quarta-feira, 23 de agosto de 2017

ALEMANHA ELEIÇÕES

Merkel considera que Alemanha está atrasada em infraestrutura digital

EFE/Sascha Steinbach

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, reconheceu nesta terça-feira que seu país tem ficado para trás em matéria de infraestrutura digital e afirmou que, se vencer as eleições de setembro, melhorar a conexão com a internet será "uma das grandes prioridades".

Merkel fez estas declarações ao discursar na abertura da Gamescom, uma das maiores feiras de videogames do mundo, inaugurada hoje e que vai até domingo em Colônia, na qual adiantou que sua pretensão é que a Alemanha alcance "a zona do gigabyte" nos próximos anos.

A chanceler acrescentou em seu discurso, transmitido ao vivo pela internet, que está nos planos investir em fibra de vidro e potencializar especialmente a conectividade nas zonas rurais.

Merkel, que nos últimos dias combina sua agenda institucional com atos de campanha para as eleições de 24 de setembro, também enfatizou a importância de desenvolver um mercado digital único na União Europeia, como exigem os desenvolvedores tecnológicos.

Além disso, considerou que o setor de videogames na Alemanha - com cerca de 500 empresas, nove mil trabalhadores e um volume de negócios de 1 bilhão de euros nos primeiros seis meses de 2017 - é um "fator econômico", um "bem cultural" e um "vetor de inovação" para a economia do país.

A Gamescom recebe 910 empresas de 54 países que, em uma área de 210 mil metros quadrados, apresentarão dezenas de novidades aos mais de 300 mil visitantes - entre profissionais e fãs - que estarão presentes no evento este ano.

Entre os títulos mais esperados para esta edição estão "Anno 1800", "Jurassic World Evolution", "Age of Empires 4", "Assassin's Creed Origins", "Forza Motorsport 7", "Super Mario Odyssey", "Fifa 18", "Pro Evolution Soccer 2018", "Star Wars Battlefront II" e "Sea of Thieves".EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário