domingo, 30 de abril de 2017

EUA / MEIO - AMBIENTE

Centenas protestam contra política climática em frente à Trump Tower

Foto do dia do protesto em Washington. EFE/Tasos Katopodis

Centenas de pessoas marcharam neste sábado pelas ruas de Nova York e em frente à Trump Tower na Quinta Avenida para protestar contra a política climática do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, coincidindo com a data que marca seus primeiros cem dias no poder.

O protesto se concentrou em frente ao emblemático edifício de Trump, cuja entrada está protegida há semanas por muros de segurança e é visitada diariamente por turistas curiosos e cidadãos que vendem artigos críticos ao presidente.

Os manifestantes criticaram Trump, levantando suas vozes e seus cartazes, e as ideias que defendeu a respeito de outros temas como a imigração, a educação, os refugiados ou o sistema sanitário, que representam uma reversão das medidas impulsionadas por seu predecessor, Barack Obama.

Sob o lema "100 dias de fracasso", a marcha pretendia divulgar "todas as formas como Trump está pondo as pessoas em risco e tornando a vida mais difícil para as pessoas comuns", segundo a convocação postada na internet.

As concentrações para mostrar inconformidade com as políticas do governo e, em geral, com os primeiros 100 dias da administração Trump, se repetiram hoje em até sete pontos nos arredores de Manhattan.

No distrito de Queens foram realizadas diferentes atividades com o denominador comum da questão climática e alimentar, como oficinas de compostagem ou de informação sobre o oleoduto Keystone e a poluição em usinas termelétricas.

Outras cidades por todo o país viram milhares de pessoas saírem às ruas para pronunciar-se contra a política climática do presidente em diferentes marchas, a maior delas em Washington.

Trump declarou sexta-feira que as primeiras 14 semanas de seu mandato foram o período "mais exitoso" da história dos Estados Unidos e causaram uma "mudança profunda" no país.EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário