientes nesta sexta-feira pela Polícia Federal. Segundo eles, o inquérito policial, assinado pelo delegado Marcio Adriano Anselmo, “tem caráter e conotação políticos e é, de fato, peça de ficção”.

“Lula e D. Marisa não cometeram crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica ou lavagem de capitais”, diz a nota de repúdio assinada pelos advogados Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira, que defendem Lula e Marisa.

Tríplex no Guarujá

Segundo a nota, o tríplex no Guarujá é de propriedade da OAS e não de Lula, “como não deixa qualquer dúvida o registro no Cartório de Registro de Imóveis do Guarujá”. Para os advogados, o delegado indiciou Lula sem ter um documento que comprove que Lula é o proprietário do imóvel. “Confirma ser o relatório uma obra de ficção o fato de o documento partir da premissa de que houve a entrega do imóvel a Lula sem nenhum elemento que possa justificar tal afirmação”.

Os advogados dizem que Lula esteve no imóvel uma única vez, acompanhado de Marisa, quando foram conhecê-lo. “O ex-presidente e os seus familiares jamais usaram o imóvel e muito menos exerceram qualquer outro atributo da propriedade”.

Segundo a nota, Marisa adquiriu, em 2005, uma cota-parte da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop) que, se fosse quitada, daria direito a um imóvel no Edifício Mar Cantábrico, que é o antigo nome do imóvel Edifício Solaris, onde o delegado aponta Lula como proprietário.

“Ela fez pagamentos até 2009, quando o empreendimento foi transferido à OAS por uma decisão dos cooperados, acompanhada pelo Ministério Público do estado de São Paulo”. Com isso, segundo os advogados, Marisa poderia ter a opção de usar os valores investidos como parte de pagamento de uma unidade no Edifício Solaris, que seria finalizado pela OAS, ou receber o investimento de volta. Ela optou pela restituição dos valores investidos.

Para os advogados, o indiciamento não tem respaldo jurídico. “Lula e sua esposa não receberam qualquer bem, valor ou direito da OAS que seja proveniente de desvios da Petrobras e muito menos tinham conhecimento da suposta origem ilícita desses valores”.

Para fornecer maiores esclarecimentos sobre isso, os advogados de Lula convocaram uma entrevista coletiva hoje, em São Paulo, que deve ser iniciada em instantes. Agência Brasil

Bandeira verde: conta de luz não deve ter aumento até dezembro


A conta de luz continuará na bandeira verde em setembro, o que significa que o consumidor não terá aumento do custo da energia. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu manter a bandeira verde no próximo mês, um indicativo de que as represas das hidrelétricas estão com bom volume e não será preciso acionar as usinas térmicas, que têm energia mais cara. Além disso, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o mesmo deve acontecer pelo menos até dezembro.

O governo muda a bandeira da conta de luz - verde, amarela ou vermelha - toda vez que as hidrelétricas não produzem o suficiente para atender à demanda. Com a seca na região Nordeste, o nível dos reservatórios caiu, o que levou o mercado a apostar na adoção da bandeira amarela em setembro. Mas, segundo o operador do sistema, a queda do consumo tem ajudado a garantir o abastecimento.

Segundo a Aneel, com exceção do Nordeste, a incidência de chuvas tem ajudado a recompor os reservatórios. Além disso, novas hidrelétricas foram incluídas no sistema. "O balanço (entre produção e consumo) está permitindo isso (manter a bandeira verde). Não vem sendo necessário despachar muitas térmicas", disse Luiz Eduardo Barata, diretor-geral do ONS.CB

Recarregar o celular diariamente prejudica a bateria?

O carregamento frequente dos aparelhos pode afetar diretamente o desempenho das baterias de lítio (Foto: Flickr)

Especialistas sugerem que recarregar o celular a cada noite pode diminuir a vida útil da bateria. Entretanto, eles dizem que os danos não são provocados por uma suposta sobrecarga, mas pelo fato de que o processo de recarregar já é prejudicial para a bateria.

De acordo com Edo Campos, um porta-voz da Anker, empresa que produz carregadores de celulares, o carregamento frequente dos aparelhos pode afetar diretamente o desempenho das baterias de lítio. “Smartphones são de fato inteligentes, eles sabem quando devem parar de recarregar”, afirma Campos, explicando que os celulares são equipados com chips que protegem contra a absorção de energia quando estão com carga completa.

Um artigo publicado no jornal New York Times, citando o cientista e diretor técnico da empresa de carregadores sem fio Ossia, Hatem Zeine, explica que os danos nas baterias de lítio são provocados por uma tecnologia existente na maioria dos celulares que faz com que eles permitam a entrada de mais corrente elétrica durante as recargas. Com isso, os íons de lítio aceleram o processo de recarga, mas também o de corrosão da bateria. “Quando você faz recargas rápidas o tempo todo, acaba limitando a vida útil da bateria”, diz Zeine.

No entanto, ambos destacam que a maioria das pessoas não percebe os danos que são provocados nas baterias. Para eles, isso ocorre porque muitos acabam trocando de aparelho com cerca de dois anos de uso. Sendo assim, ambos acreditam que recarregar os celulares durante a noite não seja um grande preocupação para a maioria das pessoas, graças à grande demanda por novos aparelhos.

Mas para aqueles que pretendem preservar a vida útil das baterias, os especialistas recomendam que utilizem carregadores mais fracos, de forma que as recargas demorem mais tempo. “Por exemplo, se utilizar um carregador de iPhone em um iPad Pro, a recarga será bem lenta. Isso pode preservar a bateria”, explica Zeine. Entretanto, ele mesmo afirma que não há garantias de que funcione.

Outra dica dada é evitar o superaquecimento dos aparelhos celulares, já que isso pode acelerar o processo de corrosão da bateria.
New York Times

Medalhas olímpicas do Japão serão feitas de lixo eletrônico

TÓQUIO 2020


Organizadores das Olimpíadas de Tóquio 2020 pretendem usar dispositivos eletrônicos descartados como fonte de ouro, prata e cobre para produzir medalhas olímpicas.

Os metais estão presentes em pequenos dispositivos eletrônicos, como smartphones. Todos os dias, milhões desses dispositivos são descartados no Japão, tornando-se lixo eletrônico. Segundo os organizadores, o lixo eletrônico são “minas urbanas” que contêm material mais do que suficiente para produzir as medalhas olímpicas.

Para ter uma ideia, nos Jogos de Londres de 2012, foram usados 9,6 kg de ouro, 1,210 kg de prata e 700 kg de cobre (componente primário do cobre). Em comparação, em 2014, a quantidade de metal precioso retirado de pequenos dispositivos eletrônicos descartados no Japão incluía 143 kg de ouro, 1,566 kg de prata e 1,112 kg de cobre.

A ideia de usar o material surgiu em 10 de junho, em uma reunião em Tóquio para discutir propostas de cooperação para os preparativos da Tóquio 2020. As propostas tinham como foco o tema sustentabilidade, também abordado na Rio 2016.

O desafio será coletar o material, já que o Japão não tem um amplo sistema de coleta de dispositivos eletrônicos usados. Por ano, cerca de 650 mil toneladas de lixo eletrônico são descartadas no país. Porém, menos de 100 mil toneladas são coletadas através de uma lei de reciclagem de aparelhos domésticos, criada em 2013.Nikkei

Itália: tremor danificou quase 300 edifícios

Igreja Sant'Agostino, em Amatrice, ficou danificada / Ciro De Luca/Reuters

Além de deixar mais de 280 pessoas mortas, o terremoto que atingiu a Itália na última quarta-feira (24) danificou um número ainda maior de bens culturais: 293, sendo 50 deles de maneira quase ou irreversível.

Em Amatrice, a cidade mais afetada pelo sismo, pelo menos 11 edifícios históricos desabaram, incluindo duas basílicas (San Francesco e Sant'Agostino), seis igrejas (San Giovanni, Sant'Agnese, Santa Maria del Suffragio, San Giuseppe, Sant'Emidio e del Crocifisso), o Arquivo Municipal, a Biblioteca Municipal e o Museu Cívico.

Além disso, outros quatro monumentos estão gravemente danificados: as portas Romana e Ascolana, a Torre Cívica e o Arco San Francesco. Já em Arquata del Tronto, segunda cidade mais atingida, a igreja Santa Croce ficou completamente destruída, enquanto outras duas (Santissima Annunziata e Santissimo Salvatore) estão com avarias sérias em seus tetos e campanários.

Na vizinha Urbino, terra do pintor renascentista Rafael Sanzio, o famoso domo local registrou leves danos nas paredes, mas não corre riscos. Também foram detectados problemas em igrejas e museus de Ascoli Piceno, Montegallo, Montemonaco, Tolentino, San Ginesio, Gualdo Tadino, Valle Castellana, Rocca Santa Maria, Campli, Torano Nuovo, Teramo, Isola del Gran Sasso, Norcia, Sellano e Cerreto di Spoleto.

O tremor de magnitude 6,2 atingiu uma área que reúne várias pequenas cidades italianas a 140 quilômetros a leste de Roma, na madrugada de quarta-feira (24), enquanto a maioria das pessoas dormia, destruindo centenas de casas. Ansa

França: polêmica do burkini gera batalha de culturas

Mulher é vista usando burkini em praia em Marselha, na França / Stringer/Reuters

O primeiro-ministro da França, Manuel Valls, defendeu nesta quinta-feira a proibição aos burkinis em mais de uma dezena de cidades costeiras nesta quinta-feira, dizendo que o país vive uma "batalha de culturas" e que o traje de banho de corpo inteiro simboliza a escravização das mulheres.

Fotos de policiais armados obrigando uma muçulmana em uma praia da cidade mediterrânea de Nice a se despir parcialmente viralizaram nas redes sociais nesta semana, provocando indignação em muitos muçulmanos franceses e causando consternação em todo o mundo.

Como sinal das divisões que estão surgindo no governo socialista antes da eleição presidencial de 2017, Najat Vallaud-Belkacem, ministra francesa da Educação nascida no Marrocos, alertou que o debate está incitando uma retórica racista e sendo usado para objetivos políticos.

"Temos que nos envolver em uma batalha determinada contra o islã radical, contra esses símbolos religiosos que estão se infiltrando nos espaços públicos", disse Valls em uma entrevista à BFM-TV.

Reiterando sua postura em relação ao assunto, ele afirmou: "Para mim, o burkini é um símbolo da escravização das mulheres".

O Conselho de Estado da França, a mais alta instância jurídica administrativa do país, deve ouvir nesta quinta-feira um pedido de um grupo de direitos humanos para que a proibição ao burkini seja revertida na cidade mediterrânea de Villeneuve-Loubet.

O debate sobre o banimento do burkini resume as dificuldades que a França enfrenta no momento em que luta para reagir a jihadistas franceses e militantes estrangeiros na esteira de ataques islâmicos recentes do país. Em virtude disso, a segurança e a imigração se tornaram temas centrais na campanha presidencial.

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, que entrou oficialmente na corrida pela Presidência na segunda-feira, disse à revista Figaro que a França se tornou tímida demais sob o comando de seu atual mandatário, François Hollande.

"O burkini é um ato político, um ato militante, uma provocação. As mulheres que o usam estão testando a República", afirmou Sarkozy à publicação em comentários que serão publicados na sexta-feira.

Em uma demonstração de como a polêmica do burkini vem repercutindo no exterior, a escritora britânica J. K. Rowling, autora dos livros da saga Harry Potter, tuitou: "Então Sarkozy chama o burkini de 'provocação'. Quer as mulheres cubram ou descubram seus corpos, parece que estamos sempre 'pedindo por isso'".Reuters

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

HAPPY HOUR



PENSAMENTO DA SEXTA



NOSSO SOM









CASO EBC-Como salvar emissoras públicas da ingerência estatal

Especialistas concordam que o modelo de gestão da EBC precisa ser reestruturado (Foto: ABr)

Este ano, a TV Brasil foi palco de um embate entre o presidente interino, Michel Temer, e a presidente afastada, Dilma Rousseff. Temer acusava Dilma de ter transformado em arma de propaganda a TV Brasil, que, por ser uma emissora pública, não pode ter caráter político-partidário. A tensão começou após Temer tentar exonerar Ricardo Melo, nomeado por Dilma presidente da Empresa Brasil Comunicação (EBC), empresa de comunicação pública da qual a TV Brasil é o carro-chefe.

A discussão acabou jogando luz sobre o paradoxo que rege a natureza jurídica da EBC. Criada em 2008, a EBC tem como missão se tornar uma espécie de BBC brasileira: uma empresa de comunicação pública, voltada à formação do pensamento crítico do telespectador, sem influência comercial ou política.

O problema é que a distinção entre público e estatal nunca foi muito clara no Brasil, o que torna difícil distinguir uma emissora pública de uma emissora estatal. E essa confusão está presente na própria lei de criação da EBC, que deu mais poderes ao conselho administrador da emissora, composto por membros nomeados pelo Palácio do Planalto, do que ao conselho curador, que é formado por representantes da sociedade civil e responsável por dar o caráter público da empresa. Para piorar, a EBC é vinculada à Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom), órgão responsável por coordenar a publicidade do governo.

Tamanho paradoxo deixa claro que a EBC precisa ser reformulada. Para entender como isso seria possível, o Opinião e Notícia conversou com Chico Sant’Anna, jornalista e doutor em Ciência da Informação e Comunicação, e Eugênio Bucci, jornalista e professor de Comunicação da Universidade de São Paulo (USP).

Brasil já perdeu 623 mil empregos formais apenas neste ano


O mercado de trabalho formal registrou, em julho, o segundo pior resultado para o mês da série histórica, que começou em 1992, com a perda de 94.724 vagas com carteira assinada no país. O resultado negativo só não superou o de julho do ano passado, quando houve a eliminação de 157.905 postos. Foi o 15º mês seguido de queda. No ano, já são menos 623.520 empregos. Nos últimos 12 meses, o total chega a 1.706.459. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho.

Rodolfo Peres Torelly, ex-diretor do Departamento de Emprego do ministério, ressalta que até a agricultura, que apresentou resultado positivo com a criação de 4.253 vagas, não chegou nem perto da média para esta época do ano. “Nesse período, são gerados, em média, 30 mil empregos nesse setor”, observou. “Portanto, não tem nada de bom nesse resultado. O que de fato importa é que quase 100 mil chefes de família perderam os meios de se sustentar”, avaliou.CB

Versão religiosa de Pokémon Go é criada


Após se assustar com o tempo que os jovens passam caçando monstros imaginários no jogo Pokémon Go, que é sucesso mundial, o coordenador da escola salesiana Maria Auxiliadora de Bernal, em Buenos Aires, teve a ideia de criar uma versão religiosa - e analógica - do app, chamada "Dom Bosco Go".

O objetivo do religioso foi, além de homenagear de Dom Bosco - fundador da congregação católica salesiana, incentivar os jovens a se voltar a religião usando recursos modernos e que os interessem, além de conscientizá-los sobre o uso excessivo do jogo.

Para isso, o religioso David Brahán criou um jogo onde os alunos podem "caçar santos", substituindo os monstrinhos originais do Pokémon Go por figuras católicas. Até mesmo um "pokestop" foi colocado dentro da capela da escola. O projeto foi um sucesso, com a participação de mais de 200 alunos, e deve se estender à versão digital, se tornando um app.

Diante da distração, algumas instituições argentinas tomaram outras medidas alternativas, como cortar o Wi-fi na área escolar e pedir aos responsáveis pelo jogo para retirar as "Pokestops" de dentro das instituições.Ansa

COMPORTAMENTO



ELEIÇÕES 2016

SP: MP impugna seis candidatos à Prefeitura

Candidatos impugnados não entregaram documentos obrigatórios pela legislação eleitoral (Foto: Reprodução)

O Ministério Público Eleitoral pediu a impugnação da candidatura de seis dos 11 políticos que disputam a prefeitura de São Paulo. A medida atinge Celso Russomanno (PRB), Marta Suplicy (PMDB), Levy Fidelix (PRTB), Major Olímpio (SD), Luiza Erundina (PSOL) e João Bico (PSDC) pela ausência de documentos considerados obrigatórios pela legislação eleitoral.

Em geral, o atraso na apresentação desses documentos pelos candidatos foi ocasionado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, que teve dificuldades para emitir no prazo as certidões de documentos que foram solicitadas pelas candidaturas. Estes documentos precisam ser apresentados à Justiça Eleitoral.Agência Brasil

ACORDO DE PAZ NA COLÔMBIA-Um partido político bolivariano chamado Farc


Eleitores colombianos terão a chance de acabar com um dos conflitos mais duradouros do mundo em 2 de outubro (Foto: Flickr)
Um acordo de paz definitivo entre o governo da Colômbia e as Farc, anunciado na quarta-feira, 24, após quatro anos de negociações em Havana, é histórico porque põe fim a meio século de conflito armado. Ele ainda precisa da aprovação dos eleitores colombianos em um referendo marcado para 2 de outubro, mas caso isso aconteça, as FARC irão se transformar em um novo partido político.

A nova legenda deve se chamar Movimento Bolivariano pela Nova Colômbia (MBNC), o braço política das Farc criado em 2000. O partido deve seguir ideais marxistas, se colocando como representante dos pobres das zonas rurais contra os colombianos ricos e se opondo a privatizações, além de pregar uma reestruturação do exército colombiano.

União Patriótica

Não será a primeira vez que guerrilheiros das Farc tentam a sorte na política. Durante um cessar-fogo em 1984, as Farc formaram o partido União Patriótica, sob promessas de proteção do governo. No entanto, o grupo não abandonou as armas antes de entrar no cenário político. Na realidade, alguns líderes rebeldes encaravam o União Patriótica como a ferramenta ideal para espalhar a mensagem de luta armada pelo país e recrutar mais combatentes. Assim, quando os candidatos do partido começaram a ganhar terreno em eleições, militantes de direita acusaram o partido de abrir caminho para um golpe. O resultado foi um banho de sangue que o governo colombiano fez pouco para conter.

Ao todo, 3 mil membros do União Patriótica, incluindo dois candidatos presidenciais e dezenas de vereadores, prefeitos e congressistas foram mortos, muitos por esquadrões da morte atuando em conluio com o exército colombiano. Ativistas dos direitos humanos chamaram o episódio de “genocídio político”.

Conselho de Lula

Hoje, a decisão dos guerrilheiros de trocar as armas pelas urnas segue um conselho dado pelo ex-presidente Lula, que em 2009 afirmou em uma entrevista coletiva: “Se, em um continente como o nosso, um índio e um metalúrgico podem chegar à Presidência, por que alguém das Farc, disputando eleições, não pode?”.

O reconhecimento pelas FARC da ordem constitucional da Colômbia representa o fim de uma vertente de violência stalinista que atormentou a América Latina por décadas. O acordo não é perfeito, mas os colombianos deveriam aprová-lo.

A parte mais controversa diz respeito às possíveis punições contra aqueles que cometeram crimes horríveis contra não combatentes. Tanto as Farc como o exército colombiano e grupos paramilitares de direita assassinaram civis, e os responsáveis por tais crimes deviam ir para a prisão, mas sob o acordo de paz, eles ficarão em liberdade se confessarem. Guerrilheiros e soldados acusados de tais crimes terão uma audiência em um tribunal especial e se forem condenados, prestarão serviços comunitários por até oito anos. É compreensível que muitos colombianos achem isso difícil de engolir, e as pesquisas de opinião pública mostram que o referendo terá votação apertada.

No entanto, a rejeição ao acordo seria uma tragédia para o país. Cerca de 2 mil confrontos armados aconteceram apenas em 2013. Regiões rurais que suportaram o peso da guerra estão desesperadas pela paz. Os colombianos têm a chance de acabar com um dos conflitos mais duradouros do mundo e eles deviam aproveitá-la.The Economist

EM MEIO À CRISE- Clínicas de preço popular avançam pelo país

Redes de clínicas oferecem atendimento médico a preços populares (Fonte: Reprodução/GlobalMed)

Enquanto os planos de saúde perdem cada vez mais clientes, um tipo de serviço no setor de saúde tem conseguido bons resultados apesar da crise econômica.

Redes de clínicas que oferecem atendimento médico a preços populares têm avançado pelo país. O serviço tem sido visto como uma alternativa para a população que não tem condições de pagar os altos preços dos planos e que também não quer depender do Sistema Único de Saúde (SUS).

Criada em 2011 em São Paulo, a Dr.Consulta é um exemplo deste tipo de clínica. Até o fim do ano a rede deve chegar a 30 unidades. Atualmente, conta com 600 médicos e faz cerca de 50 mil atendimentos por mês. As consultas variam entre R$ 60 e R$ 135 e podem ser parceladas em até dez vezes. A rede também realiza alguns exames e cirurgias.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o vice-presidente médico da Dr.Consulta, Marcus Fumio, explicou que o modelo da empresa é baseado em preços baixos, controle rígido de custos e tecnologia para melhorar processos. Com o avanço do desemprego, muitas pessoas que deixaram de pagar seus planos passaram a optar pelo serviço da empresa, em alternativa ao SUS, o que ajudou a favorecer o negócio, ressaltou Fumio.

Entre dezembro de 2014 e junho deste ano, cerca de 2 milhões de pessoas deixaram de ser beneficiárias de planos de saúde, segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Uma outra empresa do setor, a PartMed, oferece parcelamento em até 60 vezes para internações e cirurgias.

Há também clínicas que oferecem um atendimento mais enxuto, com apenas um atendente e um clínico geral, como as redes Dr.Agora e a MinutoMed. Neste caso, o objetivo é atender problemas de fácil resolução, como gripes e sinusites, além de oferecer exames rápidos e vacinas. As consultas não são agendadas.

Além das dificuldades para transformar este tipo de negócio em algo viável financeiramente, há também o desafio de fazer com que os pacientes enxerguem as clínicas de preço popular como de boa qualidade, afirmam os representantes do setor.Folha

VIOLÊNCIA NO BRASIL- Armas de fogo matam 2,6 vezes mais negros que brancos

O número de crimes com arma de fogo parou de crescer no Brasil depois do Estatuto e Campanha do Desarmamento (Foto: Pixabay)

De 2003 a 2014, as mortes de negros causadas por armas de fogo aumentaram de 20.291 para 29.813 no Brasil. Enquanto isso, na população branca, as mortes diminuíram de 13.224 para 9.766. Desta forma, a proporção de homicídios de negros para brancos aumentou de 1,7 para 2,6 vezes.

A informação é do Mapa da Violência 2016, estudo coordenado pelo pesquisador Julio Jacobo Waiselfisz, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais. Além disso, 94,4% das vítimas são homens. Em relação às regiões onde os homicídios acontecem, 42% dos casos aconteceram no Nordeste, a mais violenta em termos absolutos.

Apesar do número de crimes com arma de fogo ter parado de crescer no Brasil depois do Estatuto e Campanha do Desarmamento, o número de vítimas aumentou. Em 2014, o país bateu o recorde de mortos por armas de fogo. Enquanto em 2004, 36.115 pessoas morreram, em 2014, foram 42.291 mortes, levando em consideração que a população aumentou 8% no período, segundo a projeção do IBGE.Folha de S.Paulo

UnB vai criar robô que ajudará médico durante cirurgia de laparoscopia

Protótipo que está em desenvolvimento: conclusão até dezembro

A ajuda de robôs em cirurgias não é coisa de ficção em vários hospitais pelo mundo afora. No Brasil, entretanto, devido aos altos custos da matéria-prima importada, esse tipo de tecnologia ainda é uma realidade distante no Sistema Único de Saúde. Uma parceria entre a Universidade de Brasília (UnB) e o Ministério da Saúde, porém, pretende iniciar uma revolução nesse setor. O projeto desenvolve o protótipo de um robô, que vai auxiliar no procedimento cirúrgico de laparoscopia — incisão pouco invasiva indicada, principalmente, para a remoção de vesícula e apêndice.

O projeto, denominado Clara, é idealizado e desenvolvido por professores e alunos da UnB de diversas áreas da tecnologia. “Estamos desenvolvendo um protótipo que substituirá o homem no procedimento de segurar o endoscópio durante a cirurgia”, sintetiza Mariana Bernardes, coordenadora do projeto e professora de engenharia eletrônica na universidade. De acordo com ela, o robô será controlado pelo próprio cirurgião, o que facilitará o trabalho, já que não será mais necessária a coordenação, entre duas pessoas, do local da câmera. Outra vantagem é que não haverá mais problemas de imagens tremidas por conta da fadiga humana. Além disso, com a redução de pessoas circulando na sala de cirurgia, o espaço para trabalho, que costuma ser apertado, será um pouco maior, possibilitando maior conforto aos médicos.CB

Cientistas acreditam que Vênus foi habitado no passado


Cientistas do Planetary Science Institute (PSI), no Arizona, EUA, fizeram uma simulação da evolução de Vênus, com resultados surpreendentes.
Segundo suas conclusões, o planeta teria sido habitado há milhões de anos.

Atualmente, Vênus possui uma atmosfera composta por nuvens tóxicas incandescentes e sua temperatura média é de 463°C, o que faz do planeta um ambiente extremamente hostil para o desenvolvimento de vida.

Mas nem sempre foi assim. Os pesquisadores acreditam que, devido à alta quantidade de átomos de deutério na sua superfície, há uma probabilidade grande de que tenha havido muita água no planeta. Por isso, concluem que teriam existido nele as condições necessárias para o surgimento e evolução de vida inteligente.

Os especialistas tentam determinar agora quais são os fatores responsáveis por um planeta com as características similares às da Terra ter se transformado no que Vênus é hoje. Eles acreditam que, há aproximadamente 715 milhões de anos, seus oceanos se evaporaram e suas paisagens foram transformadas radicalmente com a erupção de toneladas de massa vulcânica. Pijama Surf
Imagem: Vadim Sadovski/Shutterstock.com

Localizados canhões medievais submersos na costa da Flórida


Empresa procurava destroços de foguetes da Nasa, quando se deparou com um arsenal do século XVI.
A expedição liderada pela empresa Global Marine Exploration no Cabo Canaveral, na costa da Flórida, localizou um arsenal do século XVI. São 22 canhões e um monumento em mármore gravados com o brasão do reio da França de 1562.

Robert Pritchett, executivo-chefe da empresa, acredita que os canhões e o monumento pertenciam a navios franceses que foram atacados por espanhóis. Todo carregamento estava sendo levado para longe da Flórida como espólio, com destino a Havana, Cuba, quando os espanhóis foram atingidos por uma tempestade e todas as embarcações afundaram.

Mergulhadores descobriram os restos do naufrágio durante uma pesquisa marinha no final de setembro 2015, utilizando equipamentos magnéticos subaquáticos que permite localizar itens de metal abaixo do leito marinho.

Além de três canhões de bronze e o monumento de mármore, os mergulhadores encontraram 19 canhões de ferro, 12 âncoras, uma pedra de rebolo e munição. As marcações em um dos canhões de bronze indicam que ele foi fabricado em 1540, durante o reinado do Rei Henrique II de França.

Cemitério de foguetes
A Global Marine Exploration tem permissão para explorar a costa da Flórida. No local, a empresa tem encontrado centenas de destroços de foguetes da Nasa. A área serviu como base de testes da Força Aérea dos EUA em 1948. Armamento do século XVI, no entanto, foi novidade para os mergulhadores.

Resgate das relíquias
Por enquanto, toda essa relíquia (tanto as do século XVI como os destroços dos testes americanos) seguem submersos. A empresa ainda não tem autorização para retirar as peças do fundo do mar.Seeker
Imagem: Divulgação/Global Marine Exploration, Inc.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

NA CIDADE UNIVERSITÁRIA - AGO 4



Mais de 47 mil concorrem a 815 vagas dos hospitais da UFPA

São 47.723 candidatos que concorrem a 815 vagas no concurso público nas áreas administrativas, médica e assistencial com lotação no Complexo Hospitalar Universitário da Universidade Federal do Pará (UFPA), constituído pelos Hospitais Universitários Bettina Ferro de Souza (HUBFS) e João de Barros Barreto (HUJBB). As provas objetivas para os níveis médio e superior acontecem em Belém e Ananindeua neste domingo, dia 28 de agosto, pela manhã, das 8h às 12h, e à tarde, das 14h às 18h. De acordo com edital, o candidato deve comparecer ao local da prova com antecedência mínima de 60 minutos do fechamento dos portões.

Desde 16 de agosto, o comprovante de inscrição da prova objetiva já está disponível, com local e prova, no site do Instituto AOCP, executor do concurso. Para todas as áreas, com duração de quatro horas, a aplicação das provas objetivas trazem 50 questões distribuídas em Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemático e Legislação Aplicada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - Ebserh) e Conhecimentos Específicos (Legislação Aplicada ao Sistema Único de Saúde – SUS e Conhecimentos Específicos).

A prova objetiva totaliza 80 pontos e estará eliminado do concurso o candidato que não perfizer o total mínimo de 50% de pontos atribuídos na soma das provas de Conhecimentos Básicos e Específicos, ou seja, 40 pontos do total. Em nível superior, há ainda a Avaliação de Títulos e Experiência Profissional. O gabarito preliminar das provas objetivas será divulgado no site do Instituto AOCP em até 24 horas após a aplicação das provas.

O que levar no dia da prova - Além de chegar 60 minutos antes do fechamento dos portões, no dia da prova o candidato deve estar munido de comprovante de inscrição, original de um dos documentos de identidade como carteira e/ou cédula de identidade expedida por Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar, Ministério das Relações Exteriores, Cédula de Identidade para Estrangeiros, Cédula de Identidade fornecida por Órgãos ou Conselhos de Classe, que por força da Lei Federal valem como documento de identidade, e Passaporte, Carteira de Trabalho e Previdência Social, bem como Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia na forma da Lei Federal 9.503/1997). A caneta esferográfica deve ser de tinta azul ou preta.

Vagas – Das 815 vagas, 484 são à área assistencial, com 26.841 inscrições homologadas; 234 vagas para médica, que somou 1.179 homologadas e 97 vagas à área administrativa, tendo 19.703 inscrições homologadas. Os empregos são para o quadro de pessoal da Ebserh regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Os salários vão de R$ 1.863,48 a R$ 8.887,51. A Ebserh é uma empresa pública, vinculada ao Ministério da Educação, que teve sua criação autorizada pela Lei 12.550, de 15 de dezembro de 2011. A partir da assinatura do contrato com a UFPA, em 13 de outubro de 2015, a empresa administra o Barros Barreto e Bettina Ferro.

Salários e carga horária – Na área administrativa a carga horária é de 40 horas semanais, exceto jornalista, que conta com legislação específica de 25 horas no serviço público, e os salários variam de R$ 2.104,69 a R$ 8.887,51. Na médica são 24 horas semanais e o salário é R$ 7.425,31. Na assistencial a carga horária fica entre 24 e 40 horas semanais e salários de R$ 1.863,48 até R$ 8.887,51.

Mais informações no site do Instituto AOCP ou pela Central de Atendimento ao Candidato: (44) 3344 4242. E-mail: candidato@institutoaoc p.org.br.

Texto: Cleide Magalhães – Ascom Complexo Hospitalar da UFPA.

Impeachment - Vai começar o jogo

Secretaria de Segurança Pública define esquema para votação do impeachment


Após uma reunião com representantes de grupos pró e contrários ao impeachment, a Secretária de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) definiu o esquema tático para garantir a ordem na Esplanada dos Ministérios nos dias de julgamento no Senado. Ao todo, são esperadas cerca de 60 mil pessoas a partir da próxima segunda-feira (29/8), dia em que a presidente afastada apresentará sua defesa na Casa. A sessão de julgamento do processo contra Dilma se inicia amanhã as 9 horas.

Desde ontem (23/8) um novo muro divide a zona central de Brasília. O lado direito da Esplanada, no sentido Congresso Nacional, estará destinado aos manifestantes que apoiam o impeachment, estes poderão se concentrar no Museu Nacional. Os defensores da presidente afastada deverão se concentrar no Teatro Nacional e acompanhar o julgamento do lado esquerdo da área. Sobre a nova divisão, a secretária Márcia de Alencar comentou “é necessário para garantir a livre manifestação com a preservação das pessoas e a preservação do patrimônio”. A secretária também afirmou que não será permitido o consumo de bebidas alcoólicas na área e nem o porte de bonecos infláveis e bandeiras que estamparem personagens ícones do processo, como o juiz federal Sérgio Moro e o ex-presidente Lula. De acordo com Márcia, a medida também é uma forma de evitar provocações entre os grupos. “Este é um momento final de uma situação histórica e inédita”, concluiu.CB

Renan: Senado poderá trabalhar no fim de semana

Renan pediu ‘bom senso’ durante depoimentos no julgamento do impeachment / Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse nesta terça-feira (23) que, se for necessário, os senadores vão trabalhar no próximo final de semana para cumprir as etapas finais do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT).

Renan pediu “bom senso” durante os depoimentos das testemunhas de defesa e de acusação, para a celeridade dos trabalhos.

“Espero bom senso, porque se as oitivas das testemunhas, tanto de defesa quanto de acusação, andarem rápido, nós não vamos precisar trabalhar no sábado e no domingo. Caso contrário, vamos ter que trabalhar, porque na segunda-feira [29], às 9h, vamos ouvir a presidente Dilma Rousseff. Em seguida, os senadores poderão fazer perguntas à presidente”, disse Renan.

De acordo com o presidente do Senado, se não houver simplificação nos depoimentos das testemunhas e se gastar muito tempo durante essa parte do processo, será necessário que os trabalhos prossigam no final de semana. “Se houver necessidade, nós vamos trabalhar neste final de semana”.Agência Brasil

PT rejeita Dilma -

PT rejeita plebiscito defendido por Dilma

Trata-se da primeira manifestação formal do comando do partido sobre a proposta de Dilma (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Em uma resolução aprovada na terça-feira, 23, a cúpula do PT rejeitou a proposta de plebiscito defendida pela presidente afastada Dilma Rousseff. Foram 14 votos contra e apenas dois a favor da convocação de um plebiscito sobre antecipação de eleições.

Trata-se da primeira manifestação formal do comando do partido sobre a proposta de Dilma. Com a rejeição, prevaleceu a opinião do presidente do PT, Rui Falcão, de que a proposta de um plebiscito não teria agora o efeito de atrair senadores contra o impeachment.

Apesar da decisão da cúpula do PT, Rui Falcão nega que se trate de um sinal de afastamento. A reunião da Executiva do PT foi marcada por uma discussão acalorada.

Apesar de não defender o plebiscito, um documento divulgado pela cúpula do partido estimula a realização de ato contra o impeachment de Dilma Rousseff e também condena o governo do presidente em exercício Michel Temer.Folha de S.Paulo

Corrente articula Lula no comando do PT

Segundo dirigentes, petista está ciente da articulação, mas ainda não disse se aceitaria / Paulo Whitaker / Reuters

Integrantes da corrente majoritária do PT, CNB (Construindo um Novo Brasil), articulam a condução do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao comando do partido. Reunida em São Paulo na terça-feira (24), a Executiva Nacional da legenda decidiu adiar de dezembro deste ano para março de 2017 o Encontro Nacional Extraordinário, no qual deve ser discutida a abreviação do mandato da atual direção da sigla.

A manobra, encabeçada pela CNB, abre caminho para a chamada "solução Lula" na presidência do partido, hoje comandado por Rui Falcão. A ideia é ganhar tempo para viabilizar a proposta, barrar o avanço das correntes de esquerda que se uniram no movimento Muda PT - que inclui ainda parte expressiva da bancada no Congresso Nacional - e evitar um racha na legenda.

Segundo dirigentes petistas, Lula está ciente da articulação, mas ainda não disse se aceitaria a indicação. Não é a primeira vez que o nome do líder máximo do PT surge como alternativa para presidir a sigla. Nas outras vezes, ele havia recusado.

Agora, avaliam petistas, a situação é diferente. Acossado pela Operação Lava Jato, que apura esquema de corrupção na Petrobrás, Lula poderia exercer a direção partidária independentemente de decisões da Justiça e teria também uma agenda sólida de repactuação do PT e estrutura material para viajar pelo País se preparando para uma possível candidatura à Presidência da República em 2018.

A reunião de terça-feira (24), foi marcada por cobranças. Falcão pediu explicações ao secretário de Formação, Carlos Árabe, da Mensagem, sobre questionamentos feitos na imprensa, e líderes da CNB insinuaram que o objetivo real das críticas da esquerda é preparar o desembarque do partido.

A Mensagem negou e disse que o objetivo da corrente é ganhar o controle do partido. Na terça-feira, 24, o Muda PT distribuiu um texto, depois da reunião, defendendo a manutenção da data do encontro. Líderes da esquerda petista admitem que a "solução Lula" os deixaria na defensiva.Estadão

Governo reduz projeto de ampliação de aeroportos regionais

Com o corte, orçamento do projeto caiu de R$ 7,3 bilhões para R$ 2,4 bilhões (Foto: EBC)

O governo interino de Michel Temer vai cortar drasticamente o projeto de investimento federal em aeroportos regionais criado em 2012 pela presidente afastada Dilma Rousseff.

O projeto original previa obras de ampliação em 270 aeroportos regionais. O governo interino reduziu esse número para 53. Com isso, o valor do investimento estimado para o projeto, que inicialmente era de R$ 7,3 bilhões, caiu para R$ 2,4 bilhões. Segundo o ministro de Transportes, Aviação Civil e Portos, Maurício Quintella Lessa, a nova cifra “é bem mais realista” e “mais adequada à situação financeira do governo”.

“Chegamos à conclusão de que não seriam necessários 270 aeroportos para iniciar um programa realista que atenda aos estados, à demanda e às empresas”, disse Quintella, ressaltando já ter assegurados R$ 300 milhões do valor previsto. Os investimentos começarão a partir de 2017 e seguirão até 2020.

Segundo Quintella, a escolha dos aeroportos se deu em uma negociação entre estados, bancadas do Congresso e empresas aéreas. Dos 53 aeroportos que serão contemplados, 27 já recebem voos regularmente. Outros 11 fazem parte de uma lista divulgada em 2012 pela Associação das Empresas Aéreas, que pedia prioridade de investimento devido ao alto potencial de demanda.

Além dos 53 aeroportos que serão contemplados, o governo tem outra lista de 123 aeroportos que poderão receber investimentos quando a situação econômica melhorar ou se os estados assumirem os projetos.Folha

Campanha “amputa” atores e causa polêmica


"Somos todos paraolímpicos"; este é o mote da campanha promovida pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, que convidou os atores Cleo Pires e Paulo Vilhena para representarem atletas amputados; iniciativa, que conta com apoio da revista Vogue Brasil, passou a ser alvo de severas críticas dos internautas nas redes sociais, que questionaram por que os próprios atletas paralímpicos não foram convidados