quarta-feira, 30 de agosto de 2017

INUNDAÇÕES E SECAS

Mais de 20% das cidades do país estão em situação de emergência

Maioria dos 1.296 municípios em situação de emergência fica na região Nordeste (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Um levantamento feito pelo jornal Folha de S.Paulo revelou que um total de 1.296 cidades do país, ou 23% do total, estão em situação de emergência por inundações ou secas.

Enquanto a região Nordeste enfrenta uma das secas mais severas já registradas, a região Sul sofre com chuvas intensas.

Todas as cidades identificadas no levantamento da Folha, que foi feito com base em dados divulgados pelo Ministério da Integração Nacional, pediram socorro ao governo federal.

Setenta e um por cento das cidades em situação de emergência enfrentam problemas decorrentes da seca ou estiagem e estão concentradas na região Nordeste e no norte de Minas Gerais.

Por outro lado, as tempestades, inundações, alagamentos, enxurradas e deslizamentos afetam principalmente cidades das regiões Sul, Sudeste e Norte, atingindo 29% dos municípios identificados no levantamento.

Algumas cidades em situação de emergência são atingidas ao mesmo tempo pela seca e pela cuva, como Nova Triunfo, na região nordeste da Bahia.

O levantamento mostra também que quase todas as cidades de alguns estados estão em situação de emergência. É o caso da Paraíba, com 196 dos 223 municípios sendo afetados pela estiagem.

A situação das cidades em situação de emergência é analisada individualmente pelo governo federal, que define a liberação ou não de verbas, a autorização para os moradores atingidos sacarem o FGTS e o Bolsa Família.

Nestes casos, o governo municipal também pode ser dispensado de fazer licitações para a compra de produtos ou contratação de serviços.

De acordo com o Ministério da Integração Nacional, já foram repassados neste ano R$ 200 milhões às cidades em situação de emergência no país, com ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços, kits de assistência humanitária e recuperação de estruturas danificadas. Além disso, já foram gastos outros R$ 800 milhões com a operação Carro-Pipa Federal, que atende um total de 861 municípios que convivem com a seca.

Os estados em situação mais crítica no Nordeste são Pernambuco, Ceará e Paraíba. O Centro de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais revelou que os reservatórios hídricos nestes estados operam com 8%, 8,4% e 8,7% de sua capacidade, respectivamente.Folha de S.Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário