quarta-feira, 25 de abril de 2018

PARAGUAI ELEIÇÕES

Candidato opositor denuncia "sinais de fraude" em eleições paraguaias

EFE/Alberto Pena

O candidato presidencial pela aliança opositora Ganhar, Efraín Alegre, denunciou nesta terça-feira "sinais muito claros de fraude" nas eleições de domingo, que deram a vitória ao conservador Mario Abdo Benítez, do governante Partido Colorido.

"Estamos trabalhando intensamente nesta tarefa de controle e já temos, claro que sim, temos sinais muito claros da fraude que estamos denunciando, caso a caso", disse em um vídeo Alegre, que é presidente do Partido Liberal, o maior da oposição.

Alegre perdeu com 3,7% de diferença as eleições para Abdo Benítez, segundo o sistema de Transmissão de Resultados Eleitorais Preliminares (TREP) iniciado pela Justiça Eleitoral.

Em sua declaração, Alegre usou como exemplo uma mesa eleitoral em Assunção na qual obtive a maioria de cédulas, enquanto o TREP registrou zero votos para a aliança.

Também afirmou que o grupo que liderou as eleições sofreu uma "série de fraudes pré-eleitorais", e mencionou algumas das pesquisas divulgadas antes da reunião, com urnas que davam uma ampla vantagem a Abdo Benítez sobre sua candidatura.

Alegre reiterou a postura adotada na noite de domingo, quando disse, após o anúncio da Justiça Eleitoral, que se pronunciaria sobre o triunfo de Abdo Benítez assim que se conhecesse os resultados definitivos.

"A nossa posição neste momento é trabalhar no controle das atas. Nós dissemos no domingo, o TREP é um resultado preliminar (...). Vamos controlar voto por voto, ata por ata e vamos informar as pessoas", contou.

Também explicou que terá uma reunião hoje para avaliar a situação com as outras forças que integram a aliança Ganhar, entre as quais está a esquerda Frente Guasu, do ex-presidente Fernando Lugo (2008-2012).EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário