domingo, 27 de agosto de 2017

FRANÇA

França detecta uso de amitraz em fazendas avícolas

Lavandeira Jr/EFE

O Ministério da Agricultura francês anunciou na última quinta-feira (25) que detectou em algumas fazendas avícolas do país o uso de amitraz, uma substância tóxica proibida em aves de criação. O órgão adiantou que já examina se há resíduos desse inseticida nos ovos.

Em comunicado, as autoridades da França indicaram que o uso da substância ocorreu “fora dos usos autorizados” e apontou que solicitaram à sua agência sanitária (Anses) que avalie o eventual risco da presença de tais resíduos, caso sejam confirmados.

O amitraz se utiliza contra insetos e ácaros e só está permitido como parte de um medicamento veterinário para porcos e gado, nunca em aves de criação.

A investigação se empreendeu após o escândalo suscitado pelo uso de fipronil, outro inseticida, que obrigou a retirada do mercado, na França, de 32 produtos nos quais se detectou uma concentração superior ao limite autorizado.

Até hoje, as empresas francesas efetuaram mais de 520 testes de autocontrole por fipronil, dos quais 34 resultaram positivos e derivaram na retirada dos produtos contaminados.

O Ministério de Agricultura francês acrescentou que as análises oficiais prosseguem de forma paralela nos estabelecimentos identificados como destinatários de ovos ou de derivados contaminados procedentes da Bélgica e a Holanda

O comunicado também destacou que as autoridades solicitaram com urgência uma reunião europeia para harmonizar a resposta que deve ser dada a respeito das fazendas e produtos implicados, e adiantou que a Comissão Europeia convocou para o próximo 30 de agosto um comitê de especialistas.EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário