domingo, 30 de junho de 2013

Um bom domingo


EU SOU BRASILEIRO NÃO DESISTO NUNCA

"Desistir... eu já pensei seriamente nisso, mas nunca me levei realmente a sério; é que tem mais chão nos meus olhos do que o cansaço nas minhas pernas, mais esperança nos meus passos, do que tristeza nos meus ombros, mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça."
Cora Coralina

Sai a lista do ProUni


O resultado da primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) já pode ser consultado em sua página na internet, nas instituições participantes ou pela central de atendimento do Ministério da Educação (MEC): 0800-616161. Os candidatos pré-selecionados devem comprovar nas instituições de ensino as informações dadas na ficha de inscrição, providenciar a matrícula e, se for o caso, participar de seleção própria da faculdade ou universidade. No site do Prouni é possível ver a lista da documentação necessária.

Mas!...e 'O CARA', como ficaria nessa disputa?

LULA VENCERIA NO PRIMEIRO TURNO. E AGORA, PT?


A pesquisa Datafolha fez também simulações incluindo o ex-presidente Lula como candidato à presidência da República, em 2014; ele teria 46% dos votos, contra 37% dos adversários Marina Silva, Aécio Neves e Eduardo Campos somados; mesmo com a inclusão de Joaquim Barbosa entre os presidenciáveis, Lula continuaria vencendo em primeiro turno; resultado, melhor do que o da presidente Dilma, terá consequência óbvia: Lula será pressionado pelo PT e por partidos da base aliada a retornar ao jogo político, antes do que se previa; será que ele topa disputar mais uma eleição?

Nas próximas horas, dias, semanas... uma única questão estará colocada no ambiente político: o ex-presidente Lula voltará ou não já em 2014? Se faltava um argumento nessa direção, ele está também colocado nos números da pesquisa Datafolha, que será divulgada amanhã pela Folha de S. Paulo, em sua edição impressa, mas está sendo antecipada, agora, pelo 247.

No levantamento, o Datafolha fez simulações incluindo o nome do ex-presidente Lula como presidenciável. Ao contrário da presidente Dilma Rousseff, ele venceria seus adversários em primeiro turno.

Confira os cenários do Datafolha:

1) Lula, Marina, Aécio e Eduardo

Lula 46%

Marina Silva 19%

Aécio Neves 14%

Eduardo Campos 4%

Total Lula 46%

Total adversários 37%

Diferença 9 pontos

2) Lula, Marina, Aécio, Eduardo e Joaquim Barbosa

Lula 45%

Marina Silva 14%

Joaquim Barbosa 13%

Aécio Neves 12%

Eduardo Campos 4%

Total Lula 45%

Total adversários 43%

Diferença 2 pontos

3) Dilma, Marina, Aécio e Eduardo

Dilma 30%

Marina Silva 23%

Aécio Neves 17%

Eduardo Campos 7%

Total Dilma 30%

Total adversários 47%

Diferença - 17 pontos

2) Dilma, Marina, Aécio, Eduardo e Joaquim Barbosa

Dilma 29%

Marina Silva 18%

Joaquim Barbosa 15%

Aécio Neves 15%

Eduardo Campos 5%

Total Dilma 29%

Total adversários 53%

Diferença - 24 pontos

Deve-se ressaltar que os protestos também atingiram a popularidade de Lula, mas não o bastante para evitar sua vitória em primeiro turno. Antes das manifestações, ele tinha 55% das intenções de voto, nos dois cenários (com ou sem Joaquim Barbosa). Cumprindo agenda na África, o ex-presidente hoje faz campanha pelo Prêmio Nobel da Paz e, em declarações públicas, tem dito que não será candidato em 2014.

Fonte - Data Folha

Dilma : Sob os efeitos ainda dos protestos das ruas...faz parte da democracia.

Intenção de voto em Dilma caiu 21 pontos desde início dos protestos

Pesquisa do Datafolha mostra que reprovação do governo Dilma cresceu significativamente após onda de protestos (Reprodução/Internet)

Uma pesquisa Datafolha para a eleição de 2014 divulgada neste sábado, 29, mostra que a intenção de voto na presidente Dilma Rousseff (PT) despencou 21 pontos em três semanas, uma queda que coincide com o período de protestos no Brasil. Entre os pré-candidatos incluídos na pesquisa, Marina Silva, que ainda tenta oficializar o seu partido Rede Sustentabilidade, foi a que mais se beneficiou da onda de revolta no país, subindo sete pontos. Aécio Neves (PSDB) subiu três pontos e Eduardo Campos, um ponto.

No ínicio de junho, uma pesquisa do Datafolha mostrava a presidente com 51% das intenções de voto, garantindo uma vitória já no primeiro turno. Agora, a última pesquisa mostra Dilma com 30% e tendo que enfrentar um segundo turno com Marina Silva, que subiu de 16% para 23% nesse período. Aécio Neves cresceu de 14% para 17% e ficaria em terceiro, enquanto o governador de Pernambuco passou de 6% para 7%.

Outra pesquisa divulgada neste sábado pelo Datafolha mostra que a aprovação da presidente caiu quase pela metade após as manifestações, de 57% para 30%. O percentual dos entrevistados que considera a gestão de Dilma ruim ou péssima subiu de 9% para 25%.

O desempenho de Dilma na pesquisa foi avaliado pelo instituto como a maior queda de popularidade de um presidente entre uma pesquisa e outra desde o plano econômico do ex-presidente Fernando Collor, em 1990, quando houve o confisco da poupança. O Globo

2013 entrará para a história como o ano dos protestos

Mundo foi tomado por uma onda de manifestações em diversos países (Reprodução/Economist)

Neste ano o mundo foi tomado por uma onda de manifestações em diversos países. Ainda não se sabe se tais protestos surtirão algum efeito e, caso isso aconteça, quais serão as consequências.

As manifestações têm diferentes motivos. No Brasil, os protestos são pela melhoria na qualidade de vida e contra a corrupção; na Turquia, contra o governo retrógrado de Recep Erdogan; na Bulgária, o nepotismo do governo; e na zona do euro, as manifestações são contra as medidas de austeridade. Além disso, no Oriente Médio a Primavera Árabe se tornou um protesto permanente.

De fato, a importância deste ano é inquestionável. Para políticos que planejam pregar o mesmo velho discurso, a notícia não é nada boa.

O ritmo das manifestações foi acelerado pela internet. Em tempo real, smartphones registram e espalham todos os acontecimentos. Quando o Gezi Park, na Turquia, foi incendiado por policiais, a imagem foi imediatamente compartilhada e rodou o mundo nas redes sociais.

Outra diferença é que os protestos atuais não são mais organizados por partidos ou militantes, mas sim por pequenos movimentos (como o Movimento Passe Livre, no caso de São Paulo) ou pela própria população insatisfeita. A espontaneidade abriu aos protestos um intoxicante leque de possibilidades, porém a falta de organização confundiu os objetivos.

Quais serão os desdobramentos desses protestos? Talvez os políticos entendam que os eleitores esperam mais daqueles que foram eleitos para servi-los. As mudanças que estão acontecendo em 2013 podem trazer benefícios para a democracia tanto nos países emergentes como na União Europeia.The Economist

Marcha das Vadias reúne 150 em Belém

Marcha das Vadias levou mulheres de topless às ruas - Tarso Sarraf/Folhapres

Cerca de 150 pessoas se reuniram, neste sábado, na Marcha de Vadias em Belém, no Pará. De topless ou com os sutiãs à mostra, as mulheres foram às ruas em passeata contra o machismo e violência.

A avenida Presidente Vargas, no centro da capital de Belém, chegou a ficar com tráfego complicado.

As ativistas também protestaram contra o Estatuto do Nascituro, que tem o objetivo de impedir o
aborto em casos de estupro, e o projeto da "Cura Gay", que autoriza tratamentos para "curar" homossexuais.



Entendendo o mal de Alzheimer...

Tratamento para o Alzheimer é necessário tanto do ponto de vista fiscal quanto humanitário (Reprodução/Alamy)

A mal de Alzheimer destrói vidas. E, à medida que as pessoas vivem mais, destruirá ainda mais a cada ano. Ela também destrói orçamentos. Em 2010 nos EUA o custo de tratar as vítimas da demência foi de R$ 190 bilhões. Isso excede o custo de tratamento daqueles com câncer ou doenças cardíacas. A RAND Corporation, um centro de estudos baseado na Califórnia, estima que esse custo dobrará até 2040. Portanto, um tratamento para o Alzheimer é necessário tanto do ponto de vista fiscal quanto humanitário.

Desenvolver tal tratamento, aparentemente, não parece muito complicado. Um dos principais sintomas físicos da doença é a acumulação no cérebro de nódulos adiposos ou “placas”. Essas são compostas de fragmentos de proteína (conhecidos como peptídeos) chamados amiloide beta. Presumia-se que se as placas pudessem ser removidas – ou melhor, impedidas de se formarem – a confusão e a perda e memória, que são as principais manifestações externas do mal de Alzheimer, também seriam aliviadas. Trata-se apenas de uma questão de inventar o medicamento que fará isso.

Inúmeros testes fracassaram, o que fez com que os pesquisadores arrancassem seus cabelos. Mas eles continuam tentando. Um estudo publicado nesta semana no periódico Proceedings of the National Academy of Science descreve mais uma tentativa. Em vez de atacar o peptídeo diretamente, Stuart Lipton da Instituto de Pesquisa Médica Sanford-Burnham, em La Jolla, Califórnia, e seus colegas, estão tentando impedir a ação de seus efeitos. Ao fazê-lo, eles caracterizaram com novos detalhes o mecanismo de destruição do peptídeo. O que quer dizer que até mesmo caso esta abordagem específica venha a fracassar, eles terão ajudado a abrir um caminho através das placas que poderá ser seguido por outros. The Economist

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Livraria Cabana: Sugestões Literárias



ERETZ AMAZÔNIA - OS JUDEUS NA AMAZÔNIA
A publicação dedica especial atenção às quatro gerações de judeus na Amazônia e mostra como o Brasil tornou-se a maior nação judaica do mundo com cerca de 16 milhões de judeus e cristãos-novos. A presença judaica na Amazônia carrega consigo a história do povo judeu, que vislumbrou a Eretz Amazônia com assinatura do Tratado de Aliança e Amizade de 1810, que entre outras coisas determinava que não haveria tribunal de inquisição no Brasil.
iPad e iPhone
Google books: Ainda não disponível
Amazon books

PLEBISCITO :Um caso de Legitimidade Popular

PLEBISCITO COMEÇA A GANHAR LEGITIMIDADE POPULAR



Depois de obter apoio político, proposta da presidente Dilma Rousseff, de que a consulta popular sobre reforma política seja feita por meio de plebiscito, passa a receber apoio dos movimentos sociais que se reuniram com o governo; nesses últimos dias, Dilma se encontrou com representantes do Movimento LGBT, Movimentos de Juventude, centrais sindicais, movimentos urbanos e o Movimento Passe Livre, que deu início aos protestos no País; proposta de referendo, sugerida pela oposição, perde força

Na Cidade Universitária XV


ATENÇÃO UFPA!!!!!

“A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições
que lhe confere o art.84,caput,incisoXXV, da Constituição,
e tendo em vista o disposto no art.16 da Lei n°5.540, de 28
de novembro de 1968...resolve:

RECONDUZIR

CARLOS EDILSON DE ALMEIDA MANESCHY ao cargo de
Reitor da Universidade federal do Pará, com um mandato
De quatro anos, a partir de 2 de julho de 2013.

Brasília,27 de junho de 2013

Dilma Rouseff “


A mensagem acima se encontra no DOU...Diário oficial da União,
Datado de hoje...28/06/2013.

Continua assim a saga de Carlos Edilson II e que será conhecido
d’aqui para frente como o ‘INEDITISTA’




Happy Hour


Vadião - Universidade Federal do Pará

Pensamento da Sexta:

O homem é um animal com instintos primários de sobrevivência. Por isso, seu engenho desenvolveu-se primeiro e a alma depois, e o progresso da ciência está bem mais adiantado que seu comportamento ético.
Charles Chaplin


Nosso Som:











Na Cidade Universitária XIV



Gestão de qualidade

Relatos de fonte prestigiada nos bastidores do poder,
Vem à primeira indicação concreta de mudanças no 2º
Escalão...A primeira mudança deverá ocorrer no conhecido
Centro de Processo Seletivo – CEPS...segundo os relatos.



Com o advento de adesão total da ufpa ao Enem e sendo
o resultado do exercício desse...ao fim e ao cabo agora
é o nosso vestibular.O CEPS começa a despontar para uma
total repaginação de seus objetivos fins,já que o mesmo
detém um quadro de profissionais bem preparados na realização
de concursos Públicos.



Resta agora saber quem de fato será o novo coordenador
nesta unidade?...Segundo a fonte,a pessoa que desponta
nos bastidores do poder, é um conhecido e experiente professor
para ocupar esta coordenação...dizem que foi escolhido
a dedo pelo próprio reitor.




Ele está no páreo!...segundo o ‘Economist’.

‘Economist’ diz que país deve ‘ficar de olho em Lula’


Para "Economist", Lula anda "estranhamente quieto" (Reprodução/Internet)

Uma análise da revista Economist publicada nesta quinta-feira, 27, sobre os protestos no Brasil levanta a hipótese do retorno de Lula à presidência do país.

Segundo a revista, se Dilma não encontrar soluções concretas para as reivindicações dos manifestantes nas ruas e não estabilizar o cenário político e econômico do país, ela criaria uma brecha para Lula, que adoraria retomar as rédeas do país como um “salvador da pátria”. A análise lembra que Lula declarou uma vez que “concorreria à presidência de novo, caso os eleitores quisessem” e aconselha os brasileiros a ficarem de olho no ex-presidente, que se manteve “estranhamente quieto” até agora, preferindo assessorar Dilma nos bastidores do poder.

A Economist também diz que os manifestantes brasileiros não demonstram entusiasmo pelos principais pré-candidatos à presidência nas próximas eleições e que estão mais interessados em duas pessoas que permanecem, pelo menos por enquanto, fora da cena política dominante: Joaquim Barbosa e Marina Silva.

A revista cita o resultado de uma pesquisa feita pelo Datafolha, onde os eleitores indicaram pessoas com quem simpatizam e que gostariam de ver na presidência. Barbosa ficou em primeiro lugar, com 30% das intenções, e Marina em segundo, com 22%.

Contudo, a revista aponta que Barbosa não demonstra nenhuma intenção de concorrer à presidência, enquanto Marina, que conseguiu apenas 19% dos votos nas eleições de 2010, está enfrentando dificuldades para lançar um coerente partido anti-partidos. The Economist

PLEBISCITO X REFERENDO...O QUE PARA ESSA GUERRA?



Plebiscito proposto pela presidente Dilma Rousseff tem referendo como contrapartida lançada pelo senador Aécio Neves; polêmica se instala enquanto, diariamente, quebra-quebras se sucedem; promessa é de domingo de tensão em torno da final da Copa das Confederações, no Rio, entre o Brasil de Neymar e a Espanha de Iniesta; o País ainda estará inteiro ao tempo em que os políticos decidirem o que fazer?

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Mensagem do dia

A Cidade Universitária XIII



Nos corredores do poder a um silêncio sepulcral
advindo da maioria dos gabinetes... Parece que
todos e todas estão aguardando o ‘Chamado’.



Tudo leva a crer, que Carlos Edilson I, em seus últimos dias
de mandato prepara certas revelações sobre sua futura
equipe e que segundo fonte, surpreenderá alguns áulicos do
Poder.



O principal alvo ainda segundo os relatos...será mesmo
o segundo escalão da dita gestão,pelo sim; pelo não...
recomenda-se aquela velha máxima : ‘Caldo de galinha
e cautela...não fazem mal a ninguém’.

Conversando com você



A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração,sorrir às pessoas que não gostam de mim, para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam,calar-me para ouvir, aprender com meus erros,afinal, eu posso ser sempre melhor!
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade,
Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar,a abrir minhas janelas para o amor.E não temer o futuro,
A lutar contra as injustiças.Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo.
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade.Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar.Charles Chaplin



Corrupção:Agora é crime hediondo

Senado transforma corrupção em crime hediondo


Senadores aprovaram projeto para prever corrupção como crime hediondo

Pressionado pelas manifestações populares, o Senado aprovou nesta quarta-feira (26), logo após o jogo do Brasil contra o Uruguai pela Copa das Confederações, um projeto que torna a prática da corrupção ativa e passiva em crime hediondo. Também estão incluídos no rol outros quatro delitos. A matéria agora segue para análise da Câmara.

Além da corrupção (ativa e passiva), o Projeto de Lei 204/11 também inclui no rol de crimes hediondos a concussão (exigir, para si ou para outrem, dinheiro ou vantagem em razão da função); excesso de exação (quando funcionário público exige pagamento indevido); peculato (desvio de valores ou bens móveis que o funcionário público tem posse justamente em razão do cargo) e peculato qualificado (praticado por membro do Poder Judiciário, do Ministério Público, do Congresso Nacional, das assembleias legislativas, etc).

Ainda foi aprovado um aumento de pena de um terço quando este crime for praticado por agente político ou membro de carreira do Estado. “Cabe lembrar que a inclusão de um delito no rol dos crimes hediondos implica a vedação de concessão de anistia, graça e indulto ao agente; impede o livramento mediante de fiança, e torna mais rigoroso o acesso a benesses penais, como livramento condicional e progressão do regime de pena”, justificou o senador Alvaro Dias (PSDB-PR), relator da proposta. Até o homicídio simples, proposta pelo senador José Sarney (PMDB-AP), entrou na relação de crimes hediondos.CEF




Politica brasileira e futuras novas formas de representação popular

Que lições os partidos brasileiros podem tirar dos protestos?


Para especialistas, protestos vão criar novas formas de representação política

A descrença nos partidos, traço comum nos protestos que se espalharam pelo país nas últimas semanas, expõe os problemas do atual modelo político brasileiro, mas também pode servir de estímulo para que surjam novas formas de representatividade, na avaliação de especialistas ouvidos pela BBC Brasil.

Segundo sociólogos e cientistas políticos, as legendas continuarão a ser a base do sistema democrático brasileiro, mas agora têm também uma oportunidade de se renovar e reorientar suas agendas para fazer frente aos novos anseios da população.

Os pesquisadores avaliam que as manifestações podem abrir caminho para mudanças no sistema político, com o surgimento de mecanismos que permitam, por exemplo, as candidaturas avulsas sem filiação partidária,
os chamados candidatos 'independentes' assim como a convocação de plebiscitos e o fortalecimento de entidades civis nas diferentes instâncias do poder público.

Em meio à recente onda de protestos no Brasil, a insatisfação com os partidos políticos têm sido recorrente nas redes sociais. Em São Paulo, integrantes de partidos políticos presentes em uma das manifestações chegaram a ser vítimas de agressões verbais e físicas. Muitos acabaram expulsos do
protesto e tiveram material de campanha rasgado e até queimado.

"Pelas manifestações, ficou claro que a sociedade quer maior diálogo com seus representantes, e não a extinção dos partidos políticos", diz à BBC Brasil o cientista político Ricardo Ismael,da PUC-Rio.



'Meu pai pai meu garoto'

Cães veem os donos como se fossem seus pais


Que fofura. E como você é o pai, claro, seu cachorro age como se fosse uma criança
mesmo se ele já estiver velhinho.

Foi o que 22 cachorros mostraram numa pesquisa liderada pela veterinária Lisa Horn, da Universidade de Viena, na Áustria. Ela os separou em três grupos: um terço ficaria sem o dono, enquanto os outros estariam acompanhados por eles só que parte dos donos deveria se manter em silêncio, e outra parte deveria encorajar os cães a fazer as atividades. E tudo o que os bichinhos precisavam fazer era interagir com alguns brinquedos. Em troca, ganhariam comida.

Os cachorros que estavam com os donos passavam muito mais tempo brincando. Nem a comida servia para motivar os cães ‘abandonados’.

A pesquisadora refez o teste, mas dessa vez os donos foram substituídos por pessoas desconhecidas.
Nenhum dos cães mostrou muito interesse pelos brinquedos.

Segundo Horn, os testes são suficientes para provar a existência da “área de segurança”.Ou seja,os cães se sentem mais seguros, confiantes e confortáveis na presença dos donos. Sem eles,tudo parece mais perigoso e sem graça. E é exatamente o que acontece na relação entre pais e filhos pequenos.
“Esta é a primeira evidência da similaridade entre o ‘efeito de base segura’ encontrado na relação
dono-cachorro e na criança-pai”, diz a pesquisa.

Pra quem tem um bichinho é fácil perceber isso, não? Quantas vezes você não disse por aí que seu cachorro age sempre como se fosse uma criança? CC

quarta-feira, 26 de junho de 2013

A hora e a vez de Joaquim Barbosa.

JB QUER SER CANDIDATO DO GRITO DOS "SEM PAR-TI-DO"




Enxergando-se como principal beneficiário das manifestações de rua que renegam o establishment, mesmo fazendo parte e sendo beneficiário do poder constituído, Joaquim Barbosa defende junto à presidente Dilma Rousseff a liberação de candidatos avulsos para as eleições presidenciais de 2014; ele sairia ganhando com a nova regra; "É excelente para o meu histórico pessoal ser lembrado nessas manifestações", regozija-se; sozinho acima e à frente dos partidos políticos, o presidente do STF poderia surgir, com o apoio inconfessável de grupos radicais, como o nome capaz de higienizar todo o sistema político brasileiro, com poderes até mesmo para revogá-lo; um pai; um salvador; um ditador?

Banco Mundial : Aprova crédito para saúde e educação no Brasil



O Banco Mundial aprovou nesta terça-feira (25) créditos de US$ 910 milhões destinados a melhorar a saúde e a educação, o acesso aos alimentos e o combate ao crime no Brasil, informou a entidade.

O pacote de financiamento prevê US$ 360 milhões para o estado do Rio Grande do Norte, para apoiar os esforços do Brasil visando a redução da pobreza, a ampliação da segurança alimentar e o acesso de pequenos agricultores aos mercados e à agroindústria.

O financiamento também é destinado a melhorar a qualidade e o acesso aos serviços de saúde, educação e segurança, e condicionar a administração de recursos e pessoal nas repartições públicas a um enfoque de gerência baseado em resultados.

O Banco Mundial, sediado em Washington, também vai liberar US$ 550 milhões para fortalecer políticas de promoção de oportunidades de negócios para os pobres, assistência a pacientes crônicos e prevenção ao crime e à violência no estado de Pernambuco. A previsão é que os recursos beneficiem 9 milhões de pessoas.Da France Presse

A democracia do povo...VENCE a democracia da Câmara Federal

ACUADA POR PROTESTOS, CÂMARA REJEITA PEC 37



Pressão das manifestações populares que tomaram todo o País nas últimas semanas resultou na derrubada da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que disciplinava os poderes de investigação do Ministério Público; aprovada na Comissão de Constituição e Justiça e na comissão especial que analisou o mérito na Câmara dos Deputados, a proposta foi rejeitada por expressivos 430 votos a favor, 9 contrários e 2 abstenções; PEC vai ao arquivo.

Brasília - A pressão das manifestações populares das últimas semanas, em todo o país, resultou ontem (25) na derrubada da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que limitava os poderes de investigação do Ministério Público. Aprovada na Comissão de Constituição e Justiça e na comissão especial que analisou o mérito, a proposta foi rejeitada por 430 votos a favor, 9 contrários e 2 abstenções. Com a rejeição, a PEC vai ao arquivo.

Logo após a rejeição da PEC, as centenas de pessoas que acompanharam a sessão das galerias da Câmara, cantaram um trecho do Hino Nacional. Os manifestantes, em sua maioria representantes do Ministério Público e agentes da Polícia Federal, aplaudiram todos os encaminhamentos favoráveis à rejeição da proposta.

A derrubada da PEC 37 era uma das principais bandeiras dos movimentos populares que têm tomado às ruas de várias cidades brasileiras e do exterior. Por definir que o poder de investigação criminal seria restrito às policias Federal e Civil, a proposta foi considerada como "PEC da impunidade".

Por duas vezes, o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), apelou para que a rejeição fosse unânime a fim de que a Casa ficasse em sintonia com o clamor das ruas. Autor da PEC, o deputado Lourival Mendes (PTdoB-MA) foi o único a defender a aprovação da proposta. Segundo ele, "um erro de percurso", em referência às manifestações, fez com que a PEC fosse considerada "nefasta".Ag. Brasil

Centrais Sindicais :Resolveram dar as caras...11 de julho.

Centrais sindicais anunciam greve geral


O Dia Nacional de Lutas, que deve ocorrer no dia 11 de julho, será marcado por greves e protestos


As centrais sindicais anunciaram nesta terça que farão conjuntamente manifestações em todo o país,
no próximo dia 11 de julho.Com o lema “Pelas liberdades democráticas e pelos direitos dos trabalhadores”, o Dia Nacional de Lutas será marcado por greves e protestos.

"As paralisações, greves e manifestações terão como objetivo destravar a pauta da classe trabalhadora no Congresso Nacional e nos gabinetes dos ministérios e também construir e impulsionar a pauta que veio das ruas nas manifestações ocorridas em todo o país nos últimos dias", disse a CUT em nota.

Vão participar dos atos a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), a Força Sindical, a União Geral dos Trabalhadores (UGT), a Central Sindical e Popular (CSP) Conlutas, a Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), a Central dos Sindicatos do Brasil (CSB) e a Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST). O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) também participará como movimento social.

Entre as reivindicações consensuais, estão melhorias na saúde e educação públicas; reforma agrária; transporte público de qualidade e redução das tarifas; o fim dos leilões de petróleo; o fim do fator previdenciário; a redução da jornada de trabalho sem diminuição do salário; o arquivamento do Projeto de Lei 4.330, que regulamenta a terceirização; e o aumento das aposentadorias.

“Queremos o cumprimento dessa pauta histórica da categoria, que está nas mãos da presidenta [Dilma Rousseff] desde antes de ela ter sido eleita e que infelizmente não cumpriu”, destacou o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira.Agência Brasil

Atenção Consumidor : Planos de saúde aumentaram até 538%


Dados é sobre os planos coletivos, que a ANS não estabelece valor máximo para reajuste

Pesquisa divulgada nessa terça-feira pelo Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) mostra que entre 2005 e 2013 houve reajustes de até 538,27% em planos de saúde coletivos. A pesquisa feita pela advogada do Idec, Joana Cruz, considerou decisões judiciais de ações que contestavam os reajustes.

De acordo com o Idec, as operadoras vêm restringindo a oferta de planos individuais e estimulando a venda de contratos coletivos, já que estes não têm um valor teto para os índices de reajustes regulados pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

A pesquisa identificou um aumento médio de 82,21% nos contratos de planos coletivos analisados, enquanto isso, o teto para reajuste autorizado pela ANS para planos individuais em 2012 foi 7,93%.

Segundo a ANS, o índice de reajuste dos planos coletivos é determinado a partir da negociação entre a pessoa jurídica contratante e a operadora de plano de saúde. Por serem ambas pessoas jurídicas, estariam no mesmo patamar para discutir o índice mais adequado. O índice deve ser comunicado à ANS em no máximo 30 dias após o aumento do preço. A agência reguladora ressalta que as demais regras e operações para os planos coletivos são as mesmas que as dos planos individuais.

Segundo dados da ANS, dos 48 milhões de consumidores de planos de saúde, 77% dos clientes são de planos coletivos, 37 milhões de pessoas. Entre estes, a maioria dos contratos, 85% (31 milhões) são contratos que têm entre dois a 30 beneficiários, chamados pelo Idec de falsos coletivos.Ag. Brasil

terça-feira, 25 de junho de 2013

Mensagem do dia




Na Cidade Universitária XII




Um ‘Brado Retumbante’ na escumalha

A todos e a todas...tenho sido criticado com mentiras
deslavadas na rede de computadores pelo ex-vice diretor
do HUBFS...Senhor Renato Ferreira da Silva e que hoje tenta
sobreviver politicamente enxovalhando a gestão do reitor Maneschy...
da qual fez parte até quatro meses atrás,achando que assim
conseguirá algum eco na sociedade em favor da sua inexpressiva
condição de liderança de coisa nenhuma.



É do conhecimento de todos dentro desta universidade...
que o reitor Maneschy,após as denuncias de Renato contra
o atual diretor do HUBFS prof. Dr. Paulo Amorim mandou instaurar
uma sindicância para apurar e comprovar tais denuncias...
Após a comissão consumir 90 dias na apuração dos fatos,chegaram
a conclusão de que as então denuncias de Renato não passavam
na verdade de ilações políticas sem nenhuma sustentabilidade
técnica e nem jurídica.


ENFIM A QUEDA!...

Posto isso!...O então inexpressivo ex–vice-diretor,virou uma
espécie de ‘ metamorfose ambulante’ tentando desesperadamente
enlamear a atual gestão desta universidade, bem como, pessoas
ligadas direta ou indiretamente a esta gestão ao qual me incluo.

OS FATOS FALAM POR SI SÓ!

Um ATO FALHO de sua parte foi cometido contra a minha familia
na verdade em mais uma de suas vergonhosas ilações e diga-se,
postura típica dos ninguéns,pois bem a toda ação cabe uma reação

Apartir de hoje todos nesta universidade vão tomar conhecimento de
quem é na verdade Renato Ferreira da Silva e quem de fato esta
lesando o erário publico.


-Renato Ferreira da Silva e seus séquitos seguidores dentro d’aquele
Hospital...sempre protagonizaram verdadeiras aberrações no quesito
assédio moral contra os trabalhadores sérios do HUBFS...segundo Testemunhos
publicos feito junto ao reitor, bem como, a membros da
Gestão.

-Entre as façanhas de Renato como vice-diretor deste hospital,
existem varias filigranas cometidas por este meliante e seus
seguidores no avançar das pautas...todos tomaram conhecimento
das ações protagonizadas por este verdadeiro bando de espertalhões
AGUARDEM!...






Na Cidade Universitária XI



A derradeira semana

A partir desta segunda,24,entramos de fato na ultima semana
De gestão de Carlos Edilson I...segundo fonte prestigiada
Nos bastidores da gestão,afirmam que nesta semana teremos
Enfim as revelações tão esperada por parte do reitor.



Especificamente teremos nesta semana, segundo a fonte...
A definição de como na verdade será o futuro do chamado
2º escalão da gestão...Segundo os relatos,é considerado
neste escalão os setores ligados diretamente ao gabinete
do reitor...a saber,os titulares abaixo nominados já estariam
confirmados para o segundo mandato do reitor....

2º escalão :

-Gabinete do Reitor- Professora Maria Ohana- chefe de Gab.
-SEGE – Dra. Soraya Maria Bitar de Lima Souza
-Editora da ufpa- Dra. Simone Neno
-CIAC - Aluízio Marinho Barros Filho
- BIBLIOTECA CENTRAL - Graça Pena

Pendentes :

-CEPS - ?
-CBN - ?
-AUDIN - ?

"Libertas Quæ Sera Tamen"...(Liberdade ainda que tardia)

FAUSTÃO PILOTA NA GLOBO: "CHAPA ESTÁ ESQUENTANDO"



Emissora da família Marinho libera seu principal âncora popular para aderir e, mais ainda, tentar pautar protestos estudantis; "Alienado é o cacete", disse Fausto Silva, chamando para novas manifestações, sobre temas como segurança, saúde e educação; "Todo mundo agora vai se informar mais para votar melhor", disse ele, sob aplausos da platéia; "Quem está mandando sabe que a chapa está quente, está fervendo", sublinhou; estratégia será capaz de superar o tradicional coro popular "o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo"?; controle social da mídia não entra no pacote global.

ATENÇÃO ELEITOR!...Cuidado ele tem a solução pra tudo.

AÉCIO: "DILMA FRUSTROU TODOS OS BRASILEIROS"



Presidente do PSDB, senador Aécio Neves criticou o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff na abertura da reunião com governadores e prefeitos de capitais, quando ela propôs um plebiscito para convocar uma assembleia constintuinte pela reforma política; "A presidente da República não assumiu suas responsabilidades, tangenciou os problemas e buscou desviar o foco dos reais interesses expressos pela população", classificou em nota assinada junto com o senador José Agripino (DEM) e o deputado Roberto Freire (PPS); Aécio considerou desnecessária a ideia de Constintuinte exclusiva, já que, como o governo tem maioria no Congresso, pode colocar a proposta de reforma em votação quando quiser.247

A origem da máscara usada em protestos no mundo todo.

Quem Foi Guy Fawkes?


Conspirador ou herói?

Preso, torturado e condenado à morte, Guy Fawkes teve os testículos e o coração arrancados, e acabou decapitado e com o corpo não só esquartejado como exposto em praça pública para apodrecer e servir de alimento aos corvos. Tudo porque ele era católico na Inglaterra (país de maioria anglicana) e decidiu participar de um complô para explodir o Parlamento, matar o rei, seqüestrar sua filha e liderar uma insurreição popular.

Tudo começou quando a rainha Elizabeth 1ª mandou eliminar Mary Stuart (a primeira na linha de sucessão) porque ela era católica. Com a morte da soberana, em 1603, Jaime 1º assumiu o posto e todos acreditaram que a situação dos não-anglicanos ia melhorar. Mas o rei, bissexual e extravagante, se mostrou um fraco e, acuado por puritanos, aumentou ainda mais a perseguição religiosa.

Um grupo de católicos influentes armou um complô para matá-lo. O chefe da operação? Um soldado e aventureiro procurado por toda a Europa por causa de duelos, roubos e assassinatos políticos: Guy Fawkes. A primeira reunião dos conspiradores ocorreu em 1604, na taverna Duck and Drake. O plano era simples: Fawkes cuidaria de colocar 36 barris de pólvora sob o Parlamento, enquanto parceiros fariam um levante no norte da ilha e seqüestrariam a princesa, para convertê-la ao catolicismo. Mas havia um dedo-duro no bando e, na noite de 5 de novembro de 1605, data escolhida para o atentado, o serviço secreto inglês já sabia de tudo.



Não foi do jeito que ele imaginava, mas Fawkes entrou para a história. Exatamente um ano depois do ataque fracassado, centenas de fogueiras foram acesas nas ruas de Londres em protesto contra o rei. Mais tarde, o 5 de novembro virou feriado nacional. Nos anos 70, o anti-herói virou ídolo dos punks, que pichavam seu nome nos muros. E em 1982 o roteirista Alan Moore e o desenhista David Lloyd criam a graphic novel V for Vendetta, cujo herói - um vingador mascarado, vítima de experiências genéticas - luta contra um estado totalitário. Finalmente, em 2002, uma pesquisa realizada pela BBC mostrou que ele era a 30ª personalidade inglesa mais lembrada. Fawkes vive.Álvaro Oppermann

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Na Cidade Universitária X



OS 4 ANOS DE CARLOS MANESCHY - parte I

Há uma máxima popular muito conhecida...
‘Depois da tempestade vem a bonança’em verdade,
Esta máxima encaixa bem na história do acadêmico
e pesquisador prof.Dr. Carlos Edilson de Almeida Maneschy.



Era na verdade um dezembro de 2008...mais especificamente
No dia 03/12/2008... Nesta data Foi quando tudo começou,após
Uma campanha altamente difícil e enfrentando uma verdadeira
Maquina de poder, eis que das urnas, sai a o nome do novo reitor...
Estava assim eleito o professor Carlos Edilson de Almeida Maneschy.



Mais o momento mais difícil ainda não tinha chegado...eis
Que no dia 05/12/2008...o já eleito Carlos Maneschy e seu vice
Horacio Schneider são ratificados pelo CONSUN...Reitor e
Vice-reitor respectivamente eleitos pelo coletivo desta academia.


Dona Neusa, símbolo de campanha, em discurso no Prédio da Reitoria junto a Carlos Maneschy no
dia em que a Comissão Eleitoral oficializou o resultado da Consulta à Comunidade Universitária,
05 de dezembro de 2008





A repaginação da Republica do Brasil


A Copa das Confederações no Brasil

Nos últimos sete dias os políticos brasileiros
Estão...no que poderíamos dizer,a beira de um
Ataque de nervos...o povo sempre o povo, bate
A porta da democracia brasileira exigindo um Pais
Mais verdadeiro.


A afirmação da democracia brasileira

A presidente da republica e seus pretensos sucessores,
Tem que rapidamente achar as respostas que o povo
Clama em seus anseios,democraticamente demonstrados
Nas sucessivas manifestações de protestos que tomaram conta
Das ruas nas cidades brasileiras.



É provável que a verdadeira ‘Copa das Confederações’das
Mazelas da política nacional...tenha de fato iniciado por
um Brasil mais verdadeiro.

VEJA : Em sua Edição Histórica,adverte o perigo da desordem na marcha dos protestos.

VEJA ADVERTE: DESORDEM SÓ FAVORECE A DIREITA



Em longa edição dedicada à revolta das ruas, sobre os "sete dias que mudaram o Brasil", Veja lembra que movimentos desse tipo podem começar pela esquerda e desaguar em outra direção; o Maio de 1968, na França, culminou com a eleição de Georges Pompidou, um presidente conservador; o movimento pacifista americano, chamado de "flower power", contribuiu para a eleição de Richard Nixon.

"A história mostra que grandes espasmos populares nem sempre prenunciam mudanças políticas da mesma coloração e envergadura. O famoso Maio de 68 na França culminou com a eleição de um presidente conservador, Georges Pompidou. No mesmo fim de década, o movimento pacifista americano, "flower power" conquistou corações e mentes de milhões, mas quem se elegeu presidente foi mesmo o direitista Richard Nixon. O certo, porém, é que as ruas das grandes cidades brasileiras parecem agora vacinadas contra o proselitismo, as ideologias velhas e o populismo. Essa é a verdadeira revolução".VEJA

MANDELA : Em estado crítico...

PRESIDÊNCIA DIZ QUE ESTADO DE MANDELA É "CRÍTICO"



Presidente Jacob Zuma transmitiu breve boletim dos médicos. "Os médicos estão fazendo o possível para melhorar a condição dele e assegurando que Madiba receba os cuidados e esteja confortável. Ele está em boas mãos"; Madiba é o nome tribal do ex-presidente.

A presidência da África do Sul disse que o estado de saúde do ex-presidente Nelson Mandela piorou nas últimas 24 horas e é o quadro atual é considerado "crítico".

Mandela foi levado às pressas para um hospital de Pretória em 8 de junho com uma infecção respiratória recorrente. O histórico de problemas pulmonares dele remonta ao seu tempo na prisão em Robben Island perto da Cidade do Cabo. Ele foi libertado em 1990, depois de 27 anos, e passou a servir como presidente de 1994 a 1999.247