quinta-feira, 26 de abril de 2018

IRLANDA WHATSAPP

WhatsApp aumentará idade mínima para uso de seu serviço na UE para 16 anos

EPA/Sascha Steinbach

O aplicativo de mensagens online WhatsApp, propriedade da rede social Facebook, confirmou nesta quarta-feira que elevará dos 13 aos 16 anos a idade mínima para se registrar na Europa como usuário do seu popular serviço.

A nova atualização ficará pronta em maio e será desenvolvida pela WhatsApp Ireland Ltd, uma nova entidade criada para operar em Dublin, onde também está a sede de operações europeias do Facebook.

"No mês que vem, a União Europeia (UE) atualizará suas leis de privacidade para requerer uma maior transparência sobre o uso das informações das pessoas. Atualizamos nossas Condições do Serviço e Política de Privacidade onde a lei conhecida como o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) terá efeito", explicou o WhatsApp em seu blog.

A partir de então, de cada vez que um usuário tentar instalar o aplicativo, deverá confirmar que tem pelo menos 16 anos, embora a companhia não tenha dado mais detalhes sobre como pretende verificar a informação.

"Com esta atualização não estamos solicitando novas permissões para compilar informações pessoais. Nosso objetivo é simplesmente explicar como usamos e protegemos a informação limitada que temos sobre você", afirmou o WhatsApp, que tem mais de 1,5 bilhão de usuários, segundo dados de janeiro deste ano.

A empresa, criada em 2009, reiterou: "Não estamos compartilhando informações de sua conta para melhorar sua experiência com o produto" ou "a publicidade no Facebook", uma das principais preocupações dos legisladores da UE.

O anúncio do WhatsApp chega semanas depois do escândalo do vazamento de dados do Facebook à companhia britânica Cambridge Analytica para supostamente interferir em cenários como as últimas eleições nos Estados Unidos e no referendo sobre a saída do Reino Unido da UE.

Para cumprir as normas do RGPD, o Facebook também está introduzindo mudanças em sua política de segurança e privacidade, mas os menores de idade entre 13 e 15 anos poderão continuar usando a rede social, desde que apresentem uma permissão dos pais ou de um adulto responsável.EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário